O Problema da Red Bull, em Montreal…

Realmente é interessante a análise que nosso amigo Livio Oricchio faz em seu blog sobre algunas problemas que a Red Bull poderá enfrentar na corrida deste fim de semana no circuito de Gilles Villeneuve, no Canadá, e na posterior que se encontra em Valência. Definitivamente, estes dois GPs poderão ser a chance de ano para McLaren, Ferrari e até Mercedes tirarem pontos preciosos da vantagem (não tão grande assim) da Red Bull este ano.

Parte do texto é mais técnico, mas que traz questões interessantes de serem analisadas. Aqui vão elas:

A Red Bull não poderá explorar o que tem de melhor em Montreal e Valência. E há outros fatores que podem levar Webber e Vettel a terem sérias dificuldades para manter a série de pole positions seguidas – fizeram todas até agora, este ano, nas sete provas -, e principalmente ganhar a corrida: o volume do tanque de combustível do modelo RB6 da Red Bull.

Adrian Newey, projetista da carro de Webber e Vettel, optou por desenhar um monoposto com distância entre-eixos mais curta que os concorrentes. Como consequência, o RB6 tem um tanque pequeno. Na Turquia, a equipe orientou Webber a reduzir o ritmo para não enfrentar o risco de uma pane seca no final da prova. No Canadá e em Valência, essa preocupação será ainda maior. Estão dentre os traçados de maior consumo de gasolina.

Outro fator que pode colocar em xeque a superioridade da Red Bull nas duas próximas corridas é o seu sistema de freios, extremamente exigidos nos dois circuitos. Newey instalou as pinças na porção inferior do disco, a fim de abaixar o centro de gravidade do carro. As demais equipes já tentaram no passado a solução e abandonaram.

Apesar de colaborar globalmente com o projeto, expõe o sistema de freios a esforços complexos de serem atenuados. Só a Red Bull mantém a solução. Não foi por acaso que Vettel já enfrentou em algumas oportunidades dificuldades com os freios. Chegou a perder para Fernando Alonso a corrida de Bahrein por esse motivo.

> Livio Oricchio

Obviamente que independente de qual for o carro, em alguns circuitos este não se encontrará com todo seu potencial e claramente pode perder alguns pontos para seus rivais. Talvez seja por isso que o clima esquentou na Red Bull depois da bobagem de Vettel em cima de Webber em Istambul. Ao ponto que eles se encaminhavam para uma dobradinha, sabiam desde já como ia ser difícil encarar Ferrari e principalmente McLaren em Montreal e Valência. Aí está outro ponto de preocupação para eles.

Portanto, será fundamental (e pelo bem do campeonato) que as forças se igualem no Canadá. Não sei se todos notaram, mas à 5 dias eu fiz um post com o seguinte título: A Tática da McLaren para Canadá. É bom darem uma lidinha lá para verem do que estou falando e do que  Livio, em um aspecto mais técnico e profissional, claro, também diz.

Ou seja, é por isso que o pessoal por aqui e em outros blog/sites apostam ferrenhamente em uma vitória do time de WEoking. Talvez esse traçado seja um dos melhores para o MP4-25 atuar em seu melhor estado.

Se a Ferrari vai chegar, não sei, mas é bom ela fazer isso agora porque senão depois dessas duas corridas, fica difícil. E como eu já havia dito: Vettel, o protegido da Red Bull, ainda vai encarar a dura verdade no campeonato. É, a hora parece ter chegado, vocês não acham?

Fiquemos atentos também aos famosos Safety-Cars aqui em Montreal, sempre temos a presença de um por aqui.Alguém arrisca quantos serão e se isso, de algum modo, atrapalhará a Red Bull?

26 respostas para “O Problema da Red Bull, em Montreal…”

  1. Bom saber disso… Vettel precisa cair na real, precisa de uns tapas na cara para abaixar um pouco a bola. Tô com a McLaren e não vou me surpreender se Button levar esse campeonato!

      1. Espero que fiquem pelo menos igualadas mesmo. Sou Mclaren desde 1998 e quero ver vitória da equipe prateada no circuito que todos dizem ser o que mais favorece.

  2. Entendi o raciocínio do Livio. Só não entendi porque ele disse que terão dificuldades em manter a serie de poles. Acho que essa questão do freio pode ser um problema ao longo da corrida, mas é dificil ser um problema para uma volta lançada na classificação. Eu aposto em pole de uma Red Bull. Já na corrida eu acho que pode dar uma McLaren.

    1. ultima corrida na turquia o hamilton quase faturou a pole, foi por muito pouco, portanto é possível esperar uma pole da mclaren, a pista do canadá tem poucas curvas, é aceleração maxima boa parte do tempo e nisso eh com as mclarens (motor mercedes empurra mais, asa duto ou duto-f) com isso as redbull até poderão duelar pela pole, mas acredito que o hamilton faça a pole por lá.

  3. Não acho que problemas c/ freios sejam exclusividade da Red Bull para esta pista até mesmo pelo “bom” histórico de acidentes em Montreal. A questão do tanque é contornável com estratégia somado a uma boa administração do ritmo em prova e isso já foi provado nos resultados adqueridos até agora.

    Na minha opinião acho que a Red Bull ganha esta corrida numa disputa acirrada o que é bom para nós espectadores.

  4. Eu, ainda acho, que as Mclaren levam pequena vantagem sôbre seus adversarios, pois é boa de reta e seus motores falam muito alto nessas circunstancias. Quanto a performance da Ferrari, essa sim é uma incognita, só depois dos primeiros treinos sera possivel avaliar suas chances no Canada.

    1. vai ser melhor do que em Istambul. Usarão nesta corrida pneus supermacios e medios e nessas condições a ferrari ainda consegue ser competitiva, vide corrida de mônaco onde foram usados esses pneus.

  5. O que eu sei é que a McLaren tem grandes chances de se distanciar mais da Red Bull no campeonato de construtores e é também a grande chance do Hamilton talvez assumir a liderança do mundial de pilotos. São duas corridas bem decisivas para o decorrer da temporada. Resta saber se o safety car não vá trazer surpresas para nós, torcedores.

    1. bom acredito nas mclarens para corrida, agora não em hamilton espeficicamente. Para pole sim, marcaria hamilton como pole, mas na corrida de repente até o button poderia ganhar.

  6. Com um possível crescimento da McLaren no campeonato, a Red Bull precisa ficar atenta, pois os ingleses, entre as equipes, voltaram a liderar, e entre os pilotos, Hamilton e Button estão chegando.

    A escuderia de Woking melhorou muito na última corrida, andando, tanto nos treinos, como na corrida, próximos dos “touros vermelhos”. Além disso, não podemos esquecer Ferrari, Mercedes e Renault, que poderão vir com melhorias em seus bólidos.

  7. Pessoal, o que vocês acham do Stefano Domenicalli? Para mim, desde que ele assumiu, que a equipe não anda mais, comete muitas erros, muitos deles inexplicaveis, parece, que falta comando na Ferrari.

    1. gostaria de mandar ele para a concorrência, parece o time do atletico mineiro, nada, nada e morre na praia sempre.

      1. Teo, Wilson, obrigado pela companhia. Esta na hora do Tomás, o nosso garoto prodigio, falar sobre o assunto.

  8. O Rubinho falou que o traçado do Canadá tem um acerto diferente do traçado Turco, ele exige um equilibrio maior, tem grandes retas, porem um Misto de pouca aderencia (circuito de rua) e apertado, o RBR quanto mais medio for o acerto melhor, porem gasta-se muito combustível é verdade, mas a Maclaren na minha opinião ganha a prova se conseguir ficar bem proxima na Parte final da prova, lembrando que a Maclarem tambem falava no Rádio sobre combustivel, não se sábe se era verdade ou fizeram aquilo para o Hamilton ganhar, pois se liberada fosse a briga ou acontecia um acidente ou Button ia ganhar, economia de Freios e Pneus, eis um ponto onde Button consegue ser melhor de Hamilton, a RBR ganha se conseguir abrir no inicio para admisnistrar no final, lembrando que o GP do Canadá é muito propenso a confusões e Safety car e a Maclarem tem se saído melhor em condições adversas.

  9. Tomas;
    Acredito que pelo o formato do circuito Gilles Villeneuve (um dos meus prediletos) que é muito rápido, quem leva vantagem é a Mclaren e a Mercedes que usam os motores da Mercedes, a Ferrari também irá bem (espero eu), agora a RBR, será dificil, mas não é possivel hoje descartar a RBR, indepedente da pista…

    Abraços

  10. Se der muitas bandeiras com safety car eles tem chance mas em velocidade dá Mclaren. Ferrari, sem chance. Mercedes pode ser, está evoluindo, juntamente com Schumacher que pode conseguir um podio.
    Veremos.

  11. pues, la verdad no me creo que el red bull pierda ventaja en estos circuitos, ver para creer, pero esta muy bueno el análisis. saludos!!

  12. Tomás, o tema é sobre a Red Bull, mais a cada dia não consigo pensar em outra coisa, o que aconteceu com a Ferrari e na minha opinião o maior problema da Ferrari foi ter mandando embora o projetista que fez vários F1 maravilhosos para a Ferrari e errou no carro de 2009, ninguém melhor que ele para saber onde errou e como concertar o erro, hoje a equipe parece ser um cego no meio de um tiroteio.

  13. É, tb, e eu acho que as pessoas esquecem disso, um circuito que precisa de uma mistura de potência e equilíbrio. Daí a maclaren aparentemente levar vantagem. Agora vai chover, e chovendo o consumo tb diminui.

  14. Para mim as coisas são diferente ,é ferrari e pronto só estamos na 8 corrida vem muito por ai e felipe massa vai surpriender ,vamos esperar e comentar depois da corrida do canada?
    Recorda os anos que nao tinha para a ferrari mas mesmo assim ,olonso venceu com a renalt,
    kimi com a mac….,2008 se nao fosse a equipe de fassa ele tinha vencido com 13 pontos na frente de Hamilton então vamos torcer para a ferrari dar a volta por cima e reagir ta na hora ,concorda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s