A McLaren já perdeu o título?

O último retrospecto que temos do MP4-25 é o da corrida em Hungaroring. Lá, se viu que o carro realmente não está em seu melhor momento e que foi ultrapassado [pelo menos por agora] pelo F10b de Alonso e Massa.

A situação piora se vemos que Hamilton abandonou a corrida- e perdeu pontos preciosos na disputa pela taça, e, consequentemente, a liderança do certame. Button, por outro lado, apesar de ter feito um mal treino classificatório, conseguiu alguns pontinhos que lhe dão a sobrevida na temporada- e que colocaram a diferença entre ele e Hamilton menor.

Só que como o ritmo do carro da equipe não é satisfatório, a tendência se continuar assim é cair mais. Obviamente que ainda restam 7 etapas e existe o trabalho a ser feitos nessas férias que pode mudar tudo até então- como escrevi no post abaixo.

Red Bull está um passo à frente de todos, enquanto a Ferrari luta para diminuir essa vantagem e a McLaren buscar tirar essa vantagem feita pelos touros. O detalhe nisso é que antes Lewis pelo menos podia administrar a vantagem, e agora, estando atrás, tem que ser superior ou torcer para um deslize de Webber- que é o que todos querem menos ele próprio.

O potencial do time de Woking em ascenção é muito grande, isso não há dúvida. Assim também como a capacidade e arrojo de Hamilton ou tanto como o lado quieto mas porque não eficiente de Button. O avanço técnico e a varidade de pistas, inclusive uma que ninguém nunca correu, também farão a diferença. E, claro, existem os lados negativos e positivos de tudo.

Agora, eu pergunto, na base dos fatos: A McLaren já perdeu o título?

[P.S.: Peço desculpas por não fazer textos à qualidade que vocês e o blog merecem, até porque hoje planejava escrever sobre a “maldição do número 13”, mas realmente nos últimos dias o tempo anda escaso. Estou ao máximo tentando incetivar o papo, por isso agradeço á todos. Logo logo já voltaremos ao normal… Obrigado, e fiquem a vontade para opinar na seção de comentários sobre o assunto em pauta].

27 comentários em “A McLaren já perdeu o título?

  1. Tomas;
    Apesar das ultimas corrida ela ir mal, e por conhecidencia ou não, a Ferrari ir bem, acho que a Mclaren é muito forte durante o campeonato, pois ela é a unica que consegue evoluir muito, muito durante a temporada, enquanto a Ferrari só foi evoluir pra valer agora, acho que em SPA a Mclaren podera mostrar a sua força denovo, e quem sabe, um Duelo Nostalgico entre a Ferrari e Mclaren.

    Abraços e até mais

  2. Eu acho que a McLaren ainda deve evoluir algo para essas corridas decisivas. A quebra do carro de Hamilton na Hungria foi em um momento ruim para ele, onde estava fazendo pontos importantes em um carro que está inferior a Ferrari e Red Bull. Espero que eles melhores e disputem o campeonato, embora a grande favorita seja a Red Bull.

  3. Concerteza não!
    O time de woking, só está numa fase não muito boa. Basta evoluir o MP4/25 um pouco e a próx. é muito favoravel a eles, pois é no velocíssimo circuito de Spa’ depois vem no veloz circuito de Monza. Creio que Hamiltonvá bem e possa recuperar a liderança.

    Abrçs 😉

  4. Como falou o Rochester, a McLaren em Spa e Monza, terá duas pistas favoráveis, em tese, pela frente, também pelo fato de possuir o fluxo de ar nas retas, podendo tirar bom proveito nas disputas.

    O time de Woking irá implementar o quanto antes as inovações técnicas serão implantadas no carro, para tirar a desvantagem técnica neste momento, para tentar retomar a liderança entre pilotos e equipes.

    As etapas da Bélgica e da Itália, na minha opinião, serão decisivas para sabermos quem ficará na briga pelo título ou ficará pelo caminho.

  5. não, o correto ainda é acreditarmos que teremos redbull, mclaren e ferrari disputando o título.
    A excessão ficará no caso da ferrari com apenas um piloto, as outras duas, dois pilotos cada equipe a disputar o título.

