Sauber confirma Sergio Pérez como titular para 2011

E finalmente foi dado o anúncio oficial do 2º piloto da Sauber para a temporada do ano que vem. Trata-se do mexicano de 20 anos Sergio Pérez, que é o atual vice-campeão da GP2.

O acordo, portanto, é de Peter Sauber e Carlos Slim. O bilionário mexicano entrara como sócio minoritário da equipe, mostra sua marca Telmex na carenagem dos Sauber e traz seu protegido para o cockpit do carro de Hinwil.

No ano que vem, Sérgio Perez corre ao lado de Kamui Kobayashi, com o plano de que em 2012, a dupla seja Perez e Esteban Gutierrez, outro mexicano que corre atualmente na GP3.

É provável que a equipe suíça esteja bem mais competitiva do que este ano, afinal o dinheiro investido no C30 deve ser muito eficaz. No momento é o primeiro estreante confirmado para 2011.

Perez já deu suas primeiras falas como piloto de F1:

A F1 é o sonho de todo jovem piloto de corridas, e agora este sonho está realizado para mim. Apesar de saber que este será um grande desafio, estou disposto a aceitar isso e estou orgulhoso de representar meu paìs na máxima categoria do automobilismo.

Gostaria de dar meu obrigado a Peter Sauber pela fé que depositou em mim e eu farei tudo o possível para tirar o máximo de proveito de esta oportunidade maravilhosa.

É um feito especial para o México, que não tem um rewpresentante na F1 há trinta anos, desde que Hector Rebaque saiu da categoria em 1981. Temos assim uma notícia quentíssima e que foi dada com absoluta rapidez pelo blog. Ano que vem, já sabemos que a Sauber deve se transformar na já proferida “Escudería Telmex” e deve perder o predominante branco na carenagem.

Quanto a Perez, qual é a sua expectativa para o mexicano em 2011? A seção de comentário é toda sua.

10 comentários em “Sauber confirma Sergio Pérez como titular para 2011

  1. Carlos Slim não é mais um biliónário, segundo a Forbes, é o homem mais rico do Mundo seja o que e como isso fôr..Grandes notícias para a F1, excepto aqueles que por aqui criticaram o Alonso por causa do Santander..há gente que até ter muito dinheiro é dor de cabeça..Deus os proteja porque eles a si próprios não podem..

    Ox Alá o Peter Sauber saiba gastar bem o dinheiro e faça um bólide competitivo e sejam mais uns para lutar pela frente embora com esses pilotos..ou eu me engane e os caras sejam “fera”

    • “ou eu me engane e os caras sejam “fera””

      Kobayashi é, pelo menos no meu ponto de vista. Para Pérez, será complicado, mas se o C30 for um carro para o meio do grid poderá resgatar alguns pontinhos. Mas até agora apenas estamos nas prévias…

  2. O que eu acho engraçado é o sobrenome Senna não chamar atenção suficiente para o Bruno se manter em uma boa equipe, no mínimo era para estar na Renault, mesmo lugar onde entrou o Nelsinho, as vezes é melhor ser um mexicano desconhecido como Sergio Pérez, que o sobrinho do “herói” nacional. Onde estão as empresas brasileiras para ajudar o Bruno nas horas difíceis? Brasileiro nunca muda, primeiro quer ver a medalha de ouro no peito, depois vem a ajuda…e ainda o Jumento Bueno quer tirar o mérito de pilotos vindo da Alemanha, da Espanha, Inglaterra, etc…

    • Pois é; Sérgio Perez é um ilustre desconhecido, só que com muita grana por trás dele! Já o nosso Bruno Senna nem patrocínio tem, é a família quem tá bancando ele. A Petrobrás que joga dinheiro (nosso, diga-se de passagem) pela janela com comerciais e patricinando algumas modalidades menos expressivas, bem que poderia dar uma força ao brasileiro.

      • “Sérgio Perez é um ilustre desconhecido, só que com muita grana por trás dele! ”

        Mas saber correr seguramente sabe. O dinheiro não traz resultados, e sem resultados, não se sobrevive na F1.

    • Mac, as vezes chego a pensar que como Bruno não tenha capacidade para competir em uma equipe melhor, a família esconda sua imagem na decadente Hispania. O dia que ele voltar para casa, pelo menos tentou, dirá.

      Sinceramente espero que ele mostre algo especial para subir na carreira, mas compará-lo com Ayrton já é tortura com Bruno. Engraçado que Nelsinho não sofreu tanto essa pressão com o nome Piquet.

      • Concordo, só que posso citar “n” casos de pilotos que só chegaram a F1 pelo dinheiro injetado por patrocinadores, e que pilotar que é bom, nada!!

  3. Perez vai ter que mostrar muito serviço pois Koba vai vir com tudo. Nunca acompanhei sua carreira, entao não vou falar nada, pra não mne precipitar.

    • Acredito que ele passará por um ano de aprendizado, conseguindo alguns pontos como disse acima e nada mais do que isso. Vida de estreante na F1 em equipe média (para baixo) é difícil…

  4. Acho cedo para fazer prognósticos sobre o novato mexicano. Não o vi competindo. Quanto a escuderia Sauber e a Kamui Kobayashi, acho que virão mais fortes no próximo ano.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: