Alonso lidera último teste do ano e Schumacher é punido

Acabou. Definitivamente, a temporada de 2010 está terminada e agora só veremos nossos carros favoritos irem à pista novamente em fevereiro do ano que vem. E no último teste dos pneus Pirelli, deu Alonso em 1º lugar. Se bem, que agora, isso pouco importa…

Mas, apesar de tudo, a Ferrari mostrou um bom trabalho nestes dois dias de testes. Liderou com Massa e Alonso- ou seja, em tese isso significa que os dois pilotos se adaptaram bem aos Pirelli. Pelo menos essa é a impressão. Porém, fica a ressalva, Fernando foi grotescamente mais lento que Felipe- Grotescamente porque em 2010 Massa não teve chances contra o espanhol.

De qualquer forma, relembrando as palavras de Paul Hembery, diretor da Pirelli, “Os tempos pouco importarão”. O mais importante agora é saber quantos dados as equipes coletaram para finalizar o carro de 2011, afinal essa é a meta. 2010 definitivamente acabou na pista.

Schumacher havia marcado o segundo tempo, mas acabou tendo seu melhor tempo anulado por cortar uma chicane e caiu para sétimo. E, apesar da Pirelli alegar que os tempos não são chave, como disse acima, é inevitável fugir deles para uma comparação. E, realmente- Massa e Schumacher fizeram seus colegas comerem poeira. Pelo menos, por enquanto (ou até fevereiro).

Vettel, o campeão, teve problemas com os pneus nos dois dias, por ocasiões diferentes. Agora é a hora de relaxar um pouco, ir à cidade natal para comemorar o título na festa que os cidadãos da pequena cidade alemã estão preparando para depois pensar no RB7 e 2011. Ainda há tempo.

Tempos de hoje:

  1. Fernando Alonso (ESP/Ferrari), 1:40.529 (105 voltas)
  2. Sebastian Vettel (ALE/Red Bull-Renault), 1:40.825 (66)
  3. Rubens Barrichello (BRA/Williams-Cosworth), 1:41.294 (100)
  4. Robert Kubica (POL/Renault), 1:41.614 (91)
  5. Gary Paffett (ING/McLaren-Mercedes), 1:41.622 (46)
  6. Oliver Turvey (ING/McLaren-Mercedes), 1:41.740 (30)
  7. Michael Schumacher (ALE/Mercedes), 1:41.757 (74) *
  8. Paul di Resta (ESC/Force India-Mercedes), 1:41.869 (35)
  9. Kamui Kobayashi (JAP/Sauber-Ferrari), 1:42.110 (43)
  10. Sébastien Buemi (SUI/Toro Rosso/Ferrari), 1:42.145 (97)
  11. Vitantonio Liuzzi (ITA/Force India-Mercedes), 1:42.416 (46)
  12. Sérgio Perez (MEX/Sauber-Ferrari), 1:42.777 (46)
  13. Jarno Trulli (ITA/Lotus-Cosworth), 1:44.839 (44)
  14. Pastor Maldonado (VEN/Hispania-Cosworth), 1:44.768 (65)
  15. Timo Glock (ALE/Virgin-Cosworth), 1:44.783 (82)

* Schumacher pundo por cortar chicane.

Tempos combinados finais:, dia 1 e 2:

  1. Felipe Massa (Ferrari) 1:40.170 (94 voltas)
  2. Sebastian Vettel (Red Bull) 1:40.500 (143)
  3. Fernando Alonso (Ferrari) 1:40.529 (105)
  4. Gary Paffett (McLaren) 1:40.874 (140)
  5. Kamui Kobayashi (Sauber) 1:40.950 (126)
  6. Robert Kubica (Renault) 1:41.032 (130)
  7. Rubens Barrichello (Williams) 1:41.294 (191)
  8. Paul di Resta (Force India) 1:41.615 (50)
  9. Oliver Turvey (McLaren) 1:41.740 (30)
  10. Michael Schumacher (ALE/Mercedes), 1:41.757 (74)
  11. Nico Rosberg (Mercedes) 1:41.778 (81)
  12. Jaime Alguersuari (Toro Rosso) 1:42.019 (71)
  13. Sébastien Buemi (Toro Rosso) 1:42.145 (97)
  14. Vitantonio Liuzzi (Force India) 1:42.416 (46)
  15. Sérgio Perez (Sauber) 1:42.777 (46)
  16. Adrian Sutil (Force India) 1:42.859 (20)
  17. Timo Glock  (Virgin) 1:44.124 (160)
  18. Heikki Kovalainen (Lotus) 1:44.686 (88)
  19. Jarno Trulli (Lotus), 1:44.839 (44)
  20. Pastor Maldonado (Hispania), 1:44.768 (148)

Obs: Apenas Barrichello e Maldonado baixaram seus próprios tempos.  E Schumacher, mesmo com punição foi mais veloz que Nico. Todos os outros viraram acima das próprias marcars ou dos colegas que correram com o mesmo carro ontem. Tempos abaixo:

Vettel dia 1: 1:40.500
Vettel dia 2: 1:40.825 (+ 0.325)

Paffet dia 1: 1:40.874
Paffet dia 2: 1:41.622 (+ 0.748)
Turvey dia 2: 1:41.740

Massa dia 1: 1:40.170
Alonso dia 2: 1:40.529 (+ 0.359)

Rosberg dia 1: 1:41.778
Schumacher (punido) dia 2: 1:41.757 (- 0.021)

Barrichello dia 1: 1:41.425
Barrichello dia 2: 1:41.294 (- 0.131)

Kubica dia 1: 1:41.032
Kubica dia 2: 1:41.614 (+ 0.582)

Kobayashi dia 1: 1:40.950
Kobayashi dia 2: 1:42.110 ( + 1.160)
Perez dia 2: 1:42.777

Di Resta dia 1: 1:41.615
Di Resta dia 2: 1:41.869 (+ 0.264)
Sutil dia 1: 1:42.859
Liuzzi dia 2: 1:42.416

Alguersuari dia 1: 1:42.019
Buemi dia 2: 1:42.145 (+ 0.126)

Glock dia 1: 1:44.124
Glock dia 2: 1:44.783 (+ 0.659)

Kovalainen dia 1: 1:44.686
Trulli dia 2: 1:44.839 (+ 0.153)

Maldonado dia 1: 1:45.728
Maldonado dia 2: 1:44.768 (- 0.960)

33 comentários em “Alonso lidera último teste do ano e Schumacher é punido

  1. Resultados do primeiro treino

    1. Fernando Alonso (ESP/Ferrari) 1min40s529
    2. Sebastian Vettel (ALE/Red Bull) 1min40s825
    3. Rubens Barrichello (BRA/Williams) 1min41s294
    4. Paul di Resta (ING/Force India) 1min41s869
    5. Oliver Turvey (ING/McLaren) 1min42s046
    6. Kamui Kobayashi (JAP/Sauber) 1min42s110
    7. Michael Schumacher (ALE/Mercedes) 1min42s161
    8. Robert Kubica (POL/Renault) 1min42s178
    9. Sebastien Buemi (SUI/Toro Rosso) 1min42s399
    10. Jarno Trulli (ITA/Lotus) 1min44s839
    11. Timo Glock (ALE/Virgin) 1min45s405
    12. Pastor Maldonado (VEN/Hispania) 1min45s516

    • Mais um furo no pneu de Vettel (agora, segundo Pirelli, foi causado por um objeto na pista).

      Alonso mantendo a vantagem de 3 décimos da Ferrari à Red Bull, e Barrichello com um ótimo 3º tempo.

      Curioso que os tempos estão mais altos, vamos ver na 2ª sessão como evoluem.

  2. Tempos oficiais finais:

    P Pilotes Equipes Temps Ecarts Trs
    1 Alonso Ferrari 1:40.529 — 105
    2 Schumacher Mercedes 1:40.685 +0.156 74
    3 Vettel Red Bull 1:40.825 +0.296 66
    4 Barrichello Williams 1:41.294 +0.765 100
    5 Kubica Renault 1:41.614 +1.085 91
    6 Paffett McLaren 1:41.622 +1.093 46
    7 Turvey McLaren 1:41.740 +1.211 30
    8 Di Resta Force India 1:41.869 +1.340 35
    9 Kobayashi Sauber 1:42.110 +1.581 43
    10 Buemi Toro Rosso 1:42.145 +1.616 97
    11 Liuzzi Force India 1:42.416 +1.887 46
    12 Perez Sauber 1:42.777 +2.248 46
    13 Trulli Lotus 1:44.521 +3.992 83
    14 Maldonado Hrt F1 1:44.768 +4.239 65
    15 Glock Virgin 1:44.783 +4.254 82

  3. Apenas Barrichello e Maldonado baixaram seus próprios tempos. Schumacher foi o único a baixar em relação ao companheiro. Todos os outros viraram acima das próprias marcars ou dos colegas que correram com o mesmo carro ontem. Tempos abaixo:

    Vettel dia 1: 1:40.500
    Vettel dia 2: 1:40.825 (+ 0.325)

    Paffet dia 1: 1:40.874
    Paffet dia 2: 1:41.622 (+ 0.748)
    Turvey dia 2: 1:41.740

    Massa dia 1: 1:40.170
    Alonso dia 2: 1:40.529 (+ 0.359)

    Rosberg dia 1: 1:41.778
    Schumacher dia 2: 1:40.685 (- 1.093)

    Barrichello dia 1: 1:41.425
    Barrichello dia 2: 1:41.294 (- 0.131)

