Reflexão do difícil momento de Massa na atual temporada

Felipe Massa, Fernando Alonso e Ferrari. Assuntos que já estamos cansados de discutir mas que nunca se esgotam para continuarmos debatendo sobre. É claro que a mídia em si adora escrever artigos sobre a dupla da Ferrari e a decadência temporária de Massa. Óbvio, fornece audiência, mas ao mesmo tempo traz pensamentos tão inóquos quanto irreais.

Pois bem. O belo e articulado texto do louvável jornalista Livio Orrichio em seu blog me fez pensar novamente em Felipe Massa e sua péssima temporada em 2010. Me fez recapitular tudo o que foi escrito e dito aqui no blog sobre estes assuntos e ver que muitas vezes nós não sabemos nada, absolutamente nada do que acontece na realidade no mundo da Fórmula 1.

E Lívio tem razão quando aponta: Para me chocar é preciso muito, mas quando você ouve nos meios de comunicação, como tenho visto nesses dias, que a Ferrari o substituirá por Robert Kubica, Kamui Kobayashi ou Adrian Sutil, provoca até raiva. Como é possível a cidadãos cuja fonte de informação é exclusivamente a Internet afirmar de forma cabal tão coisa. Que inconsequência!”
O pior é que para milhões aquilo acaba virando verdade e você ouve as pessoas abordarem o assunto como se fosse algo consumado ou em vias de ocorrer. Observo isso aqui no blog. Postura presunçosa, por vezes, de alguns comentaristas, diante da inconsistência ou inexistência de argumentação. Puro “achismo”!

É incrível como a mídia adora alimentar boatos que ela mesma saiba que são mentiras, mas ao mesmo tempo se lixa na qualidade de seu produto e publica algo que sabe que vai lhe trazer leitores. Chega até ser cruel com esses leitores publicar textos assim. E pessoas que sabem que isto é mentira.

Felipe Motta, Livio Orrichio e Luiz Fernando Ramos são os jornalstas brasileiros que cobrem F1 mais respeitados porque não alimentam com tanta “fome” essas mentiras. E o meu objetivo de vida é ser como um deles. Digo isso aqui porque a minha meta profissional é me formar em jornalismo, trabalhar e viver disso, viajar pelo mundo cobrindo e escrevendo com maturidade sobre aquilo que mais gosto: A Fórmula 1.

Assim, eu vejo que muitas coisas que já escrevi aqui não tinham fundamento, confesso. Porque? Observem quando Lívio diz: Como é possível a cidadãos cuja fonte de informação é exclusivamente a Internet afirmar de forma cabal tão coisa. Que inconsequência!”

É assim que eu, outros blogueiros “comuns” e que a única forma de saber sobre a Fórmula 1 é a internet atuam! A diferença está em acreditar em tal fato ou não, em como descrever o que você lê no “Autosport”, por exemplo, e transformá-lo em um texto reflexivo e opinativo. Cada um tem sua opinião, torcida, até como Lívio descreveu, que torce pelo atual quarteto brasileiro na F1. Mas isso impede de você ser imparcial quando á uma análise? Claro que não!

Então, apatir de agora, como simples blogueiro que apenas se alimenta do que lê na internet, vou mudar um pouco minha forma de ser aqui no blog. Filtrar os assuntos, reflexionar e apartir disso elevar o nível de postagens do Blog Fórmula 1, que eu dedico o pouco tempo livre que tenho no momento.

Isso até eu me formar em jornalismo, e se tudo der certo puder trabalhar em redações e com a confiança que eu conquistar poder ocupar o patamar de Felipe, Lívio ou Ico.

Vou tratar de conversar com os leitores e comentaristas, por que sinceramente não sei porque os comentários diminuíram tanto. De qualquer forma, está todo o meu empenho em trazer algo de diferente a este espaço, não apenas o que se lê nos outros sites especializados e corretíssimos de F1. Vamos ver se junto com você posso criar uma linha mais original e formar um grupo de bons amigos para discutirmos F1 aqui, every day.

Bom. Depois desta “introdução” que eu sinceramente precisava esclarecer, vamos falar de Massa. A verdadeé que as chances de sua saída da Ferrari ao final de este ano não passam de boatos. Tudo fomentado pelo seu mal momento, obviamente,o que por vias tortas procura colocar uma pressão em cima de Felipe que não existe. Ele, só ele, sabe o que quer e pode conquistar no ano que vem pela Scuderia se puder adaptar-se, como Livio explicou, ao carro novo, concebido sob outro princípio aerodinâmico, difusor simples e não duplo, pneus Pirelli em substituição aos Bridgestone, aerofólio traseiro móvel, a volta do sistema de recuperação de energia (Kers) e o que mais pode vir. O que a verdade se aplicará aos 24 pilotos que vão alinhar no grid de 2011, apenas com consequências distintas para cada um deles.

Nesta temporada que se aproxima do fim já estamos com o principal problema de Massa neste ano: O problema de aquecimento nos pneus Bridgestone. Schumacher também sofreu de problemas com os compostos, o que talvez por sua parte justifique o fraco desempenho de ambos com relação os seus colegas de equipe.

Mas apesar disso, o grande problema de Felipe este ano foi a chegada de Alonso á equipe. E não pela força do Banco Santander que talvez nem exista, mas sim pela força pessoal e profissional que Alonso já impôs desde que assinou seu contrato. Fernando pode ser frio, como disse seu conterrâneo Alguersuari, mas como uma relação que se mostrava totalmente amigável entre Alonso e Massa (tanto que Felipe declarou na pré-temporada que já havia falado mais com Alonso em três meses do que com Kimi em três anos) se estremeceu tanto ao ponto de chegar em Hockenheim?

