Vice-presidente da FIA diz que não haverá punição para a Ferrari

E o jogo vai ficando bom para a Ferrari. A declaração do vice-presidente da FIA, o espanhol (está explicado) Carlos Gracia, que se remete a ordem da Scuderia em dar a ordem para Felipe Massa deixar passar Fernando Alonso na volta 49 do GP da Alemanha, diz que não haverá punição para a Ferrari.

Além disso, Gracia defende o método “ordem de equipe”, como muitos nomes importantes na F1 já fizeram nos últimos dias, e deixa claro que pelo menos em sua opinião a Ferrari deve ficar impune. Porém, vale ressaltar que o presidente é Jean Todt.

Sobre uma futura punição, Gracia diz:

Estou seguro que não. Os comissários decidiram enviar o caso ao Conselho, mas não acontecerá nada. A Ferrari já assumiu a culpa e não quis apelar, então o caso está encerrado.

Ou seja que, para raiva e alívio de outros, a Ferrari se livrará das punições e parte sem nenhuma preocupação para a luta pelo título…

29 comentários em “Vice-presidente da FIA diz que não haverá punição para a Ferrari

    • Rapaz. tu tem problema de leitura ?

      TA ESCRITO EM CIMA COM LETRAS GARRAFAIS NO TITULO

      Vice-presidente da FIA

      • Vice presidente não manda nada, e sim Jean Todt, que é o chefão das ordens de marmelada, acho q vc que tem problema de interpretação. É Jean Todt que decidirá a situação, então vai ser a mesma m****!!!

      • Rapaz, vou parar de escrever, porque realmente voce tem serios problemas de leitura. porem hoje vou quebrar o seu galho e vou traduzir o texto para voce compreender.

        “Vice presidente não manda nada, e sim Jean Todt, que é o chefão das ordens de marmelada, acho q vc que tem problema de interpretação. É Jean Todt que decidirá a situação, então vai ser a mesma merda!!”

        O TEXTO diz:

        e deixa claro que pelo menos em sua opinião a Ferrari deve ficar impune. Porém, vale ressaltar que o presidente é Jean Todt.

        EM SUA OPINIAO, quer dizer, que ele acha isso, nao que ninguem decidiu nada, e menos ainda que o JEAN TODT FALOU ALGO.

        È apenas a OPINIAO do VICE que como vc acha nao vale nada.

  1. Tomas,

    Vamos olhar do outro lado , se a Ferrari eh punida e todas as equipes fazem o seu jogo de equipe de uma forma ou de outra como seria a competicao depois dessa punicao.

    Nao acredito que as ordens de equipe deixariam de existir e como sempre seriam camufladas o que se estaria perpetuando uma competicao hipocrita com um unico sentido de prejudicar uma equipe.

    Entenda, poderia ser a Ferrari, assim como foi a Mclaren , Mercedes ou qualquer outra.

    A Ferrari jah foi punida pela sua soberba , acreditando que podia ser mais descarada, nao acredito muito jah que tem gente dizendo para piloto econimizar combustivel assim naopode ultrapassar e ser ultrapassado, enfim.

    Por que nao mudamos de assunto ?

    Por que nao falamos de patrocinadores, das equipes pequenas que sao a ovelha negra do Eclestone, de uma crise financeira na Williams, de como a FIA tentou nos ultimos 10 ou mais anos mudar o show para melhor mas nao conseguiu, ou como o piloto depois dessa proibicao dos teste voltou a valer mas ainda nao faz tanta diferenca na pilotagem final ?

    Se vcs querem seguir com a Ferrari , por que nao falar do Briatore em Maranello e da coicidencia de um fim de semana depois da visita dele o Alonso estar ganhando e do futuro politico dele na categoria.

    You can do better than this Tomas, you know you can.

    Saludos

    • Grande Fernando. Mas é claro que sim, este é o último post sobre esse assunto, só falarei mais uma vez no dia 10/09. Agora, olhos na Hungria.
      Um abraço.

    • Fode na estrategia de boxe, inverte a posição e começa o papo de leve as crianças pra casa ou que os dois tem que maneirar que a gasosa ta acabando, o Problema da Ferrari e a forma como faz, por isso toda a polemica, Briatore no Piquetgate, só não foi bem sucedido, por que colocou um Piquet na tramoia se não ate hoje ninguem saberia patavina daquela safadeza.

      Minha torcida no campeonato fica pela RBR, deixopu a merda acontecer e os dois pilotos do time se chocaram, tentaram ser safados (mas falta experiencia na safadeza) e deu errado e o Webber mandou todo mundo Chupar pelo Rádio, imaginem se Webber corresse na Ferrari e falasse o que falou no Rádio da RBR em uma Ferrari, na outra semana o Badoer tava correndo.

      Entre as 3 que disputam o titulo a “menos ruim” no quesito esportividade é a RBR.

  2. Vergonha! Eu nunca torci pela Ferrari. Esses caras têm medo da Ferrari. A F-1 pode muito bem sobreviver sem esta equipe de vigaristas!

    • calma lá andré.
      A mclaren também é um time de vigaristas, ou você não lembra o caso de espionagem? ou voce acha que no caso da mclaren foi menor a safadeza? além disso a multa ninguem até hoje ninguem confirma recebimento.
      williams também não é santa não nobre colega.
      ALiás quem quiser esporte santificado vai ter que ir lá pro andar de cima.
      Porque aqui no andar de baixo a coisa tá feia.
      Só não tem em esportes amadores, mas profissionais onde o coletivo conta muito (f1 o piloto na pista aparentemente corre sozinho, mas tem o mecanico, o engenheiro, o projetista, etc) futebol.

      quem não quer sofrer mais é só assistir f-indy, f-truck, dtm (campeonato alemão turismo) o britânico de turismo, o australiano de turismo, de vez em quando alguma da nascar, o fia gt, rallye ( o kimi anda se divertindo e capotando pacas por lá) e ganhando pra isso. Ele disse que nem acompanha mais f1.

    • Seria no mínimo interessante ver como seria F1 sem a Ferrari, porém é improvável pois sua razão de existir é justamente esta categoria. Se tivessem “coragem” mesmo em mudar teriam o feito naquele lance para cima da FIA durante o mandato do Max Mosley.

      Enfim… para fechar o assunto DEFINITIVAMENTE é +1 daqueles casos para colocar na “conta” quando negócio falir.

      Faço as palavras do Wilson as minhas… a vida segue!

      • Renato acho que todos iriam sobreviver sem a Ferrari, a FIA e a Ferrari seriam prejudicadas de imediato, depois a F1 voltária a ser grande e a Ferrari apenas sobrevivéria.

  3. Vcs n acham que seria melhor pro campeonato se a FIA não punisse a Ferrari?

  4. acho não carlos.
    ordem de equipe sempre vai existir.
    Até parece que você não leu as reportagens e os blogs por aí.
    Schumacher disse que fez e faria de novo.
    Presidente da ferrari disse não ver nada errado nisso.
    Jean todt já fez isso e admitiu publicamente, não vai endossar ou fazer caça as bruxas agora.
    Vice presidente da Fia não vê problemas nisso.
    Eclestone, dono da f1, não vê problemas.
    Briatora não ve problemas nisso.
    Espanhois não veem problema nisso.
    Italianos não veem problema nisso.
    Di grassi não veria problemas nisso.
    Rubinho não viu problemas nisso.
    Massa não viu problemas nisso.

    Então….
    negócio é o seguinte: dez mais dez é vinte.
    Punição? já foi punida. Foi pouco? bom, isso não desmerece a questão de punição, sim porque punição houve. Desta forma não há o que se ficar batendo em cima.
    vai ser palavras jogadas fora.
    mais quatro dias estaremos comentando resultados da Hungria;
    A vida segue.

  5. Posição de Ross Brawn sobre ordens de equipe:

    Um dos principais envolvidos na ordem de equipe do GP da Áustria de 2002, quando Rubens Barrichello cedeu a vitória para Michael Schumacher na última curva, Ross Brawn acredita que banir tais procedimentos é surreal.

    Em entrevista ao jornal italiano “La Gazzetta dello Sport”, o dirigente, hoje na Mercedes, disse entender a frustração dos aficionados pelo esporte, mas acredita que as ordens de equipe já fazem parte da categoria.

    “Entendo como os fãs da F-1 ficaram desapontados pelo que viram domingo. A regra que bane as ordens de equipe não são mais realistas. As equipes e a FIA devem encontrar juntas uma solução transparente que mantenha a integridade da competição e guarde o esporte”, afirmou.

    Brawn, inclusive, deixou claro que sua atual equipe usará tais ordens nos momentos e circunstâncias apropriados. “Nossos pilotos são orientados a não se envolverem em disputas diretas na pista. E, se um tiver a chance de ser campeão, vamos querer que ambos atuem de acordo com os interesses da equipe, sem jogarem fora a oportunidade.”

    fonte: tazio

  6. E olhem só:

    JEAN TODT NÃO PRESIDIRÁ A AUDIÊNCIA DE JULGAMENTO DA FERRARI

    O presidente da FIA (Federação Internacional do Automóvel) Jean Todt, não irá presidir a reunião do Conselho Mundial marcada para 10 de setembro, quando o caso da nova ordem de equipe da Ferrari, verificada no último domingo em Hockenheim será julgado.

    Segundo o jornal Mundo Deportivo, o dirigente deve designar o inglês Graham Stoker para comandar a sessão.

    A razão indicada para o afastamento de Todt deste caso é o seu envolvimento no passado no primeiro caso de ordem de time, ocorrido na Áustria, em 2002, quando ele determinou que a vitória naquela corrida ficasse com Michael Schumacher, tirando de Rubens Barrichello a possibilidade de triunfar em um final de semana amplamente dominado por ele.

    Além deste caso, Todt já havia tomado decisões polêmicas em seus tempos de dirigente esportivo da Peugeot, quando decidiu no cara-e-coroa entre Ari Vatanen e Jacky Ickx quem venceria uma edição do Paris-Dacar.

      • “Achei legal da parte dele. Na verdade ele se livrou do peso…”

        Ele fez isso não porque é legal, e sim para não ter a responsabilidade. Esperto ele…

    • Palhaço Frances discipulo de Balestre….o ultimo presidente da FIA Frances foi um Pilantra de primeira linha, talvez por castigo do destino Jean todt foi obrigado primeiro a trapacear para um Alemão agora acobertar um espanhol….

  7. Ex-piloto da Ferrari no final dos anos 90, Eddie Irvine demonstrou total apoio à decisão tomada pela Ferrari no último domingo, quando ordenou que Felipe Massa abrisse passagem para o companheiro de equipe, Fernando Alonso.

    Segundo piloto na época de Michael Schumacher, Irvine afirmou que não vê problemas na ação da escuderia italiana para com seus pilotos. “Massa tem um contrato onde está estipulado a necessidade de fazer o que a equipe mandar”, afirmou o ex-piloto.

    “Meu contrato nunca teve cláusulas dizendo que eu era o segundo piloto, mas dizia que eu teria que seguir as instruções dadas pelo time”, contou.

    Irvine também condenou as reclamações contra uma ação considerada normal e a qual o piloto teria total conhecimento, e mais, estaria de acordo com a imposição.

    “O Massa concordou com isso secretamente, o seu engenheiro sabe disso, então por que todos ficam enjoados quando isso ocorre? Isso acontece porque as pessoas concordam com isso, se não concordassem não iria acontecer”, sentenciou.

    O irlandês foi piloto da Ferrari entre 1996 e 1999 – ano em que teve sua melhor temporada pela escuderia italiana, quando o primeiro piloto Michael Schumacher sofreu um forte acidente e perdeu seis corridas.

    fonte: site grande premio

    • Eddie Irvine, foi um dospilotos mais mediocres que já vi, falastrão e meia roda = a Jacques Villeneuve, porem nunca ganhou um titulo, apesar de falar pra poha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: