Porque Massa não consegue ser tão superior a Alonso?

A F1 pousa suas asas em Mônaco e o que promete ser um final de semana bem movimentando nas pistas ainda vai ter mais do seu lado mental revelado, ou aprofundando em mais dúvidas até Turquia, e assim por diante. Chegou a hora então, de colocar em prática neste último dia livre para análises (amanhã já temos treinos), um fato que me intriga, e muito.

Já se foram 5 etapas, e dizem que temos uma disputa acirrada entre Alonso e Massa no campeonato. O espanhol tem um “3 a 2” sob vantagem em resultados de corridas, 1 vitória (contra nenhuma de Felipe), e dois pódios, a mesma quantidade de seu companheiro. Mas, não por acaso, sinto que é algo sistemático, que poucos sabem explicar o que é, ou ninguém se atreve a explicar isso com bons argumentos.

Para mim, o mais importante, é ser sensato. Um torcedor sensato, mais ainda. Por exemplo, teremos vários torcedores de Massa que não vão gostar nada do meu texto, aqueles que talvez não vejam a verdade refletida nos seus próprios olhos. Ou, ainda aqueles que simpatizam com Alonso e vão apoiá-lo sempre. O fato de eu ser, digamos, um torcedor desse piloto, não tira o mérito de eu discutir algo que eu acho que é sensato- e que outros também acharão- ou não. Pois bem, estamos avisados.

A Ferrari contratou Alonso para ser seu primeiro piloto. Mas não necessariamente para jogar Massa no escanteio. Um time como a Scuderia sabe muito bem quem contrata e o porquê de fazer tal negócio ou não. Ninguém é tão supérfluo para ter algo que sabe que não lhe dará sucesso, independentemente na escala que estamos falando.

Então, quando alguém diz que Massa está “igual que antes”, como na época com Kimi, está enganado. Se fosse assim, ele teria ficado (Kimi) e Massa poderia tirar mais vantagem em cima do rival cada dia mais obscuro. Negócio ou não, Alonso veio para botar ordem na casa, trazer mais milhões de propaganda, patrocínio, espectadores, e tudo o que imaginem, para trazer lucro aos bolsos de cada um que está lá.

Felipe, penso eu, teve a sua hora de ganhar e se consolidar na F1 como um campeão brasileiro digno de respeito e merecimento (o 1º depois de Senna), naquele infeliz GP do Brasil de 2008, em que a sorte soprou para o lado de Lewis. É óbvio que neste ano, as possibilidades de título são reais, não minto. Mas vejamos o seguinte:

Lá pelas alturas do GP da Malásia, Massa era, para surpresa de todos e sem ter conquistado vitória, o líder da temporada, com 39 pontos, 2 a mais que Alonso, situado com 37. Apenas duas corridas depois, Felipe consegue um 9º lugar e logo depois um 6º. Alonso, por sua vez, um 4º ligar e um surpreendente 2º na Espanha, com muita sorte e sem fazer uma única ultrapassagem sequer.

Pronto, Felipe já se vê em uma desvantagem de 18 pontos com relação ao companheiro, que é vice-líder do campeonato, o equivalente a um 2º lugar em prova real. Claro que não é nada incrível, que não possa ser superado por Massa, mas que mostra como Fernando se impõe mais, seja com a mais pura sorte do mundo ou não, em relação ao colega de equipe. 20 pontos tirados de Massa em duas provas, é bastante.

Ok, suponhamos que Felipe tire a sorte grande e pelo menos seja segundo em Mônaco, com uma quebra de Alonso. Se iguala ao companheiro e pode ter tudo para virar o jogo na Turquia. Mas eu não vejo assim. Se, Felipe chegou a estar 2 pontos a frente do rival, depois de encarar o golpe da vitória de Alonso já na 1ª corrida e se recuperar, era nesse momento que a vantagem teria que prevalecer.

Mas não foi isso que vimos, e isto não é opinião, é fato. Massa sofreu uma manobra encorajadora de Alonso, o que lhe fez perder 3 posições e tudo mais. Mas porque? Se Felipe tivesse segurado Alonso, a história seria bem diferente, e como. Mas bem, não vou entrar no clima do “se”.

A verdade, para mim, é que falta algo em Massa para se tornar um piloto que dê medo nos rivais, como fazem por exemplo Alonso, Vettel, Hamilton e Schumacher (apesar da má fase, já mostrou que sabe se defender muito bem de um campeão mundial com um carro inferior).

Sinceramente, não sei o que você aí do outro lado tem a dizer sobre isto, mas espero que você compartilhe a sua opinião, sensata, aqui no blog- porque um papo bacana pode se formar, isso sem dúvida.

Um muito obrigado, Tomás.

27 respostas para “Porque Massa não consegue ser tão superior a Alonso?”

  1. A Ferrari fez um jogo de marketing muito bom. Trazer o piloto que é considerado nos bastidores, um dos melhores, senão o melhor, para sua equipe trouxe todos os holofotes pra sua equipe. Massa já tem 4 anos de casa e é um piloto a ser respeitado (apesar de eu não gostar dele e achá-lo um piloto médio pra bom), a equipe gosta dele e sabe lidar bem com a pressão. Seria um bom duelo entre ele e o recém chegado Alonso.
    Agora o que eu estou vendo este ano é Alonso sendo mais rápido nos treinos, fazendo corridas mais ousadas que o brasileiro, visto que no GP da Espanha, Alonso foi 4º no grid e Massa 9º. Alonso se adaptou muito mais ao carro e Massa precisa melhorar rápido, trazer a equipe junto de si pra achar a solução. Senão vamos ver o brasileiro ser um mero escudeiro do espanhol. Ai eu só quero ver o que Galvão vai falar nas transmissões. Na minha opinião isso não muda, Massa vai continuar mais lento e a Ferrari vai começar a dar preferências à Alonso, e é ai que ele gosta de estar, como “dono” da equipe.

    1. Felipe sabia que isto chegaria a acontecer, que Alonso não é o tipo de piloto que fica quieto e não faz nada, além de ser muito competente (assim como Massa também).
      O campeonato pode mudar para qualquer um dos dois a qualquer instante, mas em condições normais, EU vejo Alonso com vantagem.

      1. Tomás,Eu penso diferente por que acho que Alonso tem grandes possibilidades do título como:Vettel,Weber,e Massa.
        Mas acredito que Massa nesse GP-de Monaco vai começar a surpreender a f-1,ainda é muito cedo pra dizer quem tem mais chançes ou não até mesmo pq como vc disse já se foram 5 GPs e ainda faltam 13 isso quer dizer que muita água vai rolar …rsrs…
        Se eu estiver certo quero sua resposta depois da corrida de domingo.

  2. Oi Tomás…

    Falarei pouco, mas responderei sua pergunta: “Porque Massa não consegue ser tão superior a Alonso?”.

    1o: Alonso é naturalemnte melhor que Massa
    2o.: Alonso tornou-se a cada ano/dificuldade um piloto melhor, e isso está fazendo a diferença.

    Bjinhos, Tati

    1. Eu não sei o que significa ser naturalmente melhor que alguém, mas entendi a sua explicação.
      Talento natural, algo que ainda muitos acreditam não existir.
      Importante mesmo para os dois este ano é que ambos tem o mesmo carro, (obviamente, em algumas corridas a corda pode ir para o outro lado), mas é uma disputa, no mínimo, igualitária.
      Se sobressair nela, é um desafio.

  3. Alonso aos poucos tras a equipe pra si, fala que ta errado isso ou aquilo, então a equipe trabalha pra ele, logo vejo sempre o Massa reclamando, e não se encontra com o carro, a equipe achou melhor colocar as fichas em Alonso, e agora que vieram dizer a massa que mudariam algo, mas é isso, Alonso é mais talentoso que massa é uma verdade, mas Alonso e cria de Flavio Briatore e copiou o estilo Shumacher de ganhar campeonatos, que reza na cartilha de Shummi, tudo de bom é meu, para os outros apenas as migalhas e se tudo der errado, dar se um jeito e tira o companheiro de tempo, não quero dizer que Ferrari hoje funciona assim, mas caminha para isso, o problema é que Shumacher tinha um equipamento muito superior a todos e Alonso hoje não o tem, a tendencia então é que Massa fique cada vez mais distante de Alonso, mas o campeonato ao que tudo indica não será de Alonso, essa é minha torcida Tomás, jamais torceria para pilotos como Alonso ou Shumacher, eles querem um esporte chato e fácil, desde que sejam eles os vencedores, e olha que falo isso sem Rancor pois sou torcedor do Rubinho e não de Massa, porem não sinto Raiva do Alemão por causa dele ter feito aquilo com o Rubinho, afinal rubinho quis e ficou milionário com aquilo, depois se arrependeu, e acho que terminará a carreira como om belo piloto que não ganhou nenhum titulo, torço para que Alonso perca, e destaco um bom exemplo da Maclarem hoje com seus 2 pilotos com pilotagens diferentes ao extremo e um carro que anda tanto com quanto com outro, destaco também o Péssimo exemplo da Mercedes que preferiu jogar a chance de disputar o campeonato com Rosberg, para dar um carro melhor pra Shumacher, carro que não funcionou para Rosberg, Shumacher como Alonso, tem tudo para serem melhores que seus companheiros, mas preferem faze-lo de forma escusa em bastidores.

    1. “jamais torceria para pilotos como Alonso ou Shumacher, eles querem um esporte chato e fácil, desde que sejam eles os vencedores, ”

      Claudio, eu vejo da seguinte maneira que todos querem vencer, e não necessariamente o 1º lugar, porque Chandhok na sua atual situação nunca poderia almejar isso.
      Vencer, para pilotos como Schumi e Alonso, como você citou, deve ser a coisa mais linda de se sentir. Porque ele podem querer tudo fácil, mas nem sempre foi fácil para eles chegar até ali.
      Schumacher vem desde 1991 batalhando por títulos na F1, conseguiu feitos inacreditáveis, superou as vitórias de Prost, as poles de Senna e muitas outras marcas.
      Fez coisas que eu sempre vou discordar, como aquelas manobras sujas diante de Damon Hill e Villeneuve (que deu errado).
      Eu, que não tenho tanta história de F1, escolho dentre as temporadas que já acompanhei totalmente (06,07,08,09 e esta), a de 2006. Schumacher e Alonso foram geniais, foram os melhores e disputaram o título como excelentes pilotos que são.
      Acabou a sorte jogando para Alonso na penúltima corrida, e Schumi se retirou como vice.

      Por isso, depois de tudo o que eles passaram e conquistaram, tiveram lugares privilegiados em equipes de ponta pelo seu modo de dirigir e vencer, acredito que nunca serão esquecidos. Assim como muitos outros, campeões ou não.

      E sobre picaretagem, todos têm, ninguém é santo e muito menos no mundo competitivo e milionário como é a F1.
      Cada um com seu estilo, com seu jeito, e tentando colocar seu nome na lista de grandes pilotos da F1.

  4. Sobre Shumacher e melhorias para seu carro faço minhas as palavras de Livio Oricchio:

    http://blogs.estadao.com.br/livio-oricchio/o-dilema-da-mercedes-privilegiar-schumacher-ou-rosberg/

    E sobre Alonso veja o que diz Téo José:

    “Fernando Alonso é muito bom no trabalho de trazer o time para ele. O espanhol tem estado mais presente nas decisões de mudança e, mesmo se dizendo insatisfeito, já começou a atropelar seu companheiro nos bastidores. Claro que isto não ganha corrida, mas ajuda. Principalmente a tirar a pressão do seu adversário mais próximo.

    Não é uma crítica ao espanhol, que está na dele e fazendo seu trabalho. É apenas uma observação de que Massa precisa ficar esperto. Revelar a insatisfação com argumentos é um bom ponto. Tanto que a Ferrari, hoje, na imprensa internacional, tirou dele a culpa pelo rendimento diferente na Espanha. O time italiano afirmou que vai investigar o que está se passando.”

    1. O felipe não tem culpa do rendimento o do F10, como Lívio disse.
      Então, abramos as nossas mentes e vejamos que, nesta ocasião, a sorte conta muito.
      E aliás, Massa teve seu momento de muita sorte no campeonato, na Malásia, quando era o 7º e Alonso na cola, mas o espanhol quebrou e Felipe se viu na liderança do campeonato.

  5. O fato de Alonso ter trazido patrocínio para a Ferrari é o que vinha dizendo anteriormente, por conta disso, vai querer a atenção e os privilégios que puder adquirir junto a equipe.

    Felipe Massa terá que superar o espanhol nas duas próximas etapas, senão ficará em situação complicada no campeonato, e no fim, terá que ajudar o astuariano na disputa pelo título.

    Na McLaren, a disputa está interessante, Hamilton e Button, mesmo sem disputa direta, têm feito atuações boas. Lewis, arrojado, precisa dosar melhor o ímpeto, para evitar desgaste nos pneus, enquanto o atual campeão tem se destacado pela regularidade e como bom estrategista.

    A Mercedes, com a mudança de carro, trouxe Schumacher de volta, enquanto Rosberg, que vinha bem, teve uma atuação discreta. Na Red Bull, sem problemas, Vettel mostrando rapidez e Webber andando entre os ponteiros, mas o carro ainda tem alguns problemas de confiabilidade.

  6. DUTO F não pode. Em 2011 não estará presente.
    Em compensação aprovaram em reunião retorno para 2011 o kers.
    Leiam :

    O Sistema de Recuperação de Energia (Kers) está cada vez mais próximo de retornar à F-1 em 2011. Isso porque o dispositivo ganhou luz verde de todas as equipes, após reunião de sua associação (Fota).

    Renault e Ferrari foram os dois times que entoaram o coro pedindo o retorno do Kers, banido nesta temporada. Entretanto, logo na sequência conquistaram o apoio das demais equipes, incluindo Williams e Mercedes, que haviam se mostrado contra o retorno do dispositivo.

    De acordo com o site da revista inglesa “Autosport”, caso o Kers retorne à F-1, as equipes poderão escolher qual sistema utilizarão e não serão obrigadas a usar um sistema padrão. Para as novatas e menores, haverá a opção da Flybrid, que fabricará o dispositivo.

    “Estamoes estudando a aplicação do Kers. Ainda não chegamos a uma solução definitiva, mas sou a favor desse tipo de tecnologia. Não ficaria surpreso em vê-lo em diversos carros no próximo ano”, disse Nicky Fry, CEO da Mercedes.

    “Espero que isso aconteça e com certeza vamos tentar. Estamos trabalhando nesse projeto e sentimos que é a direção certa a se tomar”, completou Stefano Domenicali, da Ferrari.

    by tazio

  7. “A verdade, para mim, é que falta algo em Massa para se tornar um piloto que dê medo nos rivais, como fazem por exemplo Alonso, Vettel, Hamilton e Schumacher (apesar da má fase, já mostrou que sabe se defender muito bem de um campeão mundial com um carro inferior).”

    Não concordo com esse argumento, na Austrália, Massa segurou Alonso em situação idêntica a que Schumy segurou Button. Aliás, Massa já demonstrou ter velocidade e habilidade suficientes para encarar qualquer piloto.

    Acho que o ponto é que Massa não tem a mesma consistência/constância de Alonso, e a Ferrari nunca confiou totalmente em Felipe, temos então uma questão delicada a abordar.

    Massa, com um carro ajustado a seu gosto, consegue rivalizar com qualquer piloto que está na F1, porém, não é uma de suas qualidades extrair o máximo de performance de carros medianos.

    Alonso é mais completo, exatamente por que consegue extrair o máximo de performance em qualquer tipo de carro que guia, inclusive em carros ruins.

    A Ferrari então tende a prestar mais atenção no que Alonso tem a dizer para o desenvolvimento do carro (está correta em fazê-lo), com isso, Massa vai ficando cada vez mais distante do espanhol.

    Essa é a vantagem que Alonso tem em relação a Massa.

    Agora, o argumento mais idiota que eu escuto é que Massa não tem “veia de campeão”.

    Sinceramente, Massa só não foi campeão de 2008 por graves falhas da Ferrari no fim da temporada, na hora da decisão, então, não vejo como alguém possa sustentar um argumento desses.

    O problema da maioria dos brasileiros é esse, se o cara não é o primeiro, está condenado a ser considerado com as mesmas habilidades do último. É uma total falta de coerência.

  8. Simplesmente pelo o fato de que o Massa não é um grande piloto (esse é meu ponto de vista, cada um tem o seu) e que ao contrário, Alonso é umgrande piloto.

  9. Tomas;
    Não sei se você viu me texto, mas continuo achando o seguinte, é muito cedo para se tirar conclusões, e você sabe mais do ninguém que no começo da temporada até agora,semprea chei que ia dar Alonso, e não acho que isso vai mudar, mas você pode perceber que em 2 ou 3 corridas que tivemos, o Alonso e o Massa andaram relativamente juntos.

    Outra coisa que eu acho que você vai concordar é que, se o Massa ta na frente é simplismente “cagado”, sorte, quando é o Alonso, a maioria diz: “isso é piloto”, ou pergutam: cadê o Massa???
    Você já falou sobre isso também, mas a questão é que estamos na 6° corrida ainda, e para ser sincero, Alonso só fez uma corrida boa, como o Massa também, ambos em Bahrein, depois disso acredito que foi mais sorte, claro que o Alonso é mais piloto, mas é que a briga, pelo o meu ver, sempre foi e será pelo o resto da temporada, equilibrada.
    Finalizando, eu acho errado julgar algo, o Nico Rosberg a uma corrida atrás era o vice, hoje é 6°, quem nos garante que não aconteça o mesmo com o Alonso.

    Gostei do post. (Isso dá uma boa discusão, é claro que sempre com um limite)

    Grande Abraço

      1. Newton;
        E muitos talvez, é claro que isso muitas vezes vem daopinião de quem está assistindo, não é a toa que até hoje tem discusão sobre o Schumacher e o Senna, mas voltando ao que você falou, o Massa é muito bom piloto, mas o Alonso é Bi Campeão, lembrando que eu não sou torcedor do Alonso.

        Abraços

      2. Newton;
        E muitos talvez, é claro que isso muitas vezes vem da opinião de quem está assistindo, não é a toa que até hoje tem discusão sobre o Schumacher e o Senna, mas voltando ao que você falou, o Massa é muito bom piloto, mas o Alonso é Bi Campeão, lembrando que eu não sou torcedor do Alonso.

        Abraços

  10. Tema interessante, mas eu não vou entrar na discussão de qual dos mais pilotos tem mais talento, porque estaremos entrando numa discussão sem fim. Mas como é de certa forma consensual, Alonso é um piloto mais “maduro”, mais experiente na F-. E também é praticamente unanimidade dizer que Massa é um piloto em “franca evolução” (chega a ser considerado o piloto que mais evoluiu em termos relativos desde que chegou a F-1). Daí já podemos ter uma pequena amostra de onde vem a diferença entre os pilotos no campeonato.
    Massa nunca foi muito bem nos inícios de campeonato, quem lembra dos campeonatos de 2007 e 2008 lembra vê isso nitidamente. Como piloto “em evolução” que é, Massa teve um coemeço de temporada melhor que os outros (afinal, o brasileiro já chegou o começar o ano sem pontuar nos 2 primeiros GPs do ano). Mas o ferrarista tupiniquim ainda não tem a habilidade de ser um piloto mais estável desde o início do campeonato. Já Alonso, como foi comentado por outro leitor do blog, está acostumado a ter mais regularidade.
    Outra questão que vai a pena ressaltar: Massa foi um piloto que cresceu na Ferrari aprendendo muito com o estilo de pilotagem de Schumacher, não é a toa que o brasileiro é considerado “irmão mais novo” do alemão. Não há como negar que as dicas do Schumy foram muito importante para o desenvolvimento do Massa como piloto. E apesar das dificuldades de comunicação com Kimi, com certeza o “Ice Man” era muito mais “disposto” a partilhar informações e técnicas do que Alonso, que parece seguir o lema do Nelsão que diz que “o seu companheiro de equipe é seu primeiro concorrente, pois tem o mesmo carro”.
    Ok, a Ferrari compartilha com ambos os pilotos todos os dados obtidos nos testes, o próprio Massa já se manifestou sobre isso. E nem estou querendo dizer que Massa “depende” do seu companheiro de equipe para se desenvolver como piloto, sabemos que isso não é verdade. Tanto que em 2008 acredita-se que era Kimi, e não o ferrarista tupiniquim que disputaria o título com a MacLaren. Mas a verdade é que Alonso tem o “mesmo” carro de Massa e um estilo de se conduzir na F-1 que Massa não está acostumado. Para longe de se discutir se a Ferrari está privilegiando o asturiano por ser bicampeão, ou agindo de forma totalmente anti-ética (no meu ponto de vista), dando vantagens a Alonso por causa dos mega patrocínios, como do Santander; é fato que os dois ferraristas, como pilotos, tem formas muito diferentes de agir dentro e fora das pistas. Durante as “férias” de janeiro, Fernando já ligava todos os dias na fábrica para saber como estava o desenvolvimento do carro, segundo Dominicalli. E o asturiano logo conseguiu um carro com volante adaptado ao seu estilo – tudo isso não é novidade para ninguém, a velha mania de Alonso de exigir sempre muito da equipe onde está. Além disso, Fernando não tem muita dificuldades em fazer ultrapassagens como a que fez na Malásia sobre Massa, ou de quebrar algumas normas da equipe quando isso lhe for conviniente. É o tipo de jogo que Massa não está acostumado a jogar, pelo menos na minha opinião. Mas o que separa os dois é apenas “um segundo lugar”, e o campeonato ainda está muito aberto. Massa não ganhou ainda, mas já chegou a ser líder do campeonato pela regularidade que estava apresentando há pouco. E nem vou discutir aqui o fator sorte: dependendo do olhar, ela pode pender para os dois lados.
    Os dois ferraristas ainda tem chance de vencer o campeonato. E ainda precisam vencer as outras equipes. Mas é esperar para ver o resultado!

