Possível título de Alonso estaria desvalorizado?

Anda circulando uma conversa paralela no paddock, agora inflamada por Max Mosley, que se Alonso vier a conquistar o título de 2010 por uma diferença ao vice de menos do que 7 pontos, estaria desvalorizando a Fórmula 1 -e indiretamente o tricampeonato do espanhol. Ok, chegada á está altura, Hockenheim ainda é lembrada como a prova mais suja da temporada, onde a Ferrari excecutou a polêmica ordem de equipe, caçando a 12ª vitória de Massa em favor da 23ª de Alonso, o que estaria colocando em xeque o campeonato de Fernando.

Certo. Mas… A FIA já não chamou em julgamento a Ferrari para decidir se haveria uma punição (maior que a financeira) sobre tal ação? A resposta é sim, ou seja, qual é o sentido de dizer, para os dirigentes, que o título de Alonso estará desmerecido se a margem for menos á sete? Pelo que sabemos, tudo esteve nas mãos da FIA para ser resolvido como devia ser, ou seja, entregar a vitória a Felipe e re-colocar Alonso em 2º. Óbvio que devido á pressão da Scuderia em que isso não ocorrese, a falta de opinião forte por parte de Jean Todt e outros assuntos paralelos acabaram deixando que tudo terminasse em nada.

O curioso é que por muitos a F1 não é tida como esporte principalmente pela “facilidade” com que um resultado pode se manipular. Porém, manipulações ocorrem frequentemente no futebol, em que terceiros estã dentro do negócio, volêi, natação, ginástica olímpica e por uma série de outros esportes. Na verdade, a explicação para nós, os espectadores, é que fraudes e manipulações são impossíveis de serem evitadas e sempre serão. É algo que está fora do controle de qualquer entidade, e principalente da FIA.

No mais, a ordem de equipe é fruto de uma escolha que uma equipe faz. São elas, as equipes, que mandam nos pilotos. Elas os contratam, demitem e definem os “número 1 e 2”. Mas, obviamente, nem sempre uma ordem de equipe é analisada com calma e aplicada no momento certo, e geralmente os problemas vêm quando ela é feita precomente, como vimos no caso de Alonso e Massa. O que gera desconforto da parte desfavorecida, claro.

Apesar de tudo, as ordens podem ter crescido atualmente pela atitude dos pilotos com relação ao que as equipes lhe mandam. Sera interessante ver como Ayrton Senna, Michael Schumacher, Alain Prost, Nelson Piquet ou qualquer outro piloto com caráter forte reagiria se recebesse esta emnsagem via rádio: “Alonso is faster than you, can you confirm that you understood this message?”. De qualque maneira, já sabemos qual seria a resposta ou se alguém se atreveria a dizer isto a esses pilotos em questão.

Assim, se Barrichello em 2002 ou Massa em 2010 se rebaixaram a aceitar essas ordens, é assunto/problema de cada piloto, que deve saber porque faz ou não tal coisa. O pior que pode ocorrer, no caso, é se arrepender depois…

Agora, voltando ao assunto, deixo ao critério de vocês: Se Alonso vier a conquistar o título de 2010 por uma diferença ao vice de menos do que 7 pontos, esse triunfo estaria desvalorizado? Fiquem á vontade na seção de comentários.

18 comentários em “Possível título de Alonso estaria desvalorizado?

  1. kkkkkkkkk
    he he he
    ha ha ha

    boilice mister mosley, aliás quem é ele para fazer julgamento de carater ou qualquer coisa parecida?
    será que ele já esqueceu os videos mostrando numas orgiazinhas, fora suas posições e conchavos nos meios da f1 de forma ditatoriais?

    eclestone, mosley, essas figuras não largam o osso facilmente, só por ajuda da natureza

    garanto que ele gostaria que fosse vencedor o hamilton, o button, o vettel, algum piloto que ele deve ter apostado e agora como o espanhol esta´ com chances de vencer ele tem que inventar alguma coisa pra desviar atençaõ algum assunto mais sério ou alguma coisa que ele esteja aprontando, a tal cortina de fumaça, isso sim e a maioria vai entrar na dele:

    é o alonso não merece o título
    ah mas e o gp da alemanha?
    e a ferrari?
    e 2002?
    e o schumacher?
    e?
    será que vai dar praia?

  2. Na minha opinião não.

    Se a FIA que é a responsável por punir desvios aplicou uma pena ridícula na Ferrari, porque o título seria desvalorizado?

    O título será título do mesmo jeito.

    O que não impede que a F1 seja considerada uma categoria em que a pilantragem e a armação de resultados seja comum, ou seja, quem assiste F1 sabe bem que é feito de otário a cada corrida (eu inclusive).

    O fato é simples e é o seguinte: Quando a falcatrua é feita para um piloto ou equipe para qual torcemos, achamos o máximo, quando é feita contra, achamos todos os outros vilões.

    Em síntese, “em terra de cego, quem tem um olho é rei”.

    F1 e Alonso, F1 e Ferrari, F1 e Mclaren tem tudo a ver.

    Não gosta de favorecimentos e fraudes, assista outras categorias.

    • Se a FIA que é a responsável por punir desvios aplicou uma pena ridícula na Ferrari, porque o título seria desvalorizado?

      Faz sentido, não puniu quando podia agora já era, se Alonso for campeão por menos de 7 pontos, a Ferrari vai bater no peito e dizer: Estavamos certo, se não dessemos a ordem não seriamos campeão.

  3. Max who?
    Esse Mosley devia ir de mãos dadas com Briatore organizar corrida de autorama num shopping center… e nunca mais se aproximar da F1.

    • Ia ter roubo no Shoping, e a corrida seria vencida por um piloto do Briatore e comemorada por kengas em algum motel com o velho Doente….

  4. Se for por 7 pontos, ou menos: Será totalmente desvalorizado, porque esses pontos não deveriam existir. Se for por menos de 25 pontos: será desvalorizado, porque alguns queriam que os pilotos fossem desclassificados do GP. Se for por mais de 25 pontos: Um pouco desvalorizado, já que a mancha do ano é dele.

    O palavrinha dificil, heheheheh.

    • Eu digo isso pelos torcedores dos outros pilotos, não sei se financeiramente ou qualquer outra coisa tambem será, mas pela moral, será desvalorizado sim.

  5. Mesmo que ele vença com mais de 7 pontos sobre o vice-campeão, o episódio da Alemanha deixará uma mancha na carreira de Fernando Alonso. O espanhol é um grande piloto e super talentoso, mas aceitou o jogo de equipe para chegar ao triunfo.

    • Não é a primeira vez, pilotos como Alonso não se importam, eles ganhando, que se foda a etica e o “esporte” F1, a mesma coisa serve tbm pra Ferrari…

    • É Claudio. Schumacher também foi assim e muitos outros pilotos se contam nesse caso também. Mas quando o esporte ganha (poucas vezes) é melhor para todos.

  6. Se vencer por menos de 7 pontos vai ter aquela chatice de campeão moral, pápápá, não sei o que, essas encheções de saco.

    Mas que Alonso merece ser campeão merece, a reação dele é espetacular, quatro vitórias em seis provas é um número incrível.

  7. Acho que os fãs de Fórmula 1 que vão decidir se vão levar a sério ou não esse título de Fernando: mas uma coisa tenho certeza, a FIA vai ficar ainda mais desvalorizada. Pois não tomou as providências no momento certo, principalmente em punir com a retirada dos pontos da equipe e dos pilotos, como em Cingapura 2008!
    Bom feriado a todos!

    • Os fãs sempre decidem tudo, mas no final o que vale é o que a FIA decide. Tanto que vários campeonatos por regulamentos que obrigavam pilotos a descontar resultados mudaram muito a história, como inclusive a de Ayrton Senna.

  8. Só estou a imaginar o Nelson Piquet a receber essa mensagem. Ou se atirava ao Alonso mal o visse passar ou então entrava nas boxes e espancava a equipa toda!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: