Prewiew GP da Bélgica- Os candidatos a vitória em Spa

Depois de uma avalanche de elogios dos comentaristas pelo post do Rubens, que agradeci à todos imensamente, é hora de voltar as caras para o GP da Bélgica deste fim de semana, que promete fortes emoções e um novo desenrolar no campeonato, que divide em apenas 20 pontos o “Top 5”.

Pois bem. Webber, Hamilton, Vettel, Button e Alonso- esses são os nomes dos reais candidatos -até o momento- do título mundial da F1 2010. Webber é o único com 4 triunfos, já que os outros quatro compartilham duas vitórias cada um.

Para atingir o aspecto técnico também, vamos falar de como os motores podem ser pontos chaves nesse fim de semana para as equipes.

A potência dos motores

Não é de hoje, porém, que sabemos do enorme potencial do RB6. Um carro magnífico, rápido, com traços aerodinâmicos ideias e que se adapta a quase todo tipo de circuito. Quase. Sim, porque no Canadá, por exemplo, os touros não foram bem. E a tendência é que agora em Spa algo similar aconteça,o que seria a chance da reabilitação de Ferrari e McLaren.

Só que também sabemos que muitas vezes esse papo de que a Red Bull estará em desvantagem (o que em muitos casos ocorre para animar outros) acaba não ocorrendo e mais uma vez vemos o banho de Vettel e Webber. Em um panorama similar poderíamos dizer que assim foi em Hungaroring.

Mas Spa, juntamente com Monza, proporciona o teste mais rigoroso de um motor no calendário. E como em teoria o Renault (usado pela Red Bull) é menos potente do que Ferrari e Mercedes, o time dos touros perderia nas retas. É bom salientar que 73 % da volta é gasta em plena aceleração de mais de 20 segundo, com dois trechos prolongados. O mais exigente deles é, sem dúvida, o trecho de 23 segundos de La Source para Les Combes, via Eau Rouge (curvas 1-7). Esse trecho apresenta um teste único para os motores quando estão expostos tanto para positiva quanto negativa força G ao extremo.

Apesar de tudo, será nas curvas que o RB6 terá vantagem.

Previsão de chuva

E, para não sair do costume, temos mais uma vez previsão de chuva para uma corrida. Só que agora é em Spa,e nós sabemos que aqui tudo pode acontecer. O site da F1 diz que choverá nos 3 dias de atividades em pista. Lucas di Grassi aposta que isso possa ser benéfico as equipes pequenas:

As corridas com chuva em Spa sempre são muito movimentadas e acidentadas. É a melhor pista do campeonato, mais difícil e longa. Neste panorama ainda entra a chuva, que exige habilidade e sorte. Por tudo isso, a possibilidade de não terminar a corrida por uma circunstância que foge ao nosso controle é maior. Se completar, a tendência é um resultado melhor. Por isso, para quem não conta com o melhor equipamento, como as equipes estreantes, a chuva é boa. Será uma grande oportunidade para conquistarmos um resultado surpreendente.

Os candidatos

Primeiramente, é difícil dizer quais são os candidatos reais à vitória. Pode ser que a chuva dê as caras e faça lambança, pode ser que alguma equipe média seja uma zebra com as suas modificações ou ainda outros fatores. Mas como são estes os 5 únicos que já venceram e que estão na briga pelo título, vamos falar deles.

1- Mark Webber

O australiano que deve estar focado em trazer de volta a Austrália para a galeria de títulos depois de 30 anos (o último campeão do mundo australiano foi Alan Jones em 1980) está concentradíssimo e até recebendo elogios (?) de Vettel. E anda muito confiante:

Acho que não existe um único piloto que não esteja ansioso para correr em Spa, um circuito incrível para se pilotar. Espero que possamos ir bem lá. Sei que nossa equipe está pronta para domingo.

Com 161 pontos na tabela, 4 vitórias, 4 Poles e 6 pódios, Mark vê pela primeira vez em sua carreira a chance real de ser campeão. Tem carro, talento e condições para isso. Agora em Spa, uma vitória seria exuberante, o que abriria se Lewis for o segundo 11 pontos de vantagem. Porém, como dado estatístico, vale lembrar Webber que nunca chegou ao pódio em uma corrida de F1 em Spa. Será que ele quebra o tabu?

2- Lewis Hamilton

Depois de abandonar na Hungria, por um problema na caixa de câmbio, Hamilton se viu em uma situação desconfortável no campeonato, apesar de ser vice-líder: perdeu pontos importante para continuar na ponta e viu a equipe regredir no MP4-25.

Porém, agora o clima é diferente e os engenheiros de Woking já devem ter feito o necessário para voltar aos pódios. O dirigente da equipe, Jonathan Neale, prometeu um carro mais veloz para o GP da Bélgica:

Parece que nós regredimos na Hungria, a diferença para Ferrari e Red Bull foi muito significativa. Mas sabemos que já na próxima corrida começaremos a apresentar um desenvolvimento constante, o que já prevíamos no início do ano.

Tenho certeza que estaremos todos coçando a cabeça no almoço de sexta-feira, tentando achar o melhor acerto para o carro e entender o circuito.

3- Sebastian Vettel

O alemão do momento na F1 não vem mostrando amadurecimento e peca em resultados que poderiam ser melhores. Aconteceu na Turquia, e ocorreu na Hungria, quando, com medo de repetir o de Istambul, ficou atrás de Alonso a metade da corrida e perdeu muitos pontos.

Mas mantém a regularidade e vem de dois 3º lugares. Está a 10 pontos de Webber, e só depende dele alcançá-lo. Mas ele reforça que a equipe tem ponto fracos em Spa:

As retas longas e os trechos de subida são um ponto fraco para nós, sabemos que não vai ser fácil.

4- Jenson Button

E o grande campeão Button vai usufruindo da tática “Kimi 2007”, comendo pelas bordas para dar o pulo do gato no final. Pontuou nas últimas 6 etapas, fato que nenhum dos outros 4 conseguiu, além deter guardados no canto suas duas vitórias e 5 pódios.

Está na dele e pouco a pouco pode pegar seu espaço na equipe. Um bom resultado em Spa será importante:

Nós chegamos ao GP da Bélgica sabendo que temos de correr atrás. Particularmente, não tivemos uma boa corrida na Hungria, e todo o times quer voltar à frente o mais rápido possível. Estamos otimistas de que o esclarecimento das regras vai diminuir a diferença para nossos rivais e que Spa e Monza devem favorecer nosso pacote melhor do que Hungaroring.

5- Fernando Alonso

Alonso ressurgiu das cinzas nas últimas duas etapas e entrou na disputa pelo título quando quase já era dado como fora. Com a ajuda do melhorado F10, de Massa e dos circuitos, está agora a apenas 20 pontos de Webber, o líder.

Como eu havia dito na semana passada, a Ferrari é a candidata mais forte para vencer em Spa. Conquistou o caneco belga em 5 das últimas 7 edições e busca com Alonso ou Massa a 4ª seguida. Um retrospecto muito favorável à Scuderia. Alonso ressalta:

Bastaram apenas duas corridas em condições normais para voltar completamente à disputa pelo título. Agora estamos no caminho certo. O carro melhorou muito e é isso que me faz otimista e que fez crescer a confiança de toda a equipe. Em Spa teremos mais algumas coisas e espero que elas nos ajudem a progredir ainda mais.

———————————————————————————–

Pois os treinos já são amanhã e o tempo para trabalho das equipes vai se esgotando. Em quem você aposta suas fichas?

7 respostas para “Prewiew GP da Bélgica- Os candidatos a vitória em Spa”

  1. A vitória fica entre McLaren, Ferrari e Red Bull, não necessariamente nesta ordem. Os touros vermelhos são candidatos em todas as pistas, mas possuem algumas limitações para as características de Spa e Monza, duas próximas etapas. Favorita para a pole, Red Bull.

    Outra candidata a andar bem é a Mercedes. As fechas de prata possuem um motor bom, e em pistas de alta, andam forte. A Renault é outra equipe com boas chances de tirar pontos das líderes.

    Acho Williams e Force India até podem brigar por pontos, acredito que não andarão tão forte assim.

  2. Já acompanho o blog há algum tempo porém , é a primeira vez que escrevo aqui. Espero que a Mc Laren se dê bem na Belgica ,e como muitos torço para que chova. Que dessa vez se concretize as previsoes do tempo, dali chuva dali Mc Laren.

    1. Beneditus, seja bem-vindo ao espaço dos comentaristas.
      Fique a vontade para opinar sempre, e temos o bolão também. Grande abraço e obrigado por comentar.

  3. A Red Bull deve perder nas retas, mas nas curvas, de alta ou baixa, os austriacos vão melhor. A Mclaren tem o motor Mercedes, tem um grande carro e tem o melhor F-duct, tem grandes chances de ir bem. E a Ferrari, pra mim, será a favorita. Venceu lá ano passado com o F60 e com Kimi e Badoer (hehehe), imagina com o F10 pilotado por Alonso e Massa. Claro que os carros são totalmente diferentes, mas os italianos podem ganhar.
    E eu acho que dá uma zebra na pole, e quando digo zebra eu considero do Massa pra baixo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s