Bruno Senna: o novo injustiçado na F1?

De um modo ou outro, ponto de vista ou opinião, vejo Bruno Senna, o novo piloto e 4º brasileiro nesta temporada de Fórmula 1, como um dos mais azarados e injustiçados dos últimos anos.
Não que seja da minha parte, apenas um gaoroto de 13 anos com ideias no mínimo aceitáveis para poder criar um blog relacionado ao assunto e com visitas e opniões de pessoas que acompanham o circo há mais de 15 anos, mas de modo geral e revendo os fatos acontecidos nos últimos tempos.
Começando que perder o tio cedo é um choque tão grande e espontâneo, que para um adolescente que estava se preparando duramente para ter um futuro automobilístico fica tudo pelos ares.
Ficheiro:Bruno Senna 2006 Australian Grand Prix.jpg
E foi justamente isso que aconteceu com Bruno: deixou as pistas por 10 anos até voltar em 2003 na F3.
Mas, ao que parece, isso não o atrapalhou muito e ele seguiu em frente.
A batalha para correr na F1 desde o fim de 2008. Foi quando ele testou pela Honda, época em que disputava a vaga com Barrichello e Di Grassi. Acabou perdendo ela para Rubens, em um fato histórico e de muito azar para Bruno:
Esta equipe, que se chamaria de Brawn GP, seria devastadora e campeã com todos os méritos recebidos. Enquanto ele era “suposto” candidato a vaga na Toro Rosso.
brunosenna
Passando para a atualidade, depois de assinar contrato com a Campos e afirmar que correria em Valência, tudo paraceu ir por água abaixo.
A situação da equipe se tronou insustentável, a sua vaga estava em risco e se metia, intencionalmente, em uma briga de três: Pechito López, ele e Karun Chandhok.
Mas a sorte esteve do seu lado, e quem se deu mal foi o argentino, outro grande injustiçado.
Agora, o que teria sido melhor para Bruno:
Ter aguardado 2011 e conseguir uma vaga melhor ou embarcar mesmo na Hispania, equipe sem nenhum teste e totalmente desconhecida?
Bom, o lado positivo da história é que, por participar deste batalhado mundial já é um mérito. Depois porque é, teoricamente, uma base para, ao longo dos anos, ir construindo uma carreira e chegar a um time de ponta.
Hispania Racing F1 Team
Porém, será um grande problema se este “carro” da HRT ser um fiasco, e andar na última fila sempre, a não ser por incidentes e fatos raros. Temos que levar em consideração que a falta de testes, de experiência da dupla com relação a F1 e um projeto aparentemente não muito evoluido, podem ruir as chances dele dar uma boa impressão a dirigentes e torcedores.
Eis a questão.
Para refletir e opinar a respeito.
No fim, prevaleceu o nome Senna, uma equipe espanhola e um indiano sonhador…
Bom, para desviar um pouco de tema, diz o título que  Senna seria o “novo” injustiçado na F1. Então, quem seria o “velho”?
Fica por conta de vocês decidirem quem é este ser, que por motivos apocalípticos não pode ingressar no mundial deste ano como titular:
Obrigado a todos que votam e sempre deixam a sua opinião. Ela é muito bem vinda!
E, para quem queria mais detalhes do carro da Hispania, aqui está:

25 respostas para “Bruno Senna: o novo injustiçado na F1?”

  1. E sempre bom lembrar que alonso correu de Minardi quando ela andava de mal a pior, sofreu e consegui um local ao sol….então acho a decisão de sofrer certa, so assim talvez da tempestade o sol brilhe pra ele, agora se tiver como meta ser = ou melhor que o Senna vai dar com os burros na agua….

    1. Com certeza..
      e foi lá que o seu talento começou a ser percebido..
      um 10 lugar com aquele minardi foi um milagre;
      mas acho que o que ajudou o Alonso mesmo foi o ano como piloto de testes da renault, em 2002.
      lá ele andou mais que o titulares e aprendeu muito, muito mesmo..
      2003 1ª vitoria, e 05/06 bicampeão mundial…
      pois é, experiencia é algo muito relevante para um piloto, por isso é surpresa quando um novato se destaca, como Hamilton..

      abraço

  2. E o tio dele estreiou de Toleman, conseguindo até 2 segundos lugares, mas na F1 de antigamente as coisas eram diferentes, quebras nos carros eram mais frequentes e erros humanos tb, devido o esforço de pilotagem quase inexistente hj em dia.
    Mas acredito que se o carro não desmanchar, e for pelo menos resistente, o Bruno pode acumular na pista, KM preciosos para seu desenvolvimento e lapidação.
    Na minha opnião, entre esperar 2011 e estreiar agora, melhor a segunda opção mesmo, ficar no forno por mais um ano não seria nada proveitoso, pois a cada ano que passa a GP2 credita mais pilotos há F1, talvez em 2011 nem sobrasse vaga para ele…

    1. Aliás seria muito mal comparar uma lenda da F1 como Ayrton Senna com um piloto que nem fez um GP, só porque é parente..
      mas voce tem razao, a F1 mudou muito..
      agora está tudo em volta do dinheiro, mesmo..

      abraço Dorfão!

  3. Tomas,

    A escolha de Bruno talvez não tenha sido a melhor,mas para quem ficou de fora no ano passado aos 45 do segundo tempo,acabou optando por aquela que parecia a mais sólida nas novatas,afinal de contas Adrian Campos tinha bagagem como dirigente,estava na GP2 com um bom time,a construção do carro seria com a Dallara,uma empresa que tem tradição no automobilismo,só que infelizmente Campos não foi capaz de fomentar o time,e deu no que deu.

    Agora resta ao brazuca aprender nesta temporada,sem pressão de resultados,acumular bagagem e mostrar se tem talento ,porque na F1 os olheiros sabem medir a capacidade pelo equipamento utilizado.

    abraço

    1. Concordo com você também Marcelonso.
      estar na F1 atual, com tantos pilotos na briga por uma vaga e com dinheiro, é melhor mesmo encarar a aventura, conseguir quilometragem, uma vista geral das corridas e saber lidar com um carro não muito competitivo, assim se tiver a possibilidade de correr em um time grande, saber certas técnicas..
      é tudo uma questão de sorte e circunstancia ao mesmo tempo.

      abraço

  4. Não é que eu não goste do Bruno, só que vejo como um piloto querendo cortar caminhos e tudo sempre levando o nome do seu tio como sua maior qualidade.
    Foi inadmissível sua opção de tirar mais um ano parada como ele fez no ano passado, se as portas da F1 fecharam para ele no último minuto, ele deveria fazer a F2 ou a Formula Indy.
    Para quem realmente o foco é a Formula Um, a unica opção é fazer sempre corridas de monoposto e Kart.

    1. Inclusive foi isso que falei ao dorfão..
      é praticamente o que quis fazer nelsinho, mas justo caiu na Renault, de Briatore e seu “filho” alonso..
      aí nao tem jeito..
      mas quem sabe no caso de bruno, com um indiano novato ao lado, a sorte nao mude..
      abraço L. Sérgio

  5. muitas pessoas ja foram injustiçadas na F1….
    Infelizmente a F1 n é um mundo justo, como nós apaixonados queriamos…Muitos valores são distorcidos, como por exemplo: o melhor piloto não necessáriamente é o escolhido.
    Muita coisa acontece la, que nós nem ficamos sabendo direito, movida por dinheiro.
    Ou essa novala mexicana com as equipes novas seria uma coisa inevitavel se Mosley fizesse um processo de seleção descente na qual ele n pensasse só em seu dinheirinho?!?!
    Além de Bernie, sempre soberano nas decisões.
    É uma pena, para quem gosta do esporte a motor puro, ver esse tipo de coisa!

    Enfim, interssante a votação, “Quick” Nick disparado na liderança dos injustiçados!
    vamos torcer para Bruno não figurar nessa lista ao lado de Heidfeld daqui alguns anos!

    1. E cada vez isso tende a aumentar… infelizmente a F1 está assim, e para um piloto novato, é muito dificil conseguir uma vaga..

      com relação a votação, acho até razoavel o “Quick” Nick estar na liderança, afinal de piloto da BMW a testes da Mercedes, perdendo para rosberg e schumacher, é de se lamentar..

      abraço Gabriel!

  6. Tomas ->

    Sinceramente a questao da Morte do TIO nao acho que torne nada diferente.

    Todo piloto ate chegar ao top de categoria na carreira, ja teve algum amigo parente morto correndo. Nao tem 1 que nao tenha….

    1. Claudio;
      pode ser, mas Bruno interrompeu a sua carreira durante 10 anos pela morte de ayrton,, foi um choque, mas ele superou a perda e está aí, na F1.
      Depende do ponto de vista, valorizo o seu.

      abraço!

  7. Acho que assim como o Massa e Alonso,o Bruno,deveria fazer um estagio como pilto de testes em uma grande equipe, antes de estreiar na F1 como titular.Mas de qualquer forma ele estará ganhando experiência.embora na HRT não dê pra almejar mais que o fim do pelotão.
    Mas votei no Nick Heidfeld como injustiçado,ele marcou mais pontos e foi mais rapido que o Kubica por 3 anos na BMW,e a gora vira piloto reserva,coisas da F1.

    1. Pois é Daniel, as controvérsisas são várias..
      Talvez a escolha de Bruno não tenha sido a melhor, mas correr na F1 é sagrado, mesmo em último..
      estou imaginando como será a disputa interna com Karun..

      abraço!

  8. Tomás, penso que no seu blog você poderia colocar sua foto, passamos tanto tempo nos comunicando e não sabemos como é o grande “Tomasf1”.
    Gostei da mudança do blog do Livio do jornal do Estadão, ficou muito bom, parece que ele pegou um pouco com o estilo do seu blog.

  9. Claro que sim Luiz;
    não sei se hoje ou amanhã vai dar, mas segunda já deve estar aí.
    Valeu pela dica!
    Acabei de ver o Blog do Lívio, está bem legal mesmo..
    Mas nem posso me comparar a ele..
    hahah

    valeu e até mais!!!

  10. Fala meu garoto ! !
    Tomás , onde eu assino . Excelente ! !
    Tomás muito obrigado por elogiar o meu comentário sobre o Button , fiquei muito satisfeito .
    Outra , já sou um velho , e ainda não conheço todas as verdades desse tão extraordinário esporte, da qual vou aprender contigo .
    Estarei ao teu lado no blog durante toda a temporada, não só aprendendo , como também te prestigiando .
    Um abraço e muito sucesso .

    1. Fala Marcos!!!
      Obrigadíssimo, valeu mesmo.
      E pode acreditar, que ao longo dos meses os textos vão ganhar melhor qualidade, afinal a experiencia tambem vale na blogosfera!hehehe
      😀

      Ah, isso nem tem que agradecer, quando o comentario é bom, tem que ser elogiado!
      Sobre seu elogio,foi um dos maiores incentivos que já recebi de um leitor, obrigado!!!

      Essa temporada promete.

      abraço!

  11. BOm eu acho que no final das contas o que vai falar alto é o talento…
    Não interessa se o carro é uma carroça ou não,o Bruno é muito bom na chuva por exemplo,e na chuva,corrida vira loteria as coisas se nivelam por baixo e quem tiver sorte pode se dar bem…
    É nessas circunstancias que um bom piloto aparece,quanto a experiencia,hora vejam Kimi Raikkonen,estreiou vindo da formula renaut,ficou atras do seu companheiro de equipe na pontuação final,e mesmo assim no ano seguinte estava na Mclaren,não é contraditório???
    outro ponto é quem é seu empresário,neste meio de cobras isso é muito importante também,
    E outro ponto é a Determinação do Bruno,o NAP se ferrou na Renaut,porque era um piloto mimado que sempre guiou nas equipes em que seu pai criava para ele competir com total foco da equipe para si,quando caiu na “vida real” deu no que deu
    Vejo a coisa diferente com esse caso do Bruno,apesar de ser um começo de ano durissimo,ele não terá a pressão da opinião publica,e acredito que se conseguir surpreender entre as novatas poderá se dar bem no proximo ano,se conseguir chegar ao final com esse carro semana que vem ja será louvável,vamos esperar pra ver,muitos falam que ele é fraco que errava muito na gp 2 e tal…
    O Kobayache era pífil na gp 2,correu de formula 1 e muitos ja o reverenciam como nova revelação e talentoso,em contra partida o Bruno foi vice campeão da gp 2 não poderá ele também seurpreender assim como Koba????

    1. Excelente comentário também Mayko;
      Como voce explicou, tudo depende de uma serie de fatores, e a determinação de Bruno é muita.
      Claro, as situações variam, mas muitos confiam nele.
      E eu também, apenas acho que devemos dar tempo ao garoto, assim ele poderá se soltar e mostrar o seu talento na F1.
      Outro que está na mira é Hulkenberg, que veio da GP2 e é um ótimo piloto..
      Claro, a Williams está bem adiante, mas será legal compará-los, cada um em suas circustancias.

      Grande abraço!

  12. Bom pessoal, a enquete mostra tudo:
    49% dos votos para “Quick” Nick, o “velho” azarado da F1.
    Não será nada fácil para ele ter que aguentar o Schumi na mesma equipe, sem ter a chance de encará-lo em pista..

    Obrigado por votarem!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s