Os segredos do “Top 4″- Ferrari

Alonso

Apenas 1 dia após o término do testes pré-temporada para as discussões de centrarem no “Top 4” deste ano.

Formado por Ferrari, McLaren, Red Bull e Mercedes GP, não necessariamente nessa ordem, seria algo como as equipes mais fortes e com chances de título em 2010. Mas porque isso acontece?

Bom, nos esportes, e principalmente na F1, é normal o grid ser divido em pelotões, o 1º, que seria o melhor, o 2º, médio, e o 3º, que fica só nas últimas posições. Claro que nem sempre são três, podem ser mais, como está acontecendo agora.

Depois de ver várias combinações pela Web, lanço a minha:

  1. Ferrari
  2. McLaren
  3. Red Bull
  4. Mercedes GP
  5. Williams
  6. Sauber
  7. Force India
  8. Toro rosso
  9. Renault
  10. Lotus
  11. Virgin

Não creio que seja a certa, mas por tudo o que vi é a mais factível para mim neste momento. Mas então, porque?

Alonso

Primeiro porque entre as 4 primeiras, pelo menos duas são tradicionais. A 3ª é nova mas competente, e a última é a campeã mundial com nome novo. E um heptacampeão mundial a bordo.

Segundo porque é necessário que essa diferença seja feita, e mesmo que ela seja de poucos décimos. Emoções não faltarão.

  • Bom, agora o tema: Ferrari

A Ferrari vem testando muitos componentes diferentes em seu F10, como “porcas mágicas”, barbatanas de “tubarão”, entre outras. Massa e Alonso estão constantemente destacando isso, e é muito interessante observar os resultados deixados em pista.

  1. Pacote aerodinâmico e consumo de combustível

Como vimos nestes dias finais de treinos, a Scuderia testou inclusive um novo pacote aerodinâmico, que aumenta a derencia do carro. As paradas nos boxes também merecem destaque, já que a preparação é intensa. Os stins de simulação de corridas feitos por os dois pilotos mostram a confiabilidade do carro em relação a grandes distância, o que seria em uma tradução mais fixa, a corrida. Não é a toa que se chamam simulações de GP.

Vejam aqui um stint de 20 voltas de Alonso:

* 1:25.457
* 1:25.412
* 1:24.893
* 1:25.052
* 1:25.275
* 1:24.941
* 1:25.165
* 1:25.002
* 1:25.102
* 1:25.230
* 1:24.712*
* 1:25.076
* 1:24.954
* 1:25.023
* 1:25.002
* 1:25.149
* 1:25.433
* 1:25.085
* 1:25.296
* 1:24.965

Em negrito, o melhor tempo durante esse treinamento. Vemos como ele sempre se manteve abaixo da casa dos 1:25,5; e isso prova como o F10 anda bem.

E aqui temos uma simulação de GP de Massa, com muito mais voltas e uma maior instabilidade, mas que tem o melhor tempo:

01:29,7
01:32,9
01:33,9
01:30,3
01:27,7
01:26,8
01:25,9
01:25,9
01:25,7
01:25,7
01:25,8
01:26,6
01:26,5
01:26,2
01:26,1
01:26,4
01:26,2
01:26,1
01:26,2
01:26,4
01:26,4
01:26,3
01:26,8
01:26,5
01:26,3
01:27,0
01:26,5
01:26,8
01:26,5
01:26,3
01:26,4
01:26,3
01:26,4
01:27,2
01:26,4
01:26,2
01:26,5
01:26,0
01:26,2
01:26,2
01:27,0
01:26,3
box 01:26,3
01:22,7
01:22,5
01:23,0
01:22,7
01:22,8
01:22,8
*01:22,3*
01:23,1
01:23,6

Aqui fica claro uma coisa: Antes de Felipe ir ao box, só fazia tempos acima de 1:25,5. Depois de ficar um tempinho nele, fez voltas voadoras todas abaixo de 1:23, tendo o limite um excelente 1:22,3. Temos algumas hipóteses:

  1. Trocaram os pneus e acrescentaram alguma peça
  2. Ou deixaram ele leve para fazer tempos baixos

Seguramente a 2ª é a mais real. Temos aí um exemplo de como o peso dos carros muda a sua performance, e é isso que está quebrando a cabeça de muitos. Quem está com menos gasolina, e mais?

Obviamente é difícil de saber, mas para se ter uma ideia, temos 4 segundos de diferença nos tempos ditos acima. Porém, o grande desafio: saber quantos litros de gasolina estavam colocados em cada momento.

A situação fica mais complicada agora que a FIA não divulgará o peso dos carros.

A seguir, estatísticas, que sempre são interessantes:

Vemos Alonso e Massa entre os 6 melhores tempos combinados:

1 -Lewis Hamilton McLaren 1:20.472
2 -Mark Webber Red Bull 1:20.496
3 -Felipe Massa Ferrari 1:20.539
4 -Adrian Sutil Force India 1:20.611
5 -Nico Hülkenberg Williams 1:20.614
6 -Fernando Alonso Ferrari 1:20.637

E eles foram os que mais andaram nos treinos:

Driver Total laps Total distance (km)
1-Felipe Massa 851 3724.613
2-Fernando Alonso 821 3628.883

E a Ferrari a que mais marcou quilometragem:

Model Total laps Total distance (km)
1-F10 1672 7353.496

Felipe Massa 1:20.539
Fernando Alonso Ferrari 1:20.637 – diferença de 0,098

Detalhes aerodinâmicos do F10 em fotos:

Bom pessoal, espero que tenham gostado e mais tarde tem muito mais!

Podem comentar a vontade, e link com mais fotos serão aceitos com certeza.

17 respostas para “Os segredos do “Top 4″- Ferrari”

  1. Bom sobre o equilibrio, houve um tempo muito distante que Williams, sabia fazer e so ela sabia fazia carros que de tão bons o piloto era o de menos, tanto que fez campeões figuras de mediana para ruins como Jaques villeneuve e Damon Hill esse ultimo muito ruim, depois a Fia mudou tudo para equilibrar e ai surgiu era Shummi com um carro infinitamente superior ganhava tudo, so vjo sinceramente Shummi campeão assim, quando teve carros mais ou menos Alonso deu nele, (do alonso eu tenho medo), ai veio a Maclarem na Surdina, deu Control c contro v na ferrari, so não ganhou dois titulos pois quis mimar hamilton e deixou alonso de lado, ai vieram novas mudanças e pimba deu Brown pelo desempenho na primeira metade do ano, mas o carro do ano foi RBR, vjo todo mundo copiando e aperfeiçoando os RBRs dai acho que um pelotão de frente vai mesmo existir, porem bem equilibrado, ou Talvez alguem acerte a mão e crie o novo carro campeão, penso que a ferrari ta na frente nisso…

    Ps: tudo isso é minha humilde opinião, contando os dias pra começar logo fui….

    1. Apesar de ser uma humilde opinião Claudio, está muito bem formulada..
      a Williams sempre foi um time competitivo, mas depois que a Ferrari veio com a super máquina parece que o Frank ficou com um trauma…
      Só Montoya pra botar perigo no alemão, e olha lá…
      Precisou de um “novato” em uma equipe tradicional mas sem títulos como equipe para acabar com esse reinado e emplacar um bi na testa…
      e, para ser sincero, de 2007 pra cá perdeu muito a graça;
      vamos ver se nesse ano temos uma verdadeira disputa..
      Pilotos não faltam…

      abraço!

  2. Com essas mudanças de regulamento, que achei interessante, embora gostasse do reabastecimento, mas não do sistema de treinos, esse o piloto tem que fazer de tanque vazio, para vermos qual carro é o mais rápido. Que bom que os treinos mudarão. Gostava do sistema que vigorou entre 1996 e 2002, mas esse atual também é ótimo, dividido em partes, eliminando os últimos colocados. E com quantidade mínima de combustível ficará interessante. Quanto aos carros, também acho que o top 4 é composto de McLaren, Ferrari, Mercedes e Red Bull. Williams, Renault, Sauber, Toro Rosso e Force India também poderão surpreender. As novatas ainda não mostraram rendimento sólido.

    Ainda teremos duas semanas para debatermos sobre quem está melhor no momento, mas acredito no projeto da Mercedes. Os alemães são muito competentes e a dupla Michael Schumacher e Ross Brawn poderá dar muito trabalho aos concorrentes. Ambos já deram vitórias e títulos a Ferrari e Benetton e mais uma vez estarão juntos, agora na marca que lançou o campeão Schumacher na Fórmula 1.

    McLaren e Ferrari acredito que pela tradição, mantenham-se entre as quatro melhores, além dos pilotos que têm. Dos quatro, apenas Felipe Massa ainda não foi campeão, mas possui talento de sobra. Jenson Button, considero uma incógnita. Hamilton e Alonso vão mostrar bastante serviço.

    A Red Bull, muito comparada com a Benetton, devido a estrutura que a empresa italiana, veio para ficar entre as melhores. Contratou uma jovem promessa, Sebastian Vettel, ao lado do experiente e veloz Mark Webber, além do projetista Adrian Newey, um vencedor nato.

    Muita água vai rolar até novembro, quando conheceremos o novo campeão do mundo. Daqui a duas semanas, começaremos a ver quem de fato estará na briga pelo caneco. Abraços

    1. Certamente Diego;
      esses novos treinos com as regras que mudam todo ano são uma forma de colocar mais adrenalina e trazer mais audiência…
      na Verdade o único interesse de Bernie é esse, dinheiro e mais dinheiro..
      bom, mas voltando ao tema, parece ser esse mesmo o Top 4
      ano passado, antes dos treinos livres, falavam que seria esse:
      Ferrari,McLaren,BMW Sauber e Renault (BMW (Kubica)) (Renault(Alonso).
      Só que depois do 1º GP, com aquela questão dos difusores, ficou isso:
      Brawn GP, Toyota,Williams,Red Bull..
      as duas do meio não foram bem…
      a questão É SABER A ORDEM…
      porque estar no Top 4 e ser o 4º não deve ser o melhor..

      Bom, como voce disse, Muita água vai rolar até novembro, e ainda falta muito…

      abraço

  3. na minha lista pessoal a Williams e a Renault estão muito mais embaixo por um motivo claro: não há dinheiro e com isso toda a experiencia e habilidade não vale nada e ainda confio muito em que a lotus vai dar a surpresa, estão muito profissionais e tem objetivos claros

    mais gostei bastante do análise das 4 primeiras, sempre contando com que a Mclaren não faz voltas rápidas demostrativas, só desenvolve o carro

    1. Obrigado F1 ALC, que bom que você gostou..
      mas essa é apenas a análise da Ferrari, ainda postarei Mercedes, McLaren e Red Bull…
      sobre a sua opinião, acredito sim que a Renault está mal, e vai ser pior do que o ano passado, já que Kubica não é Alonso para fazer milagres…
      se prestarmos atenção nos tempos, inclusive já falei isso por aqui, a Renault andou basicamente a frente da Lotus e da Virign, ou seja, está muito fraca..
      e sobre a Lotus, será que eles darão surpresa?
      o Kovalainen falou que o T127 é pior que o Minardi, então não vejo muito futuro..
      o que voce acha em uma analise mais aprofundada?

      Abraço

  4. Falando em os Segredos do F10, Tomas se porventura a Campos Meta e a USF1(segundo informações é quase certo que não estará na abertura do mundial), não se apresentarem em Bahrein, como será a qualificação do Q1, Q2 e Q3.

    Não tenho certeza, mais creio que seriam oito a saírem em cada qualificação para ficarem apenas o dez melhores lutando pela polé position, será que com a ausência destas far-se-á “ tirando os seis mais lentos no Q1, no Q2, só assim teríamos no Q3 os dez melhores a lutarem pela polé”. Gostaria de saber a tua opinião.

    Atentamente,

    Afs.Angola

    1. Olá Afs. Angola

      Bom, já sabemos que a USF1 pediu a transferência da sua vaga para esse ano a 2011, então está fora, o que, em teoria, abre a sonhada chance para a Stefan GP.

      Bom, em relação as divisões do treino classificatório, ano passado era assim:
      Q1: saiam 16,17,18,19,20
      Q2: saiam 11,12,13,14,15
      e no Q3 ficavam os 10 melhores

      se esse no tivermos 26 carros, seria assim:
      Q1: sairiam 19,20,21,22,23,24,25,26
      Q2: sairiam 11,12,13,14,15,16,17,18
      e no Q3 ficariam os 10 melhores

      se forem 24:
      Q1: sairiam 18,19,20,21,22,23,24
      Q2: sairiam 11,12,13,14,15,16,17
      e no Q3 ficavariam os 10 melhores

      ou seja, num raciocínio, pelo menos meu, seria lógico que saíssem 7 e 7 do que 6 e 8.

      espero a sua opinião também.

      abraço!

  5. Esse tem tudo pra ser uma das melhores temporadas de todos os tempos.São 4 campeões mundias e mais 1 que deveria ter sido em 2008(Massa).Fim do reabastecimento,o que na minha opinião dará mais emoção,pois os pilotos teram que alem de velozes,serem alem de tudo poupadores de equipamento,combustivel,pneus.
    Vejo a Ferrari,Red Bull e Mclaren como favoritas pro Barein.Mas a Mercedes concerteza vai buscar essas equipes ao longo do campeonato.

    1. Sem dúvida Daniel!
      bom, mas se o Massa tivesse sido campeão em 2008 Hamilton ficaria sem o título..
      Mas vou falar sério, estava torcendo para o Felipe naquele GP, porque ele merecia..
      ainda mais depois de todas aequeles problemas, principalmente em Cingapura…
      E aguarde que ainda farei um post especial sobre reabastecimentos 2010…

      abraço!

  6. Estamos a las puertas de ver donde está cada quien realmente espero ver a Ferrari arriba del todo, allí en Bahrein todos llevarán algo para pegar la sorpresa. Buenas fotos. SAludos

    1. Tienes Razón Pró_Mágica;
      creo que en Bahrein muchos equipos tendran sorpresas que nadie se esperará…
      vamos a esperar, faltan solo 11 dias..
      Gracias!!!

      Saludos!

  7. A Ferrari está muito forte, e acima de tudo otimista para esta temporada, vai ser dificil alguém competir com ela no campeonato de construtores, mas de pilotos é outra coisa.

    Sempre torci para a Ferrari, esta ano será uma especie de segunda equipe torcedora;
    Mesmo assim a Ferrari vai vim com tudo, e tão bem virá a Mercedes a Mclaren e a RBR, assim espero.

    Forza Ferrari

    Abraços

    1. Lucas;
      concordo, afinal eles se prepararam como nunca para esse ano..
      quem vencer em novembro, será tratado com muito respeito em 2011..
      por isso a disputa será tão grande..

      vamos Top 4 e muita competição vem pela frente!

      abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s