O que falta para Felipe Massa ser campeão?

Realmente, confesso que é uma pergunta muito difícil de ser respondida, depende do ponto de vista que interpretemos a questão. A ânsia por um título brasileiro depois de Ayrton já carrega um fardo tão grande que a força disso é descarregada em um único piloto, que, neste ano, tem pelo menos chances de conseguir a tão sonhada taça: Felipe Massa.

Já são 18 anos (sem contar 2010) que o Brasil não vê um piloto do país erguer a taça de campeão mundial. Desde 1991, apenas 2 pilotos conseguiram “chegar perto”, Rubens Barrichello (vice em 2002 e 2004) e o próprio Felipe, depois de perder uma trágica “final do mundo” em casa na última curva em 2008. Acredito que isso colocou mais responsabilidade em Massa e pressão para que o tão sonhado 9º título chegue logo.

Em contraponto, acontece uma ironia tão grande e no ano passado quem deu esperanças foi Rubens. Tinha um carro muito bom, chegou a vencer mas acabou perdendo a taça. Mais uma vez. Sem contar o baque com o acidente de Felipe nos treinos para o GP da Hungria, o que o deixou ausente do resto da temporada na Ferrari.

Ou seja, o caminho não é fácil, e cada corrida deve ser levada como uma “missão” para que a marca seja conquistada. A F1 passa por uma fase muito frutífera, com pilotos novatos se destacando e a igualdade prevalecendo. Tanto que Massa liderava o campeonato até o GP da Malásia, mas um fraco 9º lugar o renegou a 6º posição. A diferença, está aí, nos mínimos detalhes.

Centrando este ano como foco para triunfar, Massa se depara com concorrentes a altura e até acima do seu nível. Alonso, Hamilton, Vettel,Button e até Rosberg aparecem como reais candidatos ao título, e o negativo é que Felipe, pelo menos até agora, está atrás de todos eles. Aí está, a volta por cima que citei ontem no blog.

Vejamos o que aconteceu no Gp da China entre ele e seu colega de equipe, Alonso. Uma manobra arriscada do espanhol em cima de Massa o tirou praticamente da disputa por melhores posições. Coisas assim é o que definem um campeonato, cada posição tem que ser importante para o piloto, porque 1 ponto faz a diferença no final (Massa que o diga). A personalidade de Alonso é fortíssima, ele sabe o interesse da Ferrari na sua contratação e que há uma legião de pessoas esperando um título de Massa. Com isso, o que mais Fernando quer é colocar mais pressão nessa situação, deixando Felipe para trás, (nada mais lógico do que isso).

Porém, Massa já se acostumou com o time, vem trabalhando com os mecânicos a 4 anos e por ainda possuir uma personalidade amigável e humilde (pelo menos é assim que eu vejo), ele tem seus direitos muito bem correspondidos dentro da Scuderia. Para falar a verdade, Felipe nunca teve companheiros “fáceis”.

Ainda nos tempos de Sauber, dividiu o cookpit com Heidfld, Fisichella e o campeão mundial de 97, Jacques Villeneuve. Conseguiu ter disputas de igual para igual e nesse momento começou a se firmar como piloto de ponta. Na Ferrari, o nível subiu ainda mais. Em 2006 correu ao lado de Michael Schumacher, simplesmente o maior campeão de todos os tempos em número de títulos. Esteve três anos com Raikkönen, que levou a melhor em 2007 e agora em 2010 enfrenta o bicampeão Fernando Alonso. Fica a prova que Massa não é um piloto qualquer e que sabe correr como campeão, apesar de ainda não ser.

Voltando ao tema central do post, em que se discute o que falta para Felipe Massa ser campeão, isso requer uma série (e bem extensa) de fatores. Para começar pela tão dita sorte, talvez um dos mais importantes, e polêmicos. Já falamos aqui da sorte que Button teve para ganhar dois GPs esse ano e ser o líder provisório do campeonato. Depende como você analisar, se é sorte ou estratégia, mas não podemos deixar que uma pitada ajuda bastante. Por exemplo, para citar algo que tem a ver com Massa, o GP do Brasil foi sorte de Hamilton em ver Glock ficar para trás ou azar de Felipe em perder um título que já estava sendo comemorado? Bom, o que se sabe, pelo menos, é que a chance ele teve, só não contou com a sorte.

Em 2º lugar, não que tenha ordem, vem a equipe. É mais do que sabido que um bom carro e um time bem regulado e posicionado na hora certa são fundamentais para um bom resultado. Em 2008, Massa perdeu o título, além de por erros próprios, pela incompetência do time na hora H. Erros infantis nos boxes, como no GP de Cingapura, onde colocaram a sua corrida no lixo, e outras entram nessa lista. O estouro do motor a três voltas para o final do GP da Hungria de 2008, quando era o líder… Mais uma vez, está provado que cada corrida é uma batalha, e se ele for perdido, é complicado vencer a guerra.

Concluindo…

Para finalizar este post que no meu ver trata de um assunto bem interessante, quero dizer que a atitude de um piloto não muda. Seja ele quem for, em qual carro que estiver, sempre irá para ser o melhor. Com Massa não é diferente, nem com Alonso e ninguém no grid. Fica a pergunta do post e fiquem a vontade para opinar, como sempre. Então, O que falta para Felipe Massa ser campeão?

Obrigado, Tomás.

19 respostas para “O que falta para Felipe Massa ser campeão?”

  1. Pois é, o artigo já tocou em pontos bem interessantes que definem um campeão! Acredito que depois naquela ultrapassem de Alonso em Massa no último GP vai deixar o piloto brasileiro muito mais esperto!
    Ah, achei engraçado a colocação de que Massa ” ‘ainda’ possuir uma personalidade amigável e humilde”, rs :). Espero que esse “ainda” se perpetue por um longo tempo, um bom atleta precisa com certeza de muita firmeza e auto-confiança, mas eu acho que arrogância é dispensável… kkk, rs!
    Só para não esquecer, hoje é aniversário de Massa, e o que o brasileiro tenha muita sorte neste campeonato, e continue crescendo no meio de tantas “feras” do esporte!
    Abraço, Deus abençoe a todos!!

  2. Falta arrojo, velocidade e impor respeito junto ao companheiro de equipe. O Felipe Massa é muito passivo. Eu duvido que um piloto como o Hamilton deixaria o Alonso ultrapassar daquela forma. O Felipe, se não se impor, será mais ridículo que o Rubens Barrichello quando era companheiro de equipe do Michael Schumacher.

  3. É uma boa pergunta. Antes de mais nada, falta a qualidade que vimos nos anos anteriores. Esse ano Felipe está muito mal, algo mudou e talvez o acidente ano passado seja a causa, espero que não.
    Ele já mostrou velocidade, garra e arrojo, mas não neste ano.

    Vou deixar aqui uma frase que meu velho pai diz: “Perdeu a chance em 2008. Agora não tem mais jeito.”

  4. Salve Grande Tomás !
    Como eram grandes e dignos de admiração aqueles pilotos como Emerson Fittipaldi , José Carlos Pace , Nelson Piquet , Ayrton Senna da Silva …
    Eles ousaram , tinham em mente que o importante era vencer , vencer tudo e vencer sempre custe o que custar .
    Vencer ou vencer , apenas isso interessava para eles , segundo lugar não tinha vez com esses caras !
    Eles perseguiam todos os recordes , até porque não dizer , de forma alucinante .
    Um piloto pra ser um campeão dentre outras , coisas precisa estar sempre em busca do mais alto padrão de pilotagem , concentração e força física .
    Não tem que se comparar a ninguém , pois pra ser um campeão , tem que se considerar o único .
    Para ser um campeão tem que colocar o seu talento na pista e seu gênio nos bastidores , tivemos alguns pilotos assim não é verdade ?
    Agora , em compensação , observo que ” nossos” atuais pilotos só tem como objetivo máximo chegar à F1 e nada mais .

    Mas muito bem , quanto ao Massa , se , não querer melhorar em tudo e sempre , se não buscar um alto padrão de pilotagem , se não ousar , ser bonzinho , educadinho , se não colocar raça , talento na pista e , não ser um gênio nos bastidores , dentre outras ” cositas mas ” , não chegará ao fim almejado nunca .

  5. Eu acredito que há pilotos predestinados. Tal como Senna,Prost, Schumacher, para citar alguns.

    Na F1 actual, só vejo isso em Schumacher, Hamilton, Vettel e Alonso. É do tipo de pilotos que olhamos para eles, vemo-los pilotar e dizemos, “Um dia vão ser campeões”. Fazem corridas assombrosas e únicas que fazem recordar as mentes durante anos. Por vezes, fazem jogo sujo, e quem nunca fez jogo sujo na vida por uma vez, que atire a primeira pedra.

    Como tal, não consigo incluir Massa neste grupo que citei acima. Falta-lhe algo, alguma característica que se note em corrida. Tou com alguém que disse aqui acima que, “Para Massa ser campeão precisa de sorte”. Teve-a uma vez e ficou sem ela na última curva do campeonato.

    Como tal, para mim, falta sorte. Falta esperar que o ciclo de sorte regresse. Porque ganhar no braço a Hamilton, Vettel, Schumacher, com carro igual, não acredito que seja capaz, por mais bom piloto que Massa seja. É uma questão de credo.

  6. Falta bastante coisa, acredito eu, nenhuma impossível, mas nenhuma na qual acredito ele conseguirá chegar. Mas acho que vc “resumiu” bem do que se trata. Ótimo artigo, e ÓTIMO blog! parabéns pelo espaço!
    Não conhecia e fiquei muito contente em descobrir!

    Bjs, té mais!

  7. Acho que falta só a equipe colaborar com ele porque capacidade ele já mostrou que tem. Ele é capaz de bater qualquer piloto que seja seu companheiro de equipe. Espero que a Ferrari venha no minimo igualada a RBR na fase europeia. Se vier, pode ter certeza que o Massa vai estar na briga.

  8. falta mesmo é ele esquecer um pouco que é brasileiro, que tem um país inteiro querendo ver um piloto brasuca ser campeão novamente, isso tiraria toda a pressão, senão no maximo ele vai ser um segundo Rubinho que vai ter 43445325 anos na F1 fazendo quase nada… pelo menos ele não reclama do carro, da equipe, do companheiro… acho q ele ainda vai ser campeão, mas se ele se destacar emcima do Alonso até a metade do campeonato, pra que o time possa estar todo do lado dele, afinal, uma hora a Ferrari vai ter q escolher um piloto n°1 e com certeza, esse vai ser o campeão, acredito que nós vamos ver um brasileiro campeão novamente ( olha a pressão aí)…
    abraço

  9. Felipe Massa é um grande piloto e melhorou bastante. Em 2008, não perdeu apenas por erros da Ferrari, como no Canadá, na Hungria e em Cingapura, também cometeu erros que foram decisivos, como na Austrália, Malásia e Grã-Bretanha. Mesmo assim, não se deu por vencido e conseguiu superar as fragilidades que tinha.

    Para ser campeão, Felipe ainda precisa de mais regularidade e de um pouco de sorte, pois deixou escapar vitórias por causa do equipamento.

  10. Pois é Tomas, é complicado falar o que falta para ele ser campeão. Ele já teve uma grande chance, mas não conseguiu aproveitar por seus erros e pelos erros da equipe. Acho que falta ele se encaixar perfeitamente em um carro que lhe dê condições e ser consistente. Não digo que falta sorte, pois isso é pouco tangivel. E a pressão sempre vai existir. Torço muito por ele.

    E parabéns pelo blog, a cada dia melhor. Continue assim garoto, que tu vai longe. Visite-me lá no blog quando puder.

  11. O Massa não é campeão ainda, por pura falta de sorte, aquela derrapada do Glock na ultima volta do GP Brasil, parece não deixar nenhuma duvida, que apesar de todos os erros, principalmente da Ferrari, aquele ano era do Massa. Não deu, agora vai ter que remar tudo de novo, lutando contra um carro com problemas, e que segundo a imprensa especializada foi idealizado para o estilo de pilotagem do Alonso, outro obstaculo que o Massa vai ter que superar. Eu confio no potencial do brazuca da Ferrari para se superar e superar todas as adversidades, se o carro melhorar, se os motores aguentarem, eu não tenho duvidas, o Felipe vai dar muito trabalho para o Alonso e todos os demais protagonistas da linha de frente desse campeonato.

  12. Alan Prost, o grande campeão, perdeu alguns títulos imperdíveis para depois se tornar um campeão, chamado professor.
    Lewis, passou para a história como o piloto que conseguiu perder o título mais ganho da F1, depois conseguiu um título por pura sorte na ultima curva.
    Kimi, perdeu dois títulos com a Mclaren, que não deveria perder, e depois na Ferrari, venceu um onde suas chances era menos de 10%.
    Rosberg pai, ganhou seu único campeonato, com uma vitória e com o um dos carro mais fracos da F1.
    Em todos os campeonatos vejo uma sorte muito grande a que eu chamo estrela de campeão, as vezes não precisa ser nem um piloto fora de série e sim um bom piloto.
    Penso que ainda não vai ser esse ano o título do Massa, a Ferrari ainda é um equipe muito confusa, para mim esse ano o campeão tem o motor Mercedes, eu ainda não descartei o Michael dessa lista de provável campeão.

  13. Pessoal,

    Antes de mais nada tenho ressalvas quanto aos comentarios sobre o Barrichello e sua carreira. Facil criminalizar um piloto que foi duas vezes vice-campeao e muitas vezes mostrou o valor que possui (excecao feita aos mandos e desmandos de ordem politica interna da Ferrari) em uma epoca cuja hegemonia absoluta era de um famoso cidadao alemao.
    O trato no assunto Barrichello nao vem ao caso neste post, mas faco disso aqui um instrumento de defesa, pois quantos jovens ilustres brasileiros correram na F1 na epoca de Senna e compartilharam as pistas junto com um jovem piloto chamado Barrichello. Lembro que esses ilustres brasileiros nao chegaram aos pes do que este piloto conquistou. Na media o brasileiro tem o pessimo habito de maldizer qualquer cidadao que nao alcance niveis perfeitos de resultado. Senna foi Senna! Piquet foi quem Piquet! Emerson foi quem foi, precisamos crucificar quem tentou ou esta tentando ser o proximo brasileiro campeao brasileiro na F1?
    Vez por outra falta abandonar postura de maria vai com as outras e ter a decencia de reconhecer o que de bom fazem os nao tao perfeitos cidadaos que usam a bandeira desta pais em qualquer evento esportivo la fora.
    Nao podemos esquecer que o nivel das duplas para este ano esta acima da media dos anos anteriores e que as equipes se prepararam mais neste novo cenario de regras e impedimentos de ordem politica, tecnica e financeira. F1 pro srs dententores dos direitos comerciais é resultado $ nao importa o que se faca.
    Como querer que os novos pilotos brasileiros almejem resultados magnificos se um regulamento sequer permite que estes jovens possam ao menos terem uma quilometragem minima para competir e desenvolver algumas competencias inerentes a F1?
    Existem questoes que fogem das razoes passionais e emocionais quando se trata da F1, tem muita coi$a em jogo.
    Massa é um grande piloto sim, sabe ser polido e mais importante tem carater e personalidade forte o suficiente para nao implodir uma guerra interna onde sabe que pode sair perdendo em virtude das questoes financeiro-politicas que envolvem as relacoes internas da equipe. É da percepcao de alguem aqui qual tem sido a postura de Massa do ponto de vista das declaracoes em entrevistas? Bem a moda do mineirinho, Massa tem ficado quieto e nao polemizado, pois a midia esportiva em geral e principalmente pró Alonso esta a espreita para crucificar e travar uma batalha psicologica a favor desse cidadao que com seus meritos e algum apoio chegou onde chegou.
    Eu sou brasileiro e acima de tudo acredito no que é nosso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s