Red Bull alfineta Ferrari…

Não é de hoje, e acho que isso até é compreensível, as trocas de farpas entre a campeã Red Bull e Ferrari. Foram as duas equipes que contaram com os dois melhores pilotos no ano e que partem de seus princípios de uma forma bastante distinta, o que acaba gerando desentendimentos e alfinetadas.

No geral, a equipe de Milton Keyes deu o aspecto de pura, leve, sem benefícios grandes a nenhum piloto e deixando a disputa livre na pista até o final. Se Vettel, o preferido do time, foi campeão, isso não importa, pois é indiscutível que ela não interferiu na disputa, e assim concluímos que Sebastian venceu o título de forma encorajadora e limpa.

Já na Ferrari, a história foi (será que continua sendo?) outra. O campeonato relativamente começou equilibrado, com Massa conquistando o topo da tabela pela 2ª vez na carreira, mas aos poucos Alonso foi se impondo dentro da equipe, com atitudes concretas na pista e que não mostravam nenhuma conformidade em estar atrás de Massa. A ultrapassagem de Alonso sobre Massa na entrada dos boxes em Shangai foi um exemplo claro disso.

Massa foi se apequenando, com os problemas no aquecimento de pneus, até que o fim do seu ano chegou em Hockenheim. Desse momento em diante, Felipe desapareceu como piloto e Alonso ressurgiu como uma fênix, vencendo, marcando Poles e pódios até Interlagos.

E, como também é indiscutível, a Ferrari tem mais tradição que a Red Bull na fórmula 1. É  a única equipe que participou de todas as temporadas e a maioria dos pilotos tem como sonho guiar pelo time de Maranello. Inclusive, Vettel.

Aí, chegamos ao ponto de desencontro. A Red Bull, obviamente, sabe que possui uma mina de ouro em mãos. Não importa Webber, nada disso. Importa Vettel, alemão, jovem, rápido, vencedor, campeão. E por isto os taurinos não o querem perdê-lo. Para ninguém, não só exclusivamente Ferrari.

E como Sebastian apresentou uma leve “queda” por Ferrari e Mercedes a poucos dias, Helmut Marko, consultor da Red Bull, alfinetou a Scuderia e ao mesmo tempo mandou uma mensagem à Vettel:

Sebastian na Ferrari? Todos sabemos das sensibilidades políticas que há por lá, e ele já viu que, conosco, pode contar com o fator da comodidade. Ele não precisa de uma equipe que o apunhalaria pelas costas ao primeiro sinal de problema.- Helmut Marko.

Fica claro, no entanto, uma subjetividade à Massa também. Eu, não nos próximos anos, mas talvez depois da aposentadoria de Alonso, a Ferrari já entre em contato com Vettel. Ele é alemão, faz referência Schummy e tem a estrela de campeão.

Resta saber se o novo rei da F1 aceitará. E vocês, o incentivariam para que carimbe seu passaporte à Maranello?

24 comentários em “Red Bull alfineta Ferrari…

  1. Aceitará. A maior parte dos pilotos sonha correr de vermelho. Ele mesmo disse isso. Ferrari é a equipe que esteve presente em todas as temporadas da F1. É a equipe que é sinônimo de carros de corrida. E se Vettel crescer como homem, vai querer o desafio de ter que conquistar uma equipe não só na pista, mas também nos bastidores.

    • Exatamente Allan. Por isso a Red Bull se encontrará no dever de projetar um carro vencedor para o seu campeão na próxima temporada e nas que vierem- se isso não ocorrer, existe uma cláusula no contrato que permite Vettel buscar novos ares.

  2. Eu espero que ele siga para a McLaren para fazer dupla com o Hamilton depois do Button se “reformar”. A Ferrari muito dificilmente contratará Vettel enquanto Alonso por lá permanecer, pois é uma equipa que tem por tradição apostar tudo num primeiro piloto muito bem definido.

    O Sebastian não sairá da Red Bull enquanto tiver um carro competitivo nas mãos. Tendo em conta que projectista é Adrian Newey, tão cedo não sairá de lá o campeão do mundo de 2010…

    • Inclusive Martin Withmarsh, como não poderia deixar de ser, mostrou interesse em contratar o alemão- uma tentativa já havia sido feita depois da saída de Alonso a fins de 2007, mas Sebastian já tinha contrato assinado com a Toro Rosso.

  3. Sem dúvidas aceitará! Mas concordo que só será depois da ‘Era Alonso’, que deve durar, no mínimo, uns 5 anos.

  4. E aí Tomas…
    Engraçado o jeito como ele fala, sabe, pareçe até que o Webber teve o previlégio que o Vettel teria nas mesmas condições. Isso quando o Webber era líder.
    Sobre o Vettel, como ele já disse, acho que ele vai para a Mercedes, e Ferrari. Isso depois que ele fazer sua historia completa na RBR.

    Abraços

    • Eu já olhei com bons olhos para a possibilidade da Mercedes, principalmente por ser alemã. Mas agora não creio,pois se a Mercedes não fabricar um carro vencedor em breve, Vettel não se interessará.

  5. Trabalhei 3 anos em uma multinacional. A cada 6 meses, eu e meus amigos, mesmo satisfeitos em nossas posições, deixavamos vazar a notícia que recebemos uma proposta de uma outra empresa. A maioria das vezes era verdade, mas não valia a pena sair, pois as condições de trabalho que eram oferecidas ali ainda eram melhores. Mas ainda assim espalhavamos a noticia.
    Como o chefe não sabia dessa ultima parte, fazia o que? Tratava de alfinetar a outra empresa sempre que podia! “Lá os engenheiros não recebem auxilio para pos-graduação” e tratava de ajudar a gente em alguns projetos… dava uma puxada de saco, sabe?

    Voltando pra Vettel: sonho em dirigir a Ferrari é os cambau! Para que ele vai querer dirigir um carro pior? Ele quer é ganhar! Vai querer o carro melhor, seja ele qual for. Se quiser dirigir uma Ferrari, ele compra várias com o belo bonus que recebeu pelo titulo…

    • “Voltando pra Vettel: sonho em dirigir a Ferrari é os cambau! Para que ele vai querer dirigir um carro pior? Ele quer é ganhar! ”

      Vamos esperar para quando a Ferrari fizer um carro como o de 2004 para ver a posição de Vettel…

    • Vito…Vito.. meu filho.. mio..figlio mio

      Bem dizia eu que Brasileiro com nome italiano era fogo para Teoria “Conspirativa” e pela prova para espalhar boato…

      Que Grande Abraço

      • Senna: Hahahaha… não tem como negar, né? rs…

        Tomás: Vettel quer andar na Ferrari, se ela for como 2004…
        quer andar na Williams, se ela for como em 1995…
        quer andar na Renault, se ela for como em 2006…

  6. Ele provavelmente acerta, mas eu não faria isso. Mesmo com toda a tradição e vitórias da Ferrari, nós vimos e sabemos que ela é traiçoeira, e qualquer *agada que Vettel fizesse, seria destruido, como Massa foi.

    • Talvez… E mais, a Ferrari não se dá bem com mudanças de regulamentos. Foi nocauteada em 2005 e 2009 pelas drásticas mudanças. E em 2013 a história deve se repetir…

  7. Pingback: Tweets that mention Red Bull alfineta Ferrari… « Blog Fórmula 1 -- Topsy.com

  8. Com o Alonso em Maranello, dificilmente. Na McLaren ou na Mercedes, bem provável. Por outro lado, ambas escuderias tem uma política mais reservada e fechada, e cheia de regras, diferente da Ferrari, que o pessoal é mais solto, comunicativo. A marca das três pontas, por ser alemã, acho que é o principal nome, além de investir em um competidor do mesmo país. Em Woking, é um pouco difrente. O Ron Dennis é uma das maiores rapozas da Fórmula 1, com certeza está de olho no talento germânico. Ele é um caçador de pilotos promissores e tem dinheiro para contratar os serviços.

    Fico entre umas das três equipes caso ele saia de Milton Keyes.

    • “O Ron Dennis é uma das maiores rapozas da Fórmula 1, com certeza está de olho no talento germânico. Ele é um caçador de pilotos promissores e tem dinheiro para contratar os serviços.”

      Sim. Mas nem todas essas caçadas deram certo!

  9. Para tudo o que se diz da Ferrari e das outras scuderias uma frase Genial do Groucho Marx:

    ” O segredo dessa vida é a honestidade e o jogo limpo, se puderes simular isso, conseguiste.”

    No original:

    “The secret of life is honesty and fair dealing. If you can fake that, you’ve got it made”
    Que na tradução sempre se perde qualquer coisa…

    Stirling Moss é a excepção…

    Mark Webber foi apunhalado nas costas mas primeiro avisaram-no…asinha dianteira..

    Abraço

  10. Vettel na Ferrari?

    Como tudo nessa vida é possível, pode até ser, mas, a Ferrari não é lugar de gente séria.

    Logicamente, se a Ferrari voltar a ser dominante com em 2000/2004, Vettel fatalmente vai sucumbir à vontade de guiar para os vermelhos, fora isso, seria uma perda de tempo para o alemão.

    Sobre a honestidade da RedBull, se é simulada ou não, não me importa, o que vale para mim é como os fatos se dão na realidade.

    Este ano ganhou a RedBull sem recorrer a jogo de equipe e de forma limpa e honesta, isto é um fato incontestável (a não ser que alguém aqui tenha provas concretas de alguma atitude diferente da RedBull, as reclamações não passam de mimimi).

    Se ano que vem vai ser diferente, só nos resta esperar, pois ninguém vive de hipóteses.

    Até lá, continuarei torcendo para RedBull e Vettel se darem muito bem.

    • Tá Declarado

      Se houver Factos ( com maiúscula por serem de monta..ASA DIANTEIRA..) NÃO É POR SEREM NEGADOS ou por se achar que o Jogo Limpo ou de Equipe é só o que o CCRegazzoni acha, aí a diferença entre opinião e prova ou facto..sem entrar em subjetividade e outras complicações filosóficas ou Metafísicas..Agora quem nega até o que toda a gente viu..camara dentro de Box…

      Abraço

      • O Jogo de Equipe proibido é o que acontece dentro da pista… Fora, não interessa.

      • Ex: O Alonso teve atualizações antes do Piquet, mas isso nunca foi proibido, assim como a aplicação da “asa” para o Vettel. Nesse caso, cada equipe faz o que quiser… A proibição não entra em pauta, pois é fora da pista.

  11. Pingback: Ferrari alfineta Red Bull… « Blog Fórmula 1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: