O GP de Mônaco será um caos?

O GP tranqüilo na Espanha, sem muitas emoções e dificuldades para os pilotos, não ficará muito na nossa memória, aviso.Mônaco está aí, de cara para todos, e junto com ele, muitas cobranças e obstáculos estão por vir. No paddock se discutem ideias, mas nenhuma parece dar certo.

Primeiro, se discutiu em dividir o Q1 em partes, para que as equipes com carros bem mais lentos que o resto, no caso Lotus, Virgin e Hispania, não atrapalhassem o andamento das atividades dos pilotos que contam com um carro em melhores condições. Porém, não foi aceita, e tudo continuará como está. Ponto negativo.

Eu não tenho a menor dúvida de que esta corrida no próximo fim de semana pode ser uma desagradável surpresa para todos nós daqui do outro lado. Cito o exemplo de Massa no monótono GP da Espanha, que é bem aberto, totalmente ao contrário de Mônaco. Aconteceu o seguinte: Felipe estava na sua volta normal de corrida, tentando se aproximar de Button e Schumacher. Mas, na hora de ultrapassar o retardatário Chandhok, há uma confusão e Massa perde um pedaço do aerofólio.

Por casualidade, a quebra não traz um prejuízo ao rendimento do F10 e Massa chega em 6º. Mas e se isso não acontecesse? Felipe teria a corrida estragada por uma frustrada “ultrapassagem” em um retardatário. Outro caso vivido na Espanha foi o de Barrichello no Q1 do Quallifyng de Barcelona, onde este é atrapalhado por Bruno Senna na volta rápida e fica fora na primeira parte da classificação. Multipliquemos tudo isso em Mônaco, então, vezes três.

Como informou nosso caríssimo “repórter” Wilson no post anterior, Lewis citou que a corrida em Mônaco poderá ser um desastre. Aqui porque:

A corrida pode ser um desastre. Dei quatro voltas em Di Grassi, ontem. Esta é uma das maiores diferenças que já vi na F-1. O retardatário não fez um trabalho muito espetacular. Não sei que diabos ele estava fazendo ali. Por enquanto, felizmente, não aconteceram incidentes, mas Mônaco será muito difícil.

Não digo que isso pode estragar minha corrida, mas fica muito difícil, quando se tem uma grande diferença. Você os alcança muito fácil, é irreal. Quando você os vê, você fica imaginando quando que eles vão sair, aí eles viram na posição errada. Eles vão para a parte de dentro e ficam ali quando você chega para passar, e isso dificulta muito.

Mas, toda essa preocupação em nada mudará as “sábias” decisões da FIA. O treino, como já disse, será feito normalmente e esse sim, tem tudo para ser desastroso. Imaginemos então o que acontecerá se um piloto das equipes de ponta por incomodado em sua volta lançada e ficar “preso” no Q1. Como será a largada e a corrida desse piloto, tendo que enfrentar carros bem inferiores em um circuito tão travado?

Melhor, nem pensar. Fato interessante que me foi repassado aqui é que a Mercedes voltará a velha configuração do W01, que tecnicamente favorece Rosberg e prejudica Michael, por causa do traçado das ruas de Monte Carlo ser mais lento. Então, não sabemos se tanto Nico quanto Schumacher serão prejudicados ou ajudados. A loteria dos cassinos da cidade se transferem a pista: loteria.

O F-duct, que não será utilizado pelo menos pela Ferrari na prova, pode fazer a diferença (no seu “não” uso). Red Bull não se preocupa com isso, mas não sei se isso será tão vantajoso assim…

E, para “fechar com chave de ouro”, esta última notícia de que existem previsões de chuva para o fim de semana no principado. Segundo o site oficial da F1, o tempo estará molhado na quinta-feira, dia dos primeiros testes livres, e nebuloso para Sábado e Domingo. É esperar para ver.

Agora, eu quero ver o que vocês tem para dizer sobre a corrida de daqui a poucos dias. Será um caótico desastre? Você aprovaria uma divisão de Q1?

Na seção de comentários, fique a vontade. Obrigado, Tomás.

31 comentários em “O GP de Mônaco será um caos?

  1. Lendo esse texto agora lembrei de um episódio da F1. Do GP dos EUA de 2005, onde todos os carros que usavam pneu Michelin boicotaram a corrida por questões de segurança. To vendo que os pilotos estão preocupados com isso. O Hamilton não gosta nada da ideia e com razão. Então eu penso: Será que poderemos ter um novo boicote dos pilotos por causa da questão da segurança? Qual seriam as consequencias que isso traria pro campeonato? Sinceramente, não vou me surpreender se fizerem boicote de novo. Falam muito dos anos 80 que tinha carro pra caramba na pista e tal. Mas não tinha carro 7 segundos mais lento que os outros. Esse que é o perigo. É a diferença de velocidade e não a quantidade de carros. Enfim, to apreensivo também com o que possa acontecer nesse GP. Tomara que de tudo certo.

    Abraços. Carlitos.

    • Desculpe mas a preocupação dos pilotos (leia-se Hamilton) não é com a segurança, e sim com o resultado da corrida. Ele teme que um retardatário o “trave” impedindo de abrir vantagem sobre quem está atrás, ou que o impeça de fazer uma volta ideal no qualifying.

  2. Manteria o Q1 da forma como está. Pilotos de ponta tb tem que enfrentar dificuldades e esse pode ser um ingrediente para não permitir que a corrida seja um trenzinho da alegria. Jogadores de futebol jogam no gelo, no deserto, debaixo de chuva, em campos esburacados, em gramados maravilhosos, em grama sintéticam enfim. Quem quiser moleza que vá comer sopa de minhoca.
    Abs.

    • É isso aí, Anselmo!
      E é por isso que Monaco é o que é… com vitórias de Olivier Panis… com Ayrton de Tolleman “lanchando” Prost com McLaren… até o velho Jarno já faturou por lá!
      Imagina se chove, uns 6 carros se embolam e um Kovalainen da vida pontua?
      Se o circo pegar fogo, e todo mundo estiver de roupa de amianto, por mim tá ótimo!

  3. Quero ver onde a parede chamada Hispania vai se meter para os outros passarem……Para Shumacher e Hamilton esse GP promete, os dois principalmente o Alemão tem boas experiencias de como tirar na base da força pilotos da corrida……

  4. Esse tipo de pista iguala muito os carros e penso muito no Senna, se chover coloco minhas fichas no Senna para ser o primeiro, faço fé que esse brasileiro seja o primeirão.
    Como a pole é o principal fator para a vitória e com tantos carros de outra categoria na pista, pode dar zebra, ai não tem como passar, se bem que até hoje não sei como o Hamilton venceu em 2008, depois de para no box em uma parada fora do normal.
    Desculpem, estava escrevendo sobre o Senna ser o primeiro e parei para comentar sobre a pole, para mim vai ser realmente o primeiro a parar, só não sei se por quebra ou batida.

    • Bom Tomás o negócio é o seguinte :
      Essas diferenças de tempos e de carros nas classificações e do vencedor para o último na bandeirada … ah perai né ?! pra quem acompanha F1 há tempos , sabe muito bem que não é novidade nenhuma essa situação .
      O Hamilton é muito novinho , ele não sabe que em Mõnaco em 1987 Pascoal Fabre com um AGS-Ford levou nada mais nada menos do que sete voltas do vencedor dessa prova .
      Na verdade , essa grande diferença entre os carros ” nasceu “por falta de motores turbos , dai gerou uma espécie de ” segunda divisão ” pois estes , teriam que competir com os motores aspirados .
      Só pra lembrar que os carros que competiam com turbos , isto na categoria principal , eram os da Mclaren, Williams, Ligier, Brabham, Lotus, Arrows, Benneton, Osella, Minardi e Zakspeed.
      E na ” segunda divisão os carros que corriam com os aspirados da Cosworth eram os da Tyrrel, AGS, March e a Lola .
      E outra , era o mesmíssimo regulamento tanto para os turbos como para os aspirados , só que os aspirados ,concorriam ao Troféu Jim Clark , seria algo como um prêmio de consolação a este campeonato paralelo .
      Só pra lembrar também que a diferença de tempo no GP de 1987 na França entre a pole de Mansell ( turbo ) dos aspirados era de sete segundos , já no GP da Inglaterra a diferença foi ainda maior oito segundos e mais Pascoal Fabre ” fecha ” o grid com 11 segundos do pole Piquet !
      Quanto a leve batida do Massa no carro da Hispania , o que aconteceu foi que o Massa errou , isto é , saiu de traseira , quando arrumou o carro , já estava na cola do indiano , isso dá pra ver claramente na camara on board .
      P.S : Pô pra fazer esse comentário levei no mínimo duas horas ! , pois foi interrompido constantemente assim , não sei se perdi o ” fio da meada “, mas de quaquer maneira vou mandar assim mesmo ! mas vou voltar nesse assunto mais tarde .

  5. Tomás e sobre essa noticia:
    Em 2013 as mudanças no motor utilizado pela categoria serão radicais em defesa do meio ambiente: motores de 1.600 cc – turbo – em torno de 600 HP (hoje tem de 750 a 780 HP).

    E HÍBRIDOS. Ou seja, poderão ser alimentados por combustível, mas terão de ser também elétricos, movidos pelo KERS, que estará de volta à F1 com uma função ainda mais rentável e ecológica. Os carros só entrarão no Pit Lane com os motores no modo elétrico.

    Um dos resultados já comprovados: o consumo de combustivel será reduzido à metade do consumo atual.

    É a onda “verde” cada vez mais presente na F1! Ainda bem!

    • Concordo, acho que a “onda verde” tem que chegar mesmo.
      Mas o que farão com o gasto gigantesco de combustível dos aviões que transportam o “circo” da F1 pelo mundo? Emitem muuuito mais carbono que qualquer coisa dentro de um circuito.

  6. A gente sempre tem que pensar no lado positivo das coisas, hehehe. A corrida vai ser bem mais emocionante do que a filinha indiana que se forma ano após ano em Monte Carlo. Os pilotos de ponta vão ter que passar na marra pra não perderem muito tempo, visto que o campeonato tá bem embolado, e cada ponto conta.
    A classificação poderia ser dividida, deveria, pois veremos que no final muita gente vai reclamar que sua volta foi atrapalhada. Então, vai todo mundo? Se vira e reza pra não pegar trânsito. Quero ver se Hamilton, caso venha mais de trás, se mostre o showman da temporada, e também se o Massa vai continuar se mostrando esse piloto patético que vimos até agora. Mclaren e Red Bull favoritas pro final de semana.

  7. com o chassi anterior e pelo desempenho em anos anteriores me atrevo a dizer que o nico vai se classificar melhor que o schumacher. Obs. Mas só para esta corrida, ok?
    Digo mais,
    vai ter piloto aspirante ao título que não vai passar pro q2.

  8. bomba! bomba!

    será que depois da novela quase no fim, a bridgestone vai nos brindar com uma mudança radical?

    Apesar de já ter anunciado reiteradas vezes que deixará a Fórmula 1 no fim da temporada deste ano, a Bridgestone poderá mudar de ideia. No último fim de semana, em Barcelona, representantes das escuderias se reuniram com a direção do fabricante japonês e fizeram um apelo pela permanência. E, segundo o site inglês “Autosport”, é grande a chance de a Bridgestone, de fato, decidir ficar.

    Diretor esportivo da Bridgestone, Hiroshi Yasukawa admitiu a reunião e confirmou que o caso será levado à direção da empresa, no Japão.

    – Após cada reunião, fazemos um relatório para o Japão, então vamos dizer a nossos diretores o que aconteceu neste fim de semana. O Senhor Ohashi (Makio Ohashi, presidente da Bridgestone) também acha que a Fórmula 1 é muito importante para a Bridgestone – afirmou Yasukawa ao “Autosport”.

    Diante da possível retirada da Bridgestone, outros fabricantes se candidataram à vaga de fornecedora da Fórmula 1. Michelin, Avon Cooper e Pirelli são as mais cotadas caso a Bridgestone realmente saia.

    fonte> lancepress

  9. Tomará que chová a corrida fica imprévisivel pode acontecer da ferrari ser dar bem espero que o halmilton e o massa tenham mais sorte!!!

  10. Caos nada… Já correram lá com mais carros e alguns tão lentos quanto os de hoje.
    E muito medo… isto sim.

  11. Tomás, como foi comentado e a Ferrari retirou o maço de cigarros do carros vermelhos, penso que chegou a hora de você tirar esse pacote de cigarro da sua foto do blog!

  12. A FI esta tão sem graça, que não vale nem a pena alterar o regulamento só porque o Hamilton esta apreensivo. Corrida é isso ai, quando o campeonato começou este ano, todo mundo já sabia o que ia ter pela frente, Monaco esta no calendario a decadas, e a decadas tem os reclamões de plantão. Eu particularmente aguardo Monaco com grande expectativa, já aconteceu de tudo nesse GP, se chover então a coisa pega de vez. Quanto aos pilotos boicotarem o GP, pode sim, desde que tenham seus pontos zerados por falta de esportividade.

  13. pergunta que não quer calar:

    os fiscais no gp de Mônaco deste ano vão ganhar em dobro?
    vão ter um seguro saúde para essa prova?
    existe um grande risco de L.E.R. (lesão por esforço repetitivo)
    devido provavelmente terem que ficar acenando bandeira azul
    dobro de vezes dos ultimos anos.
    Duvidam? não percam os treinos e a corrida deste fim de semana.

  14. Tomas;
    Acredito que será um caos, mas tem o lado positivo da historia, carros com a da Lotus e a Virgin com chances de classificar para o Q2 ( só assim mesmo), o ruim vai ser para os de ponta que com certeza encontrarão dificuldades em Monte Carlo.

    Abraços

  15. Ferrari para Mônaco:

    não leva para esta corrida o duto F.
    Tenta ao menos manter as características melhores que tinha até então, uma tração se não a ideal, mas boa, e bom ataque curvas lentas.

    Outra ajuda que a Ferrari terá será o uso do mesmo tipo de composto de pneus usados no Barein, que foram supermacios e médios. Estes compostos os F-10 aquecem bem os pneus, não tendo maiores problemas, já que seu calcanhar de aquiles tem sido na questão de pneus os mais duros (especialmente Felipe Massa)

    Das próximas 14 provas no ano, 7 favorecem a Ferrari nesse aspecto.

  16. A FIA deve decidir muito em breve qual a equipe escolhida para ocupar a 13ª vaga na Fórmula 1. Novamente o nome das organizações que aplicaram por ela não foi divulgado. Mas pelo que eu apurei no final de semana, uma das candidatas é a francesa ART Grand Prix. Um nome bastante atraente e já sinônimo de sucesso nas pistas. O time tem três títulos de pilotos (Nico Rosberg, Lewis Hamilton e Nico Hülkenberg) e três de equipes na GP2. Na F-3 Européia, o domínio é ainda mais extenso com seis títulos para os pilotos dela e o troféu das equipes nos últimos sete anos.

    Não bastasse tantas credenciais, a ART também negocia a compra do espólio deixado pela Toyota (como já reportado nesse blog, Zoran Stefanovic jamais pagou pelo negócio que havia anunciado) e planeja investir pesado até o final do ano no desenvolvimento do carro que os japoneses haviam projetado para a temporada atual.

    Tudo muito bom, tudo muito bem, não fosse um pequeno detalhe: um dos sócios do time é Nicolas Todt. E ele é filho do presidente da FIA, Jean Todt. Por mais que a ART apresente todos os prós citados acima, uma eventual escolha do time suscitaria muita discussão se os interesses pessoais da família não tiveram uma influência na decisão. Uma das alternativas discutidas é se Nicolas sairia da equipe justamente no momento do passo decisivo, que ele tanto trabalhou para que acontecesse. Aguardemos os próximos capítulos…

  17. Com certeza eu dividiria o Q1, vai ser complicado por todos os carros na pista. Ou entçao poderia-se aumentar o tempo do Q1, em 5 minutos por exemplo, e impedir que as equipes mais lentas entrem nos 5 minutos finais. A corrida vai ser difícil também, é esperar para ver.

  18. Se será um GP entendiante ou não, Mônaco atrai a atenção da mídia internacional por suas paisagens e tradição na F-1. E vai ser bom assistir a “corrida” das escuderias do G4 para alcançar a Red Bull no quesito velocidade, estou especialmente curiosa para ver as atualizações da Ferrari. Maranello está fazendo muito “mistério” sobre as atualizações que está preparando para os próximos GPs, e a equipe italiana está torcendo para ser a grande “surpresa” em Mônaco (que seja pelo menos, uma surpresa positiva, rs).
    Se chover em níveis razoáveis, a disputa vai ficar ainda mais interessante de se ver. Já quanto a questão do tráfego, bem as equipes decidiram fazer um Q1 conjunto em Mônaco, então só resta esperar vê-las reclamar depois da qualificação e que os “carros mais lentos não facilitaram as ultrapassagens”. Mas não será um problema só da pista de Mônaco, ainda tem Cingapura no calendário e outros circuitos onde as ultrapassagens. Mas o show tem que continuar, e acredito que as disputas entre as principais por inovações técnicas, a questão dos confiabilidades, e outros tantos elementos, como os talentos individuais dos pilotos vão continuar garantido o espetáculo!

  19. Os treinos serão bons, pois em Mônaco, é fundamental largar na frente. Se chover a corrida ficará interessante, já que possibilitará algumas disputas em pista.

    Se não chover, a corrida não será das mais interessantes, só se algum piloto com carro mais lento segurar outro mais veloz, ou se ocorrerem problemas com pneus.

  20. Estou torcendo (e muito) que chova…. Chova lá em Monte Carlo, pois todos sabem que quando chove a corrida é pra lá de emocionante, como a de 1984 (Senna em 2º com a Toleman), 1996 (Panis venceu com uma Ligier), 1997 (Barrichello de Stewart em 2º). Senão vamos ter a procissão e a corrida sem graça como foi a do ano passado com Button em primeiro.

  21. Pessoal, gostei de ver hoje, o blog vai crescendo e isso é bom!
    Hoje nem tive tempo de nada, colégio exigiu bastante, por isso desculpem qualquer ausência, mas li todos os comentários!
    Amanhã (ou hoje, afinal já é dia 12), estarei mais tranquilo, e fim de semana, Mônaco será sensacional (eu espero, que não seja um caos).

    dito isso, boa noite, já temos aí acima mais um bom post para debater, e , obrigado!

    • No filme “X-Men” há uma cena onde o Prof.Xavier (Patrick Stewart) e Magneto (Ian McKellan) jogam xadrez. Os atores disseram que não sabiam jogar xadrez e tiveram aulas de xadrez com um “garoto” para poder fazer a cena. Após a aula, conversaram mais com o “professor” e descobriram que ele era MESTRE INTERNACIONAL. Se sentiram honrados.
      “Era como aprender a dirigir com o Schumacher”, disse o Ian McKellan.

      Para mim, este é o melhor blog de Formula 1, aprendo muito por aqui… e o autor do blog ainda está no colégio [:D]. Sinto-me honrado.

      • Uau, Vito, eu que me sinto honrado pelas suas palavras!!!

        Valeu, muito obrigado por isso, um grande abraço!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: