Sauber confirma Sergio Pérez como titular para 2011

E finalmente foi dado o anúncio oficial do 2º piloto da Sauber para a temporada do ano que vem. Trata-se do mexicano de 20 anos Sergio Pérez, que é o atual vice-campeão da GP2.

O acordo, portanto, é de Peter Sauber e Carlos Slim. O bilionário mexicano entrara como sócio minoritário da equipe, mostra sua marca Telmex na carenagem dos Sauber e traz seu protegido para o cockpit do carro de Hinwil.

No ano que vem, Sérgio Perez corre ao lado de Kamui Kobayashi, com o plano de que em 2012, a dupla seja Perez e Esteban Gutierrez, outro mexicano que corre atualmente na GP3.

É provável que a equipe suíça esteja bem mais competitiva do que este ano, afinal o dinheiro investido no C30 deve ser muito eficaz. No momento é o primeiro estreante confirmado para 2011.

Perez já deu suas primeiras falas como piloto de F1:

A F1 é o sonho de todo jovem piloto de corridas, e agora este sonho está realizado para mim. Apesar de saber que este será um grande desafio, estou disposto a aceitar isso e estou orgulhoso de representar meu paìs na máxima categoria do automobilismo.

Gostaria de dar meu obrigado a Peter Sauber pela fé que depositou em mim e eu farei tudo o possível para tirar o máximo de proveito de esta oportunidade maravilhosa.

É um feito especial para o México, que não tem um rewpresentante na F1 há trinta anos, desde que Hector Rebaque saiu da categoria em 1981. Temos assim uma notícia quentíssima e que foi dada com absoluta rapidez pelo blog. Ano que vem, já sabemos que a Sauber deve se transformar na já proferida “Escudería Telmex” e deve perder o predominante branco na carenagem.

Quanto a Perez, qual é a sua expectativa para o mexicano em 2011? A seção de comentário é toda sua.

10 comentários em “Sauber confirma Sergio Pérez como titular para 2011

  1. Carlos Slim não é mais um biliónário, segundo a Forbes, é o homem mais rico do Mundo seja o que e como isso fôr..Grandes notícias para a F1, excepto aqueles que por aqui criticaram o Alonso por causa do Santander..há gente que até ter muito dinheiro é dor de cabeça..Deus os proteja porque eles a si próprios não podem..

    Ox Alá o Peter Sauber saiba gastar bem o dinheiro e faça um bólide competitivo e sejam mais uns para lutar pela frente embora com esses pilotos..ou eu me engane e os caras sejam “fera”

    • “ou eu me engane e os caras sejam “fera””

      Kobayashi é, pelo menos no meu ponto de vista. Para Pérez, será complicado, mas se o C30 for um carro para o meio do grid poderá resgatar alguns pontinhos. Mas até agora apenas estamos nas prévias…

  2. O que eu acho engraçado é o sobrenome Senna não chamar atenção suficiente para o Bruno se manter em uma boa equipe, no mínimo era para estar na Renault, mesmo lugar onde entrou o Nelsinho, as vezes é melhor ser um mexicano desconhecido como Sergio Pérez, que o sobrinho do “herói” nacional. Onde estão as empresas brasileiras para ajudar o Bruno nas horas difíceis? Brasileiro nunca muda, primeiro quer ver a medalha de ouro no peito, depois vem a ajuda…e ainda o Jumento Bueno quer tirar o mérito de pilotos vindo da Alemanha, da Espanha, Inglaterra, etc…

    • Pois é; Sérgio Perez é um ilustre desconhecido, só que com muita grana por trás dele! Já o nosso Bruno Senna nem patrocínio tem, é a família quem tá bancando ele. A Petrobrás que joga dinheiro (nosso, diga-se de passagem) pela janela com comerciais e patricinando algumas modalidades menos expressivas, bem que poderia dar uma força ao brasileiro.

      • “Sérgio Perez é um ilustre desconhecido, só que com muita grana por trás dele! ”

        Mas saber correr seguramente sabe. O dinheiro não traz resultados, e sem resultados, não se sobrevive na F1.

    • Mac, as vezes chego a pensar que como Bruno não tenha capacidade para competir em uma equipe melhor, a família esconda sua imagem na decadente Hispania. O dia que ele voltar para casa, pelo menos tentou, dirá.

      Sinceramente espero que ele mostre algo especial para subir na carreira, mas compará-lo com Ayrton já é tortura com Bruno. Engraçado que Nelsinho não sofreu tanto essa pressão com o nome Piquet.

      • Concordo, só que posso citar “n” casos de pilotos que só chegaram a F1 pelo dinheiro injetado por patrocinadores, e que pilotar que é bom, nada!!

  3. Perez vai ter que mostrar muito serviço pois Koba vai vir com tudo. Nunca acompanhei sua carreira, entao não vou falar nada, pra não mne precipitar.

    • Acredito que ele passará por um ano de aprendizado, conseguindo alguns pontos como disse acima e nada mais do que isso. Vida de estreante na F1 em equipe média (para baixo) é difícil…

  4. Acho cedo para fazer prognósticos sobre o novato mexicano. Não o vi competindo. Quanto a escuderia Sauber e a Kamui Kobayashi, acho que virão mais fortes no próximo ano.

Deixe uma resposta para Diego Wendhausen Passos Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: