Ferrari trabalha no F10 “B”

Pouco antes da pré-temporada da F1 começar, em finais de janeiro, muito se especulava sobre a construção de um modelo B do F10, que nem sequer havia ido a pista. Na verdade o projeto se mostrou com um grande potencial e, apesar do problema da Red Bull, fez a dobradinha do GP de Bahrein.

Eis que agora, depois do carro já ter rodado uma boa quilometragem em treinos e corrida, uma luz se ascende como alerta. Não sei se alguém percebeu, acredito que sim, que na corrida de domingo Massa teve que “segurar” o pé, pois o carro estava com um maior consumo de gasolina durante as voltas. Num paralelo, o mesmo que aconteceu com Vettel, como já foi dito aqui. Junto com isto, e como alguns leitores comentaram aqui, os F1 teriam que ter uma faixa de sobra para que não aconteça a idiotice que presenciamos dia 14, onde os pilotos tinham que diminuir o seu ritmo por causa da carga de gasolina. Algo para a FIA tomar consciência.

Continuando, neste caso mais específico da Ferrari, a equipe está começando a projetar o modelo “B” do F10. O motivo, superaquecimento do motor, o que contribuiu com a situação vivida por Massa, segundo Domenicali:

A temperatura do motor é resultado da aerodinâmica do carro, então temos que trabalhar para ter certeza de que não teremos mais esses problemas para as próximas corridas.

O alerta é ainda maior porque pouco antes do início do GP, Alonso e Massa tiveram que trocar os seus motores, porque havia certa preocupação aos problemas que eles haviam tido. A troca de dois motores em 1 corrida é muito complicado, então neste caso mais uma razão para a mudança do chassi.

Detalles del Ferrari F10 en el box de Fernando Alonso en Bahréin.

Nesta missão está Giuseppe Azzollini, especialista na tecnologia CFD (Fluidodinâmica Computacional), que foi contratado pela escuderia no final de 2009, após a saída da Toyota.

A ideia é que Azzollini trabalhe no desenvolvimento do difusor duplo do F10, que no momento não caberia na atual configuração do chassi. E outra novidade que chama a atenção é que a base será o desenho do Toyota TF110, o sucessor do modelo 2009 em hipótese, que foi comprado pela Stefan GP.

A pergunta que cai é se essa mudança dará certo no completo projeto da Ferrari, um conjunto bem extenso, para o resto da temporada, ou se outras mudanças serão necessárias depois de Albert Park.

Com a Ferrari em trabalho duro, a Red Bull tem a chance de, enfim, poder investigar melhor o RB6, grande concorrente da Scuderia este ano..

14 respostas para “Ferrari trabalha no F10 “B””

  1. Tomás e Lucas, a Ferrari precisa gastar bastante o orçamento astronômico desse ano, para fazer jus aos
    $ 8OO,OO(milhões), assim afasta por completo alguma fabrica concorrente que esteja pensando na hipótese de entrar para a F1, depois o culpado é o sr Morlley, ex presidente da FIA.
    Teoricamente o normal seria a Ferrari tentar melhorar o carro que já está ótimo, já conheci algumas pessoas que tinham um pouquinho de dinheiro e qualquer lançamento de um novo carro, essa pessoa o comprava e tinha orgulho de dizer que tinha pago ágio, com muito dinheiro a equipe Ferrari quer mesmo é gastar.

    1. Temos que ressaltar, Luiz, que a Ferrari precisa gastar no necessário.
      É precipitado do meu ponto de vista gastar agora, ainda temos 1 prova no campeonato e se o dinheiro for torrado, a coisa pode complicar.
      Claro que eles sabem, mas temos que levar em consideração que nem sempre quem mais gasta é a melhor.
      Em 2008 a Honda gastou 400 milhões (exp) e teve um campeonato terrível.
      Depois Brawn comprou toda a estrutura em com alguns dólares fez um carro genial. As vezes o dinheiro não é tudo..

      abraço

      1. Concordo, mais alguém tem que avisar para os executivos italianos sobre gastar somente o necessário.

      2. A pergunta é quem..

        Falando de outro assunto, parabéns Sérgio, o seu comentário foi o número 1000 desta etapa no WordPress.
        Valeu!

  2. Isso me faz pensar um negócio.
    Pela leitura da notícia acima (que inclusive eu postei anteriormente em um post seu tomas) e pelo acompanhamento que temos tido, a ferrari conseguiu que a solução para aquilo que chamam de difusor, está funcionando. Mas no entanto eles consideram como não sendo aquilo que gostariam de ter instalado. Foi feito a abertura lá atras, funciona, mas não está no nível que gostariam. Para instalar o DIFUSOR que deveria estar lá, eles tem que mexer um monte coisas e esse difusor aliado a outras soluções poder resfriar melhor o motor e evidentemente dar alguma perfomance extra.

    Então, a dúvida é a seguinte: se a ferrari com seu modelo f10 que até o momento está funcionando bem, se não perfeito, mas bem, os resultados estão aí para comprovar, ainda não tem o difusor que queriam, apesar de vermos algo lá se fazendo passar por difusor, e que precisam reprojetar um chassi novo com o que eles imaginam ser o ideal, o que dizer da Mclaren que a própria FIA já deu indicios que está aparentemente fora das especificações e que vão ter que remoder o seu difusor? Vai ser fácil assim do dia pra noite num estalar de dedos? ou vão assim como a própria ferrari, ter que acabar desenvolvendo seu bólido mais ainda?? hein?

    Confesso que essa é situação interessante.

    1. O tema dos difusores parece ter fim hoje, por isso voce pode conferir lá em cima no post.
      E pode acreditar wilson, a McLaren irá sofrer com essa decisão..
      trabalho duro para os funcionários de Woking (além da Mercedes e Renault)

      Abraço

  3. quanto a melhor refrigeraçao, para etapa da australia ferrari tera em seus carros uma nova tampa do motor com recortes maiores para auxiliar nesse processo.

    Preocupação maior é para malásia que estima-se temperatura de mais de 40º.

  4. Pois muito bem meu Grande Tomás .
    A Ferrari não está totalmente feliz mesmo sendo ” proprietária ” dos dois primeiros lugares no Bahrein.
    Também , não é para menos , pois a mesma , vem tendo problemas com excessivos aquecimentos nos motores desde os treinos .
    Que fez com que os dois pilotos trocassem de motores já na primeira corrida .
    E com certeza , vão muito preocupados para a Austrália e , tem que urgentemente , adotá algumas medidas para melhorar essa refrigeração .
    Posto isso , já que a temperatura excessiva do motor é resultado da aerodinâmica do carro , não resta outra alternativa senão a construção de um novo carro .
    Neste caso estou de acordo com o Lucas .
    Valeu meu Grande Mestre .
    Grande abraço , e até amanhã !

    1. Marco;

      Se formos ver, os dois primeiros lugares são “fictícios”, pois a vitória era de Vettel.
      Claro, mérito da Ferrari em não ter problemas sérios e ficar de prontidão na Red Bull, porém isso nao acontecerá sempre, por isso a preocupação da Scuderia.
      Vamos ver as novidades na Austrália, sem duvida serão muitas.

      Abraço!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s