É complicado de ter certeza, mas de uma coisa não há dúvida: Massa sentiu Alonso na Ferrari. O asturiano não é bobo, tem um enorme talento e é um dos melhores da atualidade, além de não ser a primeira vez que conquista uma equipe para si. Vamos supor então que sim, Massa pode ser mais lento que Alonso. A diferença existiria, mas possivelmente a dificuldade com os compostos agravou isso, tornado o ano um pesadelo para Felipe. A Ferrari, como obviamente também não é boba, decidiu beneficiar Alonso de uma vez por todas, sabendo que Massa não poderia cumprir o objetivo de ser campeão porque ele memso havia admitido tal obstáculo. Portanto, sobre a Ferrari ter beneficiado Alonso, isso me parece uma atitude normal e plausível. Nesse lado Massa soube perder, o que é  de se louvar, porque poucos pilotos sabem a hora que não podem superar seus objetivos básicos.

Por outro lado, se Massa este ano está penando, o ano que vem pode ser totalmente diferente, ou não! Por isso não se podem colocar esperanças em um ótimo ano de Felipe em 2011, porque isto não pode ocorrer, mas também não se pode ser pessimista ao ponto de não acreditar mais nele. Definitivamente, nós não somos videntes para saber o que vai acontecer. Basicamente, dependerá da adapação de Massa no ano que vem.

Nesses dois princípios básicos voltamos ás diferenças entre Massa e Schumacher em 2010. Os dois tiveram problemas, apesar de que diferentes, nos pneus. Porém Schumacher não tem um colega em potencial, que apesar de estarlhe aplicando uma bela surra, não é líder de equipe e nem sequer venceu uma corrida. Já Massa tem Alonso ao lado, o que já por si não precisa de mais explicações. Assim, é necessário tem paciência com Massa, afinal este foi seu ano de transição.

Mas Felipe agora não deve pensar em 2011, ainda. Deve pensar em somar bons resultados nestas três corridas restantes, não só para ajudar Alonso pelo título, o que seria um ato de cavalherismo como ele mesmo fez com Kimi em 2007, mas também pensando na 6ª colocação no campeonato, ameaçada por Rosberg e Kubica, que só não o ultrapassaram na classificação pois as rodas dos seus carros, coincidentemente, sairam voando.

Capacidade, certamente, Massa tem.

40 respostas para “Reflexão do difícil momento de Massa na atual temporada”

  1. Tomás, em primeiro lugar penso que esse assunto já se esgotou, realmente nós que vivemos da internet não temos base de quem vive no meio da F1, o que comentamos é o que vemos nos treinos e nas corridas, depois vem a nossa visão pessoal.

    Qual é o risco para o Felipe não renovar em 2011? Se no ano que vem Massa começar a realmente a fazer frente para o Alonso, Felipe voltar recuperar suas maiores qualidades que era a raça, velocidade de classificação e voltar a sua evolução como piloto, vou voltar a falar que o acidente tirou essas três qualidades no brasileiro. Assim pode voltar sua carreira como piloto de ponta, mais perde o lugar na Ferrari/Santander.

    Como segundo piloto e é isso que o Massa é esse ano.

    1. Felix;

      Esgotar não se esgotou porque se fosse o caso não estaríamos discutindo sobre isto agora. Pois bem;

      Ainda penso que este ano de Massa foi estremecido fortemente pela entrada de Alonso. De Alonso como piloto, com suas capacidades e talento, e não involucrando o Santander, que não é o responsável por dar-lhe vitórias ou pódios.

      Felipe seguramente não estava preparado paar receber esta carga de Fernando,e estou seguro de que os problemas com o aquecimento dos compostos pioraram quaisquer chances de ele poder mostrar algo.

      É um período transitório, de mudanças. E tudo estará lançado ano que vem, restando a alternativa (mas não certeza) de vermos o bom e velho Felipe.

  2. Não querendo culpar, mas acredito que o maior problema do Massa é o psicológico. Ele estava num ritmo legal até ceder o lugar para Alonso. Não que seja especificamente por aquela ação, mas um conjunto de falhas o desanimou.

    1. Sim, é por aí Willian. Principalmente porque Alonso deve ter exigido suas preferências dentro de Maranello. A Ferrari de um modo cedeu, e Massa sofreu/sofre as consequências dessa decisão.

  3. Tomas,
    Meus parabens, qdo escrevi minhas criticas muitos disseram que eu era mau educado , que estava te comparando com profissionais com anos de profissao enfim, nao era o objetivo , nunca quis comparar nada, apenas sei que vc nutre esse objetivo e de verdade , vc esta no caminho certo , mas para ser bom em algo vc precisa de muitas coisas e principalemente saber ter autocritica e as vezes ser humilde e reconhecer seus erros ou pontos fracos.
    Quando citei i F1 Around , foi nada mas por sentir que o Becken te fazia um blogueiro melhor, dando ideia para seus posts e analises, assim como os jrnalistas citados por vc podem e estao fazendo vc melhorar.
    O mundo profissional eh extremamente duro e competitivo e nao eh por que vc tem 14 , 15 ou 50 anos que isso possa ser usado como justificativa.
    Se vc ve ao Felipe Motta por exemplo, ele tem pouco tempo de F1 , eh extremamente dedicado, humilde e principalmente aberto as criticas, cada dia que passa ele ganha mais meu respeito, em contra partida nao consigo ler ao Fabio Seixas que jah foi reporter de campo na Bandeirantes mas perdeu o contato com os autodromos e hj vive de noticias de fontes nao muito confiaveis e para mim se transformou na Fofoqueira da F1 , enfim.
    Desculpe o meu texto longo, mas realmente fiquei contente em ler o que vc escreveu e torco para que vc tome esse rumo, nao se abata com as criticas e consiga recuperar os seus leitores passados e melhor ainda , lograr trazer novos com melhores textos e analises.
    Boa sorte garoto,
    Fernando

    1. Fernando;

      Obrigado. Eu fico muito contente também em ver que você mudou de opinião. Seriamente eu necessitava “desabafar” isso. E foi bom ter percebido que você entendeu.

      Quanto à influência que Becken excerceu em mim, é a pura verdade. Posso até dizer que foi ele que me fez mudar a algo diferente. Eu normalmente com 13 anos alimentei meu conteúdo com o modo dele escrever, que eu gosto até hoje.

      Pouco a pouco vou desenhando meus próprios traços, guiando minhas perspectivas. Obrigado.

  4. Como o amigo acima falou, o problema do massa concerteza é psicologico (claro junto com o problema de pneus e etc como vc citou). mas com a pressão que vem recebendo do brasil e do mundo, depois do dia que foi ultrapassado pelo alonso de maneira proposital, isso acabou com ele. a pressao esta mto grande e ele com ser humano nao esta aguentando (e diga-se de passagem poucas pessoas aguentariam) aliado aos fatos como o acidente, nascimento do seu filho, alonso santander e etc devem estar fazendo um nó na sua cabeça! eu estou com pena do massa, eu o admiro muito pelo que fez até hoje, pode nao ser o melhor piloto do mundo, mas acho que deviam apoia-lo um pouco e nao ficarem atirando pedras. lembro me bem como fizeram com rubinho, que é um bom piloto mas por ser tao pressionado acabou “tremendo” em horas que tinha que ser forte e hj em dia quando se cria expectativa em cima dele, ele faz alguma m* de tanto que sofreu nesse brasil! estamos pagando um preço caro por termos tido o maior piloto de todos, as pessoas nao entedem certas coisas e querem outro senna, o piloto precisa ser perfeito ou nao vale nda!
    Felipe estou com voce, confio e querer ver vc de volta.

  5. Parabens Tomas. As vezes eu sou trazido a esse espaço pela chamada que recebo na minha caixa postal, o assunto me atrai, pois apesar da decepção, que o jogo de equipe me causou, não que eu ache, que esse jogo não existe, mas por ter sido prematuro, pela conivência do Massa e pela imposição da Ferrari. Apesar de jurar a mim mesmo, que não perderia mais meu tempo com a FI, não resisti, afinal estou nessa desde os tempos do Emersom. Vi o “Moco” ser o primeiro brasileiro a ganhar o Grande Premio Brasil, torci feito louco quando o Senna venceu sem cambio e quase não consegue levantar o troféu, e pior, assisti a morte do Ayrton e o fim de uma geração de vencedores brasileiros na FI. Barrichello estava nascendo, e logo foi engolido pela necessidade de ser o sucessor de Senna, alguns outros pilotos brasileiros passaram pela FI e nada acrescentaram ao rol de bons pilotos, que o Brasil produz. Finalmente parecia a redenção, Felipe Massa surgia, e com ele as esperanças da galera se renovaram. Talvez os fantasmas não só o do falecido Senna, mas o de Emersom e Piquet, tambem passaram a perseguilo. Brasileiro não aceita nada menos que a perfeição, tanto que prefere torcer para os que acham perfeitos a torcer por Massa por exemplo. Eu me vi nessa situação, exigente demais com o Massa, mas nunca torcendo contra ele em nenhuma circunstancia, talvez por isso a minha decepção tenha sido um pouco maior que a realidade dos fatos. Ao ler a seu “mea culpa” de hoje, achei, que havia chagado a hora de rever os meus conceitos e por isso estou aqui de volta, para lhe dar os parabens por sua humildade em reconhecer suas falhas mas tambem para expor as minhas, afinal, não consigo ficar desligado de um assunto, que me acompanha a sei lá quantos anos e para mim é um esporte e não uma guerra fratricida, só torço, para que assim como você e eu, que hoje estamos revendo conceitos, alguns comentaristas que passam por aqui, façam o mesmo e o ajudem a fazer um blog de alto nivel, onde o importante é discutir o esporte e não nossas preferencias pessoais.

    1. “Ao ler a seu “mea culpa” de hoje, achei, que havia chagado a hora de rever os meus conceitos e por isso estou aqui de volta, para lhe dar os parabens por sua humildade em reconhecer suas falhas”

      Newton, que ótimo. Muito agradável ter aqui você de volta. Grande abraço.

  6. Olha, concordo com (quase) tudo!
    Muito inteligente e maduro o início do texto. Pilotos, naturalmente, sonham em chegar a F1. Mas acho muito mais bacana quando conheço jornalistas, engenheiros e químicos compartilhando o mesmo sonho.
    Sobre Massa, muito legal a abordagem, mas tenho que discordar com este trecho:
    “…é necessário ter paciência com Massa, afinal este foi seu ano de transição”.
    Este ano é transição para Senna, depois de 1 ano parado, entra em 2010 dirigindo uma carroça. Entretanto, não terão paciência com ele, e este pode não ter equipe no próximo ano.
    É transição para Schumacher: mesmo na faixa dos 40, depois de um bom tempo sem pilotar um F1, volta a um carro totalmente diferente, com um companheiro de equipe talentoso focado unicamente em supera-lo.
    Para Massa, não! Ele tem tempo de F1 e Ferrari suficiente para saber como as coisas funcionam. Torço para o ano encerrar logo, pois tenho certeza que em 2011 Massa vem com “fogo nos olhos”.

    1. Bom, Vito, temos que ver que as transiçoes são casos diferentes.

      Citando o que você escreveu sobre Bruno:

      “Entretanto, não terão paciência com ele, e este pode não ter equipe no próximo ano.”

      Exato. Mas com Massa vai acontecer isso em 2011? Não. Alguém vai perder a paciência com ele? Mil vezes não.

      Ou seja, são pressoes, objetivos e destinos diferentes!

  7. Surra por surra, a situação do Massa é muito pior! Schumacher esta 68 pontos atrás de Rosberg, curioso é que Massa esta mais longe, 78 pontos atrás de Alonso! Na Mercedes todos estão focados em 2011, mesmo que Schumacher estivesse no nível de Rosberg, a Mercedes ainda seria a quarta força com 244 pontos(Ferrari tem hoje 334), então na Mercedes o problema é mais carro que piloto, Rosberg esta pilotando muito bem, com Schumacher a Mercedes sabia dos riscos da volta após 3 anos, sabia que poderia passar por adaptações ao carro e regras, por isso Schumacher não tem cobranças, já avisou que seu trabalho é a longo prazo, esta tranquilo, o maior desafio é fazer a equipe crescer! Na primeira corrida a Mercedes tomou 44 seg do líder, no Japão foi pior foi 1 minuto, Schumacher esta empurrando com a barriga faz tempo, o carro é muito ruim, Alonso fez isso em 2009! Já na Ferrari a história é outra, ela quer brigar pelo título com Alonso, renovou o contrato de Massa (que não é barato, ganha mais que o atual campeão Button), se Felipe não esta motivado Montezemollo não quer saber, já cobrou resultados, e em 2011 se Massa não for bem esta fora da equipe para 2012, foi assim com Kimi!

    Temos que lembrar que Felipe em nenhum momento reclamou de favoritismo à Alonso antes do GP da ALE, se ele tivesse com performance semelhante ao espanhol jamais deixaria Alonso vencer na ALE, nem a Ferrari ousaria pedir. O problema vem muito antes, Alonso massacrou Massa em treinos e corridas, Massa facilitou as coisas na ALE, ao mesmo tempo mostrou insatisfação, mas ele reconheceu que a melhor chance para brigar pelo título era focar em apenas um piloto, aquele que estava superando melhor as adversidades! A Ferrari gastou 30 milhões para contratar Alonso(mais 16 do fundo do garantia do Raikkonen),ela não gastaria essa fortuna se Massa fosse um baita piloto. Alonso é investimento de longo prazo(assim como foi Schumacher no passado), mesmo que não consiga ser campeão em 2010, Alonso vai ser sempre a aposta da equipe, é muito mais piloto e acabou de chegar, é Bi-Campeão e o piloto mais completo da atualidade! O tempo de Massa na Ferrari esta acabando, sua última chance é em 2011! Pior que sair da Ferrari é não continuar em equipe de ponta a partir de 2012! Se isso acontecer, o Brasil vai passar um longo jejum de vitórias…títulos, pode esquecer! E quem sonha com Rubens na Williams, não se esqueça que a equipe passa pela pior crise das últimas décadas, a Williams poderá ter de contratar um piloto pagante pela primeira vez desde 1977, voltar a ser equipe grande em poucos anos, muito difícil. B.Senna e Di Grassi se permanecer uns anos na F1, já pode considerar um feito, não passam disso! O Brasil não tem mais moral na Formula 1, só o Galvão e a torcida não perceberam…é triste, mas é a realidade!

  8. O problema do Massa não é psicológico, e sim, velocidade.

    O ritmo dele continua igual, é que o Alonso desbanca esse “ritminho”, e aí da a impressão: “Olha, o massa perdeu ritmo, ele não é mais como antigamente.”

    A verdade é uma só >>> O Massa JAMAIS irá desbancar o Espanhol voador. O Alonso não é um Kimi da vida, ele sempre está querendo vitória, sempre quer mais, mais e mais. Pra desbancar o cara, o “Felipe Massa do Brasil” tem que… Ah, esquece, isso nunca irá acontecer.

    OBS: A verdade, por mais que possa parecer uma perseguição, tem que ser dita.

    PS: Éh, falaram mal do Nelsinho Piquet, mas o Massa está sendo massacrado pelo mesmo piloto, um tal de Espanhol voador, vulgo Fernando Alonso das Astúrias, o piloto de F1 mais completo da atualidade.

    Desculpa de 2010 = Pneu
    Desculpa de 2011 = ???

      1. Preciso prever?! rs

        Eu disse que este ano, o Massa seria capacho do Alonso. Acertei! Previ o futuro? Não! Mas sei entender quando um piloto é bom ou meia-boca.

      2. Quer apostar quanto comigo?!

        Com o Barrichello (2009) foi a mesma coisa, tive que aguentar “fanáticos lunáticos” me xingando e dizendo: “O Rubinho será campeão este ano, ninguém segura, ele irá calar a boca de todos.”

        Hoje é eu que calo!

      3. Mas é aí que está a questão, Lucas…

        Para o Massa ganhar de um companheiro, ele não pode ser um Alonso.

        Não digo que o Massa é ruim, mas ganhar do Alonso, é impossível, o cara tira leite de Pedra; Faz o “Chuck Norris” pedir água.

        Não entendeu a assertiva?! Explico.

        Veja o Barrichello, está à frente de seu companheiro de equipe, o jovem “Hulkenberg”, mas quando teve “Schumacher” e “Button” do lado…

        Preciso finalizar?!

      4. quer apostar o que que o cara tá certo?
        vamos aos fatos, ja´que o post fala em ser sensato, correto, etc…

        A imprensa, a internet, blogueiros, internautas (poucos no brasil é verdade) colocavam o espanhol na ferrari.

        E o que se dizia no Brasil especialmente? “…. não. Isso é boataria, isso é impossível, isso …. aquilo outro…. etc e tal.”
        O que aconteceu? o espanhol tá lá e desbancando o Massa.

        O que se dizia sobre o desempenho do alonso em cima do massa no inicio do ano? (os mais centrados, aqueles que conhecem o histórico e o desempenho do espanhol diziam que era questão de tempo pro espanhol dominar o massa.)

        O que aconteceu? em poucas corridas (e treinos também) o espanhol dominou totalmente o massa, inclusive com aquela fatídica entrada boxes no gp da china.

        daí ficou uma eterna briga entre massistas e alonsistas nos blogs:
        o massa vai levar pau… (alonsistas, baseados não em achismo mas na perfomance do alonso)
        os massistas… não, ele é melhor que o kimi, disputou o título de 2008, blá…blá…blá.

        E????
        taí o resultado: alonso disputando o título com o mesmo carro que é fornecido a massa.

        Tá bom, o massa não é ruim. Verdade. Muito bom piloto. Mas bonzinhos não vencem, bonzinhos não ganham.
        (vide história do galo bom e do galo mau)

        Desculpem mas apensa de ler e acompanhar os jornalistas acima, o fato de torcerem pelo massa lhes atrapalha um pouco.

        É evidente que seria preciso ser vidente para afirmar com certeza que o massa ou quem quer seja, vai se dar bem ou se dar mal.

        Mas apesar das mudanças que ocorrerão, o fato é que massa começara o ano que vem psicológicamente atrás. Os pneus pirelli não deverão trazer grandes e significativas mudanças em seu primeiro ano, pois não irão queimar a imagem deles como que produz pneus inferiores a que saiu (bridgestone) então farão compostos que durem bastante.
        Quanto a aquecimento melhor dos pneus passa por um chassi mais eficiente e forma de conduzir o monoposto.

        ALonso passou dois anos amargando uma renault em decadência, mas mesmo assim conquistou pontos e desempenho acima da média. Inclusive em 2008 se não me engano, num período de x corridas foi quem mais marcou pontos.
        Eu fiz o levantamento e postei algumas vezes isso. Fez mais que massa, hamilton, kimi (postulantes ao título)

        Massa não é líder, não vai reverter isso dum fim de temporada para o inicio da outra e está atrás psicológicamente.

        Façamos uma aposta simbolica com alguma coisa valendo em termos culturais ou outro sentido qualquer, de repente sorteando alguma coisa (tipo um boné, uma camiseta autografada do alonso ou do massa e doando a uma instituição de caridade, ong, ou outra coisa parecida)

        Faça uma enquete: quem acredita que o massa vai dar a volta por cima e se sair melhor que o alonso ou se equivaler ao espanhol em 2011 e quem acha que o alonso novamente vai se sair melhor e massa sai da ferrari ao fim de 2011.

        e no decorrer de 2011 vai-se colocando e lembrando desse artigo, dessa enquete. simples.

        Desde já dou minha cara a tapa: acredito que alonso novamente vai se sair melhor que o massa. Digo mais: digo que o piloto de autorama se disputar o titulo ano que vem, vai errar de novo nos momentos decisivos.

        esse ano não perdi: disse desde o inicio do ano ( é só pesquisar meus posts) que o massa ia levar uma surra do asturiano. Levou.
        Faz uns cinco gps que disse que o rã-miltu iria errar e ter a cota dele de azar nos momentos decisivos.
        Acertei.

        (não sou mãe dinah, não sei o numero da megasena, mas é óbvio que olhando para o retrospecto desses pilotos só daria esses resultados.)
        Então não é exercicio de futurologia. é logica.

        Mas se vossas senhorias acham, imaginam que não é assim, é só declararem sua opção quanto ao massa ou o espanhol e acompanharmos isso no decorrer do proximo ano.

        Bom campeonato a todos desde já.

  9. Eu só não comentei esses dias porque estava viajando.

    Alonso é melhor que Felipe. Mas não 7, 6 décimos. Deve ser coisa de 1 ou 2, já que são 2 grandes pilotos. Com o novo carro ano que vem, podemos ver a diferença ser essa menos, ou então pode ser muito maior. O jeito é esperar pra ver.

    1. Ok Lucas.

      Sobre os décimos, é difícil cravar um número exato, até porque este devem mudar de corrida a corrida, dependendo da adaptação ao carro e os pneus, a grande pedra no sapato de Massa este ano. 2011 é futuro, imprevisível. A situação para Felipe pode ser pior, igual ou melhor, ninguèm sabe.

  10. esteve numa média geral entre 0,4 e 0,6
    no f1 around tava cheio de graficos. é só pegar essas analises por lá e continuar com as estatisticas nas provas restantes.
    Se somar tudo, dividir, multiplicar, diminuir…
    vai dar no mínimo 0,3
    será que vou ter que apostar isso ???

    quem quer perder nisso também levanta a mão

    1. WILSON

      ME FAZ UM FAVOR E VAI VER O POST DO

      COM POUCAS CHANCES DE TITULO, MCLAREN JÁ FOCARIA EM 2011?

      COMENTÁRIO MEU A SEGUIR O SEU PARA NÃO HAVER MAL-ENTENDIDOS

      ABRAÇO

  11. beleza…
    pelo menos na mídia, na imprensa
    alonso e button já declararam que vão ao ataque para tentar fazer as coisas darem um rumo diferente no campeonato. se o hamilton aloprado também resolver mostrar serviço, mais vetel, mais koba, então vai ser divertido.

    Mas será que vai mesmo?
    torço sinceramente que sim.

  12. Esperava mais do Felipe Massa, até por que o brasileiro esteve bem competitivo correndo ao lado do finlandês Kimi Raikkonen, que apesar de não ser tão veloz quanto Felipe nas classificações, quando estava bem, mostrava força. Kimi é um piloto de alto nível, foi campeão mundial, descontando uma grande diferença e aproveitando-se das brigas internas da McLaren.

    Fernando Alonso é um piloto tão talentoso quando Kimi, mas, diferente do nórdico, trabalha nos bastidores, buscando total apoio da equipe.

    Felipe Massa foi bem nas duas primeiras etapas, mas depois do episódio da China, não conseguiu mais andar como antes, perdendo terreno dentro da equipe e no campeonato. Na Alemanha, entregou a vitória que tinha tudo para faturar, azedando de ver o ambiente em Maranello.

    Agora nos resta esperar o próximo ano. Massa já conseguiu se superar em 2008, quando Raikkonen teve um bom início e o brasileiro errou nas duas primeiras etapas, sendo duramente questionado e até cogitada sua saída da Ferrari antes mesmo do fim do ano.

    Quanto às notícias publicadas, é muito marketing. Sou jornalista formado e digo que isso é para vender matéria, criar expectativa na cabeça do torcedor. Também fico super curioso com os rumores lançados. É uma situação do tipo, o que vai acontecer, como ficará o cenário caso ocorram as mudanças cogitadas, os fins são logísticos e comerciais, basicamente.

  13. Caro Tomás,

    Hoje mencionei você lá no ultrapassagem, num comentário. Você me lembra um pouco como eu era na sua idade, a paixão pelas corridas e a tentativa de me informar cada vez mais sobre o tema.

    A diferença é que naquela época não havia internet e nossos ídolos eram os pilotos brasileiros, logo eu não sonhava ser jornalista, mas piloto…risos

    Caso você me permita, vou tentar lhe dar uns toquer que eu daria a um filho ou irmão mais novo, ok?

    1. Leve o blog menos a sério. Faça pelo prazer, sem grandes pressões.

    2. Não se ligue tanto nas estatísticas do blog. Procure curtir os textos, os assuntos, a companhia daqueles que frequentam esse espaço. Daqui para a frente você vai começar a enfrentar cada vez mais pressões na sua vida (vestibular, namoradas, emprego, casamento, etc). Não antecipe nem crie um peso a mais e pior, antes do tempo. Muito tarde tá podre, mas muito cedo tá verde. A fruta só dá no tempo….

    3. É muito normal que você se inspirasse no Becken, que fazia um trabalho primoroso no F1Around. Não encuque muito com isso, você é jovem e “com o passar do tempo” vai imprimindo suas digitais e ganhando personalidade. Antes copiar o Becken a um bando de bobagens que tem por aí…

    4. Gosto do Lívio, mas achei o desabafo dele meio exagerado. Com a internet a informação hoje é muito mais democrática. Mesmo longe das corridas (o que poucos no mundo conseguem acompanhar de perto mesmo) uma pessoa que queira se informar em várias fontes de consulta e tenha um bom raciocínio lógico pode fazer um grande trabalho. Novamente cito o Becken como exemplo. Também tem o Mike Vleck do FormulaUK.

    5. Ao longo da sua jornada você vai enfrentar MUITAS DIFCULDADES, nem se iluda que vai ser moleza porque você tem aptidão pela coisa, que não vai, mas por outro lado tudo é possível a você se REALMENTE se dedicar. Jean Alesi foi um dos pilotos mais talentosos que vi…pequise os resultados dele. Damom Hill nunca foi um grande virtuoso,mas veja quantas corridas venceu….Resumindo : Na vida real o esforço tem no mínimo o mesmo peso do talento…

    Um abração,

    Sirlan Pedrosa

  14. Alonso faz toda a polemica, quer ajuda de um companheiro que deu ordens para deixar passar, Massa ta andando com o carro que não rende pra ele, um desenvolvimento que durante o ano se voltou todo pro Fernando Alonso, agora é isso precisando do piloto que você esmagou e jogou pro lado, e uma pena a ferrari jogou pra vencer sozinha com Alonso, se perder o azar é dela e do Alonoso, se ganhar os meritos tambem, Massa virou apenas um papel secundário na novela Ferrari/Alonso, Koba não é um piloto perfil Ferrari nem tampouco um piloto com estilo pra 2º piloto, se colocar o Kubica pra correr com Alonso um abraço ele vai andar mais que o espanhol o Sutil cairia bem como 2º piloto, resta saber se ele que, agora o mais inteligente para Ferrari é continuar como estar, afinal Massa conhece a equipe e continuará a fazer o que ele manda, enquanto outros teria que adaptar, e nem todos gostariam de correr onde não terão chance…..Muitos vão dizer que não tem nada a ver o Alonso com desepenho do Massa, mas tem sim, basta lembrar que Shumacher ganhava tudo com carros que saiam de traseira, e todos os seus companheiros tinha dificuldade de acompanha-lo, não por estupidamente melhor, mas pelo fato do carro ser acertado apenas pra ele, veja hoje o que é Shumacher com um carro desenvolvido sem o seu jeito, lavada….

  15. Bom, ano que vem vai ser o tira-teima, porque fora a mudança dos pneus, teremos a proibição do difusor, a distribuição de peso igual para todas as equipes e talvez o aerofólio traseiro regulável. É bom o Massa se adaptar rápido e encarar o Alonso de igual pra igual, do contrário é melhor arrumar as malas para outra equipe.

  16. Tomás

    Se apoquenta não. Uma das razões para descer o nº de comentários é que posta demais, um assunto não esgota e vai e mete outro, um dos segredos de um grande número de entradas é deixar continuar a discussão-sem proliferar com trolladas- escolha um tema trate-o bem e depois deixe no ar dois ou três dias..depois que alguém te fez uma crítica por aqui começou postando muito assunto-interessante -mas não deixava madurar o debate.
    Outra razão para o reduzir de número de comentários foi o do assunto desse post, não se esqueça que apesar de não estar no Brasil um dos assuntos aqui do Blog era a temporada do Felipe como ela meio acabou também acabou esse número de comentários patriota e nacionalistas

    Um Abraço e bem-haja

    Vá com calma o Mundo não deve acabar amanhã e vai sobreviver a todos ou quase todos os que andam por aqui.

  17. Assim como o segundão Barrichello, o Massa deixou de ser um piloto de F1 o dia em que obedeceu à ordem da Ferrari na Alemanha.

    Não adianta chorar agora, se obedeceu é porque não confiava na própria capacidade, ou seja, até o próprio Felipe Massa sabe que Alonso é mais piloto do que ele.

    Portanto, se o momento é difícil para Massa, a culpa recai em seus próprios ombros e na patente superioridade do piloto espanhol.

    O fato é que Alonso é mau caráter, pilantra e dissinulado, mas, é também, senão o melhor, um dos melhores pilotos do GRID.

    E não me venham com o papo de que o Santander e a Ferrari favorecem Alonso, que os pneus o prejudicam, que ano que vem ele pode disputar alguma coisa. Se Massa se impusesse na Alemanha, talvez tivesse alguma chance de reverter o quadro, a partir do momento em que nem ele acreditou que pudesse superar Alonso (pois abriu passagem), sinalizou para a equipe que era mesmo um capacho, então, nada mais natural do que a Ferrari esquecê-lo e focar no pilantra das Astúrias.

    Na F1, ética, espírito esportivo e integridade moral são características raras e que não fazem ninguém ser campeão, ao contrário, muitas vezes militam contra o piloto.

    Sou crítico de Alonso e, principalmente, da Ferrari, mas com quase 30 temporadas nas costas como espectador, não sou cego, Alonso não é melhor que Massa, na verdade, é muito melhor que Massa (como piloto).

    Isso só me faz ficar triste por termos perdido Nelsinho Piquet, pois ele, em situação claramente desfavorável, muito pior do que a de Felipe Massa enfrenta, conseguiu andar algumas poucas vezes junto de Alonso, mostrando que tinha potencial para crescer na categoria.

    Ainda assim, creio que Webber vai acabar sendo o campeão devido à superioridade das RedBull e sua regularidade.

  18. Tomas…blz?
    Não se preocupe com o numero de comentarios, todos as pessoas que passam por aqui, nesse seu blog, que vem desde o blogspot, sabem que é de bom conteudo, novamente, o numero de comentarios é o de menos, o importante é manter a sua forma de pensar, e não mudar por causa de outros escritores, por causa do numero de comentarios, ou outra coisa.
    Me diga, quem que você acha que entende de F1, e lê na internet, que gosta do que o Livio escreve?
    Na boa, como eu disse, a varias pessoas (engraçado, eu com agora 15 anos, falando para outras pessoas) o segredo é ser persistente no que você faz, e que faz muito bem, já me cansei de dizer que você é um dos caras que eu conheço, e te considero como amigo, que tem uma opinião, e forma de escrever, bem formada.
    Não fique se preocupando com isso, serio, falo isso como amigo, que anda sem muito tempo, hoje em dia.

    Que fazer um pequeno teste, que tenho certeza que vai dar certo.
    Olhe os outros blogs, não para comparar o conteudo de um com o outro, mas sim o numero de comentarios. Pode ter certeza que caiu – Só não comento uns aqui, porque acho chato.

    Seja persistente no que você quer para você.

    No que precisar, estou aí.
    Abraços e até mais

  19. Jornal inglês levanta dúvida sobre baixo desempenho de Felipe Massa

    As performances de Felipe Massa desde o GP da Alemanha, quando a Ferrari mandou que ele cedesse a vitória para Fernando Alonso, têm levantado dúvidas sobre o compromisso do piloto brasileiro em ajudar seu companheiro de equipe, Fernando Alonso, vencer o campeonato de pilotos, bem como o seu futuro na Ferrari.

    Durante o fim de semana do GP do Japão, o chefe de de equipe, Stefano Domenicali, foi forçado a negar as especulações pela enésima vez que Massa já não será um piloto da Ferrari em 2011, descrevendo os rumores como “categoricamente errados”.

    No entanto, isso foi antes de Massa não conseguiu chegar ao Q3 e, em seguida bater na primeira curva da corrida em Suzuka. No paddock da Formula 1 há um forte sentimento que Massa simplesmente decidiu não ajudar Fernando Alonso após o uso de ordens de equipe pela Ferrari em Hockenheim, que lhe custou uma vitória quase certa no aniversário do seu acidente quase fatal em Hungaroring.

    Durante o jantar em Yokkaichi, onde estávamos hospedados, essa teoria foi discutida entre alguns jornalistas e posso relatar que a maioria tem a opinião de que Felipe está dando uma banana para a Ferrari. Os comentários recentes feitos pelo presidente da equipe, Luca di Montezemolo, foram considerados significativos. Antes do GP do Japão, di Montezemolo disse que esperava que “Massa tivesse grande perseverança em tirar pontos dos rivais de Alonso”, tornando claro que a equipe deve vir antes do indivíduo. Imediatamente após os eventos de domingo, ele acrescentou: “Tenho certeza que ele [Massa] vai ser a surpresa das últimas três corridas da temporada. Após esse dia ruim, ele está desesperadamente ansioso para reagir e vamos fazer de tudo para dar-lhe a possibilidade de vencer.”

    Um jornal italiano – La Razon – descreveu os comentários di Montezemolo como um “sutil, mas poderoso ultimato” a Massa.

    Mesmo Fernando Alonso está começando a participar da ação, pedindo a seu companheiro de equipe para levantar seu jogo. “O Grande Prêmio da Coreia pode ser determinante para alguns – e para mim será importante poder contar com o meu companheiro de equipe Felipe”, disse ele. “Eu sei que ele vai realmente querer compensar os dois resultados negativos que teve, e ele tem a capacidade necessária para voltar ao pódio.” Alonso tem o pódio em mente para Felipe, não a vitória.

    Está tudo configurado de maneira intrigante para as três últimas corridas. Em teoria, Massa deve ser uma das maiores armas de Alonso. Esse é o ponto das ordens de equipe (que a Ferrari não tem quaisquer restrições morais sobre o emprego). Ele “deve” tomar pontos das McLarens e Red Bulls, permitindo que Fernando o ultrapasse e segurando os outros, se necessário. Não fazer isso só vai aumentar a especulação de que ele está trilhando seu caminho para fora da Ferrari.

    Borbulhando sob a superfície é a questão do que exatamente Massa assinou quando ele renovou seu contrato no começo do verão europeu. Será que foi como segundo piloto de Alonso? Havia uma cláusula que dizia que quando a Ferrari sentir que um piloto está fora da disputa do título ela pode começar a favorecer o outro? Deveríamos ter simpatia por ele, se fosse esse o caso (afinal, ele ganha milhões da Ferrari…)? Em última análise, será que Felipe pode esperar igualdade de tratamento na Scuderia?

    Estou indeciso sobre esta última. Eu quero acreditar que a Ferrari vai permitir que os seus dois pilotos lutem até ao momento em que julgarem prudente. Eu quero acreditar que Felipe tem, portanto, uma chance de ganhar o título mundial, desde que ele comece uma temporada com força suficiente. Eu vi como a equipe reagiu após seu acidente na Hungria no ano passado. Eles realmente pareceram uma família onde Felipe era amado. Mas, no outro lado da moeda, a Ferrari tem muita história nesta área e Fernando é um dos pilotos mais cruéis da história – de modo que não me surpreenderia se ele ou a equipe já tenham armado tudo desde o início.

    Pessoalmente, acredito que Felipe vai ser um piloto da Ferrari no próximo ano. (Quem mais eles teriam? Robert Kubica está sempre sendo mencionado, mas eu não acho que ele iria querer ser o segundo de Fernando e acho que Fernando o considera muito perigoso). Eu acho que a sua motivação e confiança foram seriamente prejudicadas pelo que aconteceu em Hockenheim. Claramente, ele não está guiando bem. O argumento dos pneus – que ele não consegue fazer estes compostos Bridgestone trabalharem – pode muito bem ser verdade, mas não é bom o suficiente.

    Se Felipe não melhorar na Coreia, no entanto, ele certamente não pode deixar de dar 100% no Brasil. Ele ama Interlagos e terá o apoio da torcida, e não seria surpresa se ele chegar ao pódio. Imagine se ele for obrigado a abrir caminho para Fernando ganhar lá? Se ele aceitar não haveria um motim. Mas se ele recusar, a minha previsão para 2011 pode ser furada.

    Tom Carry é correspondente do jornal britânico Telegraph para a Formula 1 desde dezembro de 2008

    1. Bom, é aqui que a porca torce o rabo.

      Se você fosse sacaneado pela sua equipe, a qual você defendeu com unhas e dentes durante vários anos, mesmo depois de várias cagadas (vide Cingapura 2008), você iria ter motivação para dar o seu melhor, para entregar o título nas mãos do piloto que, junto com a equipe, te deu aquela sacaneada? Tem de ter muito sangue de barata para obedecer o chefe da cosa nostra, o carcamano Montezemolo (da mesma laia que Berlusconi).

      Repito, Alonso é mais piloto que Massa, mas, é inegável que não precisavam ter tirado a vitória de Massa na Alemanha. Era um dia especial para o brasileiro (um ano de sua tragédia na Hungria 2009). Seria uma momento de redenção e união da equipe. Ao contrário, foi um momento de vergonha para todos os envolvidos e muito constrangedor para Massa.

      Talvez, os sete pontos que Alonso conseguiu na Alemanha com a ordem de equipe fossem ganhos facilmente nas últimas três corridas se Massa estivesse com motivação, sem a sensação de que a equipe o apunhalou pelas costas e que é apenas um capacho descartável.

      Massa está destruído psicologicamente, o ocorrido na Alemanha parece que acabou com sua carreira, e, muito provavelmente não vai conseguir mais nada esse ano.

      Acho que Alonso terá de correr sozinho (coisa que consegue sem problemas) e ganhar as corridas que restam, aliás, como todos os outros concorrentes ao título. Acaba sendo mais justo com o campeonato e com o próprio Alonso, que, se ganhar, poderá dizer que ganhou sozinho, sem a ajuda de um perdedor como Felipe Massa e sem a necessidade de computar os pontos ganhos na Alemanha.

      Eu aqui vou torcer pelo Webber, Vettel, Hamilton, Kobayashi…rs…

  20. WILSON

    ME FAZ UM FAVOR E VAI VER O POST DO:
    COM POUCAS CHANCES DE TITULO, MCLAREN JÁ FOCARIA EM 2011?

    COMENTÁRIO MEU A SEGUIR O SEU PARA NÃO HAVER MAL-ENTENDIDOS

    ABRAÇO

  21. Quanto ao teu desejo de ser jornalista, pode ser que um dia nos encontremos no paddock. É que o meu objetivo é exatamente esse, só que à maneira portuguesa de Portugal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s