Brigas internas 2010- Schumacher vs Rosberg

O que muitos apostavam que seria a volta triunfal do maior recordista de toda a história da F1 acabou se tornando um verdadeiro pesadelo. A Mercedes não provou ter um carro para vencer, e apesar de estar fazendo uma evolução realmente boa, ainda terá que remar para chegar na liderança. Mas a principal diferença parece ser, justamente, os pilotos: Nico e Schumi.

Cada um deles faz um perfil totalmente oposto um do outro (algo como acontece na McLaren com Jenson e Lewis) e com uma história bem diferente. Schumacher não precisa apresentações, já que ele é “simplesmente” 7 vezes campeão do mundo, vitorioso por incríveis 91 vezes e dono de outras grandes marcas. Só que, a maioria delas, conquistada na Ferrari.

Para os que se perguntam o que isso tem a ver, não há dúvidas: Michael não se encaixou com a nova F1, que por sinal é totalmente diferente do que em 2006. Se por um lado o talento de Schumacher é sensacional, o fato de ter ficado 3 anos “na reserva” atingiu em cheio o seu modo de ver e sentir a Fórmula 1 em si. Digo isso porque, imaginem que para os pilotos é difícil se acostumar com as mudanças de ano a ano, como é para o Kaiser se reativar depois de três, com 41 anos, e com uma novíssima geração pronta para estourar. Fácil, ele sabia que não seria.

Na Mercedes, o que a maioria dos espertos em F1 pensava, é que ele estaria pronto para bater um novato como Rosberg e faria da equipe mais uma potência na Fórmula 1, junto com o gênio que é Ross Brawn ao seu lado para supervisioná-lo. Realmente não deu certo, até estes 4 presentes GPs. Não que seja o fim do mundo e que seja inexplicável. Como eu já disse aqui, Michael teve que se acostumar a todas as diferenças dos carros de 2006 com os atuais, e colocar as suas virtudes nelas. É claro que não é simples assim.

Os resultados não foram tão bons como algumas pessoas esperavam, até eu, mas a competição é difícil. Então é natural que eu não tenha a mesma abordagem positiva da mídia. Sei exatamente o que tenho feito, sei o que está acontecendo e não tenho motivos para ficar decepcionado. Estou muito feliz, as pessoas gostem ou não.

O W01 é um projeto um pouco errático, e Ross Brawn declarou nos últimos dias que o principal problema dele é a distribuição de peso entre os eixos. Justamente por isso, teremos mudanças no carro já para a próxima etapa, em Barcelona, ajustando-as (ou tentando) com o estilo de Schumacher. Outra coisa que é de se chamar a atenção são os pneus, bem diferentes dos que 3 anos atrás. A F1 voa, literalmente, ao longo dos anos. Schumi que o diga.

Do outro lado da balança, temos o ágil, burocrático para alguns mas eficiente Nico Rosberg. O pupilo da Williams foi evoluindo e finalmente tem a sua chance em um carro de ponta, se é que assim podemos dizer (lembremos que a Mercedes seria, tecnicamente, a Brawn GP, campeã mundial no ano passado). O banho que se esperava ser dado em relação a Nico surgiu efeito contrário e ele calou a boca de muitos críticos. Inclusive eu. Realmente, é de se parabenizar uma demonstra de eficiência para conseguir boa colocações e com um 5º ali, um pódio aqui, estar atualmente na 2ª colocação no mundial. Algo que o “pequeno” Rosberg não poderia nem imaginar, ou sim, depende do que Keke lhe meteu na cabeça.

O que na minha opinião falta para Nico é a “raça”, o que sobra em Schumacher. Vejamos que Rosberg não fez uma única ultrapassagem nestas quatro corridas!!! E mesmo assim é o vice-líder. O fato de que cada um apresenta um perfil diferente é positivo, e, por enquanto, a técnica leva a melhor na força de vontade. Porém, não digo que Rosberg não a tenha. Inclusive, não é qualquer um que chega em um time novo e bate, provisoriamente, nada mais e nada menos que Schumacher:

Estou feliz por estar à frente dele, mas não sei quanto tempo isso vai durar. Ficaria satisfeito só de estar no mesmo nível que ele. Agora espero seguir brigando com ele.

O confronto nas pistas

A grande questão está, na realidade, quando se fala no confronto direto nas pistas. É ali que o valor do piloto é sentido, é onde, mesmo fazendo uma corrida burocrática, se consegue pontos importantíssimos para o campeonato. Vejam que Rosberg leva uma gigante vantagem de 40 (!) pontos sobre Michael (óbvio que a nova pontução contribui para isso) e já soma dois pódios- contra nenhum do alemão.

ONBOARD- Nico e Michael

Confesso que, particularmente, não esperava esse “banho”, se é que podemos chamar assim, do jovem Nico. Para “ajudar” Michael, Ross e a Mercedes já estão planejando uma mudança da distribuição de peso no W01 e uma mudança nos eixos, como já citei aqui, e assim, porém é hipótese, dê a possibilidade a Schumacher dar uma arrancada no campeonato. Com a atual condição, é complicado, porque Rosberg sabe administrar muito bem suas posições sem fazer praticamente nada, ao contrário de Michael.

Como vemos no gráfico aí acima, além de outros números, Rosberg somou pontos nas 4 etapas até agora, com dois 5º lugares e dois pódios (3º). Schumi somou em três, sendo que em uma delas foi sexto, outras duas apenas 10º e na restante quebrou com problemas no, sim ele mesmo, eixo. Ou sej,a fica claro que se Schumacher quiser combater com Nico, terá que sugar um pouco do estilo calmo do alemãozinho- mas que é filho de finlandeses.

Opine

Agora, depois desta análise, fica toda a seção de comentários para você se expressar. Schumacher poderá vencer Nico? A mudança no W01 surgirá efeito para o rendimento de Michael? Fique a vontade, como sempre.

Obrigado, Tomás.

30 comentários em “Brigas internas 2010- Schumacher vs Rosberg

  1. Acredito que com o trabalho de alongamento de entre-eixos para redistribuição de peso da Mercedes anunciado por Ross Brawn (vide: http://www.autosport.com/news/report.php/id/83112 ) Schumacher deva mostrar melhores resultados na Catalunya. Inegavelmente talento todos sabemos que ele tem. Escrúpulos? Nem tanto. É esperar pra ver.

  2. O próprio Rosberg não acredita que consiga manter sua vantagem sobre o alemão até o final da temporada (vide: http://www.autosport.com/news/report.php/id/83113 ).

    “I’m happy to be ahead of him but I don’t know how long it will last” – “Estou feliz de estar a frente dele mas não sei por quanto irá durar” disse Rosberg ao Gazzetta dello Sport.

    Agora eu, que não gosto do Schumacher, estou adorando que ele esteja em décimo no campeonato, e torço pra que Rosberg continue dando um baile em seu compatriota.

  3. O Michael foi muito ganancioso ao voltar para a F1. Se aposentou como o mais campeão e está arriscando sua imagem, pois pra mim será um fiasco.

  4. Até agora o Rosberg calou a boca dos seus críticos, afinal ele está superando o único detentor de 7 títulos mundiais. Mas já acho que essa mudança na distribuição de peso do carro vai mudar alguma coisa a favor do Michael. Aliás tudo que a equipe fizer será a favor do Shumi – basta lembrar que o hepta campeão pediu para ficar com o carro nº 3 alegando que andava melhor em carros com numeros ímpares (alguém acredita nesta supertição???)

    OBS: Tomas o capacete que vc colocou é o do Nico Hulkenber e não do Nico Rosberg.

    Abraço e parabéns pelo post

    • Essa supertição não passou de bobagem para não ficar com um número maior que o Rosberg.
      Agora me digam aonde está a solução de ser o nº3.

      Valtinho, valeu pelo toque, já arrumei. abraços.

  5. Boa matéria, o Schumacher, pelos sete títulos que possui, por todo o prestígio que alcançou, e, depois de três anos, voltar a Fórmula 1, foi muito arriscado. Bom piloto ele é, não foi obra do acaso os títulos que conquistou na Benetton e na Ferrari, com a equipe ao lado dele, você tem que ter a confiança do pessoal que trabalha com você, para ter respaldo técnico.

    Voltando a temporada, Rosberg vem muito bem, estilo burocrático não traz emoções, mas rende bons resultados, e o jovem alemão vem mostrando eficiência e regularidade, tanto que ocupa a vice-liderança. Já Schumacher, tendo o resultado que for, será sempre falado, por tudo o que conquistou na categoria. Ainda acredito no talento dele, pois se a Mercedes der um carro adaptado ao estilo do ex-piloto de Maranello, ele corresponderá. Muitos apostam nele, mas outros estão acreditando que será difícil ele recuperar a velha forma.

    • Obrigado Diego.
      Em relação a isso de recuperar a “velha” forma, não dá, mesmo porque é velha.
      Confesso que acho que foi um erro a sua volta, os campeões não voltam. Ele não precisa demonstrar nada a ninguém, dinheiro ele tem é de sobra, ou seja, acredito que foi mais pela sua paixão pela F1 do que por necessidade, obviamente. É uma discussão sem fim.

  6. Acho que daqui a algumas corridas o Schumacher começa a andar no ritmo do Rosberg. Mas não vai voltar a ser o Schumacher de antes. Nem tem como. As condições são totalmente diferentes. E acho que a hora que ele começar a andar bem vai ser tarde demais pra alcançar o Rosberg na pontuação.

    • “E acho que a hora que ele começar a andar bem vai ser tarde demais pra alcançar o Rosberg na pontuação.”

      Imagino que esta seja a sua maior preocupação dele no momento. Já são 40, se ele entrar no ritmo do Nico, ele pode diminuir essa diferença sim, agora passá-lo eu não sei.

  7. Tomás, pelos números frios a Mercedes Bens estaria até satisfeita, porem não é isso que ela planejou ao montar uma equipe de F1.
    Rosberg, não ganhou os pontos do GP da China, perdeu foi uma vitória, alias o histórico do Nico, mostra que por erros dele, não foi só nesse GP que ele errou quando estava na liderança.
    Sobre o Shumi, não foi seu erro que ficou sem pontuar uma prova, a saída de frente que o carro tem é um dos problemas graves para o Shumi, voltar e enfrentar pilotos com um nível tão alto é outro, aprender a fechar a porta para não ser ultrapassado mais outro, aprender a ultrapassar nessa nova F1 outro.
    O novo carro que a equipe Mercedes GP vai lança na próxima prova, tem a característica exclusiva para o estilo de pilotagem do Shumi, ele no próximo GP, não vai ter mais desculpa, como dizem ou vai ou racha.

    • Luiz;
      é isso mesmo, o Schumacher foi vítima do carro sim, foi o que eu disse.
      Com relação ao Nico, teve uma corrida que era para ele ter vencido: GP de Cingapura 2008. Era o líder mas levou um Drive-Trought. E isso com uma Williams moderna.

      Curioso, com relação a este carro “mais longo” da Mercedes, eles querem ajustar para o estilo de Schumi, mas não sei se você leu um trecho do post mais técnico do blog até agora, dias atrás. Aqui um trecho:

      “Curioso que nesta mudança do monoposto da Mercedes, entre o alongamento dos entre-eixos, está a melhor distribuição de peso no carro para este ficar menos dianteiro- que por sinal sempre foi a condição de dirigibilidade que o schumacher sempre detestou na vida.”

      Como você disse: ou vai ou racha.

  8. Tomas…
    Confesso q tbm n esperava esse banho de Nico…REalmente achava q Schumacher iria saber lidar com a equipe e tê-la p ele….deixando a jovem promessa ao relento!!!
    Mas é uma surpresa magnifica o q Rosberg anda fazendo…MOstrando acima de tudo, regularidade, o q indica q n é um desempenho pontual!!!!
    As mudanças no carro da Mercedes pode beneficiar os dois pilotos…
    Mais o Schumacher, pois ele tem seu estilo de pilotagem q n esta entrando em cinergia com a estrutura do W01….Talvez ele consiga distribuir o peso melhor no carro, fazendo com q ele fique da forma q ele achar melhor. Apesar de q eu ainda ache q o experiente alemao deverá se adaptar as novas regras (aerodinamica, largura dos pneus dianteiros, proibição do controle de tração)
    Fica um paralelo interessante, velha guarda contra nova guarda…E isso vem mostrando como que a f1 de hoje está repleta de competentes pilotos….Junto do Nico temos muitos outros q mostram habilidade dentro do carro…Massa, Hamilton, Vettel, Kubica, Suttil, e varios outros…
    Schumacher deve estar tendo algumas duvidas de como ele conduziu (e se conduziu bem) sua carreira tendo esse retorno depois de 3 anos……
    Mas vamos ver, o cara é movido a desafios, e acho q esse ele terá muito trabalho…Nada impede q ele volte ao topo. Conhecimento, talento e experiencia ele tem. De sobra.

    • Pois é Gabriel, aí vemos que nesta F1 atual não é necessário arriscar, citando o Rosberg, claro. Comparemos a manobra de Alonso sobre Massa, por exemplo. Ele se arriscou, poderia ter colocado TUDO a perder, mas foi mesmo assim e se deu bem.
      Enquanto isso, Nico é regular, mas não se arrisca. Larga bem, não faz nada na corrida e leva um pódio. Como isso pode?
      Está na hora de colocar mais raça, força de vontade na F1. Pelo menos é isso o que eu acho.

  9. Se, a Mercedes resolver voltar suas baterias para o Schumacher, não tenho duvidas, que ele voltara a correr na frente. A Mercedes já tem até o projeto para adaptar o carro ao piloto, coisa inimaginavel se o nome desse piloto fosse outro. Enfim, parece que o mundo da FI continua o mesmo, tem um mundinho particular para cada um, para alguns o planeta Oasis, para outros o planeta Saara.

    • “Enfim, parece que o mundo da FI continua o mesmo, tem um mundinho particular para cada um, para alguns o planeta Oasis, para outros o planeta Saara.”

      Hahaha, mandou bem Newton.

  10. Alguem sabe até quando vai o contrato do Rosberg?
    Seguindo nesse ritmo, será que não há a possibilidade dele ir para uma equipe TOP3 (Mclaren, Ferrari ou RedBull)?

    • Vito, realmente não sei, mas especulo que seja até 2013 mesmo.
      Lembra que antes ele era quase nome certo na McLaren??? Pois é… boatos são boatos, aqui e na China! rsrs

  11. Quando alguém fala de escrúpulos me vem a mente o “herói” Senna, isso ele nunca teve na Formula 1! Rosberg também deu muita atenção ao que a mídia contava, hoje trabalhando com Schumacher pensa diferente:

    Saiu no http://www.grandepremio.com.br
    Rosberg garantiu ainda que está muito satisfeito por dividir os boxes da escuderia alemã com o veterano, contrariando a própria opinião antes do início do campeonato. “Eu mesmo achava que não seria uma boa coisa tê-lo como companheiro de equipe, e em vez disso estou positivamente surpreso”, “As pessoas têm uma opinião errada sobre Michael.” finalizou o piloto.

    Isso nunca foi novidade , Schumacher teve vários companheiros de equipe, somente um BUNDÃO ficou CHORANDO, só não reclamava do salário GORDO na Ferrari, por isso ficou muito tempo lá. Rubinho tinha que ser RISCADO do quadro de vitórias da Ferrari…muito BUNDÃO!!! Temos que lembrar que Schumacher é o único piloto na pista com mais de 40 anos e vem de uma aposentadoria de 3 anos, evidente que seu desafio é muito maior que dos outros, mas cada ponto conquistado também tem seu valor! O que fez o Bicampeão Graham Hill ainda na ativa nos seus últimos 5 anos de F1?…nada, virou retadatário!!! O que Nelson Piquet Tricampeão consagrado grande acertador de carros fez na ativa nos últimos 4 anos de F1? Pouca coisa, vencia quando os favoritos tinham problemas! O insuportavel Galvão Bueno vive dizendo: “O Rubinho é muito bom de chuva, pilota com a faca nos dentes, grande acertador de carros”…até hoje só vi muita propaganda em cima, na pista mesmo, poucos resultados! Nem tem como reclamar o Rubinho, correu nos anos de ouro da Ferrari e com BrawnGP “foguete”. Button humilhou Rubinho em 2009, hoje é líder no mundial e Rubinho comendo poeira no fim do grid! O que Rubinho na ativa “muito bom de chuva” fez na última corrida? Nada…O que Button fez entre 2006 até agora Rubinho não fez em 18 na F1.

    Na coluna Apex no http://www.grandepremio.com.br:
    “O caso de Schumacher é parecido. Ele precisa de quilometragem, mas não pode testar. Deve viver uma angústia incrível. Em seu tempo ele passaria seus dias em Fiorano e só sairia ao anoitecer, até estar na ponta dos cascos. Mas e agora? Como é que um piloto faz? Simulador e academia? Kart? Acho que não é disso que Massa e Schumacher estão precisando”.

    Massa também ficou parado meses por causa do acidente, mas 3 anos do alemão pesou muito mais. Lembrando que em 1982 Lauda voltou depois de 2 anos de aposentadoria, mas a F1 tecnicamente pouco evoluía e Lauda podia treinar a vontade, venceu corridas em 82, mas essa temporada foi uma loteria cada corrida! Mesmo assim Lauda em 82 foi apenas o 5º no mundial e em 83 foi um vexame apenas 10ºcolocado! Schumacher não se entrega fácil, gosta de desafios e sabe o caminho para se recuperar, precisa de tempo, esse ano de 2010 é somente para tirar a “ferrugem”, não vejo como grande feito Nico andar a sua frente é mais uma obrigação, o próprio R. Brawn disse isso! Lembrando que Nico esta passando por uma boa fase, não deu show na pista, somente levou o carro até a bendeirada, mas faz sim um bom trabalho e Schumacher foi o primeiro a elogiar Nico! Se tem uma coisa que Schumacher faz é assumir a responsabilidade, não é de CHORAMINGAR, reconhece a má fase, jamais vai culpar a equipe, muito menos ENCHER O SACO falando do companheiro de equipe! A Mercedes sabe que Schumacher precisa de tempo! O carro também não ajuda ao seu estilo de pilotagem, coisa semelhente aconteceu com Kimi em 2008, quando mudaram a suspensão já era tarde, mesmo assim Kimi se recuperou muito bem nas últimas corridas! Cobrar pódios de Schumacher logo de cara é o mesmo que cobrar pódios de Kimi no WRC…surreal!

    Essa declaração de Nico sobre Schumacher é um TAPA NA CARA no Rubinho e do insuportável Galvão! Não foi Rubinho que disse para Nico cair fora da Mercedes? Vale lembrar que uma recuperação de Schumacher no final do ano pode até ajudar Nico a conseguir o título e Schumacher não precisa se avisado, ele sabe que o título é importante para a Mercedes e se precisar vai ajudar sim, já fez isso na Ferrari com Irvine em 1999 entregando uma vitória ao irlândes na busca pelo título! Esta aí uma coisa que jamais o “herói” Senna iria fazer, ajudar o companheiro de equipe a ser campeão, ele não tinha essa humildade, muito pelo contrário era um obsecado por ser o número 1 na equipe, também jogou sujo na pista, tem uma enorme lista negra na carreira dentro e fora da pista, trapaças e agressões sempre fizeram parte da carreira do “herói”, mas a publicidade tenta de todas as formas tapar o sol com a peneira, aqui no Brasil pelo menos funciona porque o imbecil do Galvão convence os cabeças de bagre!

    Não subestimem Schumacher, ele começou por baixo na Benetton e Ferrari, Nico é somente um velocista, ainda precisa do título para dividir a liderança na equipe, no momento quem organiza a equipe é Schumacher/Brawn/Haug eles quem decidem quem fica em quem sai nos próximos 3 anos, se começarem pixotada e quebras como ocorre na Ferrari, Schumacher não vai pensar 2 vezes para mudar membros da equipe! Nico também pode pegar uma fase ruim, nada dura pra sempre e essa fase ruim do Schumacher uma hora passa. 2011 sim podemos cobrar algo do alemão! Eu como torcedor do Schumacher estou tranquilo, já as viúvas nem tanto, como sempre só sabem chorar ou reclamar, dias difíceis com o “novo” Senna…só resta mesmo atacar o alemão…rs. Schumacher não tem mais nada a provar, imagina se ele se recupera e em 2011 vem forte brigar pelo título? Vai ter viúva se jogando no rio!!! Os “gênios” Prost, Mansell e Piquet não passaram de 12, 13 temporadas, porque não continuaram? Arregaram para a nova geração? O”herói”Senna fica de fora porque a Tamburello “aposentou” ele antes, mas com 13 temporadas na F1 já ia pedir arrego, pilotos que começaram nos anos 80 não tinham o preparo físico dos pilotos que começaram 15 anos atrás, as carreiras terminavam antes, sai uma geração entra outra de jovem talentos superando os veteranos, um cilclo que Schumacher já passou e hoje teima em resistir.Não troco 1 Schumacher “enferrujado” por 10 Rubinhos…

      • Nem preciso dizer mais nada….

        O “Mercedes” disse tudo…

        Grande Abraço

    • brilhante o comentario
      realmente, Senna não foi nenhum santo, e se não tivesse morrido, seria um segundo Piquet…
      e sobre o Rubinho, realmente, 18 temporadas vendo outros pilotos serem campeoes kkkkkkk
      e sempre reclamando da “porcaria”…

      • Na verdade ninguém é santo, e a imagem de Ayrton ficou imaculada por causa de sua morte trágica e prematura. Mesmo assim acredito que ele é o melhor, junto com Fangio e Prost.

  12. Tomas;
    É, Schumacher não está do jeito que todos imaginavam, pior é para os fãs dele, como eu.
    Acredito que ele melhora com o tempo, e não podemos cobrar dele, principalmente depois de 3 anos fora, e das grandes mudanças ocorridas na F1. Hoje a pressão do Schumacher conseguir resultados não é nem tanto da equipes e pilotos, ou dos jornais que só falam mal dele, é mais dos propios fãs que botaram extrema responsabilidade, de ele voltar, e voltar ganhando, enfim não sei como vai acabar, se antes eu tinha certeza que o Schummy ia ganhar, hoje…

    Abração

    • “Hoje a pressão do Schumacher conseguir resultados não é nem tanto da equipes e pilotos, ou dos jornais que só falam mal dele, é mais dos propios fãs que botaram extrema responsabilidade, de ele voltar, e voltar ganhando”

      Concordo

  13. Salve Grande Tomás ! !
    Estive ausente desse ” gostoso espaço ” por causa de uma preciosidade adquirida : tranplante de córnea !
    Como fiz em Curitiba , tive que atender uma agenda de revisões médicas semanais , agora está mais tranqüilo , pois tenho que fazê-las mensalmente .
    Tenho ainda que fazer no outro olho daqui uns 60 dias mais ou menos … a minha sorte , é que preciso fazer só em dois olhos … rsrsr…
    Quanto ao post e os comentários , estão todos com razão !
    Amigo , devagarinho estou voltando .
    Abraços , estava realmente estava com muita saudade !
    Vou parar por aqui porque não posso ficar muito tempo digitando , fui .

    • Fala Marco!
      estava estranhando a sua ausência aqui!!!
      Então agora está explicado, haha
      melhoras pra você e seja bem-vindo novamente!!!!
      abraço

  14. ” Vejamos que Rosberg não fez uma única ultrapassagem nestas quatro corridas!!! E mesmo assim é o vice-líder. ”

    HAHAHAH, e essa é a F1 q aumentou o numero de pontos do vencedor pra q ele realmente tivesse vantagem no campeonato, kkkkkkk, por enquanto só ta destruindo records do proprio schumi…
    eu acho q vai surtir efeito, no momento q a Mercedes arrumar os problemas do carro do schum… ou ele se reencontrar com a F1 , o q não vai demorar muito, podemos dar adeus ao nikinho…. afinal, nenhuma ultrapassagem = medinho disimaxuca KKKKKK
    mas falando sério, piloto por piloto, o nico não tem 7 titulos, e nem mostrou ser um grande talento até agora… então o posto do biba rosberg como piloto numero 1 da Mercedes ta com os dias contados…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: