Todos contra a Hispania…

Parece estar começando uma batalha entre a mídia espanhola, junto com Carlos Gracia contra a Hispania. Depois do papelão vivido em Melbourne, onde Liuzzi e Karthikeyan tiveram que voltar para casa devido ao pífio desempenho do F111, não parece haver nenhum empenho em apoiar José Ramón Carabante e a sua equipe para melhorar no campeonato que acaba de começar.

Mas no momento, pelo visto, quem está mais enervado com a situação é Gracia, presidente da Federação Espanhola de Automobilismo, que mandou várias críticas à Hispania – Que, realmente, são justificáveis:

Eu não diria que estou decepcionado porque tudo está mal, mas estou incomodado pela atitude. Quero uma equipe espanhola séria, coerente, com os orçamentos necessários, e não uma equipe que passe por ridícula.

– Carlos Gracia.

Se por um lado as palavras de Gracia são verdadeiras, vemos Carabante bastante motivado a apagá-las o mais rápido possível e trazer a imprensa de volta para o seu lado – Como sempre foi até a não classificação no GP da Austrália.

Entre uma conversa sincera sobre a situação da sua Hispania, José deixa claro que o problema realmente foi a falta de dinheiro para conseguir deixar o carro pronto para a corrida e que se tivesse tido um desenvolvimento como Lotus ou Virgin estaria muito melhor posicionada.

Ou seja, com 11 voltas no circuito Liuzzi conseguiu a proeza de se colocar a 1.7 s da linha dos 107%, o que, sinceramente, me surpreendeu e deve ter mostrado algo positivo para a equipe. Com mais dias para treinar em Sepang, imagino que o F111 alinhe no grid, com pelo menos um carro.

Ainda visando os acordos com patrocinadores anônimos quando “o carro melhorar de rendimento”, Carabante também expressa a frustração de ter que enfrentar a situação quando quem deveria estar seria Adrián Campos, mas com a reestruturação foi ele quem tomou as rédeas da missão.

Não irei comentar as declarações de Gracia, ele saberá porque as fez e eu não tenho que dizer nada a favor nem contra.

Somos um time potente, somos uma equipe que com humildade estamos fazendo os deveres pouco a pouco. Estamos sozinhos no deserto fazendo a travessia. Muita gente me decepcionou. Estamos negociando quatro acordos que se confirmariam, mas esse tipo de coisas (críticas de Gracia)…

José Ramón Carabante.

Fica claro que a situação não é nada boa quanto ao apoio vindo de forma, já que Carabante também diz que não leu nenhuma linha criticando a Virgin nos jornais ingleses.

Não sei se a Hispania conseguirá sobreviver as 19 etapas, mas a verdade é que o esforço está sendo feito e isso vale muito.

Dito isto, sintam-se em casa para opinar sobre o tema na sessão de comentários: Conseguirá a Hispania” dar a volta por cima”?

10 comentários em “Todos contra a Hispania…

  1. Sem patrocinadores fortes (sem dinheiro), acho que ela não chega nem a metade do campeonato, isso sendo bem otimista. Foi ridiculo eles correrem com o bico do carro do ano passado… muito amador

  2. Tómas,

    Copersucar e Hispania são equipe com histórias totalmentes distintas, te garanto que suas trajetórias são como água e vinho, não se misturam.

    Uma foi um sonho de gente séria e apaixonada por automobilismo como Fittipaldi (que abdicou de ter mais títulos para lutar pelo seu sonho) e Ricardo Divila (um gênio dos projetistas), a outra é um engôdo, uma equipe de fachada para uso de picaretas, mais uma palhaçada da autorizada a funcionar pela FIA e por Bernie Ecclestone.

    Apenas para esclarecer, informo que a Copersucar já chegou a terminar no campeonato mundial de construtores, à frente de nomes como Ferrari, Willians, McLaren e Renault.

    Por ela passaram profissionais como Adrian Newey e Keke Rosberg.

    Uma é motivo de orgulho para seu país (pelo menos para os que gostam e entendem de automobilismo) a outra não é nada, é uma piada de mau gosto.

    Sei que muitos “entendidos” repetem essa versão de que a Copersucar era motivo de piada no Brasil, talvez até fosse para o público em geral, que não entendia nada de F1, mas, para quem acompanhava a F1 de perto, com certeza não era.

    Tenho certeza que você não fez por maldade, e sim influenciado pelo “senso comum” de que a Copersucar tenha sido uma grande decepção, mas, como aqui é um espaço para os amantes da F1, espero que reveja sua posição e retire deste post sobre a Hispânia, qualquer menção à grande equipe brasileira.

    É um pecado colocar no mesmo espaço duas equipes tão diferentes.

    Ah, e sobre a pergunta do post, não, a Hispânia não chegará a nenhum lugar, é muito ruim para isso, não é coisa de gente séria.

    Um grande abraço.

    • Falou pouco mas falou tudo Cassius! A Copersucar era uma equipe séria, colocou Emersom no pódio em segundo lugar, coisa que jamais acontecerá com a espanhola. O problema é que a FIA fez um carnaval para definir as equipes que poderiam alinhar no grid de 2010 e por final deixou a equipe norte americana fora (a USF1 se não me engano) E cá para nós, os americanos tinham muito mais potencial de criar um bom carro e trazer grandes patrocinadores do que a Hispania!

    • Cassius;

      Considero o que você disse. Realmente te garanto que eu não vou “com o resto” quando escrevo posts ou temas do gênero e sei bem o que a Hispania conseguiu – Hoje em dia estaria razoavelmente bem no campeonato.

      O que foi comparado aqui foi a forma de como a mídia do próprio país tratou a Copersucar e trata a Hispania atualmente, em vez de apoiar, fazem o contrário.

      Como você disse -talvez fosse para o público em geral-, mas sabemos que os resultados dos carros de Emerson foram respeitáveis.

      No mais, concordo com você, apenas ressaltando que a comparação não foi com rendimento e sim com a “opinião pública”.

      Abraço.

      • Tómas,

        Agradeço a consideração, não é à tôa que seu blog é uma das melhores fontes de informação e discussão sobre F1 do mundo.

    • Cassius, você tem toda razão, não da para comparar as duas historias, são muito distintas e já mencionei aqui antes, que apesar das piadas e da ma vontadade da midia com a equipe, ela só não foi mais longe, porque no Brasil os torcedores não são capazes de avaliar com mais profundidade as coisas, se deixam levar de orelhada e ficam repetindo as besteiras, que são jogadas na midia e até nos humoristicos da televisão, como aconteceu com a Copersucar e o Rubinho. Essas ações, quebram o espirito, rebaixam e humilham as pessoas e fazem os outros acreditarem, que falam a verdade, quando na verdade, usam de um expediende odioso para rebaixar e denegrir aqueles em que miram. Quem sabe um dia venhamos a aprender, que respeito é bom e todo mundo merece, do lixeiro ao empresario de sucesso.

  3. Sei lá, pra quem não testou, não tinha uma asa atualizada e ficou até razoavelmente perto, se vai sobreviver não sei, mas tem um carro parecido ao da Virgin, o que diferencia é que o Virgin andou mais, mas evolução no time ingles não impressionou ninguem, nem o da Lotus Malaya tambem, apesar do pacote tecnico melhor, o carro ainda não colou no bloco intermediário.

    A Hispania parece com varios outros times que passaram pela F1, Sintek, March, e outras que procuravam patrocinios nos países onde corriam, mas F1 mudou , hojé em dia gente grande como Toyota e BMW não aguentaram o pipoco, imagine uma Hispania que em breve tambem não aguentará.

    Inteligente é o dono da Virgin, produz carros meia boca e anuncia quase de graça na F1, seus carros vivem tomando volta, e sua empresa esta la aparecendo.

  4. Se olharmos pelo lado que você disse, Tomás, de dar 11 voltas e ficar a 1 segundo e meio dos 107%, eles até podem virar o jogo. Mas se olharmos pelo lado financeiro, eles estão bem mal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: