“Nós podemos vencer em qualquer lugar”

É com esta prepotente frase que Martin Whitmarsh parte para Valência e para o resto do campeonato em sinal da rivalidade com Red Bull e Ferrari. Já está mais do que provado como a equipe evolui constantemente o MP4-25 e, com isso,está vencendo a concorrência de uma forma convincente e pelo visto a longo prazo. A vez da Red Bull parece ter acabado, agora todos vão tentar alcançar as flechas de prata.

O mais legal disso é saber que a evolução tida desde 2009 foi impressionante. Este ano, o time se concentrou em todas as partes do carro (coisa que a Ferrari errou em não fazer) e desenvolveu o duto muito bem- tanto que ele foi um dos fatores para levar a McLaren a vitória em Canadá.

E motivação não falta para Martin:

Acho que temos mostrado nas últimas duas corridas que não nos falta nada em termos de fome e de motivação. E com o nosso carro sendo constantemente desenvolvido, acredito que podemos continuar a ser uma ameaça na maioria das corridas restantes do calendário.

Naturalmente, nós temos um desenvolvimento incessante – e isso é um dos maiores pontos fortes da equipe – e estamos absolutamente comprometidos em maximizar cada componente passado em busca de desempenho.

Nada é pequeno demais para ser ignorado, e é essa abordagem que realmente traz benefícios, que nos permite suprir em todas as áreas de desempenho individual do carro.

É também uma abordagem que estamos cada vez mais focando com a equipe: Olhando para pit stops, engenharia, estratégia – e estamos vendo os benefícios práticos e materiais nessas áreas igualmente. — Martin Whitmash

É exatamente por isso que a McLaren chegou para ficar. Um desenvolvimento fantástico estratégias perfeitas, escolhas perfeitas, o que culminou nas últimas duas dobradinhas na Turquia e Canadá.

Jenson e Lewis estão fazendo um ótimo trabalho, e quando cheguemos na 15º, 16º etapa com os dois disputando o título, podemos ter certeza que será uma disputa honesta e igualitária- talvez esse seja um dos porques da McLaren tem contratado o honesto Button.

Em Valência, veremos como o time de Woking resistirá ao novo pacote da Ferrari para em Silverstone já implantar o seu. Será então, que no final da temporada o duelo se restringirá a apenas Ferrari vs McLaren?

14 respostas para ““Nós podemos vencer em qualquer lugar””

  1. A McLaren está sim muito forte para o restante da temporada. Em Silverstone com o pacote novo, tenho certeza que a performance será melhor e se distanciará um pouco das outras equipes, a menos que os pacotes das concorrentes sejam muito bons.

    Mas espero ainda que as 3 equipes lutem pelo título e ressaltando que minha torcida e aposta é para Lewis Hamilton.

    1. Eu lembro que Webber declarou que será difícil 3 equipes disputando o título até o fim.
      E será.
      Bastará um errinho simples em algum GP para que a coisa fique complicada em um instante. Por isso os times e pilotos tendem a ser mais cuidadosos daqui para frente.

  2. A minha torcida, sera sempre para o Massa, se tiver correndo de patinete ou de Ferrari, não importa, eu estarei sempre com ele, com o Rubens, até os meninos retardatarios tem a minha torcida. Afinal, para mim, o Brasil vem em primeiro lugar, eu não ligo a televisão e torço para a Coréia do Norte ganhar do Brasil, apesar das bobagens que o time fez durante o jogo, eu não sou brasileiro de vem em quando, eu sou brasileiro todos os dias. O Esporte, deve deixar isso claro, eu abro o site do Marca, e vejo a imprensa Espanhola dando força para todos os seus conterraneos e endeusando o Alonso. Eles estão errados? Não, com certeza eles torcem pela prata da casa, e é assim no mundo todo, se for jogar o “bafo”, eu sou mais Brasil, e garanto, que em lugar nenhum do mundo a coisa é diferente. As declarações do homem da Mclaren, são as declarações do fã e do técnico, ele tem obrigação de acreditar nos seus carros, e melhora-los cada vez mais, e isso com certeza vai acontecer, pois a Ferrari vem demonstrando nos ultimos anos pouca competencia para arrumar os seus carros relizados a partir de projetos duvidosos e pouco eficazes. Enquanto a Ferrari não acerta a mão, eu vou aqui, sofrendo pelo Massa, torcendo por ele, e acreditando, que ele pode e vai mostrar serviço, é por isso que eu acordo cedo nos domingos de GP, para assistir a corrida e torcer pelo Brasil, sempre.

  3. Acho mais provávela Red Bull em relação a Ferrari, neste momento. O Alonso está conseguindo se manter na disputa, enquanto Felipe Massa não conseguiu pontuação suficiente, mas em duas corridas a situação pode mudar completamente.

    Antes da Turquia, a McLaren era uma incógnita, o time da sexta-feira, mas conseguiu andar próximo da dupla Vettel-Webber, e aproveitaram o incidente entre os dois pilotos do time austríaco para fazer a dobradinha, repetindo o triunfo no Canadá.

    Em Valência, a Ferrari vem com um novo pacote obtendo melhorias nos bólidos, e a equipe de Woking prepara uma resposta para a Inglaterra. Os “touros vermelhos” também já devem estar trabalhando algumas modificações para tentar a reação no campeonato, já que perderam a dianteira nas pistas e na classificação.

    Ano passado, os britânicos tiveram uma reação na segunda parte do ano, deixando o meio do pelotão e tornou-se uma das melhores equipes a partir da Hungria, ganhando duas corridas e fazendo três poles, todas com Hamilton.

    1. É como dizemos, não sabemos quanto durará esse poderio da McLaren.
      O da Red Bull parece ter acabado, ou não?
      O forte do MP4-25 é ser melhorado a cada corrida.

      A Red Bull vai usar a Asa-Duto em Valência. Será que isso vai melhorar ou piorar o desempenho do RB6?
      Talvez a McLaren fique um pouco atrás na próxima corrida, isso porque eles não vão ter grandes atualizações, só na Inglaterra.

      Será, então, a chance de Red Bull e Ferrari tirar a diferença.

      1. as declarações, afirmações e expectativas de alguns são inexatas, aparecem apenas dentro de um ou outro contexto.
        Já estava claro que os gps do canadá e provavelmente o de valência a redbull não seria tão eficiente devido:
        motor renault não empurrar tanto quanto o mercedez, haja visto que neste dois circuitos são poucas curvas lentas a maior parte do tempo é aceleraçao, é reta.
        Além disso o tipo de pneu usado supermacios e médios favoreciam até mesmo as ferraris (comprovadíssimo no canadá)
        A mclaren vem crescendo, isso é bom. Mas a redbull continua com um grande pacote aerodinamico, as corridas que tivermos novamente circuitos travados ou com bastante curvas de baixa velocidade, veremos os redbull sendo competitivos, circuitos onde a temperatura seja baixa.
        Ano passado nos circuitos que conta mais o motor do que aerodinamica ou chassi ate´os force india foram bem (lembram do fisichella que depois acabou parando na ferrari?) pois é, motorzaço mercedes.

        Além disso a própria bridgestone, segundo seus dirigentes, acabaram gostando também da história dos pneus supermacios que se desgastaram rápido no canadá. Só que tem um detalhe: acabaram rápido porque temperatura da pista estava muito baixa e isso acaba prejudicando perfomance dos pneus, aliado ao asfalto guloso do canadá.

        Já em valência o asfalto , a pista por lá não tem essa mesma característica, mas os pneus serão os mesmos que no canadá, o que já é um indicio do que poderemos ter.

        Já digo que imagino o hamilton novamente sendo pole, a menos que erre, com as duas redbull logo atrás e depois todo mundo, provavelmente uma ferrari em terceiro ou quarto.

  4. Eh incrivel o potencial da Mclaren em evoluir o seu carro durante a temporada!

    Eh a equipe que mais bem faz isso , em 2009 a evolução do MP4-24 foi excepcional 😀

    1. Esse tem sido o maior diferencial da Mclaren para seus adversarios. A Ferrari, tem feito sempre o caminho inverso, infelizmente, sempre piora durante o campeonato, tomara que neste, as coisas sejam diferentes.

    2. Exatamente Fernando.
      Em 2009 a McLaren começou o ano mal, muito mal.
      Melhorou bastante, venceu duas vezes e fechou em 3º. E continuou a evolução em 2010, claro.

  5. Tomas;
    Como já falaram por aqui, é incrivel como a Mclaren tem o poder de evoluir rápido, e de forma eficiente, mas achei muito precipitado a frase do Whitmash, devemos lembrar que alguns dias atrás, a RBR era 1° nos construtores, e não ficaria surpreso em vela denovo, mas tenho que concordar, que por enquanto, a Mclaren vence qualquer corrida.

    Um forte Abraço

  6. nas últimas três corridas, a briga vai ser entre hamilton e hamilton. o button vai ficar só atrás com aquele sorriso dele de quem está satisfeito com um título e com a conta corrente gorda.

  7. Não, as duas estaram no pareo mas Red Bull sempre estara entre as primeiras. Martin foi muito arrogante em dizer isso, pois a Red Bull até a largada da corrida da Turquia tambem era e depois do “merdas acontecem” a equipe caiu de rendimento, ou seja, os dois pilotos bastam cometer um erro e a equipe vem abaixo.

  8. Um tanto prepotente a frase mesmo. A Red Bull ainda é o melhor carro e não vai ser toda corrida que vai acontecer algo pra McLaren se aproveitar. O campeonato ainda tem o favoritismo da Red Bull. Agora, se a McLaren superar daqui pra frente aí a coisa muda de figura.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s