  6. Não sei se perdeu, mas tem que se recuperar logo para disputar-lo. A asa flexivel deixou a Mclaren na mão nas duas últimas corridas, mas se eles fizerem uma a equipe pode voltar á liderança. Ferrari e RBR duelaram fortemente no fim do campeonato, mas a Mclaren pode vim e acabar com as duas.

    P.S.: Todos – ou eu pelo menos – entendemos a situação, e sabemos que você está escrevendo aqui pelo amor á F1, e a grande dedicação ao blog. E seus posts em 5 linhas são melhores que os meus em 50, hehehehe.

  7. Está difícil e demorada esses férias na F1 hein Tomás ?

    Tomás , ainda faltam por disputar sete corridas , e o campeonato além de estar aceso e quente , está totalmente aberto . Em outros anos , nesta altura da temporada , todos nós sabemos , que os títulos não tinham mais do que um par de aspirantes , agora meus amigos , a coisa está muito diferente , há cinco pilotos e três equipes em luta acirrada pelos campeonatos .

    E mais hein Tomás , com o novo sistema de pontuação , as diferenças são de menos de uma vitória entre os cinco pilotos .

    Um funil que faz com que os times reverem suas performaces . Por exemplo , a Red Bull , tenta diminuir a diferença entre a supremacia mostrada na classificação e o nível de corrida , não é mesmo ?

    Já à Mclaren por sua vez Tomás , vejo que está num poço de difícil saída . A Ferrari graças a Alonso , que é o valor seguro , começa a navegar num rio revolto após a dobradinha na Alemanha e o segundo lugar na Hungria .

    Nos construtores a Red Bull , lider com 312 pontos , supera a Mclaren que soma 304 e a Ferrari está um pouco mais distante com 208 . Mas como sou daqueles que sempre fica em cima do muro , digo que ; nada é definitivo e , tudo é bem possível neste formidável campeonato de 2010 .

  8. Já está provado, Mclaren e a Ferrari, tem estrutara para reverter.
    Mclaren, continua na luta com grandes chances de levar tudo, mesmo não tendo o melhor carro e é nessa fase que o Hamilton se destaca.

    • FORMULA INDY

      O ENVOLVIMENTO DA HONDA NA INDY

      A Honda entrou oficialmente na Indy após abandonar a Fórmula 1 em 1992, em 1994 foi a estréia do motor Honda na Indy, era um V8 Turbo nipônico e iria dominar a extinta CART de 1996 até 2001, conquistando seis títulos seguidos com os pilotos como Juan Pablo Montoya, Alessandro Zanardi, Gil de Ferran e Jimmy Vasser.
      Em 2003 com a divisão da categoria a Honda deixou a CART para fornecer motores na Indy Racing League, onde permanece até hoje sendo a única fornecedora de motores para a categoria reunificada.
      Além de confirmar sua continuidade como fornecedora exclusiva de motores da Fórmula Indy, a Honda anunciou que desenvolverá um propulsor exclusivo a ser utilizado pelos carros da categoria a partir da temporada 2012, será um biturbo V6 de 2.4 litros.
      O modelo tem uma redução de custos incrível de 40% comparado ao atual motor e que é o mais eficiente do automobilismo mundial, em 2011, a Honda continuará com o atual modelo V8.
      A Formula Indy vem com uma série de mudanças para a temporada de 2012, como o combustível o etanol mais limpo, e o objetivo dos organizadores é deixar a Fórmula Indy bem mais “ecológica e devido ao baixo custo aumentar a competitividade”.

  9. A Ferrari pediu que seu piloto Felipe Massa evitasse declarações públicas e qualquer contato com a mídia enquanto estiver de férias em São Paulo.
    A Ferrari já foi multada, mais a punição devera ser bem maior, é quase certo que a Ferrari, Alonso e o Massa, percam os pontos dessa corrida, quando for julgada pelo Conselho Mundial do Esporte a Motor, no inicio de setembro.

    • Daí Felix tudo bem né ?

      Pois é cara , o que não é fácil entender é a afirmação do Massa na sua chegada de férias ao Brasil : ” Meu campeonato definitivamente não acaba aqui ” .

      Talvez a frase tenha a ver com a declaração ” paternal ” do Dominicali , que disse : ” Quero dar os parabéns ao piloto e ao homem Felipe Massa , ele fez o melhor possível numa semana em que estava sob forte pressão ” , referindo-se ao resultado do Massa na Hungria .

      Calma Dominicali , calma Dominicali , nem tanto , nem tanto , afinal Massa largou em quarto e chegou em quarto .

    • não é correto não.
      as informações do meio da formula um é que não havera punições e jogo de equipe serão aceitas.

      fonte: revista auto sport (portugal)

      FERRARI SEM PENALIZAÇÃO E ORDENS DE EQUIPE SEREM VÁLIDAS!!!
      não, não me xinguém, nem venham dizer que é coisa de italianos e espanhóis.
      É o que se vê no meio automobilístico como um todo e dentro da própria FIA.
      vejam matéria no site autosport de portugal:
      Para além dos 100 mil dólares que teve de pagar, a Ferrari deverá escapar a mais sanções, quando se apresentar no Conselho Mundial da FIA no próximo dia dez de setembro, para se defender das acusações de ter interferido indevidamente no resultado duma corrida e ter causado dano à imagem da F1 durante o passado GP da Alemanha. É essa a linha de pensamento que parece prevalecer no seio da Federação Internacional e que encontra muitos seguidores no paddock do Mundial de F1.
      Os homens da FIA estão cientes de que a forma como a troca de posições entre Alonso e Massa em Hockenheim foi tratada pelos media a nível mundial fará com que estejam sob escrutínio intenso dentro de cinco semanas, com boa parte dos adeptos e toda a imprensa britânica, por exemplo, à espera de uma punição exemplar.
      Mas também sabem que a Ferrari poderia apresentar-se no Conselho Mundial de Como com documentação extensiva sobre ordens dadas por outras equipas desde a introdução da regra que foi usada pelos Comissários Desportivos de Hockenheim, para demonstrar que não fez nada de errado, nada que as suas rivais já não tenham feito e, por isso, nada merecedor de tratamento diferente do que tiveram, noutras alturas, a McLaren, a Renault ou a Williams. A troca de posições entre Hamilton e Kovalainen em Hockenheim, em 2008, entre Alonso e Fisichella na China, em 2006, ou entre Heidfeld e Webber no Mónaco, em 2005, foram três exemplos que nos foram mencionados no Hungaroring, em que foram dadas as mesmas indicações que a Massa na semana passada – a informação de que o companheiro de equipa estava a rodar mais rápido.
      Com a sua franqueza habitual, Mark Webber disse que “o que aconteceu na Alemanha foi normal, acontece em todas as equipas e em quase todas as corridas. Quem pensa que foi um caso único está muito enganado. Não se fala disso fora das equipas, mas acontece muitas vezes. E é melhor assim do que demorar uma troca de pneus de propósito, como também já vimos acontecer.”
      Até Dietrich Mateschitz, que raramente se imiscui nestas discussões, veio a terreiro dizer que “respeitamos a forma da Ferrari trabalhar e preferimos que não sejam fatores extra-desportivos a decidir o campeonato. Prefiro que tudo se decida na pista, sem penalizações fora de tempo.”
      Ross Brawn e outros admitiram que seria melhor retirar a regra polémica do regulamento, “pois não se deve proibir aquilo que não se pode policiar corretamente. Não penso que a Ferrari tenha feito nada de errado, mas para evitar mais polémicas no futuro o melhor mesmo seria eliminar aquela regra.”
      Por isso, não falta quem acredite que a Ferrari e a FIA vão encontrar-se antes do Conselho Mundial, para acertarem a forma de atuar naquela reunião, evitando problemas para ambas e, também, maiores polémicas que não ajudam a imagem da F1.
      Alguém aí para apostar diferente, que a ferrari realmente sofrerá qualquer punição maior???

      • Aposto uma garrafa Heinecken!
        que tal? Ou vinho? 🙂

        Aposto que garfam alguns pontos + “advertência p/ o resto do ano” p/ dizer que fizeram alguma coisa.

        Vai que temos uma surpresa? rs

    • Gerhard Berger, ex-piloto da Ferrari, concorda que a Ferrari deve favorecer o Alonso:

      “Não vamos nos enganar o Alonso é claramente o melhor piloto da equipe, é a única chance da Ferrari no campeonato”.

  10. Faz tempo!!! Aquela liderança era claramente provisória, uma situação do campeonato.

  11. A Mclaren está vivíssima, mesmo sem evoluir esse carro é possível passear em Spa e Monza, nesse período pode-se trazer evoluções com calma para as outras etapas restantes e levar o caneco.

  12. Eu estou sempre pronta para ver a McLaren virar o jogo!
    Acredito que eles estão trabalhando muito nessas férias e virão mais preparados para as últimas 7 corridas do campeonato.
    E claro que, contando com pilotos como o Hamilton e Button, fica mais fácil ainda! =)

    Mas sem dúvida a McLaren, assim como a Ferrari, depende muito mais dos erros da Red Bull, doque dos próprios acertos, para terminar 2010 na liderança!

  13. Bernie Ecclestone em entrevista na última semana falou que a F1 precisava de uma piloto mulher, Danica Patrick seria sua preferida.

    O piloto Vitantonio Liuzzi, tem opinião que a F1 não é lugar para as mulheres:
    “Eu tenho certeza que seria muito difícil para qualquer mulher, Danica é uma grande publicidade na América, na Formula 1 é um desafio muito duro tanto fisicamente quanto psicologicamente, estar no topo da F1 não é fácil, mulher não tem essa capacidade, eu duvido que essa idéia possa funcionar”.

  14. Valentino Rossi e a Yamaha separam-se após sete anos de “casamento” e quatro títulos na MotoGP:

    “É muito difícil explicar em poucas palavras a minha relação com a Yamaha nos últimos sete anos, muitas coisas mudaram desde 2004, mas especialmente “ela”, a minha M1, mudou, era uma moto de meio de grid hoje é cortejada e admirada, pelos pilotos”.
    “É muito longa a lista de pessoas que ajudaram na transformação, gostaria de agradecer em particular ao Masao Furusawa, Masahiko Nakajima e ao “meu” Hiroya Atsumi, e a todos os engenheiros que trabalharam arduamente para mudar a nossa M1, ao Jeremy Burgess e a todo o pessoal da minha garagem, e a todos os homens e mulheres que trabalharam na Yamaha”.
    “O meu trabalho na Yamaha terminou, mas deixam boas memórias e títulos”.

    O piloto Valentino Rossi italiano foi confirmado na Ducati italiana para as temporada 2011 e 2012.
    Valentino Rossi se junta à equipe italiana logo após a última etapa de Valencia.
    Gabriele Del Torchio, presidente da Ducati:
    “Rossi é um modelo de excelência no mundo do motociclismo”.

  15. Ainda não perdeu, assim como a Ferrari corre meio que por fora na luta pelo título, vai ter que contar com uma grande escorregada dos pilotos da RBR. Ponto forte da Mclaren é que ela nunca dependeu muito dos pilotos nos últimos anos, sempre os projetistas fizeram carros velozes, o maior problema estava na confiabilidade, raro são os pilotos que conseguem manter a equipe motivada em vários setores, Hamilton parece que esta conseguindo isso, mas ele faz a diferença. Mesmo com os testes proibidos em 2010 algumas equipes conseguem se recuperar graças aos…projetistas(a Mercedes fica fora pois o carro nasceu muito ruim, nem as atualizações salvam o carro). A Ferrari começou bem mas depois passou por uma fase ruim e voltou a reagir nas últimas corridas. Tirando a RBR que fez carro bom para 90% da temporada, hoje Ferrari e Mclaren vão depender mais dos pacotes para se manter na disputa. Se o pacote vem bem, anda na frente caso contrário fica atrás. Não estou gostando dessa proibição de testes, como um piloto como Massa pode resolver seu problema com pneus frios se ele não pode testar? Ele estaria tão atrás de Alonso se tivesse resolvido o problema com os testes liberado? A RBR estaria tão a frente tecnicamente das outras equipes com todas testando vários componentes? E os pilotos novatos, como vão chegar ao nível de um piloto de ponta se não pode aprimorar suas habilidades testando por horas? Os pilotos novatos estão em situação difícil, Bruno Senna(que ficou parado 2009)não conseguiu superar o indiano, Di Grassi esta sofrendo com Glock e Hukemberg não se acha com o carro, sem testar como chegar a um nível melhor? Pra mim os pilotos estão nivelados por baixo, quem é grande acertador não tem como melhorar o carro, o mérito vai para os pacotes dos projetistas! Quem sempre foi considerado piloto mediano hoje anda na frente graças ao momento que passa a equipe, caso de Webber na RBR(com Button foi assim em 09, mas a Brawn acertou nas regras, golpe de sorte). Não vejo como um campeonato de pilotos e sim de projetistas, eles que estão mudando o rumo no campeonato. Como posso acreditar que a Williams esta melhorando se Rubinho não pode desenvolver o carro com os testes proibidos? Mais fácil acreditar que são os pacotes que estão fazendo a diferença na Williams, claro que o piloto tem participação, mas no desenvolvimento isso diminuiu muito. A RBR só perde o campeonato se Webber e Vettel fizerem muita besteira. Proibição de testes e quantidade exagerada de punições são pontos negativos, isso limita muito os pilotos, nos anos 80 não tinha nada disso o piloto tinha muita liberdade dentro e fora das pistas! Hoje é tudo pelo politicamente correto, isso vai contra a competição e é muito chato! Eu quero ver ação e não um piloto preocupado no rádio: “Fiz a ultrapassagem, mas posso ser punido?”. Simplesmente ridículo, a 25 anos não tinha nada disso e pilotos como Piquet e Prost quebravam a cabeça o ano todo em testes desenvolvendo seus carros, cada um ao seu gosto. Não precisa ser 70 mil Km de teste por ano, na situação que esta 15 mil Km já estaria ótimo. Massa e Schumacher testando não estariam passando sufoco, o alemão então já esta empurrando com a barriga faz tempo, preocupado apenas com o carro de 2011(que já esta saindo do papel). E as equipes pequenas testando iriam melhorar muito. Alonso/Lewis/Button se conseguirem o título vão ter o gosto de bater o melhor carro do ano, mas isso em grande parte graças aos projetistas.

  16. Michael Schumacher, diz que não é o principal culpado por sua reestreia muito aquém do esperado:
    “É claro que não posso ficar satisfeito, o carro que foi colocado em minhas mãos, é um resto daquele que foi criado ano passado, há vários comprometimentos com que o piloto tem de lidar, o carro até hoje definitivamente não está em harmonia com os pneus”.
    Schumacher, prometeu resultados muito melhores no ano que vem, com um modelo do qual participa integralmente da construção.
    “Temos de garantir que o carro novo para 2011 combine com os pilotos, seremos competitivos, estamos trabalhando mais duro do que nunca”.

    • Também concordo com o Michael, penso que o culpado talvez tenha sido o dono e agora chefe de equipe, sr Brawn que fez a opção do piloto Button, como sempre colocou varias panes no carro do Rubinho e o Button venceu seis vezes e o que parece só informaram para ele essa sacanagem com o Rubinho, muito depois, tanto é que o Button teve uma queda de rendimento muito grande e como fizeram com o Rubinho e começaram a fazer com ele a mesma coisa, ou alguem já se esqueceu que não foi renovado o contrato, ficaram embromando por muito tempo, para minar sua alto estima? Sua saída para a Mclaren era a única opção decente.
      Só depois da besteira feita é que deram conta, ai gastaram 20 ou 30 vezes mais tirando o Schumi da aposentadoria.
      A MercedesGP, ficou sem parâmetro dos pilotos que conheciam o carro como ninguém e estão apanhando até agora.
      Faço uma pergunta: Como um carro que venceu oito grandes prémios e ganhou os dois títulos pode ter caido tanto?

  17. A McLaren não perdeu o título e é forte candidata a isso. A Ferrari não vai conseguir aproximar, acredito que ficará entre Red Bull e McLaren. Resta apenas saber como as equipes voltarão para as etapas restantes. Em Spa a Ferrari anda bem, isso é inegável, mas precisamos saber da McLaren por ter um ótimo motor. Já a Red Bull vai capengar um pouco em Spa.

    De resto é ver e conferir até a última corrida. Ou em Interlagos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: