Petrov e Lotus Renault firmam acordo por mais dois anos

Como já havia adiantado antes do anúncio da renovação oficial de Petrov com a Renault no dia de hoje, o negócio acabou se confirmando como era esperado.

Serão mais duas temporadas, pelo menos no quesito contratual, que Vitaly correrá na equipe de Enstone. Algo que deixou alguns mais esperançosos fãs de Bruno Senna desanimados. Agora restam apenas 4 vagas disponíveis no grid para 2011- Duas na Force India, onde Sutil está a um passo da confirmação, enquanto Di Resta, Liuzzi e Hulknberg brigam pela restante. As outras são na Hispania, que deve resolver tudo de última hora…

14 comentários em “Petrov e Lotus Renault firmam acordo por mais dois anos

  1. Petrov, na entrevista dever dizer que a Renault, precisa muito dele para conseguir segurar o Alonso sem ser desleal na pista.

    Falando sério, hoje os novos pilotos são analisados pela sua primeira temporada, onde a adaptação é muito difícil, ainda mais com poucos treinos, Petrov, mostrou alguns momentos de boas pilotagens, falta uma maior velocidade de classificação, 2011 vai ser um ano decisivo para o russo.

    • Não acho Petrov um piloto ruim. Pelo contrário. O que ele mostrou em Hungaroring e Abu Dhabi bastam, na minha opinião, para que mais uma chance a Renault desse a ele. Agora, com experiência, participação completa no carro e contrato de dois anos, espero um ano muito melhor para Vitaly.

  2. Tomás, faça uma analise do novo regulamento para 2013.
    O novo regulamento técnico da F1 apresentado há poucas semanas, não está completo, existe uma comissão criada pelas equipes que estuda a volta do efeito solo, a diminuição grande das asas e outras alterações visando aumentar o espetáculo da categoria.
    Realmente a nova F1 2013 vai ter uma mudança radical, já que o órgão regulador da categoria pretende alterar muitas das regras técnicas já anunciadas pela FIA há poucas semanas, com asas menores, a volta do efeito solo e a diminuição do consumo de combustível, através de uma menor injeção de gasolina.
    De definido o novo padrão dos motores, que vai diminuir de 2,4 L e oito cilindros, passarão a 1,6 L e quatro cilindros, um maior tempo de durabilidade da caixa de câmbio, além da inclusão de biocombustível na gasolina.
    Muitas dessas mudanças serão feitas para privilegiar o espetáculo, aumentando as ultrapassagens e privilegiando os pilotos mais talentosos.
    Um grupo dos engenheiros das equipes do grid vão analisar o novo regulamento e sugerir mudanças necessárias antes da aprovação final da FIA – Federação Internacional de Automobilismo, todas essas regras já foram propostas bem antes da apresentação da nova regulamentação, e serão discutidas agora no começo do ano.
    As mudanças propostas são de asas traseiras e dianteiras muito menores, além da volta do efeito solo.
    Uma redução drástica do downforce para tornar a dirigibilidade dos carros mais complicada, para facilitar os pilotos que tem mais categoria, que irá facilitar as ultrapassagens, pretendem diminuir a média de aceleração total por volta, que hoje gira em torno de 70%. A meta é baixar essa média para 50%.
    Os pneus devem ser mais robustos para que a velocidade nas curvas continue alta e com segurança, os carros ficaram cerca de 5s mais lentos, para facilitar as ultrapassagens e aumentar o espetáculo da categoria.
    A meta é uma drástica diminuição do combustível.

    • Seria legal mesmo uma análise dessas possíveis regras para 2013. Os carros, aparentemnete serão mais lentos e parecidos com os da década de 70 e 80. Gostei da ideia.

    • Felix;

      Seguirei seu conselho. Na verdade nessa semana estou tentando aproveitar este natal e final de ano com os amigos e família. Já programei alguns posts para o blog não ficar com um hiato grande de postagens, mas me ocuparei disso mais para janeiro. 🙂

      Um abraço.

  3. Mais um que tem a estrela de um grande patrocinador nas costas. Russo, patrocinador Russo e equipe Russa!, o que mais se podia esperar, a não ser a renovação de contrato? Quanto a capacidade dele, para mim, deixa a desejar!

  4. Até o (des)governo da Venezuela (o que alias é desprezivel) investe no piloto da casa, aqui no Brasil, nenhuma grande empresa, e olha que temos varias, investe um centavo nos pilotos brasileiros e aumenta as nossas chances no esporte. Sera, que a FI., do ponto de vista de marketing no Brasil, é assim tão desperezivel.

    • É o que eu sempre digo. Com os Milhões que o Bradesco e Itaú lucram todo ano, creio que daria prá patrocinar um piloto que fosse! Sem contar o BB, Vale, Grupo Votorantim, BR ou o Eike Batista…rs. F1 é um esporte considerado de elite, por isso as empresas brasileiras preferem investir no futebol…

    • Newton, gostei da sua ideia “por que investir em FI., pode ou não, ser um bom negocio para as empresas brasileiras?” abordada ontem no blog, dei uma pesquisada nas maiores empresas brasileiras e algumas tem plenas condições de patrocinar brasileiros sim. A Petrobras é a maior e já esteve na F1.

      Para janeiro, depois de dar uma estudada, vou escrever sobre isso.

      • Boa sorte Tomas. Eu já tentei contato com varios jornalistas da area e parece, que ninguem esta muito disposto a falar do assunto, simplesmente me ignoram. Não vejo a FI., como um esporte de elite, afinal, como “morto de fome”, gosto do esporte desde que tomei contato com ele, brasileiro é fã de carros, portanto, gosta de corridas, é só ver o publico não só da FI., mas de outras categorias, que lotam autodromos pelo Brasil. Acho, que falta é vontade e até um bom trabalho dos proprios pilotos, afinal, os caras não saem da midia, mesmo de férias, estão sempre dando as caras por ai e TV não abre espaço para gato morto. Tomara, que você tenha sucesso na sua empreitada.

  5. Contrato de dois anos.

    Se tivesse colocado no título Petrov assina, e não deve assinar, seria furo mundial, rsrs… 😉

  6. Petrov foi um bom piloto na temporada toda, principalmente com o peso da Russia na costas na primeira temporada…nada mal.
    Agora, acho que a pressão maior já foi, que era da Renault nesse primeiro ano, agora é tentar algumas posições a frente de Kubica, que é uma tarefa muito dificil.

    Abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: