Red Bull lidera treinos livres para o GP da Inglaterra

E a Red Bull continua com o carro a ser batido neste final em Silverstone. Vettel e Webber lideraram as 1ª e 2ª sessões, respectivamente, com uma notável diferença para seus segundos colocados- Hamilton e Alonso. O que me tese significa que, pelo menos até agora, tudo indica para que amanhã e domingo seja um banho dos Touros.

Porém, muitas vezes a impressão deixada nos testes livres é falsa. McLaren, por exemplo, não mostrou praticamente nada na 2ª sessão, mas dificilmente ficará fora dos primeiros no classificatório. A Ferrari, pelo que se viu pelo menos com Alonso, está bem, mas a diferença para a Red Bull continua grande.

Para a Scuderia, é bom salientar que a equipe ficou satisfeita com os resultados do duto e decidiu que o utilizará no treino classificatório e na corrida. Hoje de manhã, Alonso o usou pela manhã e Massa pela tarde. Mesmo sem ele, Fernando ficou em 2º na última sessão.Bom sinal.

A Mercedes mostrou uma melhora e na teoria foi a 3ª força nas sessões. Porém, nos treinos, devem brigar com Renault e Force India por um lugar no Q3. A Williams permaneceu estável com Rubens em décimo e o pelotão intermediário composto por Toro Rosso, a própria Williams e a Sauber não teve surpresas.

Lá trás, Kövalainen liderou a “outra categoria” e Di Grassi se estabeleceu 3 décimos à frente de Glock. Yamamoto não fez nada de especial, muito pelo contrário, ficando mais de 1 segundo atrás de Chandhok.

Amanhã cedinho teremos a 3ª sessão e logo mais, com cobertura do blog, o treino classificatório para o GP.

Pilotos reclamam do novo traçado

Pelo que parece, o novo layout da pista em Silverstone não agradou os pilotos. As reclamações com as ondulações na pista e a falta de pontos de ultrapassagem dominam o paddock nesta tarde:

Fiquei muito surpreso. Adro este circuito, é um dos meus favoritos, mas tem muitas ondulações. É estranho e sinto em dizer isso, porque sou fã. Não estávamos prevendo uma pista assim, por isso fizemos muitas mudanças no ajuste do carro.– Rubens Barrichello.

“É interessante, sem dúvida, mas é uma vergonha que não tenham introduzido pontos de ultrapassagem. — Michael Schumacher.

O carro é muito complicado em alguns lugares ao longo do circuito. — Jenson Button

Gostei do novo traçado do circuito, já que o setor novo é atraente, apesar da baita ondulação que tem na entrada da curva 11. — Sebastién Buemi

A única preocupação é com as zebras altas, mas nós precisamos discutir em encontro com os pilotos.
Do meu ponto de vista, existe a preocupação com a segurança.– Nico Rosberg.

Você não precisa ter a necessidade de ter esse tipo de zebra em curvas de alta velocidade, pois o principal objetivo é manter os pilotos na pista, como em Monza e no Canadá. — Mark Webber

Tempos da 1ª sessão:

P. Piloto Equipe Tempos Voltas
1 Sebastian Vettel Red Bull 1:32.280 22
2 Lewis Hamilton McLaren 1:32.614 16
3 Robert Kubica Renault 1:32.725 21
4 Mark Webber Red Bull 1:32.747 23
5 Adrian Sutil Force India 1:32.968 18
6 Nico Rosberg Mercedes 1:33.318 21
7 Nico Hülkenberg Williams 1:33.377 19
8 Jenson Button McLaren 1:33.519 20
9 Michael Schumacher Mercedes 1:33.955 18
10 Rubens Barrichello Williams 1:34.016 17
11 Sébastien Buemi Toro Rosso 1:34.132 21
12 Vitaly Petrov Renault 1:34.365 22
13 Fernando Alonso Ferrari 1:34.490 20
14 Paul di Resta Force India 1:34.580 22
15 Kamui Kobayashi Sauber 1:34.710 16
16 Pedro de la Rosa Sauber 1:34.901 17
17 Felipe Massa Ferrari 1:35.037 21
18 Jaime Alguersuari Toro Rosso 1:35.318 27
19 Heikki Kovalainen Lotus 1:36.747 16
20 Timo Glock Virgin 1:37.330 11
21 Lucas di Grassi Virgin 1:37.518 15
22 Karun Chandhok HRT 1:38.735 21
23 Fairuz Fauzy Lotus 1:39.510 11
24 Sakon Yamamoto HRT 1:39.673 17

Tempos da 2ª sessão:

P. Piloto Equipe Tempos Voltas
1 Mark Webber Red Bull 1:31.234 15
2 Fernando Alonso Ferrari 1:31.626 26
3 Sebastian Vettel Red Bull 1:31.875 25
4 Felipe Massa Ferrari 1:32.099 25
5 Nico Rosberg Mercedes 1:32.166 29
6 Michael Schumacher Mercedes 1:32.660 28
7 Vitaly Petrov Renault 1:32.745 29
8 Lewis Hamilton McLaren 1:32.757 22
9 Adrian Sutil Force India 1:32.787 27
10 Rubens Barrichello Williams 1:32.967 33
11 Robert Kubica Renault 1:33.019 30
12 Nico Hülkenberg Williams 1:33.164 29
13 Jenson Button McLaren 1:33.200 24
14 Kamui Kobayashi Sauber 1:33.402 23
15 Vitantonio Liuzzi Force India 1:33.728 27
16 Sébastien Buemi Toro Rosso 1:33.836 36
17 Pedro de la Rosa Sauber 1:34.051 29
18 Jaime Alguersuari Toro Rosso 1:34.643 36
19 Heikki Kovalainen Lotus 1:35.465 25
20 Lucas di Grassi Virgin 1:36.237 24
21 Timo Glock Virgin 1:36.553 21
22 Karun Chandhok HRT 1:37.019 27
23 Sakon Yamamoto HRT 1:38.303 32
24 Jarno Trulli Lotus 1:42.901 3

*Sem se esquecer claro, para quem ainda não participou, do Bolão de apostas para o GP que está acontecendo até sexta ao meio-dia.

  • Extras- Imagens (Clique para ampliar):

Modificações do MP4-25:

Modificações no F10b:

Modificações no RB6:

Modificações no R30:

Modificações no W01:

Modificações no STR5:

Modificações no VJM03:

Modificações no VR01:

70 comentários em “Red Bull lidera treinos livres para o GP da Inglaterra

  1. Com tudo respeito , mas acho muito difícil o retorno do Bruno Lalli à F1 , mesmo pagando novamente para uma equipe medíocre .
    A sua história e experiência é curta no automobilismo , e sempre esteve em categorias acima da sua capacidade técnica , e esse foi sempre o seu erro , isto é : sempre queria mais do que podia .

    Quanto a treinos e corrida , é bom os pilotos ficarem ligados para o grande desafios com os pneus ,pois o circuito já tinha o asfalto mais ásperos do calendário , agora , após a reforma , exigirá muito mesmo do acerto dos carros para não provocar o desgaste prematuro dos pneus .
    Portanto todo o cuidado é pouco , casocontrário pode piorar muito para o piloto ” descuidado ” .

  2. A Maclaren tenta ser constante como a RBR é em circuitos onde tem curva de baixa e alta velocidade, por isso busca por mudanças, a RBR sofre por durabilidade, fizeram um carro muito rapido porem extremo, tanque pequeno, quando são extrapolados os padroes de consumo tem que tirar o pé, e freios complicados já que a posição de seu sistem é para baixo, algo que todas as outras eq

    • continuando….algo que todas as outras equipes tentaram mas não conseguiram, melhora o centro de gravidade, mas deixa vulneravel os freios, assim vez ou outra as RBR tem que andar abaixo do que seu carro pode.

      Quanto a Maclaren é o contrario, tirando o pneu coisa que a equipe não produz, tanto Hamilton quanto Button pode agredir o carro como queiram, que o Maclaren é um Tanque que não quebra.

      • Tanque que não quebra?

        E o problema do Jenson em Monâco foi o que mesmo? 🙂

      • A equipe esqueceu de tirar a tampa de refrigeração do motor antes da largada…

      • Sim sim… mas não muda o fato que o tanque quebrou. 🙂

  3. 1º TREINO e o Felipe Massa ficou em último dos carros que realmente são da F1.

  4. ECCLESTONE DIZ QUE A CULPA NÃO É DO SCHUMACHER É DO CARRO
    Ecclestone isenta Schumacher e culpa Mercedes por decepções em 2010
    Para Bernie Ecclestone, Michael Schumacher não é culpado pelo desempenho da Mercedes GP, se estivesse na Red Bull ou na Mclaren estaria mostrando o que é ser heptacampeão mundial, mesmo tendo retornado à categoria após três anos de ausência.
    Ecclestone acredita que o problema de Schumacher é o carro da Mercedes GP.
    Para o chefe da FOM, Schumi não é o culpado dessa situação, colocando toda a responsabilidade da decepção em cima da Mercedes.
    “Schumacher voltou em uma situação muito complexa, mas não é o Michael, todo o problema é o carro.”
    O dirigente inglês foi mais além e garantiu que se Michael estivesse na Red Bull, o veterano imediatamente se tornaria o velho Schumacher de antigamente.

    • Os 0.7 de Alonso para Webber.
      Agora já são apenas 0.392, mas esse fim de semana tá com cara de domínio da Red Bull…

  5. BRUNO SENNA VOLTA Á HISPANIA NA ALEMANHA

    Após ficar fora do GP da Inglaterra, que será disputado neste fim de semana no renovado circuito de Silverstone, Bruno Senna voltará ao cockpit da Hispania no GP da Alemanha, em Hockenheim, daqui a 15 dias.
    O brasileiro foi pelo japonês Sakon Yamamoto, ex-piloto da Spyker e da Super Aguri, e atual reserva da equipe espanhola, que teria pago US$ 5 milhões pela vaga na corrida inglesa. A informação foi confirmada nesta sexta-feira pela equipe no paddock. Ela publicará um comunicado oficial ainda nesta sexta.

    • será que sou eu que não tenho assistido as corridas da F1 ou é você?

      Para você, só alguns dados:

      Bruno na F3 britânica:
      2005 – 10° (71 pontos, 3 pódios)

      Dan Clarke (seu companheiro) – 5° (160 pontos, 1 vitória, 6 pódios)

      2006 – 3° (229 pontos, 5 vitórias, 9 pódios)

      Mike Conway – 1° (321 pontos, 8 vitórias, 16 pódios)

      Bruno na GP2
      2007 – foi só o 8°(34 pontos, 1 vitória, 3 pódios)

      2008 – 2° ( 2 vitórias)

      Bruno na F1

      Posição de largada:

      Bruno 7 x 2 Chandhok o piloto pagante o superou duas vezes.

      Posição de chegada:

      7 Chandhok o piloto pagante deu um banho X só 2 vezes conseguiu chegar na frente do indiano.

      • Tomás, desculpe a pergunta que eu fiz, era para outra pessoa, falou que eu não estava assistindo a F1, pois o Bruno estava muito bem!

      • Bruno nunca foi um grande piloto.
        Toda essa alusão é pelo seu sobrenome.

      • Calma meu amigo , calma meu amigo , rsrsrsrsr

  6. Mclaren ficou bem pra trás no segundo treino, Ferrari melhorou muito, colocando seus carros no meio da Red Bull. E Yamamoto escapou do ultimo lugar, porque Trulli nem saiu, sortudo…

    • O Rosberg também foi muito bem nos treinos de sexta- feira da corrida passada. Em que posição ele largou no dia da prova?

  7. FELIPE MASSA: “Sou exatamente como antes”
    Massa descartou que o acidente sofrido na Hungria em 2009, atribuiu seu baixo rendimento aos pneus, Felipe é sequencialmente superado pelo seu companheiro de equipe, Fernando Alonso.
    “O campeonato está pior do que eu esperava, não foi o acidente, reconheceu Felipe, em entrevista à revista britânica “Autosport”. Massa continuou. “São problemas diferentes. Eu sou exatamente como antes. Eu sei que se tudo estivesse no caminho certo [no sentido de ser competitivo], eu estaria lutando pelo título”.
    Massa reconheceu a superioridade da Red Bull e McLaren no Mundial. Mesmo com as atualizações introduzidas pela equipe italiana nas últimas provas, a F10 não conseguiu demonstrar a força exibida no GP do Bahrein, única etapa vencida pela Ferrari na temporada. No entanto, o paulista acredita que tudo pode mudar.
    “Nós podemos ver que estamos um pouco atrás da Red Bull e da McLaren. Nas últimas três ou quatro provas, não fomos fortes, mas ainda temos muitas corridas e muitas coisas podem mudar nas próximas três ou quatro etapas”, salientou.
    Massa entende que as próximas cinco corridas – todas elas realizadas na Europa – serão o indicador de quem vai lutar pelo título. O brasileiro acredita que só um bom desempenho nesse período será capaz de colocar a Ferrari na luta pelo campeonato.
    “Nós precisamos nos manter concentrados naquilo que podemos mudar. Claro que as próximas quatro ou cinco corridas serão fundamentais: se vermos nossos concorrentes marcarem mais pontos que nós, vai ser difícil, mas se marcamos mais, aí será realmente possível lutar pelo campeonato”, finalizou.

