Bzzz: Salve as abelhas (e ao Vettel)

Se o meio ambiente se desequilibra sem as abelhas, o automobilismo também sentirá a falta de Sebastian Vettel (Foto: APA/Erwin Sheriau)

Grande Prêmio da Áustria, início do mês de julho de 2022: O piloto da Aston Martin, Sebastian Vettel, caminha pelo paddock vestindo uma mensagem em sua camiseta: “Salve as abelhas”.

Hoje, algumas semanas depois de manifestar a sua preocupação com a vida do inseto, ele anuncia a sua aposentadoria da Fórmula 1. Assim como as abelhas exercem um papel fundamental no equilíbrio ambiental, a categoria do automobilismo não é a mesma sem o seu tetracampeão. Então, a coluna Bastidores celebra Vettel em um salve à brilhante carreira dentro e fora das pistas.

Em 15 anos de trajetória na F1, o piloto alemão coleciona números estrondosos, até o momento são 53 vitórias, 122 pódios e 3076 pontos. BMW Sauber, Toro Rosso, RedBull, Ferrari e a atual Aston Martin são as 5 equipes que tiveram a honra de serem defendidas por Sebastian Vettel. Foi no controle do volante da marca de energéticos que ele se consagrou com quatro títulos mundiais consecutivos em 2010, 2011, 2012 e 2013, sendo responsável direto pela ascensão do touro vermelho na última década.

No entanto, é importante lembrar que, diversas vezes, o ativismo dele foi maior que os feitos de sua carreira. Entre as causas que Vettel abraça, o feminismo, o movimento LGBTQIAP+ e o ambientalismo são destaques. Ao longo de sua jornada pelo automobilismo: ele possibilitou que mulheres sauditas corressem em kart, levou as cores do arco-íris no seu capacete em países extremistas e carregou mensagens de alerta sobre a exploração do meio ambiente, como no caso dos insetos de listras amarelas.

A relação do piloto com a campanha BEESandAPPLE, uma iniciativa que faz parte dos esforços da União Europeia em ampliar a produção sustentável de alimentos, remete ao ano passado, quando ele construiu um hotel para as abelhas em formato de um carro de F1. O ato aconteceu em escolas primárias da Estíria e, durante a sua recente passagem pelo estado, Sebastian Vettel visitou o projeto e as crianças que participaram da concepção. 

O legado que ele deixa ultrapassa as pistas. Mesmo com toda a repressão de um esporte ainda marcado pelo elitismo e pelas falas datadas de vasta maioria dos membros, Vettel foi e sempre será um respiro de alívio, uma luz no fim do túnel que acende a esperança por um futuro melhor, onde há maior presença da diversidade no automobilismo. Os impactos das suas atitudes ainda deverão refletir nas próximas gerações de pilotos. É tempo: salve as abelhas da extinção e salve ao Sebastian Vettel com a sua carreira brilhante na Fórmula 1.

______

Nathalia Tetzner é estudante de Jornalismo e ama escrever sobre quase tudo. Seja debatendo cultura ou analisando Fórmula 1, ela sempre carrega consigo um senso crítico e social.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: