Agora vai, Michael?

Se, para muitos o “agora vai” lembra a Rubens Barrichello, nas incansáveis tentativas de dizer que na próxima ia conseguir, agora você poderá ir mudando de ideia, e isto serve para mostrar que, como eu insisto em dizer, o jogo vira, Schumi que o diga…Apesar de parecer bobo, não é. Schumacher voltou, isso não é novidade para ninguém. Mas, voltou em uma F1 que apresenta pelo menos duas características marcantes para um piloto que quer vencer: experiência e talento. Ok, estamos falando de algo que, de longe, o piloto em questão tem de sobra. Mas estaria ele usando, tanto todos os seus anos de F1 e seu talento em conduzir um carro de F1 de modo errado?

Não é tão fácil analisar isso não, leitor. Schumacher tem muitos anos de bagagem, viu de perto e sentiu a evolução da F1. Já andou de Jordan, Benetton, Ferrari e anota 3 corridas na Mercedes em 2010. Será que o alemão se mal-acostumou a correr 11 temporadas seguidas em um time que só era olho a ele? Que não se importava com o 2º piloto e que contava com nada mais e nada menos do que Ross Brawn (que aliás, é o chefe da Mercedes atualmente) e Jean Todt como principais figuras? Que tinha o melhor carro?

Enfim, a lista é grande, mas agora não adianta voltar ao passado, porque o tema da discussão é, justamente, o presente. Schumacher está de volta, e deu de cara com a ágil juventude que, o que mais quer, é vencê-lo. Já chamou a atenção o fato de o inexperiente Jaime Alguersuari ter o “segurado” por cerca de 30 voltas num duelo mano a mano. Mas, por isso, temos que classificar o alemão?

Parece que com 3 corridas depois de 40 meses sem nem uma experiência num F1 todos esqueceram o que este magnífico piloto já fez, já impressionou e já quebrou. Talvez, creio eu na minha modesta opinião, temos dois fatores marcantes para que coisas precipitadas estejam sendo ditas a respeito de Michael:

1º- A falta de vitórias após uma época frutífera e 2º- Estar sendo superado pelo “burocrático” Rosberg.

Ah sim, a 2ª opção deu, está e dará muito o que falar. Enfim, a verdade é que, estando 26 (!) pontos atrás de seu companheiro, a meta é conseguir pontos (muitos, de preferência) para reavivar a sua imagem e não decepcionar os fãs, que pelo que parece, é a sua principal preocupação:

O entusiasmo  dos torcedores é muito grande na China, então nós temos uma corrida atraente à nossa frente em Xangai na próxima semana. Estou confiante que os fãs não vão deixar a corrida decepcionados. Fizemos uma prova bastante razoável na Malásia e talvez as coisas possam ir melhor em Xangai. Estou ansioso para a corrida e desfrutar plenamente a competição novamente.

É certo que as duas últimas corridas não foram muito felizes para mim, mas estou muito consciente das razões para isso. Eu sei como são as coisas na F1 e se você olha o detalhe das duas corridas, acho que tudo ainda está a decorrer conforme o  planeado. Você só pode melhorar passo a passo e estou confiante de que poderemos conseguir isso.

Portanto, sendo você torcedor ou não do simpático alemão, é bom se preparar porque, como bem destacou Luiz Sergio ontem, a Mercedes apostará nele para uma possível vitória.

Com Red Bull em um momento magnífico, Ferrari tentando solucionar problemas e McLaren evoluindo constantemente, a Mercedes aproveitará cada espaço para se infiltrar nos primeros colocados e faturar o que seria uma sensacional vitória para a equipe alemã, e que viria em boa hora.

Faça chuva, faça sol, não duvidem do alemão na China. Agora, na nossa seção de comentários, fica com você, avaliar o retorno desta lenda do automobilismo e as condições REAIS de uma possível triunfo.

Obrigado, Tomás.

36 respostas para “Agora vai, Michael?”

  1. Acho que o Schumy não voltara jamais a ter a performance que tinha. Mas logo ele estara superando o Rosberg em varias oportunidades. E quanto as vitorias, isso depende mais do carro do que dele mesmo. Acredito que ainda na China ele estará andando atrás do Rosberg. Mas isso vai começar a mudar na fase europeia. Enfim, vai andar o suficiente pra nao passar mais vergonha,levando em conta o que o povo espera do Schumacher.

    Abraços. Carlitos.

    1. “E quanto as vitorias, isso depende mais do carro do que dele mesmo.”
      Carlos, pelo que li, a Mercedes está planejando um Modelo B já para o próximo GP depois da China, quando começa a fase Européia.
      Vamos ver se ele terá algumas adaptações ao heptacampeão.

      Abraços!

  2. Ele levou 2 ou 3 anos, pra deixar a Ferrari no ponto do jeito que ele queria, será que vai da tempo para ele ajeitar as coisas na Mercedes, sei não!!!

    1. “Ele levou 2 ou 3 anos, pra deixar a Ferrari no ponto do jeito que ele queria, ”
      Mas eram outras épocas Claudio.

      Agora, duvido que ele continue se demorar 3 anos (a duração de todo o contrato), para pegar o jeito.
      Se for assim, fica difícil…

  3. Grande Tomás, o alemão parece não estar acostumado com a nova F1, apesar de ela ter evoluido em 3 anos + a falta de pratica em monopostos, duvido q ele tenha esquecido como se pilota, ja é errado dizer que a Mercedes é uma equipe nova, pois a estrutura dela de nova não tem nada, ele ta na equipe que atualmente é a campeã, não tem o melhor carro, mas tem uma equipe disposta $$$$$$ a evoluir, acho q nos proximos gps vamos ver o velho Schumacher de volta, e sinto pena do pobre Rosberg, pois quando o Schumi se reencontrar com os boms resultados, vai tratar de trazer todo o time pro lado dele, e deixar o pobre Rosberg “xolando” ( aquilo pra mim é uma beeshonaa) afinal, vai ser só o M.S. ter um bom resultado que toda a midia vai cair emcima, lembrando quem ele foi na F1 ( sim , ele foi o dono da bola e do time todo) e vão lembrar que ele voltou, eu não duvido que isso aconteça, apenas torço pra que não aconteça, não sinto a menor vontade de ver uma F1 monótona novamente que vai sempre privilegear o heptacampeão por seus feitos…
    mas esse ano vai, vai ser um piloto médio, até se reencontrar…
    abraço

    1. Só lembrando que no começo do ano, a Mercedez deu sinal que não ia fazer grandes loucuras no quesito Grana para equipe, alias todas as montadoras viram que F1, é muito dinheiro indo embora pelo ralo e só bota grana assim em uma coisa durante muito tempo que de fato gosta de F1, exemplo vivo se Chama Frank Williams.

      1. “e só bota grana assim em uma coisa durante muito tempo que de fato gosta de F1, exemplo vivo se Chama Frank Williams.”

        É por tal coisa que as vezes me pergunto:
        Porque a Williams é tão fraca atualmente????

    2. “vai ser só o M.S. ter um bom resultado que toda a midia vai cair emcima, lembrando quem ele foi na F1 ( sim , ele foi o dono da bola e do time todo) e vão lembrar que ele voltou, eu não duvido que isso aconteça,”

      Isso é algo muito negativo para o Rosberg, com certeza ele deve estar aproveitando esses momentos de tranquilidade de Michael para tirar diferença.
      Mas quando acontecer o que você disse Jonny, a briga vai esquentar…

      1. Os regulamentos desde os seus super carros da epoca de 1990 a 1995, começaram detonando ela, depois os regulamentos vieram favorecendo Ferraris e Maclarens, e veio as Montadoras fazendo bolhas financeiras, porem todo mundo ou saiu ou gasta menos, Frank Williams sepre buscou parcerias não so de grana mas de cooperação tecnica, foi o primeiro a abandonar patrocinio da industria do Tabaco, teve cooperação com Compaq, BMW e a Propria Petrobras porem, perdeu a mão sobre o desenvolvimento de carros campeões, porem se o teto orçamentário fosse de fato colocado, colocaria eles como super favorito, duvido as quatro grandes fazer bons carros com grana que Williams faz os seus carros, torço pelo time de Frank não se por que Barrichelo esta por la, mas ele sempre tratou a F1 com respeito, coisa que Ferrari, Maclaren e Renault não fizeram e serão sempre marcadas por trapalhas e trapaceadas.

  4. Não vou falar do Shumi, o que eu imagino é alguns pilotos se tivessem a grande chance que o Rosberg está tendo não desperdiçaria essa oportunidade, as corridas burocráticas do Nico, está cada vez mais informando para a equipe que se não for o Shumi ela vai ter que conseguir um outro grande piloto para colocar a estrela de três pontas lá no alto.
    Não podemos esquecer que na ultima classificação, os comissários ficaram imprecionados com o Shumi, que estava no limite da volta e ainda conversando com a equipe, sim o grande campeão voltou.

    1. ‘os comissários ficaram imprecionados com o Shumi, que estava no limite da volta e ainda conversando com a equipe, sim o grande campeão voltou.”

      Sabe Luiz Sergio, o que mais eu quero é que ele volte mesmo, assim ele vê que errou em voltar.. rsrsrsr
      brincadeira, falando sério, seria bom para o Nico também ver o que é piloto de verdade, não achas?

  5. rosberg t’a deixando de ser “burocratico” vamos convenir em que todos temos subestimado o loirinho flex. t’a se demostrando medianamente agresivo, e mesmo nao sendo considerado um “piloto-show” d’a algum trabalho

    mais ainda acho que schumacher precissa um ano pra ficar em forma (mmm… eu achava a mesma coisa de Alonso….)

    1. “mais ainda acho que schumacher precissa um ano pra ficar em forma (mmm… eu achava a mesma coisa de Alonso….)”
      Hahah, mas é crueldade dizer isso.
      Schumi não correr a três ano, isso deve ser um grande impacto para um homem de 41 anos não…

  6. a questão física não é tão importante assim hoje. no ano passado, o barrichelo conseguiu ganhar corridas. é claro que o brasileiro tinha um carro excepcional, mas ele demonstrou boa forma, de qualquer maneira.

    o problema com o schumi acredito ser somente a falta de ritmo. um F1 é muito rápido. tão rápido, que os reflexos dos pilotos devem seguir o carro, mais do que o carro ser comandado pelo piloto (isso é um exagero, mas serve para ter uma noção da dificuldade de pilotar um F1). mas em breve o alemão vai estar de igual para igual com o rosberg e, no final do campeonato, vai superá-lo.

    1. Andre;
      valeu pelo seu comentário.
      O problema é, que se como vc disse, o Schumi superar o Nico só no final do campeonato, isso significa que ele tem que começar a trabalhar agora para que a diferença não aumente, neste GP, mesmo se ele vencer e Nico não pontuar, ficará 1 ponto atrás do companheiro na tabela…
      Espero, realmente, que Schumacher entre em forma sim…

  7. Acredito que Schumacher tem chances de alguma vitoria esse ano sim…Inclusive foi minha opiniao no começo do ano…
    Ele precisa de tempo p evoluir….e adaptar-se a um carro que demanda uma “tocada” totalmente diferente da que ele leva o carro…
    Outro ponto que temos q levar em conta, e o Tomas apontou muito bem, é a safra de bons pilotos que schumacher enfrenta hj em dia. JOvens talentos, e alguns nem tao jovens assim, que mostram competencia. Alguns são bons, outros muito bons. Isso de uma certa forma pode influenciar o desempenho do super campeao…
    Leva um tempo p um piloto acostumar com tudo isso, e acredito q vai levar mais tempo ainda p Schumacher arrumar a equipe da forma que ele quer…(lembramos aqui q levou alguns anos p q a Ferrari ganhasse comn o alemao)
    Enfim, MIchael é bom sim, sabe cmo funciona a F1 e deve lutar por uma vitoria ou outra esse ano. E ele tem um ponto a seu favor, gosta de um desafio, e se ele tiver realmente motivado vai lutar p mlehorar o carro e a si mesmo…até q os resultados venham…
    aguardemos…

    1. Lembro que rubiho ao sair da Ferrari comentou sobre diferenças, que vc colocou em debate, ele dizia que a ferrari era perfeita no sentido que, o piloto dava um porrada no freio e o carro parava na boa, e na sequencia dava outra porrada no acelerador e o carro respondia perfeito, acredito que a Mercedes não tem um carro assim tão equilibrado e de resposta correta e imediata.

      1. “acredito que a Mercedes não tem um carro assim tão equilibrado e de resposta correta e imediata.”

        Talvez, se somarmos isso a idade do Michael, possa estar o problema..

    2. “E ele tem um ponto a seu favor, gosta de um desafio, e se ele tiver realmente motivado vai lutar p mlehorar o carro e a si mesmo…até q os resultados venham…
      aguardemos…”

      Eu acho que todos os pilotos gostam de um desafio, mas o Michael gosta de um “mega-desafio”, hehe…
      O cara manda bem, mas num lado mais técnico, ele tem que evoluir, assim, quando o ponto chave for atingido, brigar pela sonhada vitória.

      abraço

  8. Acho que o Shumacher pode vencer algumas corridas. Mas adoraria ver ele disputando de igual pra igual com um piloto como Hamilton ou Vettel, ou até mesmo em condições de igualdade com pilotos mais velhos como o Webber e o proprio Rubinho que falava que não tinha carro igual (particularmente queria ver esses duelo) e etc. Mas não esqueçamos que ele pode surpreender a todos!!!

    Abraço Tomas e mais uma vez parabéns pelo BELO trabalho!!!

    1. ” e o proprio Rubinho que falava que não tinha carro igual (particularmente queria ver esses duelo)”
      Aí sim o Rubens poderá mostrar a sua garra no FW32, acho.
      A Mercedes está forte, mas leva pressão da Renault, que leva pressão da Force India, que leva pressão da Williams…

      Obrigado Valtinho! abraço!

  9. O Schumacher, não vai ter vida facil e provavelmente tambem não sera longa na Mercedes. A escuderia esta dividida, tem gente por lá, querendo ligar a imagem da Mercedes aos mais jovens, portanto, acredito que a volta de Schumacher tenha sido apenas uma jogada publicitaria, que se prosseguir como esta, vai ser um tiro no pé, pois se o interesse da marca é publicidade, como explicar ao publico, que um piloto que ganhou tudo nos ultimos anos, não consegue ultrapassar um novato em mais de 30 voltas. Acredito, que se prevalecer na Mercedes o foco publicitario nos mais jovens, o proximo passo da escuderia é o Vettel, e adivinhem no lugar de quem?

    1. Interessante Newton, isso é algo que pode acontecer.
      O Ross claramente está do lado do Schumacher, mas têm muita gente que apoia a juventude, como você disse, e conseqüentemente, o Nico.
      Não havia pensando na possibilidade do Vettel na Mercedes, não é algo tão descabelado, afinal ele é alemão,a equipe também, enfim, as hipóteses são muitas.
      Se for uma jogada de Marketing, seria uma pena, porque estariam desvalorizando o grande piloto que Schumacher é.

      um abraço Newton.

  10. Tomas, o Schummi eh o Schummi meu velho!!! Daqui a pouco ele jah vai tah colocando 3 decimos no Rosberg. Falta pratica, sobra talento e expectativa. Andar atras nao eh facil nao. O que a gente tah vendo eh o Rosberg numa fase excepcional da vida e o Schummi numa fase meia boca (ele chegou a passar algumas na ferrari). Quando tudo voltar ao normal o Rosberg vai comer poeira……Grande abraco!

    1. ‘Tomas, o Schummi eh o Schummi meu velho!!! ”

      É por isso mesmo que eu digo Tuba;
      a responsabilidade aumenta nesses casos, por isso é que estamos debatendo o fato de Schumi não vencer.
      Um “reiniciar” foi dado nele, é claramente, um novo começo.

      abraço!!!

  11. O Galvão tem falado que o Schumacher está tomando tempo do Nico Rosberg, como disse na corrida passada. Se o alemão voltar a andar na frente e vencer, o Galvão voltará a bajulá-lo, podem anotar.

    Porém, está acompanhando o ritmo do companheiro Nico Rosberg, embora tenha sido superado constantemente.

    Se chover, acho que o Schumacher poderá andar bem e dar trabalho aos primeiros colocados, mas ainda acredito que ele leve umas três ou quatro corridas para pegar o ritmo novamente, pois as configurações de carro mudaram muito no período em que ficou afastado, além do pouco período de testes no inverno europeu.

    Sou um dos que acredita nele, pelo fato de ter vencido na Benetton e na Ferrari, além do talento natural que possui.

    1. Diego, concordo com você no ponto do Galvão.
      Agora “tudo está calmo” por que Schumi não está vencendo, é só esperar para ele voltar ao ritmo, como você disse, para tudo começar.
      Quero ver como vai ser…

  12. Tomas;
    Como já disse, temos de esperar, não é da noite por dia que a vitoria vem, Schumacher é um bom piloto e sabe o que faz, e por isso espero uma vitoria dele este ano.
    Acredito que o que está pesando agora para ele, é a idade, o talento não, por que quem talento pode estar com 100 anos que ainda “manja”, enfim gostei do post, e espero ( como torcedor) 1 titulo do Schumacher em 1 desses 3 anos, hehe.

    Abraços

    1. ‘por que quem talento pode estar com 100 anos que ainda “manja”,”
      Hehe, acho que aí vc exagerou Lucas! rsrsr
      Me lebro que em 2001 ele disse: só paro aos 50.
      Ou seja, se assim for, tirando os 3 anos fora, vamos até 2019 com ele na pista;;;;

  13. Ainda acho cedo demais pra dizer que o Schumacher não é mais o mesmo. Com apenas 3 provas na temporada, acho que ele vem provando um pouco da falta de sorte que não teve nos seus anos de glória na F1. A referida corrida em que Alguersuari o segurou por 30 voltas, ele claramente estava com a suspensão de sua Mercedes avariada após o toque com Alonso no início da corrida. Ainda acho que Schumacher irá mostrar porque voltou.

    1. “A referida corrida em que Alguersuari o segurou por 30 voltas, ele claramente estava com a suspensão de sua Mercedes avariada após o toque com Alonso no início da corrida”

      Tens razão Paulo, e parece que todos esquecem que o Schumi o ultrapassou no final..
      Em Sepang ele quebrou, vamos ver se na China o prometido acontecerá.

      abraço.

  14. Só fazendo uma comparação com o retorno de Lauda em 82 depois de dois anos de aposentadoria! Lauda quando voltou podia testar a vontade pois os testes não eram proibidos, isso com certeza ajudou muito Lauda a pegar o ritmo rapidamente. Com Schumacher isso não acontece, se os testes fossem liberado Schumacher já teria “rodado” milhares de kilometros e estaria afiado, só ficaria dependendo de desenvolver o carro, pois ele não nasceu “pronto”! A Mercedes e Schumacher sabiam desse problema da falta de testes, mas para a Mercedes era lucro ter Schumacher na equipe, pois é Schumacher ao lado de Brawn que vão ser os reponsáveis diretos de quem fica e de quem vai embora na equipe nos próximos 3 anos, se acontecer pixotadas como ocorre na Ferrari, cabeças vão rolar e Schumacher não vai pensar duas vezes em dar seu palpilte para melhorar a equipe, pois ele volta visando sucesso a médio prazo, foi assim que ele conseguiu transformar equipes “médias”como Benneton e fracassada como Ferrari em super equipes! Evidente que para fazer isso leva se tempo, no mínimo 3 anos.O problema de Schumacher no momento não é a idade e sim o tempo parado, hoje a F1 tecnicamente evolui muito mais rápido que no tempo de Lauda, não há pressões em 2010, a equipe sabe que Schumacher na equipe ela só vai evoluir, quem ganha com isso em 2010 é Nico, o jovem alemão só vai sentar e pilotar o carro, pois o trabalho duro de organizar a equipe e desenvolver o carro vai ser de Schumacher, Nico se for esperto faz o mesmo que Massa fez ao lado de Schumacher, com certeza vai evoluir como piloto, Massa até ganhou confiança da Ferrari! Pela terceira vez Schumacher vai transformar um carro lento em carro vencedor e ninguém pode dizer que Nico foi esquecido na equipe, a Mercedes esta “preparando” Nico para o futuro! O jovem alemão pode até superar Schumacher esse ano, mas vai ser uma “falsa” conquista, pois Schumacher esta “enferrujado”. Não subestimem o velho alemão, ele adora desafios e não é de dar desculpas esfarrapadas, até elogiou Nico na equipe, mas não tenho dúvidas que Schumacher em 2011 vem forte e com um carro acertado ao seu gosto vai dar trabalho. Bruno Senna disse que seria ótimo se liberassem testes para as equipes pequenas, mas se liberar testes para os novatos então tem que fazer o mesmo com Schumacher e isso as outras equipes não querem de jeito nenhum, pois sabem que Schumacher vai testar ALUCINADAMENTE e voltar afiado até a metade do campeonato, além claro de desenvolver mais rápido o carro! E isso ninguém quer ver, pois sabem que o alemão afiado faz a diferença! Imagina se essa Mercedes tivesse um “foguete” na metade da temporada com os testes liberados? Schumacher seria forte canditado ao título! Melhor que Nico esteja a frente na tabela nesse início de ano pra que ninguém fique falando besteiras “E aí Rubinho vc disse que era para Nico cair fora da Mercedes, mas ele esta se dando bem na equipe, pelo menos é veloz, constante, não ERRA e não chora”. Se a Mercedes tivesse com um foguete no início do ano muitos iam dizer que Schumacher pegou um carro “pronto” para ser campeão! Mas Alonso vem como um dos favoritos e com um carro “pronto” e ninguém fala nada, nem ele e Massa tem participação no desenvolvimento do atual carro, o projeto é totalmente novo por causa da mundança radical do regulamento. Massa ficou meses afastado da equipe pelo acidente e Alonso não era da equipe. Vejo como grande desafio o retorno do Schumacher, pra mim ele não perder nada, aos 41 anos esta se divertindo, se tiver sucesso vai ser por 3 equipes diferentes, com carros diferentes, motores diferentes em épocas diferentes, com pilotos 3 gerações a frente e começando a temporada com equipamento inferior aos rivais. Foi assim na Benetton/91, Ferrari/96 e agora com a Mercedes em 2010. Pra mim cada ponto conquistado por Schumacher tera maior valor que dos outros pilotos, pois seu desafio é maior. Schumacher vai trabalhar duro, assim como Rubinho, a diferença é que o alemão faz acontecer…daqui a 2 anos poucos vão se lembrar que a Mercedes começou tomando 40 segundos na primeira corrida no retorno de Schumacher! Não é só “números” a carreira do alemão, ele sempre fez a diferença nas equipes e não precisou apostar em publicidade para fazer seu nome! Ele foi “lá” e bateu todos os recordes com equipamento desenvolvido por ele, muito diferente de certos pilotos que são forjados de heróis pelo marketing, dependendo sempre do companheiro de equipe para desenvolver o carro. Sentar e só pilotar é uma coisa! Desenvolver equipamento e ser campeão é totalmente diferente, isso eu só vi acontecer com Lauda/Piquet/Prost/Schumacher e até Alonso, pois o espanhol não precisou mudar de equipe para conquistar seu primeiro título e a Renault em seu retorno a F1 começou por baixo. O resto só sentou e pilotou, aí o trabalho é mais fácil! Schumacher fez um grande favor a Kimi e Alonso, trouxe estabilidade a equipe Ferrari, sem isso Kimi nunca seria campeão em 2007 e Alonso não teria uma equipe forte hoje. Como disse não foi só “números” que Schumacher fez na F1, sem o sucesso do velho alemão não haveria essa quantidade de pilotos alemães hoje na Formula 1. Os torcedores alemães agradecem! O mesmo não acontecem com os pachecos aqui no Brasil que só sabem chorar e reclamar! Questão de tempo para Schumacher voltar como nos velhos tempos, o alemão pra mim é o mais completo piloto que apareceu na F1, fera em treinos e corridas, sabe organizar e motivar uma equipe em todos os setores, por onde passou desenvolveu carros, venceu e foi campeão! Em 94 a equipe Benetton deu um salto enorme nos resultados, no áuge trocou a Benetton em 95 pela fracassada Ferrari, meses depois vencia 3 GPs históricos pois a Ferrari não conseguia vencer 3 GPs entre 91 e 95! Depois de muito ralar, merecidamente dominou a F1 entre 2000 e 2004, lamento pelo Rubinho, mas ele deixou muito a desejar, basta comparar as 5 primeiras corridas de cada temporada entre 2000 e 2005 que todos vão perceber que Schumacher nunca precisou de favorecimentos na equipe! Rubinho sempre jogou resultado fora, queriam o que, que a Ferrari dividisse forças com quem errava muito na pista? Senna em 11 temporadas 9 teve total controle da equipe, em 88/89 a Mcalern era tão superior que ela nem se preocupou em favorecer apenas um piloto, além disso Senna foi “osso” a Prost, coisa que Rubinho nunca conseguiu ser para o alemão! Quem eram os companheiros de Senna na Lotus? Ninguém…Quem era Berger na Mclaren ao lado de Senna? Capacho declarado! É comum ver em corridas antigas Galvão dizer: “Senna perdeu seu escudeiro”, “Agora Berger corre para ele e para Senna, o brasileiro abandonou a prova!”, quando Berger tinha carro nítidamente melhor falava: “O Berger sabe que o Senna corre desesperadamente pelo título e não vai pra cima, eles são amigos!”. Nelson Piquet na ativa o que fez nos últimos 4 anos na F1? Prost em 91 foi um fiasco total, foi até demitido da Ferrari e só voltou porque a Williams era um super carro, depois tirou o time de campo! Mansell só foi campeão depois de 12 anos! Schumacher não tem obrigação de provar mais nada, pois cada um tem sua “época” boa, mas e se ele vim forte em 2011, o que vão dizer os críticos? Se vencer corridas pela Mercedes já vai ser um feito, se um dia for campeão sem dúvidas vai elevar o alemão a um patamar maior que nunca outro piloto conseguiu na F1…aguardem o alemão, ele não desiste fácil se esta difícil aí que ele se anima, foi assim na Benetton quando “pertubava” Senna/Piquet/Prost/Mansell na pista com um carro inferior. Desde 1996 na Ferrari a cada ano o carro evoluia até dominar a F1 por 5 anos! 2010 é só para tirar a “ferrugem”…aguardem Schumacher em 2011! Alguém percebeu que seus recordes só aumentaram desde que voltou? Duvído que um único piloto vá fazer o mesmo que o almeão fez em termos de resultados! Daqui 50 anos pouco vai se falar em Senna ou Prost, mas quem foi esse “tal” de Schumacher que detém recordes até hoje, vão se perguntar a nova geração. Com certeza ele vai ser reconhecido como o melhor de todos os tempos pela gerações futuras, pois Schumacher é e vai continuar sendo o “homem” a ser batido na F1. O Galvão vai ficar horrorizado se Alonso for Tricampeão em 2010 ainda mais pela lendária Ferrari, imagina se o espanhol se aposentar com 4 ou 5 títulos? Muitos vão dizer que ele foi melhor que Senna(e não teve vida fácil). Alonso e Vettel são os próximos a serem “massacrados” pela mídia, mas é justo fazer isso com quem sempre fez tudo certo? Não troco 1 Schumacher todo “enferrujado” por 10 Rubinhos, pois o alemão faz acontecer! Senna teve toda atenção na Toleman, Lotus, em 3 anos de Mclaren com capacho Berger, Na Williams! Piquet foi número 1 na equipe Brabham, Lotus e Benetton! Alonso sempre foi o número 1 na equipe Renault, Hamilton é o queridinho na Mclaren, Vettel o favorito aos olhos de RBR…e Schumacher não tem direito de ter a sua vez na equipe, simplesmente por ser o melhor? Schumacher esta choramingando por ser superado pelo Nico no início do ano, foi reclamar para equipe, foi chorar para a mídia? Existe muita inveja em torno de Schumacher, mas ele mostrou como se faz, vamos ver se outro vai ter a mesma capacidade de fazer o mesmo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s