“Molhado” ou “seco”- Qual é a melhor condição para uma corrida de F1?

Um dos grandes dilemas para as equipes e pilotos neste ano está, talvez em uma parte considerável, qual será o clima nos GPs. Pista seca ou molhada, Qual é a melhor “opção”?

Para começar, depende muito da pista em questão. Neste posto vou me reservar apenas as provas que já passaram- Bahrein, Austrália, Malásia e China.

A pista do Bahrein, no maior estilo “Tilkesiano” não apresenta as menores condições de chuva no insuportável calor do deserto Barenita. Logo, com uma pista muito óbvia e uma temperatura alta, é difícil pensar em como seria uma corrida neste lugar com chuva.

Porém, o aspecto da situação muda completamente quando falamos nos Gps sucessores. Albert Park, Sepang e Xangai, além de serem circuitos, no mínimo, bons, trazem junto com eles um dos fatores principais para se gerar emoção neste ano. Sim, estou falando da chuva.

Sabemos que se juntarmos um bom circuito e ainda com pista molhada, teremos uma excelente corrida. Assim foi na Austrália e na China, onde houve um show de ultrapassagens. Era o que a F1 estava precisando mesmo para tirar aqueles- por sorte- de chatice nas terras áridas.

If the rain comes…

Não há dúvida que, quando se fala se chuva, os pneus são uma escolha crucial para as pretensões do piloto na corrida. Muitas vezes vai em sorte mesmo, mas sempre há aquela esperteza que poucos tem para saber o que fazer no momento certo. Ross Brawn levou o título com a Brawn no ano passado, entre outros fatores, pelas boas táticas de corrida. E Jenson levou as ensinamentos de Ross para a McLaren e já faturou duas corridas, curiosamente, sob chuva.

Nós também conhecemos pilotos que sempre são garantia certa de show em condições chuvosas. Um dos que mais se destaca, é o inglês Lewis Hamilton. Chuva é com ele mesmo. Mostrou um potencial incrível em Melbourne, mas um melhor ainda foi apresentado em Xangai, ultrapassando vários oponentes (entre eles, o “sofredor” Schumi) e por pouco não levava a vitória.

Óbvio que não posso deixar de citar nomes como Vettel, Alonso e Barrichello, este último que levou um carro pífio ao 3º lugar no GP da Inglaterra 2008. Massa também se apresentou bem no GP do Brasil do mesmo ano, vencendo a corrida com pista molhada de ponta a ponta.

McLaren e Red Bull- perfil totalmente opostos

Mas, se para Vettel, para citar um exemplo, é rapidíssimo em chuva, este ano a equipe do alemão não gosta nada disso. Como sempre, temos o lado dos que “gostam” de uma corrida molhada, e outros que não. Aqui entra a Red Bull. Na China vimos como a equipe sofreu para equilibrar seu carro, com uma suspensão relativamente baixa, na sinuosa e escorregadia pista chinesa. Sob seco, no Qualifyng, foi domínio, mas na corrida, isso não se refletiu. Horner chegou a declarar a coisa mais óbvia: “Somos melhores no seco”.

Depois dessa revelação bombástica (ironia), muito se discutiu sobre as corridas anormais que tivemos até agora em 2010 e que por elas, a McLaren lidera surpreendentemente o campeonato. O fato é que o MP4-25 se assemelha mais a um set-up de chuva, tanto que a equipe apostou nisso na China e se deu tremendamente bem. E ainda com dois pilotos totalmente diferentes, mas que se completam, a diferença é notável. Ponto para o time de Woking.

Só, que para alívio dos “RedBullianistas” e desespero do McLarenistas, a etapa europeia, apesar de apresentar um clima mais úmido, deve ser favorável para a equipe austríaca e a Mercedes, por exemplo. O curioso é que, se continuar essa intercalação no clima, a ponta mudará várias vezes de dono. Tanto que já são, em 4 GPs, 3 líderes diferentes e 3 vencedores distintos. Sem contar que nem Massa  e nem Hamilton triunfaram ainda.

Qual você prefere?

Para criar um modo de interagir um pouco mais no blog, lanço esta enquete de aí acima  perguntando qual tipo de condição climática mais lhe agrada. Vejo uma vantagem esmagadora da chuva, mas nunca se sabe o que pode acontecer. Na seção de comentários, fique a vontade para opinar e debater com os outros leitores do blog.

Obrigado a todos, Tomás.

17 respostas para ““Molhado” ou “seco”- Qual é a melhor condição para uma corrida de F1?”

  1. Com certeza pra nós espectadores, corrida com chuva é muito melhor porque tras uma variável a mais pras corridas e o improvavel e surpreendente sempre tem mais chances de acontecer nessas condições. Mas há de se convir que um fórmula 1 foi feito pra andar em pista seca, obviamente. Pra quem gosta de ver o potencial máximo dos carros, chuva não é muito bem vinda. E dependendo do circuito, prefiro chuva ou não. Por exemplo, eu acho o GP de Monza com chuva muito broxante. Acho tão mais bacana Monza no seco com os carros rasgando aquelas retas maravilhosas com 3/4 da volta de aceleração plena.

    Enfim, nem votei na enquete porque não tenho preferencia fixa por corrida com chuva ou sem chuva. Depende do circuito.

  2. Alias, fiquei impressionado em saber que você tem só 13 anos, Tomas. E escreve textos desse nível. Meus parabéns. Um dos melhores blogs de f1 que já comentei. Vou indicar seu blog pra uma menina de 14 anos muito inteligente que eu tenho contato na internet. O nome dela é Clara Quartieri (talvez você ja conheça). Quem sabe vocês não se entendem bem? Continue assim com esse alto nível do seu blog.

    Abraços. Carlitos.

  3. As corridas com pista molhada são mais empolgantes, pois a pista ganha mais pontos de ultrapassagem, que em asfalto seco, só com um erro do piloto seria possível.

    Além disso, a escolha entre pneu de chuva e intermediário também faz a diferença, dependendo do nível de pluviosidade.

    Vemos que as disputas são mais intensas nas condições de pista molhada, alternância de posições, mais ultrapassagens e brigas na pista.

  4. a questão não é nem a chuva em si. Que gps de f1 disputados sob chuva mudam qualquer prognostico possivel isso é fato. Mas tem um aspecto ainda mais desafiador: chover a corrida toda, ou as mesmas condições para todos, e chove para, chove para.
    O gp da china foi assim, fazendo com que alguns fossem aos boxes algumas vezes. Uma coisa por sinal ficou evidenciado: que os pneus de chuva intermediários dessa temporada se desgastam muito, tanto que a maioria acabou trocando os mesmos depois de algumas voltas.
    Quando a chuva é direta e se sai com um ajuste específico é mais fácil, mas quando se alternam as condiçoes do tempo realmente é loteria. Quem vai ficar com slick mais tempo? pneu intermediario ou aquele com faixa com mais ranhuras? quando começa a parar de chover quem vai se arriscar mais cedo? varias equações dificeis de acertar.

  5. Concerteza na chuva é bem melhor (pelo menos para nós torcedores)!!! Já imaginaram uma corrida no Bahrein com chuva??? rsrsrs
    Agora existem circuitos que a emoção vem mesmo sem a chuva, é o caso de Spa, Silverstone, Interlagos e etc.

    O que realmente é fato neste campeonato é que ele já é o melhor de muitos anos!!!

  6. O Bernie, segundo fontes privilegiadas, estara nesse fim de semana na NASA, lá vai tentar junto aos engenheiros, chuvas em todos os finais de semana de corrida até o final da temporada. A mesma fonte informa, que se a NASA não tiver uma solução satisfatoria para o problemas, o Bernie ira recorrer a alguns pagés de tribos sul americanas, com quem já mateve contato. Bernie vê nessa iniciativa, a unica maneira de salvar a FI.

  7. Se pudesse Tio Bernie instalaria esguichos em todas as pistas,ou até faria um contrato com São Pedro,claro que com clausulas leoninas.

    A chuva tem se mostrado um santo remédio contra esses Tilkodromos,se não fosse ela sei não…

    abraço

    1. E um fato, a chuva tem salvado as corridas no quesito emoção, porem existe como fazer corridas ficarem interessantes mesmo sem chuva, os dirigentes e as equipes não fazem não sei por que….

  8. Certamente corridas com chuva são emocionantes e bem vindas. Mas eu prefiro que elas sejam minoria durante a temporada (4 ou 5 está de bom tamanho) pois as corridas com pista seca são mais justas com os melhores carros e não exige tanto da sorte.

  9. É…uma chuvinha sempre é bem vinda né?! rsrsrs
    Mas como vc disse existem pilotos q preferem chuva, e carros mais acertados para essa situaçào…
    O campeonato ainda esta no inicio…entao fica dificil apontar algum panorama para os proximos Gps….
    McLaren vem crescendo…mas isso n impede da Ferrari vir com novidades q a levem a vitorias por exemplo…
    Esse post me fez pensar em uam coisa…
    Imagine se tivessemos mais de uma forncedora de pneus na F1 nessas ultimas corridas? as alternansias de posições poderiam ter sido maiores….
    Seria legal os dirigentes da F

  10. É…uma chuvinha sempre é bem vinda né?! rsrsrs
    Mas como vc disse existem pilotos q preferem chuva, e carros mais acertados para essa situaçào…
    O campeonato ainda esta no inicio…entao fica dificil apontar algum panorama para os proximos Gps….
    McLaren vem crescendo…mas isso n impede da Ferrari vir com novidades q a levem a vitorias por exemplo…
    Esse post me fez pensar em uam coisa…
    Imagine se tivessemos mais de uma forncedora de pneus na F1 nessas ultimas corridas? as alternansias de posições poderiam ter sido maiores….
    Seria legal os dirigentes da F1 (tood) pensar nisso…ainda mais agora q é preciso achar uma nova fornecedora

  11. ayy yo prefiero seco.. en mojado, hay mucho desastre generalmente, chocan mucho a veces me gusta a veces no.. prefiero seco en general.. saludos!

  12. Eu sou da turma do seco.
    A condição de chuva leve sempre gera “imprevistos” e improviso. É como pedir para a melhor bandade rock do mundo tocar reagge, pode até ser legal, mas não é excelência.
    Chuva forte acho bem interessante.

    1. Ia fazer um texto enorme, mas o KBK sintetizou bem e eu assino em baixo, porem so acrescento que, hoje em dia ninguem corre mais em chuva intensa um monte de piloto cagão e sem talento fica buzinando pra direção de prova para parar, lembro do Rubinho quando foi segundo lugar com a carroça da Honda, ele disse que toda turma ficava dizendo pra interomper a corrida, ele disse que saiu e mostrou que dava sim par guiar nas condições extremas….

  13. Certamente para as equipes a corrida no seco é o ideal. O carro é projetado para isso. Mas com água a emoção aumenta, o piloto tem que mostrar mais técnica, e para o público fica mais interessante.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s