Como a Hispania se prepara para 2011…

José Ramón Carabante, chefe da decadente Hispania, depois de uma boa  dose de otimismo, afirmou com todas as letras que com toda a certeza a Hispania alinhará no grid de largada no GP do Bahrein daqui a três meses.

Mais: Disse que o carro está sendo construído na Alemanha e Inglaterra. Uma surpresa, pois semanas atrás se dizia que até existia a probabilidade da equipe “resgatar” o HTR001, aplicar as mudanças técnicas exigidas em 2011 e assim enfrentar a temporada.

Carabante ainda afirma que o time nunca esteve à venda, mas que pode sim negociar 10, 15 ou até 25%” da equipe, desde que permaneça como sócio majoritário. Seguramente esta venda seja destinada alguma empresa espanhola, pois já se diz nas entrelinhas do paddock que existe uma interessada em se aliar na primeira equipe espanhola da F1.

Mas está ali a chance para Bruno Senna abrir sua agenda de contatos e convencer alguma empresa de grande porte brasileira a comprar pelo menos 10% da Hispania. E, como hoje (e sempre) esta necessita dinheiro, Senna teria cokpit garantido para a próxima temporada.

Pode até não ser simples, mas é uma alternativa viável, não acham?

13 comentários em “Como a Hispania se prepara para 2011…

  1. Seria ótimo pro Bruno se alguma empresa riquissima comprasse parte, ou toda, a Hispania se fosse brasileira então… Mas acho isso dificil pois quem quer com prar uma equipe dessas?
    Bruno está atrás de equipe ou patrocinador sem dúvidas, nao tem dado entrevistas e anda muito sumido do Twitter. Boa sorte, mesmo se for pra Hispania, porque é melhor do que nada.

    • Que alguma empresa compre toda a Hispania está fora de cogitação para Carabante;

      “quem quer com prar uma equipe dessas?”

      Uma parte, como investimento, não afunda nenhuma empresa. E Bruno pode entrar na conversa de que com esse dinheiro o desenvolvimento do carro melhora, já que irão possuir a caixa de câmbio da Williams, e.. er.. bom, só isso.

      • Tomas,
        O que está em jogo não é a questão de afundar ou não a possivel empresa investidora. Nenhuma empresa irá apostar todas as suas fichas em qualquer negocio que seja. A questão é a visibilidade negativa que uma equipe dessas cria para a empresa investidora. A HTR não conseguiu competir com nenhuma outra equipe, brigava contra si própria para concluir corridas. Até mesmo equipes da GP2 conseguiam ser mais competitivas que a HTR.
        O Bruno entrou numa furada e se tiver alguma $orte com bons patrocinios conseguira alguma outra vaga nas equipes que porventura ainda não definiram seus pilotos. Creio que até mesmo uma vaga como piloto de testes seria interessante para ele.
        Carabante está adotando essa postura para não escancarar o fracasso que foi seu empreendimento. A equipe não tem projeto e é muito limitada.
        Quem seria maluco em comprar parte da equipe quanto mais ela inteira?
        Desejo sorte a Bruno pelo que seu tio fez, mas seu caminho na F1 me parece ser breve.

      • Obivamente Gustaff, é verdade.

        Eu penso que coletando patrocínios a Hispania, no mínimo, possa se sustentar no básico para 2011. Mas mesmo com um carro será complicado fazê-lo competitivo, pelo menos dentro da áurea que ela ocupa.

        Já foi um péssimo ano para Bruno, mas pior é não estar na Fórmula 1 e ver pela TV.

  2. É, o Bruno vai ter que ter um bom jogo-de-cintura para se manter na F1, como já tem feito até agora. Acho que se utilizar do nome Senna também pode ser interessante nessa hora!
    O garoto tem que pelo menos ter chance de mostrar o que pode fazer!
    Agora é esperar e torcer!
    Abraço para todos! Bom final-de-semana!

  3. Não sei o que é pior, o Bruno ficar sem equipe para o Ano que vem ou disputar mais uma temporada nessa carroça… Acho meio dificil ele conseguir convencer alguma empresa brasileira a comprar alguma parte na Hispania… bom mas veremos, sinceramente gostaria mais de ver o Bruno na Lotus pro ano que vem… seja a verdadeira ou fake, mas na vdd qual delas é de fato a falsa?…rsrsrs deixa pra lá, assunto pra outro tópico…rs

  4. Lembram da equipe “Prost”?
    Resumo: Tinha dinheiro do piloto frances, mais um pouco do grupo Diniz, algumas peças de equipes consagradas da F1 e umas 20 corridas depois, fechou as portas.
    HRT vai dar na mesma.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: