Ferrari aposta nas evoluções do F10b e na chuva em Silverstone

Ferrari chega em Silverstone com os pés no chão, porém não nas melhores condições. Vários fatores na pista modificada são desfavoráveis para o F10b, mas mesmo assim a aposta nas evoluções introduzidas antes de Valência ainda continua, mais forte do que nunca. Claro que, tanto Alonso quanto Massa sabem que não será missão fácil superar McLaren e Red Bull. Na coletiva, Alonso mostra que as preocupações com as curvas mais velozes  em torno do traçado são evidentes, mas as atualizações mostradas anteriormente ainda podem surgir efeito neste problema:

O novo traçado é bastante similar ao antigo, com muitas curvas de alta velocidade, o que não casa muito bem com o nosso carro. Entretanto, a configuração de Valência da F10 vai nos dar o impulso necessário nas curvas mais velozes, por isso estou otimista.

Ao mesmo tempo, sabe-se que McLaren não virá de mãos abanando e está pronta para qualquer adversário- neste primeiro caso, a Red Bull, teoricamente um passo a frente da Scuderia. A mistura pneus e estratégia de corrida em pista seca poderá fazer a diferença.

Já se chover… Todo esquema planejado, por melhor que seja, irá por água abaixo- literalmente. Curiosamente, é nisso que a Ferrari também estará apostando, principalmente com Alonso (estranho que agora Massa não dá mais declarações…). Temos um bom paralelo do que pode chegar a acontecer em Silverstone com chuva, lá em 2008…

Será que, alguém aí do outro lado, aposta na Ferrari desta vez?

32 comentários em “Ferrari aposta nas evoluções do F10b e na chuva em Silverstone

  1. Não, ninguém vai apostar na Ferrari mais, pelo menos nesse GP. Se chover acaba não sendo melhor pra Ferrari porque tudo vira uma loteria, ninguém tem mais chance que ninguém, tudo fica igual.

    • Exatamente Luiz. E, para ser sincero, é difícil entender em que base a Ferrari tende a ser melhor em chuva, já que geralmente uma prova em essas condições tende a ser uma loteria, como você disse.

      Ao mesmo tempo, sabemos que Alonso, tanto como Lewis, Vettel e Rubens, são “bons de chuva”. Estratégias, nesses momentos, são fundamentais.
      Pensar que um tal de Ross Brawn se deu muito bem com isso ano passado…

    • Nesse caso a ‘aposta’ na chuva, me parece mais um ‘desejo’. Acho que o que se entende é que a Scuderia prefira a chuva que nivela por baixo.

      Sabe, igual a time de futebol sem técnica que prefere o campo encharcado…

      É triste ver que a Ferrari, até o momento, esteja abaixo da crítica.

      • Pois é. Se aproveitando de circustâncias que, na verdade, podem dar muito mal para o próprio time também.

  2. Não, só por milagre um vermelho vai cruzar a linha de chegada em 1º. Para Valencia foram com um put* pacotão: “Nossa isso vai melhorar de _ décimos á _ décimos”, e acabou não fazendo muita coisa. Em Silverstone, as mudanças irão, mas poucas, e a não ser que o carro se adapte muito bem com o circuito, a Ferrari andará bem atras das Red Bull’s e Mclaren’s.
    Sobre o que Alonso disse, que o circuito tem curvas rapidas e tal. Sim ainda restaram algumas, porém a nova parte do circuito é muito estreito e travadão, e isso talvez os ajude, mas pouco.
    Alonso e Massa teram de ralar para conseguir um grande resultado.

    • Sobre o tão discutido pacotão da Ferrari em Valência, existem muitas coisas a serem esclarecidas:

      Todos nós sabemos que grandes mudanças não são “percebidas” pelo carro logo de cara. Todo tipo de grande modificação, no caso do F10, incluiu mudar a parte do escapamento e conseqüentemente a do difusor também, leva um tempo para ser assimilada e, assim, colocada em sintonia com o carro. A Ferrari já havia deixado isso muito claro, mas a pressão e expectativa em torno da mudança possa ter elevado aquela parte de decepção quanto ao rendimento do F10b no treino classificatório, ficando a meio segundo da Red Bull.

      Agora, parece ser que Silverstone não é o traçado que a Ferrari sonha. Alguma dificuldade com as curvas mais velozes, como Alonso esclareceu, poderão se tornar problema.
      Na tese, creio que será surpresa ver a Ferrari na frente do que atrás. Pelo simples motivo do RB6 e o MP4-25 serem superiores. Tudo isso, em tese, já que Lewis acrescentou que não se sabe se as mudanças no pacotão do carro surgirão efeito. É uma questão de tempo até os primeiros testes na sexta forem realizados.

      • Eu concordo com tudo, mas foi criada uma expextativa muito grande em cima desse pacotão e acabou não dando em nada.
        Sobre o pacotão da Mclaren, desde que não piore o carro, eles continuaram na frente. Eles só fizeram isso para nçao ficar para trás no futuro.

      • “Eles só fizeram isso para nçao ficar para trás no futuro.”

        Exatamente. Temos que ver se dará certo, o que acredito que sim.

      • Os testes de sexta serão onde a equipe sabera se funciona. E deve ser bom ter tempo para tirar essas atualizações caso não funcione, o que é muito dificil, pois antes de se colocar uma coisa dessas inumeros testes são feitos – apesar de alguns não funcionarem.

  3. Em Valência, a Ferrari mostrou melhoras. Não fosse a intervenção do safety-car Massa e Alonso poderiam ter ido bem melhor.

    Para Silverstone, não sei. Aposto em McLaren e Red Bull. Os ferraristas não estão mantendo regularidade. Alternaram bons e maus desempenhos ao longo do ano, mas as coisas mudam de pista para pista.

    O time de Woking e das bebidas energéticas estão mais fortes no momento, despontando como favoritos ao título neste ano. Ainda tem Mercedes, Renault, Williams e Force India, que poderão conseguir alguma coisa no próximo fim-de-semana.

    Quando ao pacote da Ferrari, veremos o quanto melhorou, pois o desempenho de uma equipe pode mudar bastante de uma pista para outra. Na Turquia, a Mercedes foi bem, mas de lá para cá, não fez nada de especial, por exemplo.

    • Ainda digo que a Renault termina o campeonato esse ano a frente da Mercedes. Só falta o Petrov ter mais um pouco de gás que teremos um timaço em 2011.

  4. Williams vem com tudo para Silverstone, até o novo difusor-escapamento.
    “O FW32 terá mais atualizações para o GP em Silverstone, incluindo o sistema difusor-escapamento, o duto do freio traseiro e algumas mudanças na suspensão dianteira”, afirmou Sam Michael, diretor-técnico da equipe britânica. “Vamos avaliar o difusor-escapamentodurante os treinos livres de sexta e tomaremos um decisão à noite”, completou.
    Rubens Barrichello, disse:
    “A equipe mostrou um grande esforço em Valência, foi ótimo ver o quanto melhoramos e espero que isso continue, teremos um novo pacote de atualizações para Silverstone e espero que o carro se torne ainda mais rápido, existe uma atmosfera ótima na equipe e estou orgulhoso de fazer parte desse esforço.”

    • Bom, modéstia a parte, duvido que a Williams cresça tanto. O 4º lugar em Valência foi mais fruto da estratégia e sorte nas paradas do que outra coisa.

      Mas não se pode negar que o carro melhorou, pelo menos progride.
      O melhor de tudo isso é que o clima na equipe é ótimo, todos confiantes e novidades vindo por aí. Me parece um time bem mais alegre do que em 2009…

  5. A Mercedes GP já estaria pensando em seguir, o mesmo caminho das frabricas:
    BMW, Honda, Toyota, etc…
    Moncet escreveu no blog Auto Plus que uma conferência em video teria envolvido o presidente da Daimler, Dieter Zetsche, e algumas pessoas da equipe Mercedes GP, tais como Ross Brawn, Norbert Haug, Michael Schumacher e Nico Rosberg.
    Ele disse que “as declarações de vários membros da equipe para a mídia foram discutidas”, embora um porta-voz da Mercedes tenha desdenhado da informação.
    Houve também sugestões que Rosberg, Schumacher e Brawn seriam a favor de parar o desenvolvimento do carro atual para se concentrarem no da próxima temporada.
    Mas em um comunicado da equipe na semana passada, essas mesmas pessoas insistiram que a equipe ainda está trabalhando duro no W01.
    “Tem sido difícil para nós nas últimas corridas, mas estamos trabalhando duro para melhorar e estou confiante que vamos chegar lá”, disse Rosberg.
    No entanto, a manchete do diário alemão Die Welt disse:
    “a expectativa e a realidade estão distantes na Mercedes”.
    O artigo inclui o aviso de Zetsche, quando disse:

    “Se houver indicações claras de que podemos usar o nosso dinheiro de forma mais eficaz fora da Fórmula 1, então nós teremos que tomar uma nova decisão”.

  6. Creio que apostar na Ferrari no momento é palpite pra o azar. Porque se alguém o fizer e acertar, será realmente um tremendo azarão. rs

    Mas devemos levar em conta os fatos acontecidos em Valência que podem ter afetado direta e indiretamente nos resultados dos carros da Scuderia. Vi uma pequena melhora no F10b sim, mas nada de fantástico que possa catapultar os cavalinhos rampantes às posições de honra no grid. Foram mais atualizações para não ficar pra trás de equipes medianas, como Mercedes e Renault, do que melhoras para brigar com Mclaren e RedBull.

    Sinceramente, acho que a Ferrari, já desistiu desse ano sabático de 2010, não há mudança que irá renovar o carro e levá-lo a ser competitivo este ano. Um carro quando nasce ruim, dificilmente conseguirá se desenvolver em uma temporada que nem testes podem ser feitos, portanto Ferrari este ano é figurante de um campeonato que tem 2 campeões, 1 experiente constante e um novato(não tão novo assim mais) arrojado, com fome de vitórias.

    Abraço.

    • Está certo que a situação não é das melhores, mas ainda o campeonato está na metade, o F10 está cheio de inovações para surgir e feito e Alonso não está tão longe assim…
      Não sei o que vocês acham, mas se eu fosse Domenicali não desistia.

  7. Tomas, como você tambem notou, o Massa não fala mais pela Ferrari. São essas pequenas coisas, que vão tornando o piloto menos preparado psicologicamente, pois ele sente, que não esta prestigiado dentro da equipe, e isso, no momento atual da Ferrari, não é bom para ninguém, o piloto vai se “apagando” e perde a competitividade. Tá certo, que o Alonso é estrela, mas a Ferrari ainda precisa do Massa bem, se pretende pelo menos o campeonato por equipes, o que na atual circunstancia já esta muito dificil, se a Ferrari, opta apenas por um piloto, fica mais dificil ainda. Em breve, estarão fazendo a mesma coisa com o Webber, e quem perde com isso são as equipes.

    • Isso envolve muita coisa Newton.
      É um divisor de águas, porém é óbvio que se a Ferrari quiser o campeonato de equipes tem que ver Massa nos pontos também.
      Mas, nessa altura do campeonato, o título de construtores está muito longe.
      E como foi dito aqui faz algum tempo, tudo dependia de Massa. Só ele para reverter a situação.

      Mas como não pôde, agora terá que ser escudeiro de Alonso, já que está muito atrás na tabela, acredito que isso é normal dadas as circunstâncias atuais.

      Sobre Webber, tudo depende dele também. Pelo menos é isso que se acredita.

  8. Nossa! Se já chegaram ao ponto de ficar torcendo pra chover na corrida, é porque a coisa ta feia por lá. A Ferrari só ganha corrida esse ano na base do tapa.

  9. Acabei de ler no Autosport que haverá algumas mudanças nas asas dianteira e traseira em Silverstone, mas pequenas. Mas também haverão mudanças na Alemanha e na Hungria. Caramba! É bastante novidade até lá! Será que vai adiantar???

    • Geralmente, depois de Valência, o que for introduzido é referente ao novo pacote aerodinâmico. Como se fala por aí, meros retoques.

      Para a Scuderia, mais vale tentar inovar e trazer mudanças e mudanças do que ficar na mesmice.

  10. Boa noite Aamigos.

    Nesta temporada a Renault tem evoluido consideravelmente com o Robert Kubica, esta renovação de dois anos um bom negocio da Robert.

    1_ Declaradamente ele é o piloto numero 1 da equipe, a equipe trabalha para ele é o mais favorecido.

    2_Futuramente(dentro de dois anos) a Renault pode lhe dar condições de vencer corridas e campeonato.

    3_ Para os proxi mos anos quase todas equipas de ponta têm as sua duplas confirmadas então para Robert , a melhor opção mesmo é Renault.

    Resumindo e concluindo é um bom negocio.

  11. Tomás , você também não acha ( porque eu acho ) que , para a Ferrari e tanto para Alonso , que é um momento efetivamente crucial ?
    E digo mais , é a primeira das três corridas que serão disputadas em apenas quatro semaninhas !
    Haja preparo físico e melhoras técnicas nos carros !
    Portanto para a Ferrari , a hora é agora , tem que melhorar em definitivo a eficiência dos carros para que , a partir dessa corrida , a mesma , continue a lutar pelas primeiras posições no campeonato .

    • Sim, Marco.
      Na verdade, parece que está sendo para todos. Ou seja, momento crucial do campeonato.
      Mas para a Ferrari evidentemente o trabalho é dobrado, justamente por estar atrás.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: