Verstappen supera a Ferrari e emplaca a terceira vitória da temporada! 

Largando em terceiro, o atual campeão superou as duas Ferrari e venceu em Miami, mas a confiabilidade ainda preocupa. Foto: Red Bull Content Pool

O GP de Miami fez sua estreia no calendário da Fórmula 1 em um final de semana badalado com direito a sereias na piscina, pista de rua e uma das corridas mais desgastantes fisicamente para os pilotos, que deu a Max Verstappen sua 23ª vitória na F1 e a terceira no campeonato. 

Durante o fim de semana, o fantasma da falta de confiabilidade voltou a assombrar a RBR durante as sessões de treino livre, deixando Max de fora de toda a segunda sessão. Durante a classificação o RB18 mostrou velocidade e Max foi o primeiro a marcar na casa 1:28, mas a pole não se concretizou. 

Charles Leclerc e Carlos Sainz fizeram voltas boas com as suas Ferraris e conquistaram a primeira fila para a equipe italiana, com o megasco na pole. Verstappen tentou mas com problemas hidráulicos não conseguiu melhorar o seu tempo ficando apenas na terceira posição seguido por Sérgio Perez. 

Foi na largada que o jogo começou a virar para o número 1, Max mergulhou em cima de Sainz e logo após a primeira curva já havia conquistado a segunda posição. A partir da oitava volta ele começou a diminuir a diferença para o líder aproveitando a distância de menos de 1s para utilizar a asa móvel e aproveitar o vácuo do monegasco. A ultrapassagem não demorou muito e na volta seguinte Verstappen superou Leclerc e passou a liderar o pelotão. 

A partir de então ele guiou para uma vitória tranquila chegando a abrir 7s de vantagem para Charles. O holândes só chegou a ser ameaçado após a volta 46 quando o único Safety Car da corrida – causado por uma batida entre Norris e Gasly- deixou a pista e diminuiu para 0,5 a diferença para Leclerc. Mesmo assim Max manteve a liderança e venceu mais uma etapa. 

Sérgio Perez quase conseguiu conquistar mais um lugar no pódio para a Red Bull. O mexicano chegou a ficar próximo de ultrapassar Carlos Sainz e assumir a terceira posição, mas teve problemas de potência. O episódio rendeu uma discussão no rádio entre piloto e equipe, Perez insistia em dizer que estava com problemas no motor enquanto seus engenheiros alegavam que estava tudo bem. Remotamente eles conseguiram solucionar o problema, mas aparentemente não o suficiente para concluir a ultrapassagem. Na volta 52 ele ainda chegou a realizar a manobra, mas freou tarde demais sendo superado novamente por Sainz. 

Foto: Red Bull Content Pool

Assim o pódio da quinta etapa da temporada foi completado por Leclerc em segundo e Sainz em terceiro. Mesmo com a vitória, Verstappen fez críticas à falta de confiabilidade dos RB18. 

“Ainda temos alguns problemas que precisamos resolver. Somos rápidos, mas como vocês puderam ver, minha sexta-feira foi terrível, o que não é bom se você quer ter um grande fim de semana. Checo teve alguns problemas na corrida, então precisamos estar em cima disso. Claramente há muito potencial, mas precisamos ter certeza de que somos confiáveis” declarou o atual campeão em entrevista.

A Red Bull parte para Barcelona com Max Verstappen apenas 19 pontos atrás de Charles Leclerc no mundial de pilotos e com a equipe apenas 6 pontos atrás da Ferrari no campeonato de construtores.  

____________________________________________

Aline Fatima tem 23 anos, é formada em jornalismo e escolheu seguir a profissão assistindo sua primeira temporada de F1 em 2008 (sim, é completamente viúva de 2008 e acredita que o Massa merecia o título). Atualmente no Marketing Digital, sonha com o dia de trabalhar com suas duas paixões: Jornalismo e F1.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: