Vettel e Alonso- a dupla para a Ferrari?

A imprensa espanhola está em pé de guerra com Felipe Massa. E a Italiana também, não esqueçamos. Porém, cada uma delas têm motivos bem diferentes para seu argumento. Mas o centro, é Fernando Alonso, por sinal. Acontece que, em meio a tudo isto, um torbulhão de boatos e críticas que beiram o absurdo vão sem espalhando pela mídia- e pelo paddock.Felipe é piloto da Scuderia desde 2006, depois de passagem pela Sauber ao lado do campeão (apesar de já apagado- Jacques Villeneuve). Agora você se pergunta: Como é que o brasileiro sobrevive há 4 anos (este é o 5º), em um time que só revela campeões? Vejamos. Na década que se passou (embora tecnicamente este seja o último ano dela), apenas 1 piloto, que correu como titular nos carros vermelhos, não levou o caneco. Sim, este “indivíduo” é Rubens Barrichello, que chegou ao seu ápice com 2 vice campeonatos (2002 e 2004).

Apesar da garra e talento do brasileiro, ele foi humilhado (não por Schumacher), mas por uma equipe que literalmente lhe dava as costas. Força de Ross ou de Todt, que queria deixar Rubens, um piloto “sem chances de vencê-lo”, para que o alemão reine com soberania. E assim foi. Uma “catátofre” de 5 títulos seguidos, interrompidos apenas por Renault e McLaren em 2005, e a 1ª novamente em 2006.

Em 2005, sai Barrichello, e entra outro brasileiro, Felipe, claro (06). Ele cumpre muito bem o seu dever, ficando atrás de Schui, vencendo e com 80 pontos na bagagem. Mais sorte ainda, Michael se aposenta. Mas, com isso, chega um tal de Räikkönen e vence a 1ª do ano. Fica um pouco apagado, McLaren brilha, mas no final do campeonato começa a emplacar vitórias e pódios e chega com chances ao Brasil de ser campeão. E isso acontece, com Massa, obviamente pensando na equipe, cede a vitória para que o finlandês possa se sagrar campeão.

Em 2008, ocorre o papel inverso, mas Felipe não tem a devida sorte e competência do time e perde a temporada por míseros 500 m. Não vou estender o capítulo porque todos já conhecem. Ano passado, após lutar bravamente com um carro ruim de nascença, Massa consegue seu primeiro pódio em 2009 e estava a ponto de vencer em questão de provas. Porém, mais uma vez, o azar estava com ele e aí uma história envolvendo ele e Barrichello, o “dono” da porca que atingiu o seu capacete.

2010 foi o ano da prova de fidelidade no piloto, ou não. Após vários meses sem pilotar, Felipe já emplacou dois pódios e é o segundo do campeonato. Mas a contratação de Alonso pode ter espelhado o efeito contrário. Notemos que milhões foram invertidos (por parte do Banco Santander) e da Ferrari, em pagar a multa rescisória a Kimi Räikkönen, e o espírito de líder de Alonso, além da sua “arrogância”, podem transforar facilmente a Scuderia em SUA equipe. O que então a Ferrari propôs com a vinda de Alonso ao time?

Simplesmente, fazer dele um novo Michael Schumacher. E ter um brasileiro “da casa” como “cobaia”. Pode parecer que não, mas é provável que seja. Claro que isso ainda não está posto em prova, já que Alonso respeitou, entre aspas, Massa na disputa pela posição e deixou claro que pensa no conjunto. E Domenicalli se rasga em elogios ao espanhol. A cada dia que passa, o jogo vai sendo revelado, mas Massa (algo que eu acho certo), vai agindo com diplomacia e bons resultados. Pode ser questão de tempo, ou não, para termos outro alemão… Vettel.

E quem diria que pode ser ele o sucessor de Massa? Naturalmente, espero que o brasileiro fique e renove seu contrato (que expira ao final do ano), principalmente por seu carisma e talento. Porém não podemos descartar a possibilidade de saída de Felipe, o que pode acontecer, e não seria o fim do mundo. A ida de Vettel ao time poderia fazer parte desta jogada, contratando-o em 2011, enquanto a estrela é Alonso. Assim que o espanhol anuncia aposentadoria, eles já têm um talento lapidado e com características Tifosi pronto para arrebentar. É muita imaginação ou será que pode chegar a acontecer? Recentemente, Sebastian disse que “sonharia em correr pela Ferrari algum dia”….

Neste momento estou confortável aqui na Red Bull, mas o nome Ferrari fala por si só. Acho que para qualquer piloto seria algo especial correr para eles mas ainda tenho alguns anos pela frente.

Pode ser besteira, pode não ser, mas enfim, como ficaria a situação da Scuderia e de Massa?

Nesse caso, deixo esta parte com vocês, assim podemos tirar algumas alternativas juntos. E, na sua opinião, como fica a dupla do time de Maranello? Alonso-Massa, Alonso-Vettel, ou Massa-Vettel?

Logo mais, o porque de tudo isto.

48 respostas para “Vettel e Alonso- a dupla para a Ferrari?”

  1. Alonso-Massa. Vettel só num futuro, talvez distante.

    Sobre o Rubinho na Ferrari, a equipe só jogava contra ele quando ele “estava no caminho” do alemão. Todos os qualifyings(por exemplo) que o Barrichello perdeu foram no braço, ou falta de.

    Atualmente a Ferrai “é equipe do Massa”. Ela só vai ser tornar “do Alonso” se o espanhol superarseu companheiro. O mais rápido, ou melhor posicionado, leva a equipe.

    1. “Atualmente a Ferrai “é equipe do Massa””

      Fala KBK;
      Será que essa afirmação é certa? Se a Ferrari fosse a equipe do Massa, a equipe teria contratado um Kovalainen ou um piloto sem graça, não o Alonso.
      Como já disse, essa história pode não terminar bem para o brasileiro.
      e até acho bom ele sair, mudar de ares e vencer em outra equipe, para não se tornar outro Rubinho…

      abraço

      1. Como disse no post, a equipe é bem patrocinada pelo banco espanhol Santander. Precisam ainda de mais alguma evidência para enxergar o óbvio.

      2. Zezinho;
        isso é certo, mas duvido que tenha sido esse o motivo da contratação.
        uma coisa é influir, outra coisa é decidir.
        O banco não decidiu nada;;;

    2. A Ferrari quer vencer. Tem 2 pilotos fortes que podem fazer isso, aquele que conseguir, será o “dono da equipe”.
      O que eu quis dizer por “equipe do Massa”, é que eles tem mais carinho pelo Massa. Mas se o Alonso continuar superando o Felipe, a equipe muda.

      Zezinho, o Santander contribue com menos de 7% do orçamento da Ferrari, não caia nesse erro…
      Se o Alonso superar o Massa, será PELA COMPETÊNCIA. Parem de inventar histórinha.

      1. “o Santander contribue com menos de 7% do orçamento da Ferrari, não caia nesse erro…
        Se o Alonso superar o Massa, será PELA COMPETÊNCIA. Parem de inventar histórinha.”

        concordo KBK.
        Abraço

  2. Bom dia meus caros.
    Prezado KBK, deixe de se enganar a si proprio e acorde de uma vez por todas. O Alonso é muito piloto do que o Massa, para com este teu patriotismo de que a Ferrari é do Massa, desde quando ele ou o Pai do Massa comprou a Scuderia? Em duas corridas apenas neste ano muitas conclusões podem ser tiradas. Com toda sinceridade eu não sou fã do Aalonso, mas se é grande piloto, isto ele é. Tem uma condução soberba, inteligente, e realmente sabe o que quer. Aalonso não é um tipo que fica falando antes de alcançar os objectivos. Foi o proprio Massa que ficou a ladrar tanto que Aalonso deve se abituar a trabalhar como a equipa trabalha, mas afinal de conta quem deve aprender é o Massa, porque Alonso ja está se introsando dentro da equipe.

    Meus amigos imaginem um individuo que entra numa equipe, carro novo e ja está liderando o campeonato, é alguem digno de respeito.

    Sem duvida e todos sabem disso a melhor dupla seria mesmo: Alonso e Vettel, mas sem sombra de duvida.

    Eu aconselho os meu amigos que encarem a realidade, eu sei que sonhar não é proibido e tambem é de borla, mas o tempo de FITTIPALDI, PIQUET, SENNA, ja se foi, não vamos inventar outros campeões, porque um bom piloto ja nasce bom piloto e não é feito pela midiã. A verdade doi mas infelizmente esta é a realidade.

    1. ‘Meus amigos imaginem um individuo que entra numa equipe, carro novo e ja está liderando o campeonato, é alguem digno de respeito.”

      Verdade Edgas. Kimi fez isso em 2007, mas creio que Kimi e Alonso são MUITO diferentes…
      Não sei como é a cobertura na África da F1, ela tem importância ou a Copa já é febre?
      Fale um pouco mais disso, quem sabe não rola um post bacana…

      abs!

    2. Caro Edgas Mumute,
      Eu torço pelo Vettel.
      Antes torci pelo Raikkonen.
      Antes disso torcia pelo Hakkinen.
      Não torço pra Massa, Rubinho, B. Senna ou afins.
      Falo “equipe do Massa” em questão de afeto. Só os resultados vão mudar isso.
      Também acho que Alonso é mais piloto que o Massa. Mas eu também achava isso do Raikkonen e o Felipe foi muito bem contra ele.

      “para com este teu patriotismo de que a Ferrari é do Massa, desde quando ele ou o Pai do Massa comprou a Scuderia?”
      Sugiro que estude sobre o significadode “aspas”.

      1. ‘Eu torço pelo Vettel.
        Antes torci pelo Raikkonen.
        Antes disso torcia pelo Hakkinen.

        Caramba, bem diversificado.
        Dois finlandeses, um alemão, 2 campeões e 1 vice. nada male hein? hehe

        abs.

  3. Sei que muitos vão ficar com raiva do que vou falar, Vettel não corre com Alonso na Ferrari, por que? Ele vai andar mais que o Alonso!
    A Ferrari é mais de 50% patrocinada com cotas que Alonso trouxe, enquanto Massa não traz nada de Patrocinio, então a atitude é a seguinte, a Ferrari quer transformar o Massa em uma especie de novo Barrichello, porem precisa combinar com ele, Barrichelo reclamou muito da falta de chance e do time trabalhar pra Shumacher, pois devia ter saido logo, ficou 5 anos, então não tem direito de reclamar, então a Massa daqui a alguns meses restara dois caminhos, obdece, fica e perde, ou desobedece vê no que dá e sai.
    Acho que Alonso vence o Campeonato de Massa sem precisar de subterfugios do tipo, trabalhem só pra mim, agora Alonso pode perder o campeonato para ele proprio se começar a se preocupar em tirar Massa do seu caminho, e perder concentração no foco.
    O piloto que supostamente substituiria Massa, seria um com experiência para acertar carros e proteger alonso na Pista, e claro aceite andar atras, mesmo estando em condições de estar a frente.
    Massa pode sim um dia ser levado até o Titulo, ele aprendeu muito com Shummi, aprendeu a se virar sozinho com o Kimi, e vai pegar mais bagagem com Alonso, ou seja ele na minha opinião é melhor que campeões como Damon Hill e Jacques Villeneve, porem precisar esta no lugar certo e na hora certa, como Button no ano passado, mas a equipe em corre Alonso ou o Campeão e ele ou um piloto de outra escuderia, seja por talento do Alonso ou por sua arrogancia para chefiar e fazer com que trabalhem para ele, alonso é da escola do Shumacher, e não vejo grandes ganhos para F1 quando ocorrem supremacias iguais a de shummi.

    1. ‘Sei que muitos vão ficar com raiva do que vou falar, Vettel não corre com Alonso na Ferrari, por que? Ele vai andar mais que o Alonso!!

      Eu não estou com raiva, só não concordo, por enquanto.
      O Vettel ainda é um “moleque”, que nem o Hamilton era até 2008. errava muito e corrida como gênio. só que errava mais. perdeu o titulo de 2007 que estava em suas mãos, venceu o de 2008 além da competência claro, por erros dos rivais (não só de Glock, da Ferrari com Massa), e só em 2009 ele mostrou que estava maduro.
      bem, na pista, porque na Australia mentiu e todo aquele escândalo.
      e agora, me decepcionou e mostrou que é muito indeciso e levado pelas pequenas coisas;
      levou multa e errou na classificação. fez uma corrida fantástica depois, isso é certo, mas não conseguiu passar Alonso e deu no que deu.
      Voltando, Vettel ainda tem que se aperfeiçoar. ele mesmo disse que ainda precisa de experiência. ano que vem, ou 2012, ele está lá….

      abs!

      1. Vettel é melhor que hamilton tbm, não pode ser usado como parametro de comparação, se der um equipamento ao Vettel que seja rapido e durável ele pode mostrar o melhor dele, hj ele é limitado pelo equipamento, enquanto Alonso tem um equipamento que é um pouso só mais lento que a RBR porem dura mais…Hamilton sempre teve Carros rapidos e duráveis e sempre demonstrou ser um Montoya mas bem sucedido, ou seja vitoria ou muro…..

      2. Esqueci de dizer que idade não diz nada, vc aos 13 escreve como gente grande, Alonso aos 23 pilotava como campeão, e por isso digo que Vettel aos 22 já é um piloto completo…….

      3. “vc aos 13 escreve como gente grande, ”

        Valeu Claudio, nem sabia que escrevia tão bem,, hehehe
        é dever do aluno não é?

        abraço!

  4. Equipes terão de modificar a posição de retrovisores

    Pilotos e FIA dizem que posição atual dos espelhos prejudica a visibilidade

    Os espelhos retrovisores que ficarem fora dos carros terão de ser remodelados para o GP da China devido a questões de segurança.

    Atualmente, alguns times equipam seus monopostos com espelhos localizados próximos da asa traseira e do radiador, com o objetivo de aumentar a aerodinâmica, algo que, segundo a FIA, pode causar perigo durante as disputas.

    De acordo com a entidade, os carros de Ferrari e Red Bull são os que posicionaram seus espelhos retrovisores da maneira mais perigosa e terão, assim como os demais times, que adaptarem o acessório para dentro do carro em um prazo de duas semanas.

    Alguns pilotos, inclusive, foram conversar com representantes da FIA no último final de semana, na Austrália, para se queixarem do problema dos retrovisores. Em algumas ocasiões, um piloto acabou bloqueando o outro durante os treinos devido à pouca visibilidade.

    “Todos tiveram problemas com os espelhos”, disse Pedro de la Rosa, da Sauber. “A verdade é que esse posicionamento dos espelhos dão uma pequena visão do que está acontecendo atrás, além do fato de vibrarem demais”, completou.

    “Então, se você não tem muita informação do rádio, tem um problema. Você pode ver quando tem um carro atrás, mas quando ele está 2s atrás, você não tem ideia de onde ele está.”

    Para Felipe Massa, no entanto, os espelhos de sua Ferrari estão bons para ele. “Não tenho problemas de visibilidade. Se der na mesma, prefiro manter o que tenho, mas veremos como será. Espero que não tenhamos de perder nada mudando um espelho de um lado para outro”.

  5. Tomás , mais uma vez meus parabéns pelo Post !
    Que assunto interessante esse , não são os torcedores própriamente que estão sim se manifestando mas a imprensa !
    Jamais imaginaria que esse esporte fosse despertar tanta paixão e fanatismo na imprensa !
    Eu um torcedor como muitos e como você , temos condições de fazer qualquer análise ainda de forma fria e cautelosa , mas não consigo entender como esse esporte tranformou a cabeça desses comentaristas e narradores como seguidores fanáticos e apaixonados .
    Depois , vou dar o meu pitaco nesse assunto novamente falando de Schumacher , Alonso , Massa e Rubinho pois pra mim , esse assunto é muito bom .
    Como vi e li o excelente post , não me contive e dei um toque mas , sou obrigado a sair e , na volta pela noite estarei aqui continuando esse assunto .
    Valeu grande Tomás , até à noite .

  6. A mídia adora criar boatos, para fazer assunto. Quando o Alonso correu na McLaren, os espanhois também pegavam no pé do Hamilton, e com o Massa, não vai ser diferente. Agora o Felipe vai ter que superar a política, e como já disse em outros textos, o asturiano é muito genioso, vai querer a equipe para ele e já deve estar trabalhando nos bastidores.

    Raikkonen e Massa chegaram a Ferrari sem trazer patrocínios. O brasileiro por ser empresariado pelo filho de Jean Todt, Nicolas, errou no começo, mas foi melhorando ao longo da temporada. Nestes 17 anos que acompanho Fórmula 1, foi o piloto que mais vi evoluir. O finlandês veio de boa campanha na McLaren e sem ajuda política, diferente da escuderia inglesa, quando foi indicado por Mika Hakkinen, em 2001.

    No momento, Alonso não reclamou, está quieto, mas a imprensa, tanto espanhola, como inglesa, alemã e italiana, poderão colocar lenha na fogueira e criar tumulto, e nisso, Felipe Massa deverá cuidar até do que diz. Estou começando a acreditar que o espanhol está trabalhando por debaixo dos panos para se tornar primeiro piloto da equipe e desestabilizar Felipe, no qual acredito que não aceitará ser segundo piloto.

    Depois destes comentários dos espanhois, acho melhor esperar pelo menos, dois ou três meses para sabermos como ficará o cenário, pois temos situação interessante, pois algumas vagas poderão ficar em aberto. Cogita-se a volta de Raikkonen, nos carros da Red Bull, também uma boa opção para Massa, caso não permaneça na Ferrari. Quanto a Vettel, outra opção futura a ele, pode ser a própria Mercedes, que é do mesmo país de origem, ou a McLaren, pela tradição.

    No meio do ano a situação começará a ganhar os contornos definitivos, ainda estamos chegando em abril, e lá para julho e agosto é que começaremos a ver como será o cenário de transição deste para o próximo ano.

    1. “Depois destes comentários dos espanhois, acho melhor esperar pelo menos, dois ou três meses para sabermos como ficará o cenário, pois temos situação interessante, pois algumas vagas poderão ficar em aberto. Cogita-se a volta de Raikkonen, nos carros da Red Bull, também uma boa opção para Massa, caso não permaneça na Ferrari. Quanto a Vettel, outra opção futura a ele, pode ser a própria Mercedes, que é do mesmo país de origem, ou a McLaren, pela tradição.”

      Interessante, inclusive parece que as negociações entre Kimi e a RBR podem ser reais mesmo…
      Com certeza a F1 ganharia muito mais com a saída de Webber e a volta de Raikk.

      Valeu pelo comentário, muito bem formulado!

      abraço!

  7. Kubica admite que Renault só repete 2º lugar em corridas anormais

    Robert Kubica tem sido muito realista quando fala sobre o desempenho da Renault, mesmo comentando o segundo lugar conquistado em Melbourne, na Austrália, na segunda etapa da temporada. Para o piloto, a equipe só conseguirá bons resultados como esse quando acontecerem corridas que saiam da normalidade.

    “Se colocarmos todos os carros em seu desempenho máximo, certamente não estaremos entre os primeiros. Isso está muito claro. Mas corridas são corridas, e os pontos são os mesmos em todas as etapas. Então, se foi um pódio oportuno ou se tivemos um bom desempenho, isso não importa”, comentou.

    O polonês disse que o resultado conquistado na última prova motivou toda a equipe, que precisava desse impulso. “Conseguimos 18 pontos, o que é uma ótima motivação para a equipe, especialmente depois da difícil pré-temporada que a equipe teve na nossa fábrica. Tivemos um grande impulso no desenvolvimento do carro nos últimos dois meses”, comemorou o piloto, que tem uma vitória na F1, conquistada em 2008, no Canadá.

    Kubica pensa que a diferença para o já conhecido G4, que inclui Red Bull, Ferrari, McLaren e Mercedes, é grande, mas que a Renault está chegando em uma dessas equipes. “Acho que não estamos perto, pois a diferença é muito grande. Felizmente estamos em uma posição à frente do segundo grupo, onde estão Force India e Williams”, falou.

    “Mas se a Mercedes não trabalhar perfeitamente, e nós fizermos um bom trabalho, então poderemos disputar com eles. Mas temos de fazer tudo muito certo e torcer para que eles tenham algum problema”, completou o piloto.

    1. Será que a Renault não se da conta que ele estão a 9 pontos de passar TODA A CAMPANHA de 2009 com Alonso:?
      Mas humildade é bom…
      Alguém aposta na vitória de Kubica:?

  8. Tomás,
    hoje com esse tema, você pegou pesado, temos que analisar friamente.
    Tudo começou com a falta de um ótimo procurador, quando o Bicampeão
    tomou a decisão de trocar a Renault por uma equipe que tinha uma estrutura
    maravilhosa mais que a muito tempo não conseguia fazer um campeão.
    Mclaren estava nocauteada com a saída do seu principal piloto o Kimi,
    Tudo que o Fernando Alonso, pedisse no contrato ele conseguiria e até
    mais, pena que seu procurador não se preocupou com os mínimos detalhes,
    e Alonso entrou em uma furada muito parecida ao do nosso tricampeão o Piquet,
    equipe inglesa com um dos piloto inglês.
    Alonso na sua ia para a novo equipe, tinha na bagagem não tinha só dois títulos,
    tinha o que a Mclaren precisava, talvez o melhor acertados de carros da F1.
    A Mclaren que já tinha se sujado todas com o roubo dos projetos da Ferrari,
    logo no inicio percebeu que tinha uma pedra preciosa no seu piloto inglês, que
    só não tinha a experiência em regulagens finas que o Alonso tinha de sobra.
    Essa novela todos nós sabemos, Alonso regulava seu carro, a regulagem era passada
    para o piloto inglês e só fazia era acelerar e acelerar muito bem, talvez até melhor que o Fernando Alonso.
    Os dois anos novamente na Renault, já com uma estrutura toda abalada, fez o grande
    piloto perder status.
    Sua ida para a Ferrari, já não poderia mais ser da mesma forma, precisava de muito mais,
    esse muito mais era uma estrutura fortíssima de um Banco Espanhol o Santander, bancando
    tudo até a quebra de contrato do piloto Kimi, bancar a Ferrari.
    Com o acidente do Felipe Massa, a equipe italiana não poderia dar um pé na bunda do
    piloto brasileiro, não ficava bem ela dispensar o piloto que quase morreu a bordo de uma
    Ferrari.
    Felipe é um pedregulho no sapato da Ferrari, ela não sabe lidar com tantas pressões do seu
    principal patrocinador.
    O final dessa história, penso que não vai ser bom para o brasileiro, nenhuma equipe precisa de dois grande pilotos, de um piloto fora de série e outro muito bom mais nunca do mesmo nível.

    1. “Tomás,
      hoje com esse tema, você pegou pesado, temos que analisar friamente.”
      Hehe, eu já imaginava.

      Pela sua análise, esta perfeita.
      Alguma palavra sobre Massa ser o “SUCESSOR” de Rubinho?

      abraço.

      1. Ja ouvi entrvistas do Massa dizendo que, a Ferrari não é ultima equipe dele na F1, e que ainda pode correr em outras, ele sabia o que esperava ele esse ano, e nessa entrevista ele deu a entender que não seria o novo Rubinho.

      2. “a ouvi entrvistas do Massa dizendo que, a Ferrari não é ultima equipe dele na F1, e que ainda pode correr em outras, ele sabia o que esperava ele esse ano, e nessa entrevista ele deu a entender que não seria o novo Rubinho.”

        Claro Claudio, aliás, bem lembrado.
        Tomara que não seja mesmo, porque seria injusto, assim como foi com Rubens….

      3. Felipe Massa, não tem o perfil para segundo piloto, ele pode até perder na pista para seu companheiro.
        É bom que as cartas sejam colocadas na mesa, quem acompanha a F1 sabe que a montanha de dinheiro de um dos maiores bancos do mundo traria cobranças para a Ferrari, só espero que esse ano não tenha nenhuma sacanagem com o Massa, que a disputa seja feita na pista.

  9. Acredito que Massa tem potencial para ser campeao sim…
    Alonso pode ter muito mais prestigio…e claro, tem potencial para chegar na frente ao final do campeonato…
    Vettel tbm é um dos mlehores…e sera campeao alguma hora….seja pela RBR ou pela Ferrari…
    Mas acredito que a disputa e a situação de Massa dentro da equipe pode e devera sofrer muita mudança..
    Cmo vc disse Tomas…pode ser uma possibilidade de Vettel ir para a Ferrari…
    Mas na minha opiniao (opiniao agora é dificil, campeonato apenas começando) é que massa tem talento e força psicologica para aguentar a pressao da midia e de Alonso. Massa tem uma grande força de atingir seu potencial maximo qndo esta sob pressao….E esse pode ser seu trunfo…
    Alonso ainda n jogou suas cartas….parece q esta esperando o momento certo, pois como um grande campeao ele sabe que precisa minar seu companheiro de equipe se quiser ganhar o campeonato! Mas sera algo muito legal de se ver…
    Pela minha torcida pessoal e por ser brasileiro, prefiro acreditar que massa consegue superar isso…
    Vamos acompanhar o campeonato para ver

    1. “Mas na minha opiniao (opiniao agora é dificil, campeonato apenas começando) é que massa tem talento e força psicologica para aguentar a pressao da midia e de Alonso.”

      Fala Gabriel!
      Com certeza, só queria dar a ideia a vocês que não seria o fim do mundo que o Massa saísse da Ferrarri. Rubinho ficou 5 anos, massa completa essa quantia ao final do ano.
      não quer dizer nada, e aliás não quero lançar conspiração, mas Felipe pode se dar bem em outra equipe. Ferrari não é tudo, Alonso já ficou com o titulo na Renault, Hamilton e Button na McLaren, o próprio Massa já correu na Sauber (sob mando da Ferrari), Schumacher está na Mercedes, Rubinho na Williams.
      Ou seja, as opções são muitas, e ele tem seu valor.
      vamos ver no que dá, até porque ainda é um pouco cedo…

      abraço!

  10. Deu no tazio: (na verdade, autosprint em primeiro lugar)

    Michelin proxima voltar a F1.

    A Michelin está perto de retornar à F-1 como fornecedora de pneus. De acordo com o site da revista inglesa “Autosport”, a fabricante francesa está em negociações avançadas com a FIA sobre um retorno à categoria, a qual abandonou em 2006.

    A publicação afirma que um anúncio oficial de que a Michelin substituirá a Bridgestone, que optou por sair da F-1 no final de 2011, deve ser realizado no final deste mês.

    Existe, ainda, uma chance de a FIA abrir uma eleição para possíveis candidatos a fornecedores de pneus, o que geraria uma grande briga entre as fabricantes.

    Caso seja confirmada como a fornecedora oficial de pneus, a Michelin derrubaria outras fortes fabricantes de pneus, como Hankook e Kumho, que também tiveram seus nomes ligados à F-1.

    A última atuação da Michelin na F-1 foi entre os anos de 2001 e 2006, quando foi campeã mundial com a equipe Renault. Entretanto, na sequência enfrentou problemas no que diz respeito à segurança de seus compostos.

    A fabricante francesa não havia demonstrado interesse em voltar à F-1 em 2008, quando foi aberto o processo de eleição da nova fornecedora de compostos. Agora, no entanto, busca voltar à categoria para mostrar sua capacidade.

    Em entrevista à agência de notícias Bloomberg, no início deste mês, Jean-Dominique Senard, dirigente da Michelin, disse que a empresa francesa pretende retornar à F-1 para mostrar suas melhorias em desenvolvimento.

    “Consideramos a possibilidade de retornar, mas há algumas condições bem claras”, explicou Jean-Dominique.

    1. MICHELIN!
      Como quero que ela volte, pena que a Bridgestone sai, seria de novo uma boa briga.
      E aí, temos outras no plano de assumir esse dever?

    1. Engraçado que havia comentado antes que você postasse a sugestão.
      É mesmo, e pode ler a minha opinião lá para ver que a situação pode ser solucionada, só não querem..
      aliás, deixo aqui:

      Então, isso já está muito, muito chato e ridículo mesmo. Se TODOS sabem que chove catástrofes de água em Sepang a essa época do ano e na mesma hora da corrida, porque fazê-la justamente no pior momento?
      Como devem bem lembrar os amigos aqui, tínhamos o GP da China. ele era uma das ultimas provas e de um ano para o outro passou ao começo. não sei as razões, mas porque não fazem o inverso com Malásia? Ou colocam a corrida as 14:00 da tarde?

      De qualquer forma, esse ano não se muda, e aposto que teremos uma corrida até as 10:00 da manhã aqui, com interrupções, vai e volta, chuva e seca…..

  11. ow pessoal, voces tem certeza que os carros da hispania (HRT) são de f1 mesmo?

    O bruno senna diz que na corrida da australia era como se dirigisse levando um gordão de uns 150 kg (he he he), e assim terão algumas mudanças, vejam:

    … não é uma evolução técnica capaz de aumentar a velocidade do carro, pelo menos vai melhorar o conforto do piloto. É mais ou menos essa a avaliação de uma das raras modificações, a troca do tanque de combustível, que o carro de Bruno Senna ganhará neste sábado a partir da terceira e última sessão de treinos livres do GP da Malásia. O reservatório é igual ao que já vem sendo utilizado pelo companheiro de equipe, o indiano Karun Chandhok.

    Bruno diz que a pilotagem do carro da HRT deve ficar mais fácil. “Esse novo tanque tem divisórias no fundo que impedem a movimentação da gasolina nas acelerações e, principalmente, nas freadas”, disse Senna.

    “No Bahrein e na Austrália, parecia que tinha um gordão de 150 quilos dançando dentro do carro no começo das corridas. Imagina só frear com aquele peso todo se movendo”, comparou Bruno, que também deve testar já nos ensaios iniciais desta quinta-feira um sistema que permite a troca de marchas sem perda de tempo.

    Nesta quinta-feira, debaixo do sol forte do meio-dia, Bruno fez o reconhecimento do traçado de Sepang na companhia dos engenheiros da equipe espanhola. Ficou surpreso com o emborrachamento da pista provocado pelos carros da Fórmula BMW, mas a tempestade que desabou sobre o autódromo depois do meio da tarde acabou lavando o asfalto. “Foi impressionante, parecia a chuva de Angra dos Reis na passagem do ano.”

    As previsões mais preocupantes da meteorologia começam a se confirmar. O aguaceiro da véspera da abertura dos treinos deve ser apenas o primeiro de uma série que poderá castigar Sepang ao longo do fim de semana. Habilidoso na pista molhada, Bruno espera que a água não passe da conta. “Uma coisa é correr com chuva; outra é enfrentar esses dilúvios que costumam despencar por aqui. Se chover domingo o mesmo de hoje nem dá para ter corrida.”

    1. Peraí maluco!!!

      Tanque de combustível rígido e fórmico? Isso deveria ser coisa do passado na F-1.

      As equipes sérias transformaram seus tanques de gasolina em um espécie de “bolsas retrátil” para evitar justamente que a gasolina ficasse “dançando” e atrapalhando o piloto com a inércia.

      1. “As equipes sérias transformaram seus tanques de gasolina em um espécie de “bolsas retrátil” para evitar justamente que a gasolina ficasse “dançando” e atrapalhando o piloto com a inércia.”

        isso é certo. vamos analisar.

      2. Por isso digo, que a Hispania quando chegar na Europa, e colocar suspensão de fibra de carno tera de cara 20 kg a menos e outras coisinhas que faltam ao carro, por que ele foi para essa abertura Asiatica apenas para ganhar kilometragem e confiabilidade pois evoluções só na Europa, acho que a Hispania andará mais que a Lottus e a Virgin Racing.

        Tomas da uma olhada em quais equipes terão que rever o projeto de retrovisores e o que isso poderá acarretar……

  12. Pois é… já falei sobre isso nos vários sitios que puluaram por aqui sobre esse assunto. Na minha opinião, a Ferrari vai dar aos dois máquinas iguais e vai dar ambas as oportunidades dos pilotos para conseguir o título de Construtores, que parecendo que não, fica bam na vitrina dos troféus de Maranello.

    Quanto aos comentários da imprensa espanhola e italiana… seria uma tremenda estupidez de Montezemolo e Domenicalli acederem aos pedidos de fãs. Acaso serão esses “Campeões da Playstation” que mandam na equipa? obviamente que não. E ainda por cima, só estamos na segunda prova do ano.

    Que tem uma excelente máquina, isso é verdade. E o resto… é conversa. Dêm mais umas corridas para começarmos a reflectir sobre tudo isto. Não se esqueçam: ainda falta muito campeonato!

    1. Excelente Spedder, como sempre com ótima qualidade.

      “Não se esqueçam: ainda falta muito campeonato!”

      Claro que sim! Por isso creio que é muito cedo para concluir concretamente com o assunto. abraço!

  13. Boa noite amigos (BEM AQUI EM aAFRICA JA É DE NOITE). A cobertura aqui em Africa da formula 1(particularmente em Aangola), ganhou mais audiencia, com aparecimento do Lewis Hamilton. Porque?? Vou explicar por partes.

    No passado aqui em Aangola, nos os Angolanos tinhamos uma grande paixão pela formula 1, devido a existencia do genio Brasileiro, Aairton Senna, tudo porque Senna fala Portugues e o meu Pais(Angola tambem fala Portugues), eu diria mesmo que quase 90% da população Angolana, preferia o piloto Brasileiro Airton Senna, alem de ser orgulho Brasileiro, tambem era orgulho do povo Angolano, ja que nos tinhamos vantagens em relação aos Paises visinhos, Paises Anglofonos(Zambia, Zimbabwe,Namibia,Africa do Sul), que apoiavam o piloto Ingles, Nigel Mansel, Paises Francofonos(Congo, Camarões…..), que apoiavam o piloto Frances Alain Prost, mas nos os Angolanos como somos Lusofonos(expressão lingua Portuguesa), apoiavamos o Senna. Com a morte do piloto Brasileiro, quase todos nos perdemos esta vontade de voltarmos a assistir a formula 1, depois desde os anos 1995 ate 2002 o nosso Pais (Angola), sofreu uma grande guerra civil, muitas infraestruras na altura foram distruidas(esta é outra historia). Com a Paz apartir de 2002 com novas estruturas erguidas pouco a pouco fomos ganhando vontade de ver a formula 1. Nos os Angolanos somos muito ligado ao povo Brasileiro, porque temos muita coisa em comum, principalmente a cultura e a Lingua, apartir de 2002 em diante fomos percebendo que Brasil ja não tinha um grande piloto, como foi o Senna, Piquet . Barrichello deixava mesmo muito a desejar. Mas o grande interesse começa mesmo em 2007, com o surgimento de Lewis Hamilton por ele ser negro, e nos os Africanos tambem somos(não me entepretem mal, não sou racista) e por ser o primeiro piloto negro nesta categoria e bom piloto na verdade, então isto encheu-nos de orgulho. Nos os Africanos temos credibilidade que se as portas ao exterior forem aberta para nos podemos fazer muito mais , para nos Africa o problema é so a falta de oportunidades. So para terem ideia quando o Hamilton ganhou o campeonato em 2008, houve muita festa quase em todo continente Africano. O Hamilton o carinho que ele tem na Inglaterra, é muito pequeno comparado aqui em Africa. Posso dizer ainda mais, quase 90% da população do continebnte Africano ama muito este garoto, que por muitos aqui em Aafrica revolucionou a formula 1 no nosso continente.

  14. Oiiiiiii, gente!!!! Espero que o próximo GP seja um outro sucesso! Só achei o clima do artigo um tanto “pessimista”, mas vamos esperar para ver como a Ferrari se resolve!
    DTA!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s