    Kubica dia 1: 1:41.032
    Kubica dia 2: 1:41.614 (+ 0.582)

    Kobayashi dia 1: 1:40.950
    Kobayashi dia 2: 1:42.110 ( + 1.160)
    Perez dia 2: 1:42.777

    Di Resta dia 1: 1:41.615
    Di Resta dia 2: 1:41.869 (+ 0.264)
    Sutil dia 1: 1:42.859
    Liuzzi dia 2: 1:42.416

    Alguersuari dia 1: 1:42.019
    Buemi dia 2: 1:42.145 (+ 0.126)

    Glock dia 1: 1:44.124
    Glock dia 2: 1:44.783 (+ 0.659)

    Kovalainen dia 1: 1:44.686
    Trulli dia 2: 1:44.839 (+ 0.153)

    Maldonado dia 1: 1:45.728
    Maldonado dia 2: 1:44.768 (- 0.960)

    • Algo ocorreu. Mas é estranho ao mesmo tempo ver Schumacher baixando mais de um segundo o tempo de Nico (será que ele sofreu tanto assim) e Maldonado em quase 1 segundo o seu próprio, enquanto os dois melhores de 2010, Vettel e Alonso, viraram mais alto.

      Se bem que a Pirelli disse: “Os tempos são o que menos importa agora”.

      • Sobre o Schumi, isso mostra que ele sofreu muito com os pneus desse ano, e agora sim foi o Schumacher, que é muito mais rápido que o Rosberg.

  4. E o Rubinho sempre mandando bem, já digo que ele se adaptou aos pneus pelo carro que tem e o tempo que fez. Acredito que, claro, tem muito a melhorar e ele já sabe o caminho!

  5. Voltas completadas pelas equipes:

    1º. Ferrari – 199
    2º. Williams – 191
    3º. Sauber – 172
    4º. McLaren – 170
    5º. Toro Rosso – 168
    6º. Lotus – 166
    7º. Hispania – 165
    8º. Virgin – 160
    9º. Mercedes – 155
    10º. Red Bull – 143
    11º. Renault – 130
    12º. Force India – 121

    • Todas as 191 voltas da Williams foram com o Rubens. Impressionante.

      Já a Force India que levou três pilotos, é muito pouco.

  6. Alonso:
    “No geral, estou muito feliz com o comportamento dos pneus. Eles não são muito diferentes dos da fabricante anterior [Bridgestone], de forma que acho que será uma transição suave, sem grandes dramas”, declarou Fernando, logo após o fim dos treinos”

    Rosberg:
    “São piores! Não é uma coisa boa para mim, mas vou lidar com isso. Eu me adaptei nos últimos anos, então vou cuidar disso.”

    Schumacher:
    “Eu estou feliz com o primeiro teste. Conseguimos muitas informações positivas, então poderemos trabalhar nos detalhes dos carros. Os pneus tiveram um desempenho razoavelmente consistente e foram bem. Eu tenho certeza que eles [a Pirelli] farão alguns ajustes no futuro, mas no geral estou feliz. Talvez você ainda não possa dizer que o pneu dianteiro é mais forte e que vai se adaptar melhor ao meu estilo. O que é importante é como o carro do ano que vem vai se adaptar a esses pneus, mas para o primeiro passo, pelo que vimos aqui, eu estou otimista quanto aos pneus”

    Problemas para Rosberg ele não gostou do que viu, o tempo não é tão importante, mas sim o que o piloto fala sobre a adaptação, lembrando que Massa também aprovou o novo pneu! Detalhe, ninguém pode falar em “favorecimentos” ao Schumacher pois o carro ainda é o de 2010, logo o problema de Nico foi adaptação a nova marca. Isso não é bom sinal, mas ainda muita coisa pode acontecer, Nico pode se recuperar,lembre-se que o carro é semelhante para os dois pilotos, mas se um tiver problemas com os pneus, pode ter sim sérios problemas! Vimos isso com Massa e o próprio Schumacher em 2010, tem muuuuuuuuita coisa a ser feita na Mercedes, se o carro não nascer bem…adeus 2011, e isso serve para todas as equipes! Schumacher já tinha avisado: “Precisamos ter paciência, não podemos dar dois passos de uma vez!”. Até chegar a constância de pódios, depois vitórias, leva um bom tempo! Vitória pode até conseguir em 2011, mas brigar por títulos é mais para 2012 e 2013, claro, se tudo der certo. É como eu digo, pegar carro “pronto” e ser campeão é fácil, o duro é FAZER o carro chegar lá começando por baixo…isso leva tempo, Schumacher pelo menos já fez isso na Benetton e duas vezes na Ferrari, em 96 e 06, nos anos anteriores 95/05 o carro Ferrari era um verdadeiro lixo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: