Ferrari e McLaren no topo em 2010

Este ano começou realmente com uma revolução na F1. Pelo menos era isso o que diziam quando estávamos em plenos testes pré-temporada e tínhamos Red Bull e Mercedes surpreendendo, com uma leve força da Ferrari e McLaren. Se discutia muito sobre Vettel (aliás, ainda se fala muito), de Schumacher, e os times que marcaram a F1 nas últimas décadas estavam lá, liderando entre uma e outra vez.

Pois se confirmou que, em um lado diferente e “sombrio” da Fórmula 1, temos as duas grandes forças do esporte dividindo as primeiras colocações nas provas e dando banho na concorrência. A Red Bull tinha tudo para estar com duas vitórias em duas provas, mas não está. A Mercedes tinha tudo para impressionar com Schumi e Nico, mas até gora não tem pódio. Sim, Ferrari e McLaren, sem quase ninguém perceber, “tomaram conta do pedaço”.

Sei que pode soar exagerado, mas olhe a tabela, se você se interessa pelos números, e constate:

  1. Fernando Alonso/ Ferrari- 37
  2. Felipe Massa/ Ferrari- 33
  3. Jenson Button/ McLaren- 31
  4. Lewis Hamilton/ McLaren- 23

E nas equipes:

  1. Ferrari- 70
  2. McLaren- 54

Resultado Bahrein:

  1. Alonso/ Ferrari
  2. Massa/ Ferrari
  3. Hamilton/ McLaren

Resultado Austrália:

  1. Jenson Button/ McLaren
  2. Robert Kubica/ Renault
  3. Felip Massa/ Ferrari

É, nenhum sinal de Red Bull e Mercedes… Mas será apenas sorte? Ou há outra coisa?

Para quem vê assim, há sorte. Vettel como já foi dito muitas vezes aqui, poderia estar com 50 pontos e detonando Ferrari e McLaren. Mas, devido a problemas no carro, não está. Seria então azar da RBR, ou sorte dos times de Massa e Button em estar logo atrás para “herdar” a vitória?

Alonso venceu em Bahrein porque Vettel simplesmente perdeu rendimento na sua frente. E Button também, ele era segundo até que Sebastian, de repente, tem problemas nos freios e vai para brita. Claro que, Button, como esperto e sortudo que foi, apostou na estratégia de 1 parada e de trocar os seus pneus antes que o “resto”. Depois foi só “esperar que Vettel quebrasse” e vencer. Simples não? Bem, nem tanto..

Pode apostar que a Red Bull está trabalhando a mil para concertar esses problemas. Porém, se estes continuarem a ocorrer, “já era”… Algo curioso é que seus pilotos têm perfis bem diferentes entre si.

Button:

É um piloto que, como vários insistem em afirmar, só se dá bem com um carro muito bom em mãos. Em 2009 foi assim, teve a Brawn perfeita no início e não decepcionou: emplacou 6 vitórias na temporada e um campeonato inédito. Conhecido também pela sua passagem suave pela pista e grande economizador… Totalmente diferente de..

Hamilton:

O menino prodígio da McLaren é realmente um dos melhores na categoria atualmente. Já foi vice em 2007, campeão em 2008 e levou uma fraca McLaren em 2009 as vitórias. Mas ele erra muito. Não fossem seus erros em 2007, teria sido campeão. E se não fosse pelos problemas de Massa na Ferrari em 2008, teria perdido o caneco. E agora? Será que sem Ron Dennis a comando (pelo menos é assim que está), ele perderá terreno para Button? Outro piloto se faz a mesma pergunta, que é…

Massa:

Na Ferrari desde 2006, se enfrenta com Alonso neste ano. No momento, tem dois pódios e esta a apenas 4 pontos do espanhol. Ainda não venceu, mas tem tudo para isso, principalmente em pistas que ele gosta (Turquia, etc). O espírito de vencer ele possui, só falta lapidar um pouco mais. Como já foi dito, a preocupação vem ao seu companheiro…

Alonso:

Dois títulos nas costas já merecem respeito. A Ferrari não pensou duas vezes (nem ele) em contratá-lo no lugar de Kimi. Carisma, talento e capacidade se misturam e formar um piloto excelente. Todos estamos muito apreensivos para ver como seguirá a disputa com Massa, que promete dar briga boa. Temos a chance de que a Ferrai de preferência a ele? Só saberemos no final do ano…

Depois disso, ficam perguntas para que sejam debatidas:

  • Quem, na sua opinião, é o melhor nesse quarteto?
  • Quem é o mais injustiçado?
  • Será que Button superará Hamilton?
  • E Massa, consegue ser líder do campeonato após Malásia?

Fique a vontade para opinar e até mais, com posts bem interessantes…

11 respostas para “Ferrari e McLaren no topo em 2010”

  1. Coisas a colocar, Jornais espanhois estão loucos criticando a Ferrari, que se manteve na minha opinião, correta, segurou felipe no bahrein e agora usou da mesma regra, a equipe é o que importa. Alonso na minha opinião não teve paciência na Maclarem, nelson Piquet que ja foi o piloto talentoso preterido pelo queridinho que o diga, se entrar na 0nda tabloidista Alonso pode se perder e sair também da ferrari.
    Em condições normais a RBR deve se colocar entre Ferrari e Maclaren ou na frente das duas, o GP Ausralia foi otimo, não ha quem diga o contrário, mas a chuva foi o grande fator a dar emoção ao GP, em condições normais, acho eu veremos um pouco mais de procissão, por ultimo a fornecedora deu um duro golpe no quesito ultrapassagens e emoção, pois na F1 existem dois compostos: O duro e mais duro ainda, pneus resistentes e muitos carros fazendo uma só parada aliada a alguns circuitos sem pontos ultrapassagens, teremos que bater muito o Tambor para termos chuvas e emoções em alguns GPs.

    1. ‘ segurou felipe no bahrein e agora usou da mesma regra, a equipe é o que importa.”.
      Vimos que Alonso se segurou pensando mesmo no seu futuro no time, não quis gerar brigas tão cedo e assim está bem…

      “teremos que bater muito o Tambor para termos chuvas e emoções em alguns GPs.”
      Ah, isso sim, e, por sorte, seguramente teremos chuva na Malásia, o que continuaria com a onda de emoção..
      Tomara..

      abraço!

  2. * Quem, na sua opinião, é o melhor nesse quarteto?
    Estou em duvida entre o Alonso e o Hamilton, mas por estar na frente e saber lidar na pressão é o Alonso.
    * Quem é o mais injustiçado?
    Button talvez, na verdade não acho que tenha um injustiçado, mas sim um menos ajudado.
    * Será que Button superará Hamilton?
    Não, mas seria legal se conseguisse
    * E Massa, consegue ser líder do campeonato após Malásia?
    Depende das condições de pista, portanto não.

    Abraços

    1. “* Será que Button superará Hamilton?
      Não, mas seria legal se conseguisse”

      Hehe, parece que todos querem isso!
      Mas seria interessante..

      abraço Lucas!

  3. – Quem, na sua opinião, é o melhor nesse quarteto?
    Alonso, por ter a friesa de um bicampeão, além de ser muito bom piloto.
    – Quem é o mais injustiçado?
    Button, pois de todos é o menos prestigiado, mesmo sendo o atual campeão.
    – Será que Button superará Hamilton?
    Axo que não, a vitória da Austrália, digamos, teve uma pitada de sorte.
    – E Massa, consegue ser líder do campeonato após Malásia?
    Curto e Grosso, Não

    1. “E Massa, consegue ser líder do campeonato após Malásia?
      Curto e Grosso, Não”

      Nossa, pegou pesado” haha
      Eu acho que se ele assumisse a liderança, colocaria pressão em Alonso, e aí quero ver..

      é, o campeonato pode ser muito bom…
      abs.

  4. Para um campeonato que parecia equilibrado, essas duas provas mostrou que nem Ferrari, nem Mclaren, tem os carros mais rápidos e sim os carros as resistentes e que as duas, aproveitaram ao máximo os treinos da pré- temporada, já devem também estar trabalhando incansávelmente para igualar a velocidade da Red Bull, sabemos as melhorias nos carros dessas duas equipes são praticamente diários, vejo que a Mercedes tenta fazer esse ritmo também na equipe, já a Red Bull o trabalho está sendo inverso, tentar da confiabilidade ao carro mais rápido, isso já é mais complicado, pois tem que rever todo o projeto.
    Por enquanto não existe nenhum piloto sendo preterido, o melhor piloto pode não está no grupo dos 4 e sim no grupo de 6, pois entra nesta lista o Vettel e o Shumi e um pouquinho mais atrás vem Mico pela falta de agressividade e o Webber por tentar andar mais do que o seu limite.
    Muita coisa vai acontecer e pode ser que o campeão não seja o melhor piloto, mais tenho certeza que está incluído entre os melhores.
    O mais completo hoje entre os 4, é sem dúvida o Fernando Alonso, Felipe Massa o piloto em evolução constante, Lewis Hamilton rapidez e agressividade, Button, categoria e frieza.

    1. ‘ já a Red Bull o trabalho está sendo inverso, tentar da confiabilidade ao carro mais rápido, isso já é mais complicado, pois tem que rever todo o projeto.”
      É o que parece..

      ” mais atrás vem Mico pela falta de agressividade ”
      Ah, isso, vamos ao post logo mais acima, para nos aprofundarmos na questão “Nico-Mico?”
      hehe.
      Excelente comentário Luiz.
      Obrigado!

  5. Dificil as perguntas,.,..rsrs
    mas acho qo mais completo é o Alonso mesmo….um piloto fora do normal…sem duvidas..

    O mais injustiçado na minha opiniao é Massa, aquele campeonato perdido na ultima curva foi impressionante, ele merecia. Mas na F1 nem sempre qm merece leva…

    Acho q Button n superará Hamilton… Essa vitoria foi merecida pela leitura da corrida, mas foi uma manobra arriscada. Em termos de pilotagem acho Hamilton em melhores condições…

    Massa tem chances de liderar o campeonato sim

    1. Legal Gabriel…
      Queria mesmo ver Massa na frente, já que no meu caso, por torcer por Alonso, colocaria mais fogo na disputa.
      A última vez (e 1ª), quem Massa liderou um mundial foi em 2008, após o Gp de Magny-Cours..
      Faz tempo, então tem que renovar!

      abraço.

  6. aqui está mais uma prova concreta de quem a Ferrari começara a dar uma olhada com carinho e provavelmente mais atenção daqui algumas corridas: (mesmo que alguns torcedores spaguetis não queiram ver)

    “Alonso se gana la jefatura de Ferrari en Melbourne”
    (traduzinho: Alonso ganha a confiança da Ferrari em Melbourne)

    a escudería terminó encantada con su actitud poco agresiva frente a Massa, que por contra casi le llega a tocar, y con la forma en la que defendió el podio de su compañero frente a Hamilton y Webber.

    (vamos traduzir para nao deixar duvidas: a escuderia ficou encantada com sua atitude pouco agressiva frente a massa, que por pouco quase lhe toca, e com a forma que defendeu o pódio de seu companheiro frente a hamilton e Weber)

    obs: interpretação disso na real – Massa tá devendo uma pro Espanhol e pra equipe.

    Fernando Alonso trata a Ferrari como una mujer a la que se quiere conquistar. Se desvive por sus deseos, asume su mentalidad como la suya propia y sacrifica sus instintos más egoístas en pos de una unión fructífera y duradera. Y en la escudería han tomado nota y se deshacen ya en elogios con su actitud, menos agresiva de lo normal frente a Felipe Massa y férrea en la defensa del fortín rojo. Si el asturiano no hubiera resistido de manera numantina durante seis vueltas a Lewis Hamilton, Mark Webber y Nico Rosberg, habrían perdido un podio y una cuarta plaza por unas decepcionantes quinta y sexta posición.

    (Aqui resumindo um pouco, o que toda pessoa sã e normal já sabe: que se ALonso não tivesse tido a cabeça no lugar e lutando pelo time em vez de por si, além de ter resistido bravamente a hamilton, weber e rosberg a ferrari teria perdido o terceiro e quarto lugares.)

    A Stefano Domenicali se le lee entre líneas su agradecimiento: “Fernando era último en la primera curva, pero hizo una fantástica remontada hasta la cuarta plaza y podría haber tenido un resultado incluso mejor, pero sabemos que adelantar es siempre difícil, especialmente entre coches de similar nivel. Estuvo perfecto cuando defendió su posición contra Hamilton en las últimas vueltas”.

    (Adivinha quem atrapalhou? )

    El director general de la escudería no parecía tan efusivo con Massa: “Felipe hizo una salida realmente buena que fue la base de su resultado final. Tuvo un fin de semana difícil y estoy seguro de que su segundo podio consecutivo es agradable para él”. En el equipo italiano no gustó tanto la dureza de Massa, que hizo una maniobra defensiva para que Fernando se fuera hacia el muro cuando intentaba pasarle. Si Alonso no corta y se va hacia fuera, el toque habría llegado. Y eso sí que habría enfadado a Domenicali.

    ( Ao passo que elogiou Alonso, Domenicalli disse ter visto massa ter gostado do terceiro lugar. No entanto não gostaram da forma como Massa se defendeu da investida de Alonso
    pondo em risco os dois se tocar.)

    El análisis de la carrera demuestra que el piloto de Sao Paulo fue un freno a la cabalgada del bicampeón en una remontada extraordinaria. En la vuelta trece, justo después de que Fernando pasara al Sauber de Pedro de la Rosa, les separaban 7,4 segundos. Nueve vueltas más tarde, sólo 1,6. Es decir, le recuperó 5,8 segundos a un ritmo de seis décimas y media por vuelta. Cuando aterrizó junto a Hamilton y Felipe, Fernando se encontraba a 8,5 segundos del McLaren número uno de Button. En la penúltima vuelta de carrera, justo antes de que Jenson se relajara, el asturiano se encontraba a 21, por los 18 de Massa. Al final los números hablan más que una queja pública sobre una estrategia. Y Ferrari ya sabe en quien debe confiar…

    ( A analise da corrida é clara. Na volta 13, depois de ultrapassar De La Rosa, estava a 7,4 seg. de Massa, nove voltas depois estava apenas a 1,6 seg. Recuperou 5,8 seg. a um ritmo de 0,6 decimos em média. Quando encostou em Massa estava a 8,5 seg. de Button. Na penultima volta da corrida, antes de button relaxar um pouco, se encontrava a 21 seg. de Alonso e 18 de massa. Ou seja, os numeros falam mais claramente do que uma queixa publica sobre a estratégia da Ferrari. E pessoal da escuderia já sabem em quem devem confiar se querem ganhar alguma coisa realmente)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s