      • Acho que foi por vontade propria, pois todo mundo fala que o acidente está influenciando e tal. E ele foi falar para desmentir e dizer que ou é problema do carro, ou seu erro e/ou falta de empenho.

  8. Os treinos de sexta-feira não servem de parâmetro para nada. O que vale é o treino de amanhã.

    • Cara eu só assisti o segundo treino, e quase todo mundo rodou ali. Parece um degrau o negocio. Alguma coisa tem que ser feita, porque chega a ser perigoso, imagina: o lider da prova vai dar uma volta numa novata – Yamamoto seria o pior – naquele ponto. Esses carros novos são muito instaveis e passando por ali, o piloto pode perder o controle do carro e bater no cara que esta dando volta e acabar com sua corrida. Ta feia a coisa ali.

      • Na minha opinião a FIA deveria ter liberado um carro para em um dia fazer um teste na pista, avaliar os trechos mal recapeados, os de maiores ondulações e etc, assim a pista já teria uma preparação maior e adequada.

      • Renato-

        Na verdade ele finalizou 8 décimos atrás. Mas é uma diferença menor do que em Valência.

    • Enquanto isso Kovalainen da Lotus andando no mesmo tempo que Alguersuari. 🙂

      • Ahaha!
        Não custa nada tentar!

        Ah, falando nisso, o Polvo Paul previu que a Espanha será campeã!

  9. Tomás, esta certa a lista de tempos da segunda sessão??? Porque eu não vi o Paul di Resta e nem o Fairuz Fauzy na pista e nem na classificação dos pilotos do lado da tela.

  10. Impressionante a suspenção da McLaren. Além de ser bonita tem 6 braços!!! A Ferrari tem 3.

  11. Notinhas:

    Di Grassi no twitter: “Hoje foi um dia muito produtivo, trabalhamos no acerto dos upgrades aerodinamicos. O carro definitivamente melhorou muito. Sobre a pista de Silverstone, ficou mais tecnica e com mais bumps e ao mesmo tempo com menos possibilidade de ultrapassagens.”

    Alonso, segundo no geral: “A Red Bull está muito mais rápida que nós”

    85 mil pessoas estiveram em Silverstone hoje. Mais do que o dia da corrida em Valência.

    Radar nos pits pega 3 pilotos em Silverstone. Kobayashi e Fauzy tomaram € 400, cada, e Kovalainen vai pagar € 1 mil de multa.

    Alonso, que ficou apenas quatro décimos de segundo atrás de Webber no treino de hoje, afirmou que o carro ainda precisa de ajuste.

  12. Tomas essa foto da nova asa da Williams não seria da Red Bull? Ate pq tem o patrocinio da TOTAL que fornece os lubrificantes dos motores Renault.

    Valeu!

  13. Aliás, me veio a curiosidade e coloco em pauta aqui a diferença de tempos do 19º ao 18º nos Q1 dos treinos classificatórios em 2010. Nessa parte da tabela estariam-se dividindo os 6 piores pilotos da três piores equipes com o resto do grid.

    Obs: Malásia não entrou na conta porque a Qualificação foi uma confusão e é impossível comparar as tempos. Mônaco também não porque Alonso largou em último sem marcar tempo.

    Bahrein (diferença de 2,657):
    18. Jaime Alguersuari- Toro Rosso- 1:57.071
    19. Timo Glock- Virgin- 1:59.728

    Austrália (diferença de 2,326):
    18. Vitaly Petrov- Renault- 1:26.471
    19. Heikki Kovalainen- Lotus- 1:28.797

    China (diferença de 2,117):
    18. Vitantonio Liuzzi- Force India- 1:37.161
    19. Timo Glock- Virgin- 1:39.278

    Espanha (diferença de 1,549):
    18. Rubens Barrichello- Williams- 1:23.125
    19. Jarno Trulli- Lotus- 1:24.674

    Turquia (diferença de 1,279):
    18. Vitantonio Liuzzi- Force India- 1:28.958
    19. Jarno Trulli- Lotus- 1:30.237

    Canadá (diferença de 0,218):
    18. Kamui Kobayashi- Sauber- 1:18.019
    19. Heikki Kovalainen- Lotus- 1:18.237

    Europa (diferença de 1,315):
    18. Kamui Kobayashi- Sauber- 1:39.343
    19. Jarno Trulli- Lotus- 1:40.658

    • Só mostra a evolução das novatas em relação as outras. Se existissem os treinos, essas equipes, poderiam pelo menos andar “junto” do resto do pelotão.

      • Talvez sim, mas seria algo complicado de se avaliar, já que as outras equipes também evoluiriam (e, certamente, mais)…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: