2ª aposentadoria de Schumacher no fim de esta temporada?

E burbulham mais boatos sobre a saída de Michael Schumacher da Mercedes GP e da Fórmula 1 ao fim deste ano de 2010. O que se especula é que o alemão já anda desgastado depois de 3 anos sabáticos e aos 41 anos experimentar a nova F1, totalmente diferente de 2006, parece ser algo fora do seu alcance. Ou pelo menos não está sendo como o heptacampeão gostaria que fosse.

Por outro lado, é possível que para não “estragar” a sua incrível carreira com temporadas fora do seu ritmo, se aposente e com a imagem de “eu tentei mais não conseguiu”.

O problema é que a Mercedes está empenhada em trazer ele de volta às vitórias e realizar um conjunto como a Scuderia de Maranello fez, e Ross Brawn está para reforçar este projeto. Mas se por um lado a equipe quer, Schummy está cansado e provavelmente deve desistir da sua ideia do oitavo campeonato.

A dificuldade de se adaptar com os pneus Bridgestone foi um fator determinante pata tomar esta decisão (apenas boato ainda, afinal nem piloto ou equipe confirmaram a saída de Michael), o que pode explicar-se a bela surra que está levando de Nico Rosberg.

A única saída talvez seja, para animar o autostima do 2º piloto que Schummy é atualmente, seria testar os compostos Pirelli (coordenadas já devem ter sido por Nick Heidfled) da próxima temporada, e assim saber até quando e como sua 2ª carreira poderia ser extendida.

O substituto

Se o retiro de Schumacher se confimar (provavelmente saberemos disso apenas depois do fim da temporada), um substituto, oviamente, terá que vir. As duas opções mais cogitadas são, justamente, alemães: Adrian Sutil e Nick Heidfeld, que voltou agora pouco pela sua antiga equipe, agora sem o domínio da BMW.

Adrian certamente buscará uma equipe melhor ano que vem, inclusive pela confissão de que a saída de James Key da Force India (e sua ida para a Sauber) fez o VJM03 decair de rendimento, vide os recentes maus resultados da equipe indiana ultimamente. Assim, ir para a Mercedes no lugar do Kaiser seria a melhor opção, além de ter uma base com Ross Brawn e Norbert Haugh para lhe dar apoio de vitórias.

O segundo substituto seria o também alemão Nick Heifeld, ex-pilo de testes da equipe e que migrou para o grupo oficial de testes da Pireli, para testar os pneus do ano que vem e agora, aproveitando a vaga livre na Sauber com a saída de De La Rosa, reativou a sua carreira, o que pode ser um preparativo para o que virá a ser um ano na Mercedes.

E Schumacher? Bom, supostamente este assumiria o papel de co-manager do time ao lado de Ross Brawn, o que seria uma preparação para assumir o total controle da equipe já em 2012, quando Ross anunciaria sua própria aposentadoria. Ou seja: Teríamos Schumacher como chefe de equipe e supervisionando sua dupla de pilotos.

A nova novela já está se formando com capítulos misteriosos, que podem depender apenas de como Schumacher se adaptará aos Pirelli. A sua mente, relativamente cansada pelo trabalho árduo na revolucionária F1 depois dos 40, estará pensando nisso, e qualquer passo dado será fundamental para a sua decisão.

E você, acredita que Schumacher se aposente pela 2ª vez ou continue com a sua ideia do octacampeonato? A seção de comentários é toda sua.

15 respostas para “2ª aposentadoria de Schumacher no fim de esta temporada?”

  1. Acredito em sua permanencia, mas um pouco melhor. Conquistando um pódio ou outro, muitas vezes por sorte. Schummi nunca será o mesmo Schummi da Ferrari. Ainda mais agora que seu companheiro ainda não tem nada na F1 e esta atrás.
    Os pneus Pirelli devem ser bem diferentes dos Bridgestone, então Schumacher pode ter uma luz no fim do tunel.

    1. “Schummi nunca será o mesmo Schummi da Ferrari. ”

      Acredito que isso se deva ao trato que ele recebia em Maranello. Agora na Mercedes, apesar de estar com Ross, não é a mesma coisa.

      Sem contar a idade, até porque no começo da temporada que vem já terá 42.

    2. eu não apostaria nisso.
      Os caras só tem duas opções ao retornarem a formula um apos tantos anos, a saber:
      ousar como a bridgestone não vinha fazendo ou
      manter o que já vem sendo feito de forma a não passar vergonha em seu primeiro ano.

      Talvez até construam um pneu super rapido mas com grande deterioração para fins de comparação, o natural será fazer compostos que aguentem o maximo possivel e daí a questão de esquentar os pneus ficará pelo jeito do piloto e conjunto do carro/chassi/motor.

  2. Já vi esse filme com vários pilotos campeões, se não tiverem um carro para realmente disputar o título de campeão, eles preferem sair a fazer número.
    O caminho que o Michael vai seguir vai depender unica e exclusivamente do carro de 2011, um carro projetado e bem nascido, se a MercedesGP conseguir esse carro, terá no Schumi um piloto a altura.

    1. O chefe da Mercedes GP, Ross Brawn:
      “Se você olhar os dados da telemetria nas curvas rápidas ou seu tempo de reação quando o carro escapa, não tem nenhuma diferença em relação a antes da aposentadoria, ele ainda é o melhor, é nas curvas lentas, que Michael não consegue usar ao máximo os pneus. Minha previsão é que, em 2011, veremos novamente o verdadeiro Michael.”
      “O estilo de pilotagem de Michael depende muito de um pneu dianteiro eficiente, que possa suportar suas freadas fortes e as manobras de esterçamento que ele prefere, os pneus dianteiros deste ano são bastantes incomuns.”
      “Conhecermos Michael, sabemos que ainda há muito por vir dele, porque é muitas vezes mais talentoso do que todos os outros pilotos, tanto na pilotagem e na cooperação com a equipe, a equipe está muito feliz com a maneira como Michael está contribuindo.”
      “A diferença de Michael hoje é que ele se tornou mais relaxado. Há cinco anos atrás, ele teria achado terrivelmente difícil lidar com tal situação. Ele está muito mais tranquilo e maduro, não significa menos ambição ou comprometimento. Estou realmente impressionado com sua calma”.

    2. “O caminho que o Michael vai seguir vai depender unica e exclusivamente do carro de 2011”

      Exato Felix. Só que nesse ponto ele terá que correr mais um temporada, no mínimo. O que não deve ser uma das tarefas mais fáceis.

  3. “O estilo de pilotagem de Michael depende muito de um pneu dianteiro eficiente, que possa suportar suas freadas fortes e as manobras de esterçamento que ele prefere”

    Vamos ver o que a Pirelli fará…

    1. não vai ficar por conta dos pnes não, tanto que ja ficou definido que chassis ano que vem, os carros terão um distribuição de peso se nao estou errado, 46% na frente 54% na traseira, eliminando que de repente alguma equipe acabe acertando o passo em relação as outras.

      A mercedes pro ano que vem já deve estar bem adiantada, já ao estilo schumacher.
      Acredito que ele possa fazer uma temporada bem melhor que esse ano, até dando impressão em algum momento concorrer ao título, mas no fim do ano não será um dos concorrentes não.

  4. Ele tem que continuar sim pra eu continuar dando risada huahuahua. E não tem essa de desculpa que o carro não foi feito pra ele que não cola. Ele só foi campeão por causa do tratamento da Ferrari, isso é indiscutível!

  5. Acho dificil que o Schumacher se aposente, acho que ele vai terminar mesmo em 2012, pois ele não tem mais nada a provar, muitos menos a ganhar.
    Acho que ele quer um novo desafio, ganhando talvez um titulo aos 42 anos de idade.
    Schumacher não vai conseguir mesmo voltar a ser o mesmo da Ferrari, mas não por causa do tratamento que ele recebia, pois acho que o mesmo tratamente que ele recebia, o Alonso recebe hoje, acho que ele não consegue pois os tempos são outros, e mais por causa da idade, 42 anos é muita coisa, todos falam que varios grandes voltaram, mas nenhum com tal idade.

    Abraços

  6. A questão é que o Schumacher FOI um grande piloto, hoje, não mais. Esse negócio de pneu, não cola. Ele tem que se adaptar ao carro, assim como os outros se adaptaram.

    OBS: Já que o Schumi pode, o Petrov e o Massa também têm que utilizar algum tipo de desculpa… hehe!

  7. Pneus novos todos terão no ano que vem, então se ele não mostrar a que veio, significa que não pilota mais como antes e nem está numa Ferrari novamente! Lembrando que Barrichello também teve dificuldades na Honda por estar acostumado com o tipo de freio que usou na Ferrari, até que trocou, mas não mudou muita coisa; agora pergunto: o carro era péssimo ou ele está velho também?!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s