  11. O Massa não consegue ser superior ao Alonso, e não o sera durante o campeonato, pois se assim for, que tipo de explicação a Ferrari dara ao seu maior patrocinador. Alguém pode sinceramente achar, que se o Massa tivesse ultrapassado o Alonso, ali, na entra dos boxes a coisa ia ficar apenas no: “ele é mais arrojado e decidido”. O GP da Espanha, tinha o menor comparecimento de publico das corridas na Europa, e no ultimo final de semana, com Alonso na Ferrari mais de duzentas mil pessoas compareceram ao autodromo, se esses fatos não respondem a pergunta, então qual é a resposta?

  12. Lucas, o Alonso se tornou campeão do mundo, por correr com um carro superior aos demais, até o Schumcher dançou. Na época, não sei se você lembra, havia uma campanha radical para levar o publico espanhol para o autodromo, pois nem mesmo os treinos preparatorios sendo realizados na Espanha animava o publico espanhol, que simplesmente ignorava a FI. De repente, de abanador como era chamado o Sr. Alonso, passou a campeão do mundo e quando isso chamou a atenção do publico espanhol, foi campeão novamente, criando a partir de então o mito Alonsomania. E por incrivel coincidencia, o Sr. Briatore esta sempre ligado a esses “fenomenos” que surgem de uma hora para outra, como foi tambem o caso do Schumacher.

    1. Claro que eu lembro, mas nunca falei que era impossivel para o Massa ser superior ao Alonso, em nenhum momento, na verdade, eu torço para o Massa na Ferrari, e assim também para que ele ganhe do Alonso. Sobre 2006, eu torci muito para o Schumacher, e ainda torço, vejo sim que o Alonso tinha sim o melhor carro, mesmo assim ele não perde os meritos dele, de jeito nenhum. Mas vamos focar em hoje, eu aposto no Alonso, simplismente por que ele é um dos melhores hoje. Só tem uma coisa antes de terminar, eu no meu comentario, defendo o Massa, e aposto no Alonso, e digo também que do mesmo jeito que Alonso pode ganhar, o Massa também.

      Um Forte Abraço, e até mais.

  13. CARO AMIGO,

    CONCORDO PLENAMENTE COM VOCÊ, CONTRA FATOS NÃO HÁ ARGUMENTOS. NA PRÁTICA O ALONSO TA SENDO SUPERIOR AO MASSA E INFELIZMENTE NÃO VEJO MUITAS PERSPECTIVAS DO MASSA SUPERÁ-LO.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s