Como a McLaren pode vencer Ferrari e Red Bull nesta reta final

O time de Woking não vive os momentos que gostaria de passar nesta reta final da eletrizante temporada de 2010. Lewis já começou a errar e perdeu importantíssimos pontos para os rivais em Monza e Cingapura, enquanto Button, apesar de um perfil mais conservador, continua atrás de Lewis nos pontos.

A verdade é que o prometido pacote aerodinâmico (o último grande up-grade da equipe para este ano) para Cingapura foi cancelado por motivos de confiabilidade e isso foi o fator essencial para vermos o baixo desempenho do time na pista noturna.

Com isso, a equipe apelará para levar este pacote em Suzuka, decretando a cartada final e a última chance de provar que o MP4-25 pode levar este campeonato apesar das dificuldades passadas nas últimas semanas.

O curioso nesta história é que Lewis foi capaz de arrancar a pole dos poderosos Red Bull e Brawns 4 vezes em 2009, tornado-se muito especiais pelo claro desenvolvimento que foi programado pela McLaren depois do mau início. Foram “apenas” duas vitórias, porém o gosto de ter superado os melhores candidatos ao título com um carro relativamente modesto por quatro oportunidades foi ótimo.

Agora a história é outra, Lewis está preparado mental e fisicamente para equilibrar esta disputa no Japão, terra onde seu ídolo Senna foi campeão três vezes (a 1ª foi contada ontem no blog) e procura encontrar o caminho da felicidade neste que é o seu terceiro ano disputando o título.

Fato curioso é que nas duas finais anteriores, Hamilton chegou em 7 pontos de vantagem para a última corrida. Em uma ficou a 1 ponto do campeão, e na outra ele conquistou o caneco com 1 de vantagem.

Button é o 2º caso, mais tranquilo e confiante em sua personalidade a capacidade de acertar o carro. Foi campeão ano passado com uma etapa de antecedência, e a corrida pelo bi deve ser feita o quanto antes para não chegar com muita pressão a Abu Dhabi.

Pelas características da pista japonesa é de se esperar que consigam andar na frente da Ferrari. Deixar a Red Bull para trás já é uma outra história mas que não é impossível.

O caminho para vencer seus dois principais rivais está no pacote a ser posto em prática neste final de semana. Se funcionar, perfeito, o time de Woking provavelmente e se tudo fluir normalmente deve chegar com chances na última corrida. Senão, é bom se concentrar em 2011 porque sem carro è impossìvel ganhar. E quem quiser ser campeão, terá que vencer no mínimo 1 corrida e rezar para que os pontos se distribuam da melhor forma possível para cada um…

17 respostas para “Como a McLaren pode vencer Ferrari e Red Bull nesta reta final”

  1. A Ferrari alcançõu os touros, pois tem um carrro melhor para circuitos de alta que o RBR e se igualou nos circuitos de medio e baixa, sendo que a Ferrari ainda pesa ter o melhor piloto e a atenção toda voltada pra ele enquanto suas concorentes não estão em mesmas condições, vejo a Maclarem com um carro muito rápido em circuitos de alta e um carro longe das Ferraris/RBRs em circuitos de media e baixa, só esse ultimo pacote de um super alento a um carro que não é o mais completo da temporada, porem é rapido e segue de perto, no mais Suzuca deve ser um divisor de aguas, pois espera-se tempo estavel, ponto para Maclaren e Button o melhor em tempos adversos, e ponto negativo pra Ferrari que prefere altas temperaturas para melhor aquecer os pneus, o consumo de pneu é outro problema, pois Bruno Senna falopu que o consumo é alto, e a RBR cuida melhor dos pneus, então tudo aberto e vamos ver o que o Japão tem a nos oferecer no quesito emoção.

    Tomas da uma checada ai nos sites gringos alguma coisa sobre o Sócio da Williams que anda falando que vai trocar de fornecedor de motor pro ano que vem, Renault e Ferrari seriam motores melhores para escuderia, já tio Ross anda vetando a venda dos motores Mercedes, medo de todo mundo andar melhor com o motor que eles produzem.

    1. “Tomas da uma checada ai nos sites gringos alguma coisa sobre o Sócio da Williams que anda falando que vai trocar de fornecedor de motor pro ano que vem, Renault e Ferrari seriam motores melhores para escuderia, já tio Ross anda vetando a venda dos motores Mercedes, medo de todo mundo andar melhor com o motor que eles produzem.”

      Claudio, li algo a respeito sim. Até agora se cogita não continuar com os motores Cosworth pela falta de rendimento. Depois, Toto Wolff diz que o rendimento melhorou e que a Cosworth encontrou seu caminho. Ou seja, há algo de errado ali.

      A Williams faz tempo que para mim não passa de um time em decadência, não aposta dinheiro em nada e só perde. Agora se diz que ela perdue dois importantes patrocinadores e está a procura de alguns. A novela com os motores…

      Enquanto isso, a Lotus que entrou este ano já está em um grande crescimento, jogou a Cosworth de lado e já irá acertar com a Renault, já usará câmbio da Red Bull ano que vem e mais, não duvido que já passe a Williams em 2011… Daqui a pouco Frank vende o time para algum arábe e adeus Williams…… Uma pena.

      1. Sobre a Williams; vi uma reportagem na CNN onde Frank Williams dizia que não trocariam de propulsor para 2011. Como tudo na F1 é passageiro…rsrs, creio que ele pode ter mudado de idéia. Quanto a ser uma equipe decadente, não concordo, ela estacionou, parou no tempo sim, mas decair não creio!!

      2. “Quanto a ser uma equipe decadente, não concordo, ela estacionou, parou no tempo sim, mas decair não creio!!”

        André, mas atualente não podemos negar que está muit mal comparando aos anos de glória. E eu não tenho a menor dúvida que o fato de Frank não depositar tanto dinheiro em projetos está se mostrando um mau negócio. A queda do time é grande, será difícil dar a remontada.

  2. Torço pra que a McLaren volte, vença a corrida e o Hamilton seja campeão, apesar de que se for colocar o “justo” em questão, justiça seria feita com Webber campeão. Então se não for o Hamilton, que seja o Webber!

    E o Hamilton faz certo em arriscar, porque se for pra ficar seguindo o outro parecendo volta de apresentação não cola não, fica parecendo que o piloto é bundão, tem medo de se arriscar. Isso se aplica ao Vettel em Cingapura.

      1. Bem lembrado Lucas. Engraçado que com outros pilotos á sua frente Vettel não teme nada, afinal já betu no Webber e Button por trás. Mas quando chega atrás de Alonso não passa. Estranho…

  3. A Mclaren ano passado evoluiu demais. Se não me engano os dois pilotos pararam no Q1 da Austrália. E depois, 4 poles e 2 vitórias, mostram o quanto o time evoluiu.
    Já esse ano foi bem diferente. O ano já começou bom, mas mesmo tendo seus altos, agora os ingleses estão em baixa. Já foi ultrapassada pela Ferrari, e se esse pacote não funcionar, esquece, eles não ganham mais.
    E não é dificil seus engenheiros não acertarem a mão, já que durante o ano, foram levadas varias “atualizações” que fizeram o carro ser pior. Mas vindo de um time grande, sempre pode se esperar uma reviravolta, então, só nos resta esperar.

  4. eu acho que a Mclaren tem a melhor dupla, mas alguns erros do Hamilton deram uma baixada de bola nele e Button até foi bemem Monza, mas em Cingapura não conseguiu ser tão competitivo. Mas ainda não se pode descartá-los,mesmo Suzuka sendo um cricuito totalmente favorável a Red Bull…

  5. se o novo pacote der certo…
    se hamilton e button se imporem…
    se…
    é muito se.
    Caso não haja instabilidade climatica e ealgum erro por parte da ferrari, alonso, nessa corrida ele tem tudo para tirar um segundo ou terceiro lugar.
    Não vejo mclarens indo pra frente, no máximo como tem sido ultimamente coisa de 4º a 6º lugar.
    Redbull sim, até para tentar mostrar que eles não perderam a mão e dar uma resposta a ferrari e fazer as coisas ficarem mais equilibradas.
    O vettel se tiver a cabeça no lugar deverá obter a pole e provavelmente com isso ganhar a prova. O hamilton deve se engalfinhar pela terceira, quarta posição com o webber.
    vamos ver se usa a cabeça ou a perna direita.

  6. Para a McLaren vencer Red Bull ou Ferrari era muito fácil ou tinha piloto de verdade e não pit-bull piloto autorama ou crash-boy, há definição para todos os gostos..ou então a Ferrari não tinha piloto capaz de ser Campeão..tá ai o grande problema da McLaren e da Inglesada-prejudicou o Actual Campeão do Mundo mandando ele “save fuel” e depois no Mónaco tapando entrada de ar do motor- enquanto o piloto capaz de ser Campeão andava por time de segunda divisão com carro se arrastando em anos anteriores, era a felicidade não total mas ganhou Campeonato na última curva achou que tinha super piloto e saiu um Mansell mais moreno e cuidado que o Nigel era um baita de um piloto..Agora que a Ferrari tem piloto a sério u minino acaba corrida a meio e vai pos braços e o resto da Pussy Cat Doll..há coisa pior na vida, há, não há?..vai ver foi por isso que o papai Hamilton deixou de ir a Grande Prémio obrigava o güri acabar a corrida antes de ir brincar com a boneca..

  7. Esse é o momento para a McLaren. Se Hamilton não tivesse problemas em Monza e em Cingapura, seria mais tranquilo, porém, o inglês arriscou e se deu mal.

    Sem dúvida, é a última chance do time de Woking, em uma pista onde os carros de Hamilton e Button têm a possibilidade de andar bem.

    Ferrari e Red Bull continuarão mais fortes, com vantgem para o time austríaco.

    Dos outros time, acho que Mercedes e Renault andarão bem, seguidas por Williams e Sauber.

  8. A dinâmica da Formula Um sempre permite sonhar. O MP4-25 é um carro razoável, tem chances de andar na frente. Devido à grande vantagem da Red Bull, Woking se perdeu em alguns momentos do desenvolvimento. Mas, assim como Lewis saiu de duas provas por combinação de erros e azar, isso pode acontecer com qualquer um dos outros pilotos que lutam pelo título…
    Até Abu Dhabi, muita coisa pode acontecer.
    Com relação ao pacote: a McLaren levou atualizações pra Cingapura e as utilizou. O que eles não utilizaram foram as que eles tinham planejado antecipar de Susuka (assim como na Inglaterra, que eles tentaram antecipar o pacote que viria na Alemanha, junto com o Blown Difuser).

  9. Ainda há esperança para os prateados. Esse campeonato não se pode descartar ninguém, mas uma vitória do time de Woking nessa corrida é imprescindível.

  10. Acho que tá mais do que na hora de a Red Bull vencer um campeonato! A McLaren parece mesmo que se perdeu no meio do caminho.

  11. Será que o VETTEL foi “bundão” em Cingapura?!

    Gente, vamos analisar as circunstâncias da “pista”/”Ferrari x RBR”, né!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s