O que está em jogo para Massa em 2011

As palavras de Domenicali na coletiva de imprensa em Madonna di Campligio nos dão a oportunidade de refletir sobre o que realmente a Ferrari espera de Felipe na temporada que se inicia daqui a exatos dois meses.

O ano abaixo da média acabou deixando um gosto amargo em torno das próprias pretensões para Massa estar com a cabeça erguida em 2011- Esse papel quem exerce é Alonso com o status de primeiro piloto.

O grande desafio, tendo em base isso, é a própria virada de Felipe sobre, em um primeiro ponto, si mesmo, e assim partir para uma investida no quase inatingível Alonso- que conta com um apoio incondicional dos funcionários de Maranello.

Em tese sabe-se que o seu tricampeonato foi perdido por um erro estratégico e a “culpa” termina sendo, mesmo que indiretamente, para a Ferrari- Tanto que vimos que Chirs Dyer, o “responsável” pela falha, já foi substituído pelo competente Pat fry.

E Felipe precisará elevar seu nível de rendimento para a Ferrari poder lutar, eventualmente, pelo campeonato de construtores- marcar mais de 100 pontos a menos que Alonso foi o grande ponto negativo de 2010. E isso ainda não foi esquecido.

A única forma de apagar o mau ano será estando competitivo neste, e não só nós, quanto ele e a Ferrari sabemos que a sua vaga, se repetir o desastre da temporada anterior, estará em risco. Isso já passa de boato e é a verdade esclarecida por Domenicali.

“espero que esteja próximo ou até mais rápido do que Fernando” explicam certa parte do enigma montado por Stefano. Saberemos só em março se Massa o soube decifrar com a competência necessária para esta missão no seu ano decisivo.

12 comentários em “O que está em jogo para Massa em 2011

  1. Não é a primeira vez que Felipe Massa está com seu cargo ameaçado na Ferrari. Em 2008, após uma atuação desastrosa em Melbourne e um erro na Malásia, boatos correram que ele seria substituído pelo alemão Sebastian Vettel.

    Em 2011, se não fizer uma boa campanha, realmente estará sujeito a perder o cargo. Espero que Felipe Massa alcance bons resultados, pois com Alonso no time será mais difícil para o brasileiro.

  2. Digamos que, se Massa fizer bem seu papel de segundo piloto, posição para a qual fora contratado desde o inicio, e der grande contribuiçao para a conquista do campeonato de construtores, terá seu lugar garantido na Ferrari.

    Relembremos a trajetória de Felipe Massa na Scuderia Italiana. Quando correu em 2006, seu companheiro de equipe era schumacher. Qual era o papel do brasileiro. Em 2007, a Ferrari trouxe Kimi. Qual o papel do brasileiro? Em 2008, ainda Kimi, só que totalmente desmotivado, e a Ferrari com um carro competitivo, massa disputou o título. 2oo9, Ferrari apagada. Não satisfeita, em 2o1o, a Ferrari paga a multa de Raikonnen e leva Alonso. Qual o papel do brasileiro?

    As vezes nossa paixão distorce certos fatos. Isso é comprovado cientificamente. Não tenho nenhum sentimento por ele. Talvez, por isso, possa enxergar claramente esses fatos. E pra Massa disputar esse título, só se o ano for muito desastroso para o Alonso.

    • Parabéns pela análise. Também acho clara a estratégia da Ferrari e o papel do brasileiro. O ufanismo tenta colocar coisas onde não há nada.

    • Rídiculo você creditar a brilhante temporada de 2008 à desmotivação do Raikkonen. Perdeu em 2008 por culpa da Ferrari. Em 2007 deixou de disputar o título por culpa de erros da própria equipe. Raikonen é mais rápido (e verdade menos completo que o Alonso), e o Massa esteve a par com o ex-companheiro de equipe.

      Espero que você torre, incinere sua língua no final da temporada.

  3. Todos gostam de Felipe Massa na equipe, mas não adianta, ele tem que provar que pode ser campeão.
    A notícia mais importante do dia ( nessa época de poucas) é que a Renault revelou sua linda pintura para 2011.

  4. Eu, prefiro apostar, que se pilotos como Hill, Mansel e Raikkonen, conseguem ganhar titulos mundiais na FI., então tudo é possivel. Se passar a pensar diferente, que graça vai ter acordar cedo no Domingo ou passar madrugadas acordado assistindo corridas, se já esta tudo “dominado”. Pelo menos agora, no inicio da temporada a imprevisibilidade é o aliando do fã de FI., afinal, eu não posso construir o carro e nem saberia como, não posso comandar a equipe, nem determinar se o piloto X ou Y, vai ganhar a prova, na verdade eu só posso torcer, então, que seja pelos brasileiros. Se alguém tiver alguma coisa contra isso, que fale agora, ou cale-se para sempre.

    • Concordo. Tudo pode acontecer. Aliás, isso tem muito a ver com o que o Alonso disse hoje: a F1 não está focada na pilotagem e sim nos botões que os pilotos tem que apertar e mudar de uma curva para outra.

    • Sim, tudo pode acontecer mas sabemos que realmente, na maioria das vezes duas equipes estarão “ali”- Ferrari e McLaren.

      A Ferrari vence pelo menos uma corrida na temporada desde 1994 (venceu uma em 2005 porque apenas 6 carros participaram) e em 2009, onde tudo parecia perdido, Raikkonen conseguiu triunfar.

      E a McLaren vence desde 1997- E, assim como a Ferrari, começou mal 2009 mas se recuperou e venceu corridas.

      Isso já é um prova porque além de serem as duas mais clássicas são as favoritas pelo público.

      A Red Bull veio para quebrar este jogo, assim como a Brawn GP fez com uma boa dose de sorte e competência, porém a diferença é que os touros já conseguiram dois anos de vitórias seguidos, e agora com dois títulos- Isso mostra que no momento ela estará sempre nas primeiras posições.

      Salvo alguma surpresa ou alguma equipe inovando e esta inovação trazer grandes benefícios, as forças tendem com uma grande porcentagem a ser estas três. Para Ferrari e McLaren, ao contrário de 2010, já não estarão se recuperando do tombo e ruim temporada e 2009 e tem uma base sólida e experiente formada- E isso acaba sendo prejudicial a Red Bull.

      Na minha mera opinião, sem saber nada do desenvolvimento de seus carros e seus rendimentos, teremos três forças- Mas claramente a Red Bull não levará a vantagem de 2010.

  5. Que Massa atualmente é o segundão não há dúvidas… dúvidas há se ele irá repetir o Dinossauro Barrichello e ficar mais 04 anos sendo um segundão ou se ele vai chutar o pau da barraca e jogar Alonso no muro na primeira oportunidade que tiver.

    Se for agressivo poderá recuperar parte do respeito e admiração que perdeu de milhares de torcedores, senão, será mais um piloto medíocre a ficar 40 anos correndo para chegar nas posições intermediárias e ajudando equipes do segundo escalão.

    Vamos ver qual será a desse que já teve lampejos de grande piloto.

  6. A carreira de Massa está em jogo em 2011. Um ano ruim o deixará com a corda no pescoço para permanecer na F-1 como piloto de ponta, afinal, será a terceira temporada para esquecer que ele terá.

    Um ano ruim deixará Massa como um novo Michelle Alboreto.

  7. Ele so é e vai continuar sendo o segundo piloto pq é visivelmente mais lento que o Alonso simples assim! Exatamente como aconteceu com o sem apetite e gana PÉ DE CHINELO, a verdade é que nós ficamos muitoooo mal acostumados com o Senna um kara desse é como um eclipse quem sabe daqui uns 80 anos.

Deixe uma resposta para Gabriel Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: