O sonho acabou…(?)

Depois de longos meses discutindo-se sobre o destino da USF1 e “seu piloto” que nem sequer tem contrato, a grande novela que a cada dia se torna mais ridícula, parece ter chegado ao fim… do primeiro capítulo.

A situação é tão grave, que o “pessoal” da fábrica americana está gastando mais em viagens aéreas à Londres do que na construção de seu carro. (Que por sinal nem existe…)

Após uma ideia frustrada de fusão com a Campos, outra equipe que passa por grandes problemas financeiros, agora eles tentam se unir a Stefan GP, que parece ser, por sinal, a equipe mais preparada para correr em Bahrein.

Bem, vamos especificar a história com esta matéria:

“A comunicação social norte-americana adianta esta 6-ª feira que a USF1 e a Stefan GP estão muito perto de chegar a um acordo de fusão que permitirá a participação na temporada de 2010, desde a primeira corrida, a 14 de março, no Bahrain.

De acordo com o relato, empresário e patrocinador da USF1, Chad Hurley, um dos fundadores do YouTube, está a negociar com Zoran Stefanovic, proprietário da Stefan GP, escuderia que nasceu do espólio da Toyota, mas que não em vaga garantida em 2010, ao contrário dos norte-americanos.

Stefanovic e funcionários na "cúpula" da Stefan GP

Entretanto, Charlie Whiting, diretor de corridas da F1 e delegado de segurança da FIA, inspecionou a fábrica da USF1 na quarta-feira, mas não se sabe ainda se será tomada alguma decisão, sabendo-se, todavia, do “apoio” que a Stefan GP goza por parte do órgão de tutela, a par de Bernie Ecclestone, detentor dos direitos comerciais da competição.

Stefanovic  conta com Jacques Villeneuve e o ex-piloto da Williams, Kazuki Nakajima, para pilotos e já afirmou que tem tudo pronto para estar presente no Bahrain.”

obs:A placa já foi retirada por falta de pagamento

Tudo bem, a USF1 quer solucionar seus problemas (e pagar suas dívidas) juntando-se com um time que nem sequer está formado?

Claro que o dinheiro de Hurley deve interessar muito Zoran, mas segundo ele, o carro da Stefan GP já está pronto e os pilotos contratados (ou seja, se houver a união, López ficará sem lugar, em teoria).

Engraçado esta notícia, que dizia que a Stefan iria apresentar seu carro no dia 25 de fevereiro (hoje é 27), e que iria realizar testes com seus dois pilotos, no circuito de Alvergue, Portugal, dos dias 25 a 28.

Sim, isso mesmo que vocês pensou. A equipe não anunciou carro, cancelou os testes e não confirmou seus DOIS pilotos…

Bom, como disse, essa história está se tornando ridícula. E vocês, o que opinam sobre isso?

12 comentários em “O sonho acabou…(?)

  1. A USF1 esta na Europa gritando a seguinte frase, quem quer uma vaga, a gente negocia, isso é que da oferecer vaga para um treco que ia sair do nada, em local (EUA) onde falta dinheiro para patrocinar as categorias locais, comercialmente bem viaveis, e mais baratos, para patrocinar um projeto caro (F1), que nem da retorno como a Nascar la dentro, por essa e por outras que a FIA ta parabens, o ruim é ter que ver a F1 com 4 ou 5 categorias.

    • Claudio;
      já era de se esperar que a USF1 não conseguiria correr…
      como disse a Stefan GP, eles só tem “um sonho”.
      os EUA são fera em categorias como Nascar, mas se meter na F1, pelo menos eu acho, é querer perder tempo…
      e, mesmo se o time participar do mundial, deve ficar 5 seg. atrás da virgin…

      abraço

  2. Muito confusa a situação dessas três equipes (Campos, USF1 e Stefan GP). Tirando o time sérvio, todos sabiam dos prazos estipulados pela FIA e até agora não mostraram um projeto de carro, além da difícil situação financeira. A Campos, parece que conseguiu alguma coisa, mas ainda está bem atrasada em relação ao carro, que está sendo construído pela Dallara.

    Vamos esperar até o Bahrein para ver quantos carros teremos alinhados no grid. Por enquanto, 22 confirmados. Até lá, poderemos ter 26, se Campos e USF1 ou Stefan GP conseguirem ingressar.

    • Diego,
      para ser sincero, não tenho a mínima ideia sobre o desfecho dessa história…
      creio que a usf1 se unirá a stefan GP e ficará Stefan-USF1 GP
      e a Campos se atrasará um pouco mas talvez consiga participar com o diheiro de bruno e do indiano pretendente,,

      vamos esperar, como voce mesmo disse…

      abraço

  3. Usf1 não é, não foi um sonho. É um pesadelo. Um croqui, um xerox na lata de lixo. Tristeza e sentimento de ilusão é o que devem imaginar, sentir, funcionários, o pechito e patrocinadores que acreditaram na empreitada.

    Sempre comentei que achava (e isso foi muito antes de começaram a ter problemas) que achava incoerente e difícil a vida da USF1, haja visto que todas as outras estão sediadas na Europa e eles no EUA, ou seja, só de logística iriam embarcar com um peso nas costas muito desfavorável.

    Tanta equipe boa e projetos interessantes para entrar na F1 sem fazer esse vexame.
    A prodrive. A Euskad (já mostrada no blog f1 around)

    Torço pela Stefan (que chamam de piratas, mas que é mais séria do que usf1 e campos juntas) e repudio USF1, CAMPOS e toda outra que se julgar acima do bem e do mal e iludindo os outros.

    • Olá Wilson;
      concordo plenamente com você;
      a USF1 e a Campos parecem que querem brincar com todo mundo, tirar zarro..
      temos a Stefan GP com uma estrutura formada e preparada para competir, e ela não pode nem sequer receber pneus…
      bom, mas a justiça virá, creio, de forma ou outra.
      O problema é que faltam 17 dias para o início do mundial e todos já estão na pista, menos elas…
      vamos ver o que acontece

      abraço!

  4. A Equipe servia nao testou, porque nao liberaram Pneus para eles…

    O Carro ja esta pronto, ja ligaram os motores, os equipamentos de corrida eles ja tem. Resumindo so falta a canetada do Jean Todt para eles correrem. Porem ai começam todos os problemas, para essa canetada acontecer, depende do aval de todas as equipes, e Ferrari e Red Bull ja se posicionaram contrarias.

    ABrçaos

    CLaudio CArdoso

    • Exatamente Claudio;
      isso mostra o preconceito da FIA….
      Penso que deve haver um motivo por trás de tudo isso para Ferrar e Red Bull não aceitarem..
      Na verdade elas querem MENOS times, e não MAIS.
      Dois a menos fazem a diferença..

      abraço!

  5. O maior problema da Stefan GP é a desconfiança de todos, e pelo que tenho lido o motor será o potente Toyota, que digamos, prejudicou muito a Willians ano passado.

    Se realmente a Fia libera-los, eles estão tendo aulas em Brasilia de como enganar a todos e sair “ilesos”.

    Abraços

    • Esse é um dos grandes problemas também, Richard.
      Resta saber quanto vão demorar. Pode ser que amanhã mesmo a Stefan seja aceita (ou não), que a USF1 desapareça (ou não), que a USF1 se junte com a Campos (ou não)..
      por isso é que tudo está tão imprevisível…

      haha, pois é, o tema é sair “ilesos”..

      abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: