Análise pós-GP: Austrália

Aposto que foi muito mais do que qualquer um esperava que fosse. Foi fantástico, e a F1 precisava mesmo de uma corrida assim para reavivar as suas energias e trazer milhões de espectadores novamente para as Tvs depois do tedioso GP do Bahrein, que agora não passa apenas de uma prova sem graça.Os duelos de Massa com Kubica, com Alonso, os duelos de Alonso com Hamilton e Webber deixaram todos completamente satisfeitos. Eram isso o que queriam? Pois aí está.

Vamos então a anláse pós GP:

Button vs Hamilton

Button venceu e provou que o seu campeonato mundial não foi por acaso, tudo pelo contrário. A estratégia usada com os pneus sacrementou a sua vitória e, após ser criticado pela sua ação, viu todos indo aos boxes enquanto ele reinava em SUA pista. Bonito de se ver, e mais bonito ainda ver um piloto dando batalha real a Lewis Hamilton- ao contrário de Heikki Kövalainen. Hamilton que aliás fez uma corrida espetacular, e realmente mostra seu valor como piloto prodígio e campeão mundial. A tática usada por ele também deu certo, e com um tempo reduzido de tempo chegou nas Ferrari com um tal de Webber de olho atrás.

Alonso-Hamilton-Webber

A 10 voltas do fim essa disputa já chegava ao ápice, com Alonso, incrivelmente (eu acho, que o espanhol mostrou que pode ser superior sim, com um carro em desvantagem), segurou Lewis com a sua McLaren voadora. Claro, o inglês também não estava com seus pneus em bom estado, mas poderia tê-lo passado- se não fosse a manha de Alonso. Porém, no fim, tudo foi pros ares com uma manobra totalmente ridícula de Webber- sim ele!- e pôs tudo a perder. Hamilton virou-se na pista (Pois é, relembrando Alonso na largada) e Webber foi lá para  a brita.

Com isso, um felizardo Rosberg viu dois pilotos abrirem caminho e cruzar a linha de chegada em 5º lugar, a centímetros de Fernando.

Alonso-Massa

Aliás, o duelo Massa vs Alonso foi espetacular na corrida. Felipe foi realmente fantástico a defender bravamente a sua posição ao espanhol, tecnicamente em um traçado que não é favorável a ele. Alonso estava louco para passá-lo, mas as circunstâncias se deram assim. Agora, por favor, convenhamos que o asturiano fez corrida de gênio ao se recuperar do 18º ao 4º lugar. Passou todo mundo (e não só Hispania, Lotus e Virgin, Force India, Toro Rosso e Sauber foram vítimas) e com uma estratégia ousada, assim como os três primeiros, foi até o final da prova com pneus sem trocar. Heróico, e na minha opinião, o melhor da prova junto com Kubica.

Kubica: bravo guerreiro

Pois é, ele mesmo, Robert Kubica, que estava sofrendo com seu Renault até demonstrar que zebras acontecem. Me digam Quem esperava vitória de Button com Kubica em 2º? Ninguém.. O polonês de defendeu muito bem dos ataques de carros muito superiores (Red Bull, Ferrari e McLaren) e levou uma alegre Renault com pintura belíssima para o pódio. Mais uma atuação fantástica de um piloto que já liderou mundial.

Situação de Felipe

O 3º lugar de Massa, após o 2º de Bahrein, o deixa em situação confortável na tabela, segundo lugar a 4 pontos de Alonso (antes eram 7). Mas vejam bem que a regra de valorizar a vitória deu certo, já que Alonso tirou 7 pontos e agora perdeu 3. Se fosse com a pontuação antiga, estaria assim: Alonso 15, Massa 14. Por isso mesmo que vencer se torna essencial nesta temporada.

Rosberg e Schumi….

Rosberg deu uma aula ao “velho” Schumacher e agora pode ser que o alemão esteja mesmo na onda do campeonato. Dois 5º lugares, 20 pontos e a 5ª colocação na temporada. Hoje foi um pouco de sorte, mas sorte faz parte e ele mereceu esta posição. Ainda não tem pódio, mas é só esperar um pouco que Nico mostrará a sua gana de piloto jovem e vitorioso.

Enquanto isso, foi vergonhoso para o 7 vezes campeão mundial fixar 50 (!) voltas atrás de um jovem de 20 anos chamado Jaime Alguersuari. É Schumi, não está sendo tão fácil quanto você pensava que fosse não é? 10º lugar, após sofrer com Jaime, fica difícil ter maiores pretensões. Ou é a hora da virada, ou já era..

Vettel: e agora?

A falha mecânica nos freios do RB6 tirou Sebastian Vettel da corrida em Melbourne. Ele, que estava lá mais líder do que nunca, foi mais uma vez vítima do carro que parece de papel. O que se pensa agora é o seguinte: De que adianta fazer pole trás pole se depois quebra na corrida? Em Bahrein levou um 4º lugar, já aqui levou apenas a presença entre os 10 que não completaram a corrida…

Liuzzi pontua mais uma vez. E Sutil?

2 pontos lá, 4 pontos aqui. E não é que o experiente Liuzzi está deixando o “grande” Sutil para trás? Já se vão duas corridas que o italiano pontua e o alemão, uma 12º e a outra fora, está tomando banho. O que terá acontecido? Sorte? Bom, é difícil, mas pouco a pouco a Force India vai caminhando para o 6º, 5º, 4º lugar….

Barrichello foi bem, já Hulkenberg…

Rubinho foi mais uma vez muito bem pontuando novamente. 5 pontos em duas provas, e vai caminhando para maiores apresentações. Beneficiado pelo acidente de Webber, chegou em 8º (mesma posição de partida) e se mostrou contente, apesar de tudo. Mas Hulkenberg, totalmente decepcionado. Afinal, se acidentar nas primeiras voltas deve tirar muito o ânimo de um jovem piloto candidato a revelação..

Alguersuari a 1 posição de pontuar!

O pequeno espanhol foi superior ao “grande” De La Rosa, segurou Schumi por 50 voltas e quase pontua. Ok, quase não é nada, mas merece aplausos a atuação de Jaime, que superou Buemi desta vez. Pontos em Sepang?

Chandhok, completou!

Talvez uma das coisas que tenha chamado mais a atenção na “turma de trás” foi que Karun Chandhok, com a fragilíssima Hispania, completou a corrida!!! Ele, que se mostrava otimista apesar da última posição no grid, foi responsável por levar o HRT 001 ao fim. Sim, 4 voltas atrás do líder, mas levou. E leva também méritos por completar em um circuito difícil, com um carro ruim de doer, e em sua 2ª prova na F1.

Kobayashi: UAU!

O acidente do japonês Kobyashi deixou aquele gosto amargo mesmo. Uma batida impressionante, causada pela perda da asa dianteira, levou Hulk e Buemi junto pra fora do GP. Esse ano parece ser um pesadelo para  grande Kamui que já disputou mano a mano com o campeão mundial Button em 2009. Sauber, Sauber: What Hapenning?

Di Grassi e Senna, fora. Trulli, nem largou…

Lucas compeltou 25 voltas. Bruno 5 e Jarno nenhuma.. Parece que o aar ronda nesse trio. Di Grassi teve que ver Glock na pista por 41 voltas e sentir que o experiente alemão pode estar se dando melhor com o Virgin. E ainda, talvez, ver que a Hispania vai, a passos curtos, superando a equipe do carro por computador…

Para Bruno Senna foi ainda pior. Apenas 5 voltas na pista, e ver, por toda a corrida, seu companheiro completar heroicamente uma corrida bem complicada. O que será de Bruno? Ele conseguira´completar alguma corrida em 2010? Duas já se foram…

E, se para Lucas e Bruno foi terrível, para Trulli foi desastroso. Ver Kova completar em 13º, e não largar. Foi ridículo, como Jarno não largou? Então isso significa que ele disputou apenas uma corrida neste ano. Cada vez penso que seria melhor estar aposentado e destruir mais anda a sua imagem (e números) na F1..

Renault 18 x 18 Red Bull!

Olhe para a tabela da equipes. Ferrari, McLaren, Mercedes e.. Renault? Pois é, Kubica, com um 2º lugar, levou o time francês para o 3º posto na classificação dos construtores, a frente da Red Bull, que usa motores Renault. A proporção disso é curiosa, já que a RBR estaria mais líder do que nunca com 2 vitórias de Vettel impecáveis. Mas como eu já disse, o quase não é nada. E Renault em 3º!

Bem meus amigos, este foi o Análise-Pós-gp-Austrália, espero que tenham gostado e podem comentar a vontade. Que corrida vimos não é? Na seção de comentários, mais espaço para ressaltar e debater. Obrigado mais uma vez!

29 respostas para “Análise pós-GP: Austrália”

  1. Em 1985 e 1986, Ayrton Senna foi o pilotos com mais poles nos dois anos. Mas nas corridas o equipamento não rendia o mesmo, perdendo muitas vitórias para Williams e McLaren.

    Agora, também tem sido assim. Sebastian Vettel já fez duas poles, o carro é bem veloz, mas não resume a superioridade em vitórias, pela falta de consistência do carro. Acho que a Red Bull consegue contornar a situação.

    A vitória de Button é um prêmio pela estratégia acertada, além da sorte pelo não retorno da chuva. Deu uma escapada na primeira volta, mas valeu a ousadia, além do problema na Red Bull de Vettel. Outro destaque foi Kubica, que com certeza, dará a Renault novas esperanças e ajudará no moral da equipe, que certamente sente a falta do Alonso. O polonês segurou Massa, Alonso, Hamilton, Webber e Rosberg e terminou em 2º lugar, mostrando o talento que tem.

    Fernando Alonso e Felipe Massa, mesmo com problemas nos pneus, mostraram que são pilotos acima da média. Massa está começando bem o ano, mantendo-se firme na disputa com Alonso. De 2006 para cá, Massa foi o piloto que mais melhorou, e está até o momento, superando a inconsistência que o prejudicou em 2007 e 2008.

    O Nico Rosberg, quieto, vai fazendo um bom papel na Mercedes, e ganhando moral na escuderia alemã, superando o super campeão Schumacher, que ainda não pegou a mão, mas está fazendo o que pode. Ele ainda levará algumas corridas para recuperar o ritmo.

    Não vou deixar de fora os principais protagonistas do espetáculo, Lewis Hamilton e Mark Webber. Ambos tiveram duas boas disputas, além de outras, com Alonso, Massa, Kubica e Rosberg. A batida entre os dois nas últimas voltas quase tirou ambos da disputa, mas eles deram as maiores emoções neste fim-de-semana.

    Destaques:

    Positivo: Jenson Button e Robert Kubica

    Negativo: Red Bull

    1. Muito interessante Diego, legal.

      Agora é ver na Malásia, e se algum incidente acontecer, vai começar a ficar difícil uma volta por cima..
      Mas o campeonato é longo, falta bastante ainda…

      No post acima, para discutir melhor essa questão.

      abraço!

  2. Todos esperavamos um dominio da Red Bull, mas as contas sairam furadas e por um lado ainda bem já que tivemos uma excelente corrida.

    Grande Abraço!

    Kimi_Cris

  3. Tomas;
    Gostei da corrida, uma das melhores dos ultimos 4 anos, sobre os pilotos, acredito que o Sebastian Vettel vai conseguir o que merece, mas não neste ano, como o Kubica também que é um grande piloto, e tem um equipe muito mediana, na Ferrari o Alonso viu que o Massa não está para brincadeira, mesmo assim acho que dá Alonso este ano.

    O Schumacher acho que foi azar, na largada o Button bater no Alonso que bate no Schumacher… Rosberg tem que agradecer a batida que teve, e também saber que ele é um grande piloto, pois esta brigando de igual pra igual com um 7 vezes Campeão; Mas depois da Malasia eu acho que melhora para o Schumacher, é só a gente comparar com outra grande volta, Niki Lauda em 82, só depois do 3° GP ou melhor no 3° GP ele foi ganhar, então é esperar.

    Abraços

    1. Lucas;
      interessante isto do Lauda, e se vermos mais recentemente, Massa passou por isso. Teve uma temporada em que ele iniciou bem mal porém depois se recuperou e disputou o título.
      Como você disse, é esperar.

      abraço

  4. Tomás.
    Como já dizia o nosso grande campeão J.M.Fangio : “Carreras son carreras” e elas são vencidas após a bandeirada final , ou seja , ninguém ganha na véspera .
    Na corrida passada e nessa , Vettel, e muita gente assim como nós , sentimos na pele o que quis dizer muito bem o nosso grande Fangio .
    Sem dúvida , mas uma grande apresentação do Vettel , além de contar com grande qualidade na condução do carro , soma-se a isso uma enorme vontade de vencer , mas , tem um “canhão na mão de pouco alcance” , com isso , este grande piloto que tinha reais chance de estar com 50 pontos em somente duas corridas , soma apenas míseros 12 pontos contra 37 pontos do teu piloto Alonso que óbviamente lidera o campeonato .
    Tinha tudo para vencer , mas … ” carreras son carreras “.
    Pra mim a corrida teve três grandes nomes : Vettel ,o grande nome Kubica e , Button .
    Tomas , vi a corrida no blog do Beckem ( fica ligado nessa opção heim ! ) , pois aqui na bucólica Ratones ( que deves conhecer )ficamos sem luz das 02:00 às 14:00 ,eu estava aguardando a corrida as 09:30 pela Sportv , pois não vejo pela Globo há um tempão .
    Valeu amigo , um grande abraço .

    1. Grande Marco!
      Relembrando os tempos de Fangio, um gênio ele!
      Vettel deve estar frustrado,e essa situação dos pontos vemos no artigo mais acima.
      Como diz: “Carreras son Carreras”. Muito bem.

      “omas , vi a corrida no blog do Beckem ( fica ligado nessa opção heim ! ) , pois aqui na bucólica Ratones ( que deves conhecer )ficamos sem luz das 02:00 às 14:00 ,eu estava aguardando a corrida as 09:30 pela Sportv , pois não vejo pela Globo há um tempão .
      Valeu amigo , um grande abraço .”

      Você mora em Floripa????
      E eu nem sabia!
      Depois me conta mais, quem sabe um dia a gente não se encontra!
      Sobre a luz, aqui nos Ingleses foi mais pela manhã…

      abração!

  5. Tomas;
    Não quero brigar com ninguém apenas acho que posso expressar a minha opinião, como muitos estão.

    Vi muita gente tacando pau no Schumacher, acho que não é melhor hora para ser tirar conclusões sobre o que ele pode ou não nesta temporada, principalmente por ele estar voltando a correr, depois de 4 ou 5 corridas poderemos sim, julgar ele, enquanto isso não, acredito que a vitoria não vem da noite pro dia, então vai demorar muito para ele pagar o jeito e voltar a vencer; Quem duvida do Schumacher?

    Lembrando que é apenas a minha opinião misturado com o realista, OK?

    Abraços

    1. Com certeza Lucas, todas as opiniões são bem-vinda aqui desde que não sejam muito ofensivas.
      O que você disse é certo, Schumi está voltando após três anos fora das pistas..
      Entendo perfeitamente.

      abraço e falaremos mais disso depois!

  6. É a RedBull não está tendo sorte, seus carros tiveram problemas no Bahrain e agora na Austrália, Vettel se perdeu e quando se achou já estava na caixa de brita, e Webber no finalzinho, encheu o carro do (não podemos mais dizer: Inglês da McLaren, agora são 2) Hamilton.
    Agora Kobayashi, até me impressionei com o impacto da batida. E Alguesuari, quem diria… Segurou o Heptacampeão por 50 voltas, e quando o alemão passou De la Rosa, ele ainda tirou uma casquinha, e botou o carro por dentro também e ficou a uma posição de pontuar.
    Rubinho era pra ter ido até melhor, fiquei torcendo pra acontecer as paradas de Liuzzi e De La Rosa, nenhuma n vieram, então ele foi pra passar no braço. 1º De la Rosa, e se tivesse mais algumas voltinhas, passaria liuzzi (assim imagino).

    1. “Rubinho era pra ter ido até melhor, fiquei torcendo pra acontecer as paradas de Liuzzi e De La Rosa, nenhuma n vieram, então ele foi pra passar no braço. 1º De la Rosa, e se tivesse mais algumas voltinhas, passaria liuzzi (assim imagino).”

      Falando do Rubens, achei que ele fez uma corrida muito boa pelo carro que tem.
      Levou 4 pontos suados!
      Parabéns a ele que demonstra a sua garra incansável.

      abraço!

  7. Tomás, desculpe mais não concordo com sua analise do Shumi, vi a corrida onde a chuva ditou as maravilhosas ultrapassagens, parou a chuva mostrou uma pista de difícil ultrapassagens e com muitos riscos, foram poucas com a pista seca, Alonso fantástico a prova inteira, mais para segurar o Hamilton quase dois segundos mais rápido, foi 90% a pista, Shumi, fez uma ultrapassagem na pista seca, na base da raça pura, penso que o Rubinho também conseguiu com a pista seca o oitavo lugar.
    Em uma corrida, os pilotos precisam arriscar, ai metem o malho no Webber, pois encheu a traseira do Lewis, isso é corrida, ali ele estava tentando se bobeassem ultrapassar os dois.
    Mercedes, se quiser pensar em disputar o título, não vai ser com um piloto burocrático, sem sal, como até agora o Mico demostrou.
    Hoje a F1 está cheia de pilotos maravilhosos, o que falta são pistas de verdade.
    Se vamos elogiar um piloto que ARRISCOU para fazer uma ultrapassagem e conseguiu, não vamos crucificar o mesmo piloto se não conseguiu, vamos usar o mesmo peso.
    Hoje, se por um acaso o Button, quando ARRISCOU tudo, trocando os pneus, tivesse ficado na brita, seria considerado um bunda mole.
    Chegar na F1 e permanecer, é porque o piloto é muito bom, ficar nas melhores ele ainda é melhor ainda.
    Ver uma F1 sem o Kimi é um crime, se não tinha o perfil para a Ferrari, tinha que estar em outra equipe grande.
    F1 boa, se faz com pistas verdadeiras e pilotos superior ao nível, não vou ficar analisando um piloto por uma prova, e sim pelo campeonato inteiro.

  8. “Hoje a F1 está cheia de pilotos maravilhosos, o que falta são pistas de verdade.
    Se vamos elogiar um piloto que ARRISCOU para fazer uma ultrapassagem e conseguiu, não vamos crucificar o mesmo piloto se não conseguiu, vamos usar o mesmo peso.
    Hoje, se por um acaso o Button, quando ARRISCOU tudo, trocando os pneus, tivesse ficado na brita, seria considerado um bunda mole.
    Chegar na F1 e permanecer, é porque o piloto é muito bom, ficar nas melhores ele ainda é melhor ainda.
    Ver uma F1 sem o Kimi é um crime, se não tinha o perfil para a Ferrari, tinha que estar em outra equipe grande.
    F1 boa, se faz com pistas verdadeiras e pilotos superior ao nível, não vou ficar analisando um piloto por uma prova, e sim pelo campeonato inteiro”

    Bom, depois disso é melhor eu permanecer em silêncio!
    Muito bem colocado Luiz Sergio.

    abraço e obrigado pelo ótimo nível.

    1. O perfil do Kimi fecha com a Red Bull, e ele sabe pilotar os carros do Newey. O patrocínio no WRC também fecha e a aposentadoria mais ainda!
      Estamos na torcida.

  9. Que corrida, Tomás!
    Só vou discordar sobre o Sutil. Creio que seja somente azar e quando ele conseguir fazer uma corrida limpa, terminará na frente do Tônio.

  10. A Ferrari ta dando show de trabalho em equipe, e respeito mutuo entre seus pilotos…O que andou deixando mt gente de cabelo em pé, em nenhum momento se viu Massa ou Alonso reclamando de tal coisa feita pela equipe ou alguma ordem…Os dois estão dando um show de trabalho de equipe e respeito…Massa respeitou Alonso no Bahrein, e Alonso respeitou Massa agora na Australia…

    Enquanto isso na Mclaren, Lewis já começa a sua guerrinha particular como fez em 2007 quando Alonso venceu em Monaco…Sem contar a Red Bull que tem seu justiceiro Webber

    Prevejo Ferrari dando lavada em todas as equipes se continuarem assim… [X+1º]

    Felipe Let Alonso Pass for THE CHAMPIONSHIP = #FAIL

    Qualify
    Massa 1 x 1 Alonso

    Race
    Massa 1 x 1 Alonso

    Podium
    Massa 2 x 1 Alonso

    1. Verdade Marcelo.
      E por isso, eles lideram as duas primeiras posições do capeonato de pilotos e o campeonato de equipes.
      A FERRARI ACERTOU EM 2010!!!!!

      Isso é bom, mostra que a F1 está trazendo um pouco de antes
      Veja bem, 2 corridas, 1 vitória Ferrari, 1 McLaren, e dois triunfos de campeões mundiais,,

      tá ótimo!

      abração!

      1. e para completar, o Button é o novo “professor” Prost ….

  11. Acho engraçado todo mundo descendo o sarrafo no Schumacher… Na primeira corrida ate concordo foi meio segundo na classificação e na corrida, mas na Australia??? Tava colado nos tempos de classificação do rosberguinho, largou melhor e estava em quarto quando o Alonso fechou o Button e sobrou pro alemão. Segundo uma entrevista de Ross Brawn depois do GP, alem do bico do carro do alemão, a batida com o espanhol danificou tambem a suspensão traseira direita do mercedes nº3, isso explicaria o desempenho discreto do tedesco.
    Mas apos esse gp, to começando a achar que esse w-01 da mercedes não é lá essas coisas não, pois o que foi mesmo que o Rosberg fez de excepcional na corrida? não fez uma ultrapassagem sequer, foi altamente burocratico, assim como no bahrein, ganhou posições graças às desgraças dos outros…
    Antes de descascar o shummy, devemos analizar o real potencial da mercedes e as conições em que a corrida de cada um se desenrrolou.

    PS. Não dá pra comparar as corridas de recuperação de schummy e alonso porque, alem dos fatos narrados por Ross, simplesmente a f10 está anos luz na frente do w01…

    1. “Acho engraçado todo mundo descendo o sarrafo no Schumacher…”

      Pois é Francis…
      Na verdade isto já era previsto, porque se Schumi não vencesse a mídia começaria a pegar nele..
      Mas no post mais recente, leia, e veja outro ponto de vista…

      abs.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s